Anexo 035 relatório história

570 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
570
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Anexo 035 relatório história

  1. 1. Ministério da Educação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior Setor Bancário Norte, Quadra 2, Bloco L, Lote 6. CEP: 70.040-020 Brasília/DF Brasil RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2012 PARCIAL SUBPROJETO DE HISTÓRIACOORDENADOR(A): Jaqueline Ramalho Nogueira Santos PROGRAMA DEB Cachoeiro de Itapemirim, 27 de dezembro de 2012
  2. 2. ____________________________________________Relatório de Atividades do Programa Relatório de Atividades ( x ) Parcial ( ) Final1. DADOS DO(A) COORDENADOR(A)Nome: Jaqueline Ramalho Nogueira SantosEndereço: Rua Álvaro Ramos, nº 71 – Bairro: Recanto – Cachoeiro de Itapemirim -ESTelefones: (28) 3522-0661/ (28)9981- E-mail: jaquelinesantos@saocamilo-es.br7920Curso: História2. DADOS DA EQUIPE2.1) Professores Participantes colaboradoresNome Instituição FunçãoProfessor 1 - Marcele Daré Zampirolli EEEFM”Carolina supervisor Passos Gaigher”Professor 2- Denizete Cristina Mendonça EMEF Ercy Arruda supervisorMeloni BonfimProfessor 3- Luzimara Brock Griffo EMEB “Jenny supervisor Guardia”Professor 4-Ana Cristina Pereira EEEM Presidente supervisor “Getúlio Vargas”Professor 5-Lucélia de Lima Santos EMEB Professor supervisor “Valdy Freitas”2.2) Professores da Educação Básica Participantes do ProjetoNome Instituição FunçãoProfessor 1Professor 2Professor 3Professor 42.3) Alunos Bolsistas Participantes do ProjetoNome Licenciatura EscolaAluno 1- Izabella Quinta da Silva História EEEFM”Carolina Passos Gaigher” 2
  3. 3. ____________________________________________Relatório de Atividades do ProgramaAluno 2- Dandára Dias de Oliveira História EEEFM”Carolina Passos Gaigher”Aluno 3- Lorena Defante Prúcoli História EMEF Ercy Arruda BonfimAluno 4- Yasmim Massini História EMEF Ercy Arruda BonfimAluno 5- Luiz Carlos Ferreira Neto História EMEB “Jenny Guardia”Aluno 6 História EMEB “Jenny Guardia”Aluno 7- Rodrigo Lisboa Grando História EEEM Presidente “Getúlio Vargas”Aluno 8- Marcos da Silva Azevedo História EEEM Presidente “Getúlio Vargas”Aluno 9-Katielly Setimi Perciano História EMEB Professor “Valdy Freitas”Aluno 10- Luma Karla Schulz Santos História EMEB Professor “Valdy Freitas”3. DADOS DO PROJETO3.1) Dados GeraisTítulo: Subprojeto Licenciatura em História Duração do projetoData de Início: Agosto de 2012 Data de Término: Julho de 2013Apresentação – Resumo do projeto (até 500 palavras)As dificuldades que envolvem o cotidiano escolar e o processo de ensino e aprendizagem são realidadesbastante visíveis na educação básica dos municípios do Sul do Estado do Espírito Santo e em especial, domunicípio de Cachoeiro de Itapemirim. A complexidade do contexto histórico, político, social, econômico ecultural atual e os novos paradigmas educacionais vigentes preconizam a existência de um profissional quesaiba redimensionar sua prática educativa num processo constante de mutação e readaptação às novasrealidades. Há que se ter, então, uma preocupação ainda maior com a formação dos profissionais que, inseridosno cotidiano da sala de aula, tenham a capacidade de lidar com as novas problemáticas e novas tecnologiasà disposição da educação, que se perceba membro de uma comunidade global, multifacetada, complexa eque transfira da teoria para a prática os saberes construídos ao longo da graduação. Novas formas de aprender necessitam novas formas de ensinar e, para isso, é necessário investir naformação de profissionais que atendam às novas exigências do sistema educativo, especialmente no que serefere à transposição dos conhecimentos construídos na universidade para a prática escolar. Alunos com diferentes dificuldades cognitivas fazem parte de uma realidade cada vez maior nasescolas, além de outros problemas que também interferem na aprendizagem, exigindo dos educadores novasestratégias que lhes oportunize uma aprendizagem significativa e, muitas vezes, individualizada. É essa aproposta deste projeto: oferecer ao aluno uma educação individualizada e que lhe propicie meios para facilitare possibilitar essa aprendizagem. Não obstante a isso, outro objetivo é viabilizar um contato maior doeducador com esse educando com dificuldades de aprendizagem que, no cotidiano da sala de aula, nãopodem ser resolvidas, mas que com tratamento personalizado consiga minimizá-las ao máximo. As açõesprevistas durante a aplicação do projeto são: - aplicação de diferentes estratégias de ensino para o trabalhocom as dificuldades de aprendizagem apresentadas pelos alunos na disciplina de História; intervenção noprocesso de ensino x aprendizagem para melhoria do desempenho dos alunos; aplicação, na prática, osconhecimentos construídos na universidade; desenvolvimento de estratégias de ensinagem que minimize onível de dificuldades de aprendizagem apresentadas pelos discentes na disciplina de História e a aplicação deaulas de reforço escolar para melhorar o rendimento dos alunos no componente curricular de História. Osresultados parciais obtidos no cumprimento da primeira etapa do projeto foram a melhora do nível daaprendizagem do aluno no campo do saber histórico e dos acadêmicos, instrumentalizando-os para umaprática mais inclusiva e eficaz. Os bolsistas puderam aplicar aulas de reforço no contraturno nas escolasconveniadas ao programa, oferecer palestras e oficinas sobre o estudo da História a partir da utilização dedocumentos (fonte primária). Todos os supervisores que acompanharam a aplicação do subprojeto em 3
  4. 4. ____________________________________________Relatório de Atividades do ProgramaHistória nas escolas parceiras avaliaram de forma positiva a intervenção dos bolsistas na melhoria daqualidade do aprendizado dos alunos contemplados com as atividades voltadas para o reforço escolar.Palavras chave (até seis)História- Formação de professor- Ensinar- Aprender- Reforço escolar - Escola Conveniada3.2) Licenciaturas/subprojetos/Programas de Pós-Graduação envolvidosLicenciatura (nome) Número de alunos participantesHistória 103.3) Escolas ParticipantesNome da escola IDEB Número de alunos na escola Número de alunos envolvidos no projetoEEEFM”Carolina Passos Gaigher” 3.2 197 197EMEF Ercy Arruda Bonfim 3.6 135 53EMEB “Jenny Guardia” 5,51 302 90EEEM Presidente “Getúlio Vargas” 45.36 600 600EMEB Professor “Valdy Freitas” 6.6 303.4) Outros colaboradores do projeto (além dos bolsistas)Nome Função no projeto 4
  5. 5. ____________________________________________Relatório de Atividades do Programa 5
  6. 6. 4. ATIVIDADES DESENVOLVIDAS E RESULTADOS ALCANÇADOSIndicador Objetivo da atividade Descrição sucinta da atividade (inserir início e Resultados alcançadosda atividade período de realização) 1. Organizar as ações Julho de 2012 - Reunião dos coordenadores dos metodológicas dos subprojetos para discussão e organização das ações -Elaboração de cronograma de visita às projetos. metodológicas. escolas envolvidas; -Mapeamento das formas de divulgação do projeto da CAPES no Centro Universitário São Camilo-ES; -Planejamento dos procedimentos operacionais de apresentação dos projetos nas escolas da Educação Básica. 2. Apresentar a todos os Agosto de 2012 - Visita do coordenador do subprojeto às - Reuniões pontuais com diretores e professores e demais Escolas EMEB ”Professor Valdir Freitas”, EMEB “Jenny supervisores das escolas parceiras para a membros da gestão da Guardia”, EEEFM “Carolina Passos Gaigher” e EEEM apresentação do o projeto PIBID/Centro escola o projeto “Presidente Getúlio Vargas” e à EMEB “Ercy Arruda Universitário São Camilo- ES. PIBID/Centro Bonfim”. Universitário São Camilo- ES; - Análise dos resultados e discussões das necessidades e dificuldades de Realizar diagnóstico do aprendizagem dos alunos na área de desempenho dos alunos História dessas escolas; das referidas escolas e conhecimento do espaço físico para a realização das atividades. 3. Discutir a metodologia de Agosto de 2012- Reunião dos coordenadores dos Organização dos grupos de acadêmicos cada projeto- Licenciatura subprojetos com os professores supervisores das estagiários a partir do diagnóstico realizado junto aos professores conveniadas ao PIBID/Centro Universitário São Camilo- nas escolas; supervisores; ES. Elaboração de formulários próprios para Decidir sobre os melhores monitoramento das atividades; procedimentos de monitoramento das ações Elaboração de relatório. dos acadêmicos estagiários nas escolas. 4.
  7. 7. ____________________________________________Relatório de Atividades do Programa 5. Apresentar aos Agosto de 2012- Reunião com os acadêmicos estagiários Detalhamento por escrito das ações a acadêmicos estagiários às para apresentação das atividades relativas ao serem desenvolvidas junto aos alunos da atribuições referentes ao desenvolvimento do projeto durante o ano de 2012. Educação Básica de cada escola desenvolvimento do contemplada no PIBID. projeto. 6. Discutir estratégias de Agosto de 2012- Seleção dos alunos com dificuldades de Encontros de supervisores e acadêmicos intervenção para melhoria aprendizagem apresentadas na disciplina de História. estagiários para discussão das estratégias do desempenho desses de intervenção e definição de alunos nessa disciplina. Agosto de 2012- Reuniões dos acadêmicos com o turmas/alunos envolvidos no PIBID/ Centro supervisor para tomada de decisões sobre os melhores Universitário-ES. procedimentos estratégicos de intervenção. 7. Realizar entrevistas com Setembro de 2012- Entrevista com os alunos de 6º ao 9º Elaboração de roteiro de entrevistas por alunos das escolas ano para levantamento das principais dificuldades acadêmicos estagiários/ supervisores e selecionadas pelo encontradas por eles durante o seu processo de coordenador do subprojeto; PIBID/Centro aprendizagem na disciplina de História. Universitário São Camilo- Elaboração de relatório síntese sobre os ES; resultados encontrados; Elaborar roteiro de Análise dos resultados pelo coordenador do entrevistas para detectar subprojeto; possíveis causas das dificuldades de aprendizagem na disciplina de História. 8. Elaborar junto ao Observação de aulas dos professores da disciplina de Análise das observações realizadas pelos supervisor roteiros de História. acadêmicos nas salas de aula da disciplina observação de aulas. de História; Análise dos resultados pelo coordenador do subprojeto; 9. Adquirir fundamentação Encontros para grupos de estudos e discussões teóricas Seleção de textos conforme temática e teórica para otimizar as e práticas sobre as experiências vivenciadas pelos necessidade encontradas intervenções pedagógicas acadêmicos estagiários, supervisores e coordenadores. permanentemente nas práticas nas salas de aulas e pedagógicas das escolas; subsidiar as análises das práticas realizadas. Realização de encontros de grupos de estudos; 10. Elaborar estratégias de Reuniões para planejamento de diferentes estratégias Elaboração de estratégias didático- 7
  8. 8. ____________________________________________Relatório de Atividades do Programa ensinagem diversificas metodológicas para a aplicação nas turmas dos alunos metodológica para aplicação em sala de para serem desenvolvidas envolvidos no projeto. aula. com os alunos com dificuldade de aprendizagem nas salas de aula. 11. Elaborar estratégias de EMEB “Jenny Guardia” Foi possível ver a melhora dos alunos com ensinagem diversificas Estudo dos diferentes conteúdos históricos a partir da esse método, pois o filme os ajudava a fixar para serem desenvolvidas análise de filmes – “1492: a conquista do paraíso”. melhor o conteúdo estudado em sala de com os alunos com Direção- Ridley Scott. 1992; “Carlota Joaquina:a aula, o que gerou uma maior participação dificuldade de princesa do Brasil. Direção – Carla Camurati. 1992. destes nas aulas, avaliado junto ao aprendizagem nas salas professor dos alunos e da supervisora do de aula. projeto na escola, bem como, com as observações realizadas nas aulas. 12. Elaborar estratégias de EMEF “Ercy Arruda Bonfim” Foi possível observar as maiores ensinagem diversificas dificuldades que os alunos encontravam e - Colaboração das alunas junto ao profº de história para para serem desenvolvidas organização de pesquisa sobre a História do município de com isso diagnosticar alguns problemas, com os alunos com Muqui e organização da produção de miniatura da réplicasendo eles dificuldade com a leitura e dificuldade de do boi pintadinho com a participação dos alunos para interpretação de textos, dificuldade em aprendizagem nas salas Feira do Projeto “Revivendo Muqui”(Centenário). escrever e conseqüentemente isso de aula. - Participação e colaboração das alunas bolsistas no dificultava a aprendizagem dos conteúdos desenvolver dos trabalhos durante o evento da Feira do abordados. Observou-se ainda, a falta Projeto “Revivendo Muqui”. perspectiva dos alunos em avançarem e - Planejamento e organização das atividades de reforço isso os impediam de desejarem a aprender, para os alunos selecionados pela escola, voltado devido a isto trabalhamos com os alunos ao principalmente para a leitura e produção de textos decorrer das aulas a importância dos históricos. estudos, podendo assim gerar neles animo desejo de prosseguir. A partir das atividades realizadas junto aos alunos, observou-se maior interesse dos alunos em participar tanto das aulas de 13. Elaborar estratégias de EEEM Presidente "Getúlio Vargas" Durante a aplicação da atividade com a ensinagem diversificas Estudo dos diferentes conteúdos históricos a partir da utilização de documentos históricos, os para serem desenvolvidas análise de documentos históricos usados como fonte de alunos bolsistas puderam observar o com os alunos com pesquisa. interesse dos alunos pela atividade, uma dificuldade de vez que, foi utilizado uma outra estratégia aprendizagem nas salas de ensino, que não fosse o livro didático. de aula. 14. Elaborar estratégias de EMEB Professor “Valdy Freitas” Após a realização das aulas de reforço no ensinagem diversificas Estudo dos diferentes conteúdos históricos a partir da contraturno, o supervisor do projeto 8
  9. 9. ____________________________________________Relatório de Atividades do Programa para serem desenvolvidas análise de músicas e filmes. A música trabalha na repassou para o coordenador do subprojeto com os alunos com atividade foi Geração Coca-Cola, do grupo Legião e para os bolsistas a avaliação positiva do dificuldade de Urbana. O filme trabalho junto aos alunos foi “Escritores desempenho (rendimento) dos alunos. aprendizagem nas salas da Liberdade”. (Trabalho interdisciplinar com os alunosRegistra-se ainda, que no início da atividade de aula. bolsistas dos cursos de História e Letras). de reforço escolar, não houve envolvimento de grande parte dos alunos selecionados para participarem do projeto. Contuto, com o decorrer da aplicação do projeto, o número de alunos participantes das atividades escolares aumentou significativamente. 15. Elaborar estratégias de EEEFM ”Carolina Passos Gaigher” Observou-se os alunos participaram mais ensinagem diversificas Estudo dos diferentes conteúdos históricos a partir da atividade das aulas, a partir da utilização para serem desenvolvidas análise de filme. dessa estratégia de ensino, pois o filme os com os alunos com ajudava a fixar melhor o conteúdo estudado dificuldade de em sala de aula, promovendo a aprendizagem nas salas aprendizagem. de aula. 16. Oportunizar a discussão Realização de seminários para apresentação dos Apresentação oral e escrita das das práticas aplicadas, resultados parciais das atividades pedagógicas do projeto. experiências do supervisor das escolas; relacionando-as à fundamentação teórica Apresentação oral e escrita dos grupos de estudadas; acadêmicos bolsistas. Apresentar resultados Produção de sínteses parciais com dados parciais da aplicação do quantitativos e qualitativos do PIBID/Centro projeto nas escolas. Universitário São Camilo- ES.Orientações Gerais 1. Descrever sucintamente os objetivos, atividades e resultados alcançados. 2. Demonstrar a relação entre as atividades desenvolvidas e os resultados alcançados. É importante explicitar, com clareza, a articulação entre atividades e resultados, de modo a explicitar o cumprimento do objeto a que se destina o programa. 3. Os resultados devem apontar para a formação do professor, o trabalho coletivo desenvolvido, as aprendizagens possíveis, a apresentação de trabalho em eventos, a manipulação de instrumentos para a docência e a investigação educacional, a produção de conhecimentos e saberes sobre a docência e a escola, dentre outros. As produções, a serem apresentadas abaixo, materizalizam-se em artigos publicados, portfólios e diários de bordo, material didático produzido (mídias, jogos, dinâmicas, etc), estratégias didáticas, relatórios de avaliação dos resultados, dentre outras). 9
  10. 10. 5. DESCRIÇÃO DA PRODUÇÃO EDUCACIONAL GERADAObs. 1: As produções deverão ser apresentadas individualmente em cada tabela e em ordem alfabética. Insira novaslinhas para o mesmo tipo de produto. Ao final, a tabela deverá apresentar a quantidade total da produção.Obs. 2: Os produtos devem ser apresentados em ANEXOS numerados, em formato digital (CD ou DVD) e, quandopossível, disponibilizado na website da IES. O link deve ser informado no campo apropriado.Obs. 3: O anexo, presente na mídia digital, deverá trazer com maiores detalhes a produção gerada.Obs.4: Os produtos estão relacionados às atividades desenvolvidas. Portanto, para cada tipo de produto, deverá serapresentado o indicador da atividade correspondente (ver quadro 4).5.1) PRODUÇÕES DIDÁTICO-PEDAGÓGICASNeste grupo enquadram-se produtos do tipo: banners e cartazes pedagógicos produzidos, criação debanco de imagens, criação de banco de sons, criação de Blogs, criação de kits de experimentação,estratégias e sequências didáticas, folders, mapas conceituais, mídias e materiais eletrônicos, planosde aula, Plataforma Moodle e outras, (Wikipédia), preparação de aulas e estratégias didáticas,preparação de estratégias e sequências didáticas para o Portal do Professor, preparação deminicursos, produção de cadernos didáticos, produção de objetos de aprendizagem, produção deroteiros experimentais, produção de softwares, projetos educacionais realizados, sínteses e análisesdidáticas; outros.1) Tipo do produto: Plano de aula Indicador atividade: 01a) Descrição do produto gerado (Max. 100 palavras):Plano de aula- Análise fílmica em sala de aula.b) Descrição do produto gerado (Max. 100 palavras):(Anexo XXXX em mídia digital e ou hiperlink) Quantidade total2) Tipo do produto: Ofício do Historiador Indicador atividade: 02a) Descrição do produto gerado (Max. 100 palavras):Oficina de conservação, restauração e análise de documentos históricos. Os documentos utilizadosna atividade foram emprestados pelo Laboratório de Pesquisa Social e Histórica, do Curso deHistória, do Centro Universitário São Camilo – ES.D:fotos são camilo volta a comunidade100_3037.JPGD:fotos são camilo volta acomunidade100_3043.JPGD:fotos são camilo volta a comunidade100_3044.JPG
  11. 11. ____________________________________________Relatório de Atividades do Programab) Descrição do produto gerado (Max. 100 palavras):(Anexo XXXX em mídia digital e ou hiperlink) Quantidade total 01n) Tipo do produto:________________________________________Indicador atividade: _________a) Descrição do produto gerado (Max. 100 palavras):(Anexo XXXX em mídia digital e ou hiperlink)b) Descrição do produto gerado (Max. 100 palavras):(Anexo XXXX em mídia digital e ou hiperlink) Quantidade total5.2. PRODUÇÕES BIBLIOGRÁFICASNa produção bibliográfica destacam-se: artigo técnico-científico publicado; dissertação de mestradoem andamento ou concluída; edição, organização e/ou coordenação de livros ou coleções;publicação de jornais na escola; publicação de livro; publicação de capítulo de livro; publicação deresumo técnico-científico; publicação de trabalho completo; publicação individual de crítica eresenha científico-educacional ou prefácio de obras especializadas ou espetáculos; tese de doutoradoem andamento ou concluída; trabalho de conclusão de curso em andamento ou concluída; traduçãode capítulo de livro; tradução de peças teatrais, de óperas encenadas e livros; outros.1) Tipo do produto:BLOG PIBID NO SÃO CAMILO, ES Indicador atividade: __01__a) Descrição do produto gerado (Max. 100 palavras):Criação(Anexo XXXX em mídia digital e ou hiperlink)b) Descrição do produto gerado (Max. 100 palavras):(Anexo XXXX em mídia digital e ou hiperlink) Quantidade total2) Tipo do produto:__________________________________________Indicador atividade: ______a) Descrição do produto gerado (Max. 100 palavras):(Anexo XXXX em mídia digital e ou hiperlink) 11
  12. 12. ____________________________________________Relatório de Atividades do Programab) Descrição do produto gerado (Max. 100 palavras):(Anexo XXXX em mídia digital e ou hiperlink) Quantidade totaln) Tipo do produto:________________________________________Indicador atividade: _____a) Descrição do produto gerado (Max. 100 palavras):(Anexo XXXX em mídia digital e ou hiperlink)b) Descrição do produto gerado (Max. 100 palavras):(Anexo XXXX em mídia digital e ou hiperlink) Quantidade total5.3) PRODUÇÕES ARTÍSTICO-CULTURAISEste grupo engloba todos os resultados artístico-culturais desenvolvidos no programa, tais como:adaptação de peças teatrais; atividades de grafitagem, atividades de leitura dramática ou e peçaradiofônica; atividades de restauração de obras artísticas; autoria de peças teatrais, roteiros, óperas,concertos, composições musicais, trilha sonora, cenografia, figurino, iluminação e/ou coreografiaintegrais apresentadas ou gravadas nas IES e escolas participantes; criação de espetáculos de dança;criação de filmes e atividades cênicas; criação de grupos musicais; criação de rádio escolar; desenhoe pintura; exposição artístico-educacional; exposição de fotos e imagens; festivais de dança naescola; festivais de música; maquetes; transcrição e/ou arranjos de obras musicais; participação dealunos em concertos, recitais ou gravações; participação de alunos em peças teatrais; sarau escolar,vernissage, dentre outros.1) Tipo do produto: Projeto “Revivendo Muqui”(Centenário). Indicador atividade: 01a) Descrição do produto gerado (Max. 100 palavras):Organização de pesquisa sobre a História do município de Muqui e organização da produção de miniaturada réplica do boi pintadinho com a participação dos alunos para Feira do Projeto “RevivendoMuqui”(Centenário).D:Feira (58).JPGD:Feira (63).JPGD:Feira (65).JPGD:Feira (64).JPGD:Feira (72).JPGD:Feira (101).JPGD:Feira (124).JPGD:Preparativos para feira (22).JPGD:Preparativos para feira (20).JPGD:Preparativos para feira (53).JPGb) Descrição do produto gerado (Max. 100 palavras):(Anexo XXXX em mídia digital e ou hiperlink) Quantidade total 012) Tipo do produto:__________________________________________Indicador atividade: ______ 12
  13. 13. ____________________________________________Relatório de Atividades do Programaa) Descrição do produto gerado (Max. 100 palavras):(Anexo XXXX em mídia digital e ou hiperlink)b) Descrição do produto gerado (Max. 100 palavras):(Anexo XXXX em mídia digital e ou hiperlink) Quantidade totaln) Tipo do produto:________________________________________Indicador atividade: _________a) Descrição do produto gerado (Max. 100 palavras):(Anexo XXXX em mídia digital e ou hiperlink)b) Descrição do produto gerado (Max. 100 palavras):(Anexo XXXX em mídia digital e ou hiperlink) Quantidade total5.4) PRODUÇÕES DESPORTIVAS E LÚDICASAs atividades de caráter lúdico e esportivo, como: criação de times de modalidades esportivas(basquete, vôlei, futebol, etc), competições esportivas, criação de materiais para recreação; criaçãode rodas de capoeira; desenvolvimento de novas modalidades esportivas na escola; gincanasescolares; jogos para recreação e socialização; jogos inter-classes; desenvolvimento de jogosespeciais para inclusão (goalball, futebol de 7, futebol de 5, voleibol sentado, natação, bocha,outros); jogos populares; jogos dos povos indígenas (arco e flecha, cabo de força, corrida de tora,natação em águas abertas, hipip; akô, insistró, kagót, peikran, corrida de fundo, outros); atividadeslúdicas para recreios e intervalos escolares; desenvolvimento de brincadeiras; brinquedos ebrinquedotecas; maratonas escolares; olimpíadas esportivas; dentre outros.1) Tipo do produto:__________________________________________Indicador atividade: ______a) Descrição do produto gerado (Max. 100 palavras):(Anexo XXXX em mídia digital e ou hiperlink)b) Descrição do produto gerado (Max. 100 palavras):(Anexo XXXX em mídia digital e ou hiperlink) Quantidade total 13
  14. 14. ____________________________________________Relatório de Atividades do Programa2) Tipo do produto:__________________________________________Indicador atividade: ______a) Descrição do produto gerado (Max. 100 palavras):(Anexo XXXX em mídia digital e ou hiperlink)b) Descrição do produto gerado (Max. 100 palavras):(Anexo XXXX em mídia digital e ou hiperlink) Quantidade totaln) Tipo do produto:________________________________________Indicador atividade: _________a) Descrição do produto gerado (Max. 100 palavras):(Anexo XXXX em mídia digital e ou hiperlink)b) Descrição do produto gerado (Max. 100 palavras):(Anexo XXXX em mídia digital e ou hiperlink) Quantidade total5.5) PRODUÇÕES TÉCNICAS, MANUTENÇÃO DE INFRAESTRUTURA E OUTRASNeste campo destacam-se: atualização de acervo da biblioteca escolar; criação de fóruns delicenciatura e formação docente; criação de laboratórios portáteis para o ensino de ciências;desenvolvimento de projetos sociais; manutenção de ateliê para atividades artísticas na escola;plano de melhoramento para laboratórios de ciências; revitalização de laboratórios de informática;modificação de projetos pedagógicos da licenciatura; criação de novas modalidades de licenciatura;criação de licenciaturas indígenas e do campo; criação de licenciaturas interculturais; outrosprodutos.1) Tipo do produto: Criação de grupos de estudo sobre a formação docente Indicador atividade: 01a) Descrição do produto gerado (Max. 100 palavras):Grupo de estudo com a participação de todos os participantes do programa, para estudo de textosobre a formação de professores e a prática docente.DOC271212historia-001 (1).pdf DOC271212historia-008 (1).pdfb) Descrição do produto gerado (Max. 100 palavras):Grupo de estudo com a participação de todos os participantes do programa, para estudo de textosobre a formação de professores e a prática docente.DOC271212historia-005 (1).pdf Quantidade total 02 14
  15. 15. ____________________________________________Relatório de Atividades do Programa2) Tipo do produto: Grupo de estudo com alunos bolsistas do subprojeto de História Indicadoratividade: 02a) Descrição do produto gerado (Max. 100 palavras):Grupo de estudo com a participação do coordenador do subprojeto de História e dos alunos bolsistasparticipantes do programa, para estudo de texto sobre a formação de professores e a prática docente.DOC271212historia-002.pdfb) Descrição do produto gerado (Max. 100 palavras):Grupo de estudo com a participação do coordenador do subprojeto de História e dos alunos bolsistasparticipantes do programa, para estudo de texto sobre a formação de professores e a prática docente.DOC271212historia-003.pdfd) Descrição do produto gerado (Max. 100 palavras):Grupo de estudo com a participação do coordenador do subprojeto de História e dos alunos bolsistasparticipantes do programa, para estudo de texto sobre a formação de professores e a prática docente.DOC271212historia-004 (1).pdf Quantidade total 03n) Tipo do produto: Fórum de apresentação de atividades do PIBIDIndicador atividade: 03a) Descrição do produto gerado (Max. 100 palavras):Fórum de apresentação das atividades desenvolvidas pelos alunos bolsistas nas escolas parceiras aoPIBID.Subárea História (2).pptmb) Descrição do produto gerado (Max. 100 palavras):(Anexo XXXX em mídia digital e ou hiperlink) Quantidade total 016. DESCRIÇÃO DE IMPACTOS DAS AÇÕES/ATIVIDADES DO PROJETONA: FORMAÇÃO DE PROFESSORES; LICENCIATURAS ENVOLVIDAS;EDUCAÇÃO BÁSICA; PÓS-GRADUAÇÃO e ESCOLAS PARTICIPANTES(Max. 2 laudas)O Projeto oportunizou aos alunos bolsistas da Licenciatura em História, do Centro Universitário São Camilo-ES, vivenciar o processo ensino aprendizagem, propiciando o contato direto com o ambiente da sala de aulana perspectiva de junto ao corpo docente da instituição de ensino aprender na prática o processo deensinagem. Buscou-se analisar os dados do PAEBES, IDEB das escolas parceiras, bem como, analisar osrelatos dos diretores, pedagogos e professores e a partir do levantamento da realidade das escolas, o planode ação do subprojeto de História pautou-se na modalidade de intervenção pedagógica a partir da leitura,interpretação e escrita dos alunos e o estudo do conteúdo histórico, tendo como público alvo da iniciativaalunos de 6ª, 7ª e 8ª série do Ensino Fundamental II O Projeto presou a construção de ferramentas quefacilitaram o estudo da História, atingindo os educandos identificados como os que apresentam maioresdificuldades na execução dos conteúdos propostos dentro do currículo escolar, esclarecendo ainda que tal 15
  16. 16. ____________________________________________Relatório de Atividades do Programaseleção foi realizada tendo como parâmetro as avaliações de rendimento qualitativo e quantitativo dosregentes norteando todo trabalho a ser desenvolvido, no contra turno atendendo ao cronograma previstosegundo as orientações dos subprojetos do PIBID.Por impacto, entende-se os efeitos produzidos pelo projeto que tenham gerado modificações emalgum aspecto da seu campo de atuação. Trata-se de identificar, compreender e explicar asmudanças ocorridas nesse campo.7. CONTRIBUIÇÕES PARA A LICENCIATURADescrever as contribuições do projeto para o aprimoramento dos cursos de licenciatura (Até 500palavras)No final das últimas décadas do século XX, a educação brasileira passou por mudanças significativas, apartir de um rico momento de debates, elaboração e implementação de propostas curriculares, de novosmateriais didáticos e do repensar das práticas educativas no país. Essas mudanças também influenciaramnas transformações ocorridas no ensino de História, articuladas com um aumento da produçãohistoriográfica.De acordo com Fonseca (2003) as mudanças ocorridas no ensino de História foram estratégicas, uma vezque, não baseou-se apenas na luta pelo rompimento com as práticas homogeneizadoras e acríticas, mastambém na criação de novas práticas escolares. O ensino de história passou a ter uma nova configuração,com a ampliação dos objetos de estudo, dos temas, dos problemas, das fontes históricas utilizadas peloprofessor em sala de aula.Diante dessa nova realidade, torna-se fundamental que as instituições públicas e privadas invistam naformação de professores, com o objetivo de reconstruir as relações entre os saberes adquiridos naformação universitária e a complexidade dos saberes mobilizados no cotidiano da sala de aula. Aparticipação do Curso de História, do Centro Universitário São Camilo, no PIBID nos oportuniza o estudo eanálise do contexto educacional, propiciando estratégias atuais de ensino de forma atender àsnecessidades do profissional de educação, bem como, o domínio de um conjunto de saberes e mecanismosque possibilitam a socialização do conhecimento histórico no ambiente escolar. Nesta primeira etapa deaplicação do projeto buscou-se organizar estudos a fim de estabelecer um olhar reflexivo para a práticadocente e o processo de ensino-aprendizagem, bem como, a contribuição teórica a partir dos reflexão eestudo de diferentes obras da literatura especializada sobre o ensino de história no Brasil. Buscou-se ainda,discutir e vivenciar diferentes práticas de ensino em História. 16
  17. 17. ____________________________________________Relatório de Atividades do Programa8. DIFICULDADES ENCONTRADAS E JUSTIFICATIVAS DE ATIVIDADES PREVISTAS ENÃO REALIZADAS(Até 500 palavras)A coordenação do subprojeto de Licenciatura em História, após encontro com os alunos bolsistas envolvidosno PIBID, apresenta dados parciais quanto a dificuldade na implementação das ações do projeto nasescolas parceiras do programa nos municípios de Muqui-ES e Cachoeiro de Itapemirim- ES. Durante aavaliação realizada na Escola Estadual de Ensino Médio Presidente "Getúlio Vargas" observou-se que aescola passa por problemas comuns a outras escolas do país, tais como, problemas estruturais, sociais,excesso de alunos por turma, biblioteca desestruturada e livros didáticos em falta. Quanto à questão deinfra-estrutura, observou-se que o problema principal é a reforma do prédio, iniciada pelo governo doEstado no ano de 2010 e sem previsão de encerramento. Essas obras atrapalham algumas classes porcausa dos ruídos, poeira e outros agentes que causam desconforto tanto em alunos quanto professores, oque prejudica o bom andamento das atividades pedagógicas da escola. Quanto aos problemas sociais,destaca-se: alguns chegam sem uma alimentação adequada na escola; alunos envolvidos em atoscriminosos, ilícitos ou uso de drogas; problemas raciais e homofobia. Esses dados foram obtidos a partir daconversa junto aos alunos e corpo técnico da escola. Quanto à sala de aula, observa-se que as salas deaula possuem um tamanho adequado e estrutura bem elaborada, porém, para comportar 25 alunos nomáximo e de fato não é o que ocorre nessa unidade de ensino, que está com uma média de 40 alunos porturma, ou seja, 60% acima da capacidade adequada. Quanto às aulas da disciplina de História, observa-seque os alunos, principalmente do 1º ano do Ensino Médio, apresentam muita dificuldade. Após análiseparcial das atividades desenvolvidas na turma, percebeu-se que a metodologia utilizada pelos professoresda área não são inovadoras, mesmo planejamento, não há relação entre teoria e prática. O professor selimita a teoria, a leitura e a repetição. Os alunos não vêem sentido em estudar História, pois afirmam que“vivem no presente”. Ao iniciar o trabalho na EEEFM “Carolina Passos Gaigher” observou-se que os alunos apresentam muitadificuldade de aprendizagem, com graves problemas de indisciplina e dificuldade em leitura e escrita.Observou-se a realidade sócio-econômica dos alunos que apresentam dificuldade financeira e muitosproblemas familiares. Quanto à metodologia de ensino utilizada pelo professor da área, observou-se quenão inovação quanto às estratégias de ensino. Prepara as aulas minutos antes de seu início. Utiliza demuitas atividades xerografadas. Ao aluno só e apresentada uma única forma de estudar história, através da“leitura”. Quanto ao rendimento escolar dos alunos na disciplina de História na escola, observou-se quemuitos alunos apresentam baixo rendimento e com pouca expectativa de recuperação, tanto por parte daprofessora, quanto por parte dos alunos. Ao iniciar o trabalho na EMEF “Ercy Arruda Bonfim” observou-se que os alunos envolvidos no programasão muito agitados e não apresentam interesse em estudar e aprender História. Quanto ao trabalhodesenvolvido pelo professor da área, observou-se que apresenta uma metodologia de ensino tradicional,não diversifica as estratégias de ensino do conteúdo, Foi solicitado aos alunos que atuassem na escolaaplicando reforço escolar. Ao iniciar as atividades na EMEB “Professor Valdy” observou-se que o professor regente da disciplina deHistória utiliza uma metodologia tradicional de ensino, com a aplicação de leitura de trechos do conteúdo,sem questionar os alunos sobre os conteúdos apresentados e resolução de exercícios do livro didático. Osalunos apresentam muita dificuldade em interpretar as atividades propostas pelo professor da área e nãotem interesse em estudar História.Diante dos dados apresentados pelos alunos bolsistas buscou-se desenvolver atividades diferenciadasdurante as aulas de reforço escolar na busca da melhoria da aprendizagem e no “despertar” pelo gosto doestudo da História 17
  18. 18. ____________________________________________Relatório de Atividades do Programa9. CONSIDERAÇÕES FINAIS E PERSPECTIVAS(Até 500 palavras)Segundo as novas abordagens da História, o professor precisa romper com a visão factual e linear doprocesso histórico em que as relações sociais são tomadas como ponto de partida para o estudo dasociedade. O ato de ensinar na sociedade atual requer um novo pensar das práticas docentes, pautado naconcepção de história como construção, rompendo-se com a história sequencial, factual, causal eteleológica, tão recorrente no meio escolar do país, bem como, no ensino de História a partir de uma novaabordagem “História Nova”: ampliação das fontes de estudo, passando a utilizar também as fontes orais(entrevistas, depoimentos, narrativas), as fontes audiovisuais (fotografias, discos, filmes), além das obras dearte. Tudo que fosse registro da ação humana passou a ser considerada fonte histórica. Nesse sentido, oPIBID/Centro Universitário São Camilo-ES torna-se fundamental para o desenvolvimento profissional doprofessor de história, uma vez que, permite democratiza o acesso ao saber e possibilita o confronto e odebate de diferentes visões e assim, estimula a incorporação e o estudo da complexidade da construção doconhecimento e da experiência histórica. Destaca-se ainda, a importância do programa na melhoria doensino das escolas parceiras do programa, uma vez que, o plano de ação do subprojeto de Históriaimplementado pelos alunos bolsistas nas escolas promoveu a compreensão das diferentes concepçõesmetodológicas que referenciam a construção de categorias para a investigação e a análise das relaçõessócio-históricas. Isto pois, cada escola apresenta um realidade sócio-econômica e cultural própria. Oprograma também oportunizou aos alunos bolsistas o domínio dos principais aspectos teóricos,metodológicos e epistemológicos da História, articulando-os, de forma crítica, criativa e prática às temáticaspautadas no conhecimento histórico. E ainda, ampliou a discussão no ambiente acadêmico dos velhosparadigmas de formação docente e da realidade do cotidiano escolar com a busca de novos referenciaisteórico-metodológicos de uma educação crítico reflexiva e cultural. Dessa forma, é fundamental apermanência do programa no Centro Universitário São Camilo –ES, uma vez que, possibilita trazer arealidade escolar para a discussão complementando a ação teórica apresentada pelos alunos bolsistas,supervisores das escolas coordenadores dos subprojetos e assim buscar dinamizar a proposta em seuespaço educativo.Considerações sobre o alcance dos objetivos do projeto, indicadores de avaliação criados, críticas e sugestões demelhoramento do programa na IES e na CAPES. Destacar a necessidade de continuidade, aprimoramento, expansão outérmino do projeto na IES. (Max. 1 lauda)Cachoeiro de Itapemirim, 27/12/2012Jaqueline Ramalho Nogueira Santos Responsável pelo projeto 18
  19. 19. ____________________________________________Relatório de Atividades do Programa 19

×