História e imagem

2.442 visualizações

Publicada em

Apresentação utilizada pelo historiador Marcos Marsulo no workshop realizado para o projeto Balaio de Histórias, em setembro de 2010, na cidade de São Paulo

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.442
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
107
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
75
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

História e imagem

  1. 1. HISTÓRIA & IMAGEM <ul><li>REVISTA DE HISTÓRIA DA BIBLIOTECA NACIONAL </li></ul><ul><li>ENCARTE DO PROFESSOR </li></ul><ul><li>REVISTA N.52 </li></ul>
  2. 2. <ul><li>HISTÓRIA </li></ul><ul><li>I- conjunto de conhecimentos adquiridos através da tradição e/ou por meio de documentos,relativos à evolução, ao passado da Humanidade, ou... </li></ul><ul><li>II- narração dos fatos notáveis ocorrido na vida dos povos, em particular...da humanidade </li></ul>
  3. 3. IMAGEM I- representação gráfica, plástica ou fotográfica de pessoa ou de objeto, ou... II- aquilo que evoca uma determinada coisa por ter com ela semelhança ou relação simbólica; símbolo.
  4. 4. Então...
  5. 5. VER VENDO <ul><li>- De tanto ver, a gente banaliza o olhar – vê...não vendo. Experimente ver, pela primeira vez, o que você vê todo dia, sem ver. Parece fácil, mas não é: o que nos cerca, o que nos é familiar, já não desperta curiosidade. </li></ul><ul><li>O campo visual de nossa retina é </li></ul><ul><li>como um vazio. </li></ul><ul><li>Otto Lara Rezende </li></ul>
  6. 6. AS IMAGENS NO DIA A DIA <ul><li>- Já não sabemos se uma imagem é original ou não. </li></ul><ul><li>- As gerações atuais aprendem quase tudo por meio de uma cultura visual. </li></ul><ul><li>- Precisamos entender não só as imagens, mas também sua... </li></ul><ul><li>Produção </li></ul><ul><li>Reprodução </li></ul><ul><li>Significados ocultos </li></ul><ul><li>Significados explícitos </li></ul>Encarte do Professor Revista de História N.52
  7. 7. AS IMAGENS NO ENSINO DA HISTÓRIA <ul><li>- Auxilia na necessidade e compreensão dos significados de sua utilização... </li></ul><ul><li>Que caracterizam os nossos tempos </li></ul><ul><li>Como a forma em que a sociedade se imagina e se percebe, sua vida social, no presente e no passado </li></ul><ul><li>Gerar reflexões, possibilitar compreensões </li></ul>Encarte do Professor Revista de História N.52
  8. 8. FOTOGRAFIA <ul><li>A palavra Fotografia vem do grego φως [ fós ] (“luz”), e γραφις [ grafis ] (“ estilo ”, “pincel”) ou γραφη grafê , e significa “ desenhar ”com luz e contraste </li></ul>
  9. 9. FOTOGRAFIA <ul><li>França: </li></ul><ul><li>19 agosto 1839 </li></ul><ul><li>- Louis Jacques Mandé Daguerre </li></ul><ul><li>- Nicéphore Niépce </li></ul><ul><li>Brasil: </li></ul><ul><li>1833 </li></ul><ul><li>- Hercule Florence </li></ul>Fonte: Maria Inez Turazzi Revista de História N.52
  10. 10. SÉCULO XIX <ul><li>Efervescência na área de pesquisas, descobertas, invenções </li></ul><ul><li>Resultados </li></ul><ul><li>Interesses diplomáticos </li></ul><ul><li>Econômicos </li></ul><ul><li>Políticos </li></ul><ul><li>Intercâmbios de tecnologia </li></ul>Fonte: Maria Inez Turazzi Revista de História N.52
  11. 11. Finais Século XIX Início Século XX A Cultura da Belle Époque Coleção Rômulo Fialdini
  12. 12. A FOTOGRAFIA E O DAGUERREÓTIPO <ul><li>Expedição ao redor do mundo {1839} </li></ul><ul><li>OBJETIVOS </li></ul><ul><li>- “Levar a “boa nova”, porém... </li></ul><ul><li>- Trazer tudo o que pudesse interessar às ciências, ao comércio e a indústria da França </li></ul><ul><li>PORTUGAL </li></ul><ul><li>- Recebidos com pompa. Desfile pelas ruas de Lisboa. Recebidos pelo Rei e Rainha de Portugal </li></ul><ul><li>BRASIL - Praça XV{Paço Imperial-RJ} 17 janeiro 1840 </li></ul><ul><li>Jornal do Commercio: “Hoje de manhã teve lugar na Hospedaria Pharoux um ensaio fotográfico tanto mais interessante quanto é a primeira vez que a nova maravilha se apresenta aos olhos dos brasileiros. (...) É preciso ter visto a coisa com os próprios olhos para se poder fazer ideia da rapidez e do resultado da operação. (...) Em menos de nove minutos (...) se acharam reproduzidos com tal fidelidade, que a coisa parecia que tinha sido feita pela própria mão da natureza e quase sem a intervenção do artista”. </li></ul><ul><li>Fonte: Maria Inês Turazzi – Revista de História N.52 </li></ul>
  13. 13. A FOTOGRAFIA NO SÉCULO XXI IMAGEM IMEDIATISTA E DESCARTÁVEL? <ul><li>200 bilhões de cliques/ano </li></ul><ul><li>Fonte: Kodak brasileira – 2008 </li></ul><ul><li>Câmeras digitais acessíveis </li></ul><ul><li>Proliferação de aparelhos celulares </li></ul><ul><li>Resultado: Imagens nas mãos do povo </li></ul><ul><li>Fonte: Maria Inês Turazzi – Revista de História N.52 </li></ul>
  14. 14. A FOTOGRAFIA NO SÉCULO XXI <ul><li>Multiplica-se entre os jovens </li></ul><ul><li>Transformação Cultural? </li></ul><ul><li>- “As pessoas estariam vendo as imagens com os próprios olhos ou... </li></ul><ul><li>Elas nascem e morrem no território virtual? </li></ul><ul><li>As Imagens são compartilhadas, enviadas via SMS, publicadas, copiadas, deletadas ou esquecidas num HD” </li></ul><ul><li>Fonte: Lorenzo Aldé-Revista de História n.52 </li></ul>
  15. 15. A FOTOGRAFIA HOJE <ul><li>Sinônimo de coisa transitória </li></ul><ul><li>Passageira </li></ul><ul><li>Descartável </li></ul><ul><li>Sua função nos Séculos XIX-XX </li></ul><ul><li>- Perenidade das Imagens </li></ul><ul><li>As imagens através da fotografia proporcionam uma intimidade, um diálogo com o passado através do presente </li></ul><ul><li>Fonte: Lorenzo Aldé-Revista de História n.52 </li></ul>
  16. 16. A FOTOGRAFIA HOJE <ul><li>Risco de banalização </li></ul><ul><li>“ Falta consciência do que se quer fazer” </li></ul><ul><li>fonte: Eliane Heeren – Revista de História N.52 </li></ul><ul><li>“ Sem fotografia não haveria cinema. Sem o fascínio do audiovisual não haveria TV, nem chegaríamos à Internet” </li></ul><ul><li>Fonte: Lorenzo Aldé – Revista de História N.52 </li></ul>
  17. 17. FOTOGRAFIA UMA VIAGEM SEM VOLTA? O registro da imagem como Documentação Histórica Revista de História N.52 Coleção Nosso Século 1900-1910 Livro: As Barbas do Imperador
  18. 18. FOTOGRAFIA UMA VIAGEM SEM VOLTA? O registro da imagem como Documentação Histórica Instituto Presbiteriano Mackenzie
  19. 19. FOTOGRAFIA UMA VIAGEM SEM VOLTA? O registro da imagem como Documentação Histórica Livro: As Barbas do Imperador
  20. 20. FOTOGRAFIA UMA VIAGEM SEM VOLTA? O registro da imagem como Documentação Histórica Instituto Presbiteriano Mackenzie Marcos Marsulo
  21. 21. FOTOGRAFIA UMA VIAGEM SEM VOLTA? O registro da imagem como Documentação Histórica Coleção Claro Jansson
  22. 22. FOTOGRAFIA UMA VIAGEM SEM VOLTA? O registro da imagem como Documentação Histórica Sebastião Salgado Acervo Cia.Metropolitano de São Paulo Acervo Memorial Imigrante
  23. 23. FOTOGRAFIA UMA VIAGEM SEM VOLTA? MODOS DE OLHAR E VER Marcos Marsulo
  24. 24. FOTOGRAFIA UMA VIAGEM SEM VOLTA? MODOS DE OLHAR E VER Marcos Marsulo
  25. 25. FOTOGRAFIA UMA VIAGEM SEM VOLTA? MODOS DE OLHAR E VER Marcos Marsulo
  26. 26. FOTOGRAFIA UMA VIAGEM SEM VOLTA? MODOS DE OLHAR E VER Marcos Marsulo
  27. 27. FOTOGRAFIA UMA VIAGEM SEM VOLTA? MODOS DE OLHAR E VER Marcos Marsulo
  28. 28. AS MARIPOSA Boa noite lâmpida! Boa noite mariposa! Permita-me oscular da tua face? Pois não! Mas rápido hein... Que daqui a pouco eles me apagam! As mariposa, quando chega o frio Fica dando vorta em vorta da lâmpida Pra se esquentá Elas roda, roda e roda, depois si senta Em cima do prato da lâmpida...pra descansá Eu sou a lâmpida E as mulhé é as mariposa Que fica dando vorta em vorta de mim Todas noite..só pra me beijar As mariposa, quando chega o frio Fica dando vorta em vorta da lâmpida Pra se esquentá Elas roda, roda e roda, depois si senta Em cima do prato da lâmpida...pra descansá Tá muito bão! Mas não vai se acostumá, ouviu mariposinha?! Adoniran Barbosa
  29. 29. FOTOGRAFIA UMA VIAGEM SEM VOLTA? MODOS DE OLHAR E VER
  30. 30. FOTOGRAFIA UMA VIAGEM SEM VOLTA? MODOS DE OLHAR E VER Benedito Calixto
  31. 31. Pela atenção, obrigado! Marcos Marsulo Historiador, Educador Patrimonial Consultor em Cultura, Turismo e Artesanato [email_address] www.estacaohistoria.com.br 11-2605-4882 - 2606-5559

×