Entrevista Revista Mundo PM com Ricardo Vargas.

1.695 visualizações

Publicada em

Entrevista da Revista Mundo PM Edição 38 com Ricardo Vargas. Perspectivas, futuro e trabalho por projetos foram os principais pontos da entrevista.

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.695
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
52
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
34
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Entrevista Revista Mundo PM com Ricardo Vargas.

  1. 1. RevistaMundoPM Project ManagementRevista MundoPM Project Management ano 7 nº 38 r$ 25,00 abr/mai 2011 As Novas Ciências em Estimando o Desconhecido - Medindo Gerenciamento de Riscos em o progresso do projeto considerando Projetos – Dr. David Hancock a resolução das incertezas Ed Fern e Mojtaba Zarei-Kesheh Ano 7 |7Nº 37 | 38 abril/maio 2011 O Problema ano nº fevereiro – março 2011 das Médias Um erro comUm nas estimativas em projetos Sam Savage, PhD Prof. Stanford University Entrevista Ricardo Vargas - Perspectivas sobre o mercado PM +MaisProjeto • Programa • PortfólioProjeto•Programa•Portfólio Criando uma Cultura Projetizada - Paul Dinsmore Por que é importante evoluir em GP - Darci Prado Gestão de Portfólio de Projetos no Setor Público • Industrialização do PMO • Selecionando Fornecedores de ERP - Como avaliar os critérios técnicos e preços • A Comunicação Eficaz na Gestão de Risco com Visão Sistêmica • Case Ferramentas Gerais - Implantando a nota fiscal eletrônica • Seção Especialista Responde: integrando projeto a cadeia suprimentos • Seção Falando de Projetos: a finalidade de uma EAP
  2. 2. entrevista Perspectivas sobre o mercado PM RICARDO VARGAS, DA MACROSOLUTIONS, FALA SOBRE SUA TRAJETóRIA PECULIAR NA áREA DE CONSULTORIA DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS. COM SUA EMPRESA “DE UM HOMEM Só”, ELE ATENDE A GIGANTES CORPORAçõES, VIAJA QUASE TODA SEMANA PARA FORA DO PAíS E MINISTRA WORKSHOPS CONCORRIDOS MUNDIALMENTE. EM ENTREVISTA EXCLUSIVA, O ESPECIALISTA DISCORRE SOBRE AS MUDANçAS DOS MOLDES DE TRABALHO ATUAIS E SUAS APLICAçõES EM UMA SOCIEDADE DA INFORMAçãO Já CONTROLADA PELAS REDES SOCIAIS. ALÉM DISSO, FALA DA IMPORTâNCIA DO PLANEJAMENTO E DA GESTãO DE RISCOS NO AMBIENTE EMPRESARIAL E DE COMO CONSEGUIU SE TORNAR REFERêNCIA GLOBAL NA áREA. Ricardo Viana Vargas, 38, é especialis- fissionais do ramo mais requisitados do sidade Federal de Minas Gerais (UFMG) ta em gerenciamento de projetos, riscos e mundo, ele administra um portfólio de in- e formação em Estratégia e Inovação pelo portfólio. Com 15 anos de atuação no mer- vestimentos superior a US$ 18 bilhões em Massachussets Institute of Technology cado, é autor de dez livros na área, que já todo o planeta. Em 2009, foi o primeiro (MIT), Ricardo Vargas traz toda sua baga- venderam mais de 250 mil cópias. Através latino-americano eleito Chairman do Pro- gem para ministrar o workshop PMDome, de sua empresa, a Macrosolutions, sediada ject Management Institute, maior associa- premiado mundialmente pelo PMI como em Belo Horizonte, Minas Gerais, o con- ção do mundo em gerenciamento de pro- a melhor solução do mundo para o ensi- sultor de projetos é referência mundial. jetos. Engenheiro Químico, com mestrado no de gerenciamento de projetos, que será Pioneiro na América Latina e um dos pro- em Engenharia de Produção pela Univer- realizado no dia 14 de abril, em São Paulo.28 Mundo Project Management abril/maio 2011 mundopm.com.br
  3. 3. perspectiva sobre o mercaDo pm | EnTREviSTAMundoPM: Quando se tornou um con- Rv: Podemos dizer que sim. Presto serviços MPM:Suaatuação,emboratenhaal-sultordeprojetos,emborasuaforma- para qualquer tipo de projeto. Já atuei para re- canceinternacional,nãoenvolvepar-çãosejadeengenheiroquímico? finarias, hidrelétricas, bancos, eventos, cons- cerias ou uma equipe direta. PorqueRicardo vargas: Como a engenharia química trução, dentre muitos outros. Um exemplo vocêfezquestãodecitarnominalmen-e a engenharia de produção em si lidam dire- seria a reconstrução do Japão, após o recente teseusparceirosnoPMDome?tamente com projetos, sempre notei grande Tsunami, que deve e tem que ser pensada Rv: Simplesmente pelo fato do Finocchiointeração com a área de gerenciamento de como um projeto. Também trabalhamos com e do Danúbio serem brilhantes. Inclusive,projetos. Mas, de fato, tudo começou quando, esse tipo de consultoria e apoio. A essência da a ideia inicial de tudo veio de uma “malu-há cerca de 20 anos, fui convidado pela Mi- “coisa”, por assim dizer, é planejar antes para quice” didática do Finocchio. E maluquicecrosoft para estudar e me capacitar para dar ter resultados e pensar antes de executar, com que dá certo é coisa de gente brilhante mes-suporte técnico ao Microsoft Project, um pro- implantação rápida. Esses fatores podem ser, mo. Ele inclusive vai ministrar comigo oduto pouco conhecido no mercado brasileiro. inclusive, aplicados em uma situação de tra- workshop PMDome, em São Paulo.Naquela época, o gerenciamento de projetos gédia, como ocorreu no país asiático. MPM: Qual a expectativa para oera ainda parte de um mercado embrionário, MPM:OqueéoPMDome? workshopemSãoPaulo,emabril?mas, hoje, é algo consolidado. Não podemos Rv: De modo geral, o PMDome é um trei- Rv: Realizamos este treinamento em 2007,falar mais em moda, mas sim em tendência. namento no formato oficina que aborda de 2008 e, agora, o retomamos em 2011. AMPM:Sendoassim,comoesteserviço maneira prática os principais processos do expectativa é das melhores possíveis, prin-seconsolidounomercado? PMBOK®. O principal objetivo é motivar as cipalmente porque o público é muito dire-Rv: Com a mudança na forma de se encarar pessoas a entenderem a importância do pla- cionado. São cerca de 120 pessoas extrema-o trabalho, que está cada vez mais focado na nejamento. Além disso, a oficina traz resul- mente focadas e interessadas em adquirirexecução e no gerenciamento dos projetos, a tados práticos, ao ensinar a “fazer fazendo” a experiência prática de planejar e executarrotina passa a ter menos espaço na atividade e não apenas escutando, como funciona a um gerenciamento de projetos com todas ashumana. A cada ano, com aplicabilidade au- maioria dos modelos de treinamento. Oti- limitações, riscos e desafios de um trabalhomentada, este modelo se torna mais natural mizar resultados e reduzir prazos são duas ágil em equipe.nos processos das empresas, principalmente das principais metas, por exemplo. MPM:Comofunciona?pela velocidade de informação e a necessidade MPM: Um dos principais destaques dode excelência, em um mercado cada vez mais workshop foi resultado da originali- Rv: Os participantes são divididos em equi-dinâmico e mutante. Por isso, o crescimento dade. Como manter esse diferencial? pes e desafiados a competirem entre si. Adesta profissão no mundo já é realidade. equipe vencedora será aquela que demons- Quaissãoosdiferenciais? trar os mais altos padrões de desempenhoMPM:Falandoemsociedadedainfor- Rv: A originalidade está na forma com a qual no gerenciamento de projetos. O workshopmação,comoenxergaasferramentas construímos o workshop, com forte emba- foi criado para gerentes que querem domi-digitaiseredessociaisnestemeio? samento teórico. Parceiros, como José Finoc- nar os principais processos de gerenciamen-Rv: Fundamentais. As redes sociais rompe- chio Jr. e Danúbio Borba, também especia- to, mas que não se satisfazem com uma ex-ram barreiras e tornaram a comunicação listas em gerenciamento de projetos, foram posição teórica.mais democrática, rápida e direta. E isso fundamentais no desenvolvimento das téc- nicas e na “cara” do evento. Quando se tem MPM:Comoéserreconhecidocomorepercute diretamente na área de projetos. uma proposta original, ela é insubstituível e único latino-americano que chegouNa teia virtual, o maior benefício é poder se única. Esse é o grande diferencial. aopostomaisaltodoProjectManage-comunicar diretamente com o público-alvo mentInstitute?e com todos ao mesmo tempo, de forma rápi- MPM: Como o grande segredo do su-da, algo que tenho usado cada vez mais atra- Rv: Acredito que tudo é fruto de dedicação cessodoPMDomeéfrutodaoriginali-vés do Twitter e Facebook, por exemplo. Meus imensa, que gera resultados múltiplos dade,comoevitaroplágio?podcasts acumularam cerca de meio milhão para todos envolvidos. Considero-me a Rv: Infelizmente, existe plágio, mas não nos pessoa mais feliz do mundo por amar ode ouvintes desde quando foram criados. Eu incomoda por um simples motivo: quem co- que eu faço. O que deve servir de base parautilizo essa mídia razoavelmente nova para pia só copia porque não tem capacidade de o jovem, a partir de minha experiência, étransmitir a todos os interessados, de forma criar. E o cliente sabe disso. É igual comprar que ele não coloque o dinheiro à frente dosgratuita, opiniões, valores, tendências e técni- uma bolsa de luxo falsificada. Aparentemen- resultados e conquistas do trabalho, poiscas provenientes da minha própria experiên- te parece a mesma coisa, mas não é. No fi- a satisfação financeira vira algo crescentecia, que transfiro para quem se interessar. nal das contas, isso acaba por nos estimular quando se está em algo em que se acredita.MPM: Quando falamos em consul- a produzir conhecimento e ter novas ideias Sempre apostei com coragem em fazer atoria de projetos, a abrangência é permanentemente, o que é extremamente diferença e creio que, dentre outros fato-“infinita”? gratificante. res, este foi um fundamental. MPM Mundo Project Management abril/maio 2011 mundopm.com.br 29

×