1
A 1ª Conferência Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional contará com quatro palestras:
- Comida de verdade, no ca...
2
Data da
Realização:
30 de Junho de 2015
Local: Câmara de Vereadores
Horário: Manhã 08 às 12 horas
5. JUSTIFICATIVA
As úl...
3
Reunir as lideranças municipais e comunitárias, profissionais da secretaria de saúde, educação,
promoção social, e forma...
4
A 1ª Conferência Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional busca destacar o papel do
Governo Municipal de Terra Nov...
5
Nº INDICADORES VERIFICÁVEIS MEIOS DE VERIFICAÇÃO
01 Quantidade de participantes diretos Ficha individual
02
Quantidade d...
6
11.1. CONCEPÇÃO DA AVALIAÇÃO
A avaliação é uma forma de obter e fornecer informações sobre dimensões dos resultados, de
...
7
01 Equipe
Coordenação
Geral
- Elaboração do projeto;
- Contatos Institucionais;
- Execução do projeto;
- Contatos com os...
8
ITEM ATIVIDADES
ABRIL MAIO JUNHO
01 Divulgação do Projeto nas Instituições X
02 Inscrição dos Participantes X
03 Seleção...
9
ITEM DESCRIÇÃO QUANTIDADE VALOR
01 Folder Lançamento - Produção e Impressão
Folder no formato Aberto 20,0 x 58,5cm, 4/4
...
10
ITEM DESCRIÇÃO QUANTIDADE VALOR
.001 Despesas com Palestrantes (Transp.; Diárias e
Honorários)
2 R$ 2000,00
.002 Lanche...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Conferencia terra nova

148 visualizações

Publicada em

Conferência de Segurança Alimentar e Nutricional de Terra Nova

Publicada em: Notícias e política
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
148
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Conferencia terra nova

  1. 1. 1 A 1ª Conferência Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional contará com quatro palestras: - Comida de verdade, no campo e na cidade: por direitos e soberania alimentar; - Desnutrição decorrente da má alimentação: o que fazer para erradicá-la; - Combate ao desperdício de alimentos: como reaproveitá-los de forma prática e segura; - Desenvolvimento sustentável promovendo a soberania e a segurança alimentar e nutricional. A 1ª Conferência de Segurança Alimentar e Nutricional em Terra Nova reunirá representantes das instituições presentes no município: Igrejas, escolas, comerciantes, associações e os poderes Judiciário, legislativo e Executivo. 3.1. PROMOTORES DO EVENTO: Prefeitura Municipal de Terra Nova Diretoria: Cadastro Ambiental Rural e Certificado de Cadastro de Imóveis Rurais Secretaria de Saúde Secretaria de Promoção Social Secretaria de Educação, Cultura e Esportes. Razão Social: PREFEITURA MUNICIPAL DE TERRA NOVA-PE. CNPJ: 11361201000130 End. Praça Cel. Jeremias Parente de Sá Nº 21 Centro Terra Nova-PE. CEP: 56.190.000 Fone: 87 3892 -1011 87 3892-1336 Site: http://terranova.pe.gov.br/ 4. IDENTIFICAÇÃO DO PROJETO Titulo: 1ª Conferência Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional
  2. 2. 2 Data da Realização: 30 de Junho de 2015 Local: Câmara de Vereadores Horário: Manhã 08 às 12 horas 5. JUSTIFICATIVA As últimas pesquisas realizadas pelo governo federal e estadual mostram resultados preocupantes no que se refere ao consumo de alimentos pela população e na insegurança alimentar da mesma. Apesar dos avanços no combate a fome, a insegurança alimentar e nutricional, em todas as suas formas, persiste no Brasil, especialmente entre grupos populacionais específicos a exemplo dos que detêm um menor poder aquisitivo. Os indicadores nutricionais encaminham para os impactos negativos de um sistema alimentar que precisa ser reformado, o aumento dos índices de obesidade e sobrepeso, é um fato preocupante que requer bastante atenção sobre o tipo de alimentação que está disponível as famílias brasileiras, portanto só através de medidas que proporcionem a população os devidos conhecimentos sobre a melhor forma de se alimentar é que alcançaremos os menores índices de doenças decorrentes da má alimentação. É eminente a importância do apoio da Prefeitura Municipal a 1ª Conferência Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional por isso justifica-se a sua realização. Tendo a informação como principal base para a formação de uma sociedade a cada dia mais igualitária, que disponha de uma saúde nutricional saudável. 6. OBJETIVOS 6.1 Objetivos Gerais
  3. 3. 3 Reunir as lideranças municipais e comunitárias, profissionais da secretaria de saúde, educação, promoção social, e formadores de opinião para debater a questão da segurança alimentar e nutricional no âmbito local. 6.2 - Objetivos Específicos  Papel da Prefeitura na difusão das informações referentes à segurança alimentar e nutricional;  Divulgar a importância da boa alimentação;  Mostrar a importância do combate ao desperdício de alimentos;  Promover a difusão de novas tecnologias para o reaproveitamento de alimentos de forma segura e eficaz;  Estreitar as relações entre o profissional da nutrição e a sociedade;  Promover o conhecimento da população sobre os males da obesidade e sobrepeso;  Desenvolver alternativas que despertem a atenção dos cidadãos sobre a melhor forma de se alimentar. 6.3 - Objetivos Secundários Ampliar a participação dos profissionais de saúde, educação e promoção social na difusão das informações referentes à segurança alimentar e nutricional, da população. 7. RESULTADOS ESPERADOS
  4. 4. 4 A 1ª Conferência Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional busca destacar o papel do Governo Municipal de Terra Nova, sempre objetivando o desenvolvimento do Município, em todos os cenários, portanto a realização da conferência proporcionara a população um ganho de conhecimentos sem medidas, alavancando resultados positivos, uma vez que a sociedade será bem informada, assim saberá selecionar os melhores alimentos na hora do preparo das refeições, levando a mesa sempre uma refeição saudável. Busca-se ampliar os resultados no sentido de: - Destacar as ações da Secretaria de Saúde; - Incrementar o leque de conhecimentos dos agentes comunitários de saúde; - Difundir e absorver novas tecnologias de conservação de alimentos, garantido sempre a soberania e segurança alimentar; - Permitir o conhecimento sobre o tema a toda a população. 8. QUANTIFICAÇÃO DAS METAS A SEREM ATINGIDAS 8.1 - Metas Quantitativas Atingir as metas qualitativas apresentando o profissional de saúde do município, ampliando seu currículo, para posterior aplicação no seu trabalho, difundir as novas políticas públicas dos governos federal e estadual, voltadas para segurança alimentar e nutricional. 9. ESTRUTURA DE GESTÃO 10. INDICADORES E MEIOS DE VERIFICAÇÃO Equipe Coordenação Geral Equipe Infra-Estrutura Equipe Logística Equipe Marketing Equipe Inscrição
  5. 5. 5 Nº INDICADORES VERIFICÁVEIS MEIOS DE VERIFICAÇÃO 01 Quantidade de participantes diretos Ficha individual 02 Quantidade de participantes indiretos (familiares imediatos) Ficha individual 03 Índice de 95% de certificação dos participantes ao final do seminário. Relação de presença. 04 Os participantes preferencialmente devem estar registrados no Sindicato dos Trabalhadores rurais do Município. Convites as Instituições. 11. MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO Será aplicada ao final uma avaliação.
  6. 6. 6 11.1. CONCEPÇÃO DA AVALIAÇÃO A avaliação é uma forma de obter e fornecer informações sobre dimensões dos resultados, de modo a permitir julgamentos e tomadas de decisões que ensejem mudanças necessárias e/ou desejáveis em busca de um continuo aperfeiçoamento na realização de eventos municipais. A avaliação constitui em um processo contínuo, cooperativo e participativo, possibilitando ao governo municipal integrar-se também nesse processo, exercendo as funções diagnóstica, formativa e qualificadora, priorizando-se as funções diagnósticas e formativas, onde são abrangidos dois pontos distintos, específicos e intimamente relacionados:  A discussão como um todo;  O participante no seu rendimento nas discussões. 12. PALESTRAS DO SEMINÁRIO  Comida de verdade, no campo e na cidade: por direitos e soberania alimentar;  Desnutrição decorrente da má alimentação: o que fazer para erradicá-la;  Combate ao desperdício de alimentos: como reaproveitá-los de forma prática e segura;  Desenvolvimento sustentável promovendo a soberania e a segurança alimentar e nutricional. .13. EQUIPE PROFISSIONAL QUANTIDADE FUNÇÃO ATIVIDADES
  7. 7. 7 01 Equipe Coordenação Geral - Elaboração do projeto; - Contatos Institucionais; - Execução do projeto; - Contatos com os Palestrantes. 01 Equipe Infra- estrutura - Definição do local; - Montagem dos Equipamentos; - Limpeza e Ornamentação do Local; - Apoio Técnico. 01 Equipe Marketing - Divulgação do Seminário; - Confecções dos Materiais Publicitários; - Organização dos Kits. 01 Equipe Logística - Transporte dos equipamentos; - Transporte dos materiais; - Transporte dos palestrantes; - Transporte dos participantes (produtores) 01 Equipe Inscrição - Inscrição dos participantes; - Montagem dos kits; - Entrega dos Certificados. 14. CRONOGRAMA DAS ATIVIDADES
  8. 8. 8 ITEM ATIVIDADES ABRIL MAIO JUNHO 01 Divulgação do Projeto nas Instituições X 02 Inscrição dos Participantes X 03 Seleção dos Participantes inscritos X 04 Resultado da apuração de inscritos X 05 Seleção dos Palestrantes X 06 Contratação dos Palestrantes X 07 Planejamento Pedagógico X 08 Realização do Seminário X 09 Avaliação do Programa pelos Participantes X 29 Avaliação do Projeto X 30 Encerramento das programações X 31 Prestação de Contas X 15. ENTIDADES PARTICPANTES DO PROJETO  PREFEITURA DE TERRA NOVA-PE;  INSTITUTO FEDERAL DO SERTÃO PERNAMBUCANO – Campus Salgueiro  SECRETARIA DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO DO ESTADO DE PERNAMBUCO;  SEBRAE;  GOVERNO DO ESTADO;  SECRETÁRIA DE AGRICULTURA DO ESTADO. 16. DEMONSTRATIVO DE MATERIAIS NECESSÁRIOS:
  9. 9. 9 ITEM DESCRIÇÃO QUANTIDADE VALOR 01 Folder Lançamento - Produção e Impressão Folder no formato Aberto 20,0 x 58,5cm, 4/4 cores, duas dobras no papel couchê brilho 210gr. 500 unid R$ 100,00 02 Cartazes - Produção de Cartazes no formato 30,5 x 40,0cm, com 4/0 cores, papel couchê brilho L2 150gr. 25 unid R$ 85,00 03 Pastas c/ Bolso - Produção de Pastas em couchê brilho 240g 4/0 cores com bolso interno no formato aberto 44,0 x 32,0 cm formato fechado 22,0x32, 0 cm. 60 unid R$ 200,00 04 Banner - Produção de Banners em lona formato 1,20 x 0,80m em policromia, acabamento com bastão em madeira fino 1,0m. 02 unid R$ 170,00 05 Camisas - Produção de Camisas promocionais pintura em policromia. 60 Camisas R$ 900,00 06 Confecção de Certificado - Produção e Impressão em Policromia em papel couchê brilho 210 gr. A4 4/4. 60 unid R$ 100,00 07 Crachás – Produção de Crachás com cordão em policromia em papel couchê brilho 210gr. Formato A5 60 unid. R$ 40,00 08 Canetas – Produção de Canetas promocionais pintura em policromia. 60unid. R$ 100,00 09 Blocos de Anotações 60unid. R$ 50,00 16.1 DEMONSTRATIVOS DE EQUIPAMENTOS 17. DEMONSTRATIVO DE ESTRUTURAS ITEM DESCRIÇÃO QUANTIDADE .001 Equipamento de som 2 .002 Data Show 2 .003 Notebook 2 .004 Computadores 2 .005 Impressoras 2 .006 Bebedouro 2 .007 Caneta Laser 2 .008 Cadeiras 70 .009 Mesas 2
  10. 10. 10 ITEM DESCRIÇÃO QUANTIDADE VALOR .001 Despesas com Palestrantes (Transp.; Diárias e Honorários) 2 R$ 2000,00 .002 Lanche para 60 pessoas 2 R$ 500,00 .003 Almoço para 60 pessoas 1 R$ 300,00

×