MBA de Marketing UniCarioca - Métricas (Parte 01)

476 visualizações

Publicada em

Primeira aula de Métricas do MBA de Marketing da UniCarioca, unidade Três Rios. Nessa aula, os alunos conheceram os principais componentes do estudo das métricas, e compreenderam, de forma lúdica e divertida, que o que não pode ser medido, não pode ser controlado, e portanto, não pode ser gerenciado.

Publicada em: Educação
1 comentário
3 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
476
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
15
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
13
Comentários
1
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Comportamento do Consumidor: Tela de Abertura
  • Comportamento do Consumidor: Tela de Abertura
  • MBA de Marketing UniCarioca - Métricas (Parte 01)

    1. 1. Renato Siqueira Gerente de Marketing Digital e de Relacionamento – Ventilador SPIRIT Facilitador, Educador, Palestrante e eterno aluno - 18 anos de experiência em TI (4 como Gestor) - 10 anos de experiência em Mídias Digitais (2 como Consultor) - 10 anos de experiência como Educador - Apaixonado por Seres Humanos e pela sua relação com a Tecnologia, Comunicação e Educação - Estudante profissional (Estudo por amor, não por obrigação) - Pai da Julia 
    2. 2. http://facebook.renatosiqueira.com.br http://twitter.renatosiqueira.com.br http://linkedin.renatosiqueira.com.br http://plus.renatosiqueira.com.br http://www.renatosiqueira.com.br
    3. 3. Você olha para o seu corpo e percebe sinais – visíveis e invisíveis - de que ganhou peso. E percebe que suas roupas não entram mais também :P
    4. 4. Você olha para o corpo dos seus amigos e percebe que eles estão em forma. E você não!
    5. 5. Você se pesa (mensuração) e confirma sua hipótese (até então, empírica) cientificamente
    6. 6. Você procura um especialista para saber quais são os passos necessários para reverter o quadro (Consultoria)
    7. 7. Você faz uma série de exames, testes e análises para descobrir algo surpreendente: Você está GORDO!
    8. 8. Você começa a aplicar os passos, gradualmente, seguindo o plano (dieta) rigorosamente
    9. 9. Você se pesa uma vez por semana (acompanhamento da performance)
    10. 10. Se a performance sofre redução, você aplica novas soluções (remédios ou nova dieta)
    11. 11. Você volta a se pesar (mensuração) para saber se as novas ações estão surtindo o resultado desejado
    12. 12. Você conseguiu! Finalmente MAGRO (e geralmente, chato pra car*lho!)
    13. 13. A não ser que você seja um completo energúmeno, vai saber a resposta para essa pergunta, certo? Mas, se na dieta seguimos estas regras simples, porque os Gestores não fazem o mesmo na gestão das suas Organizações?
    14. 14. Este ciclo é conhecido como PDCA
    15. 15. http://facebook.renatosiqueira.com.br http://twitter.renatosiqueira.com.br http://linkedin.renatosiqueira.com.br http://plus.renatosiqueira.com.br http://www.renatosiqueira.com.br “Marketing é satisfazer as necessidades (e os desejos) do cliente” - Philip Kotler
    16. 16. Segundo o BPM CBOK – versão 3.0, “Medida é a quantificação de dados em um padrão e qualidade aceitáveis (exatidão, completude, consistência, temporalidade).” Medida é a avaliação de uma grandeza por meio da comparação com outra grandeza da mesma espécie tomada como unidade. Quando se mede o comprimento de um material ou peça, por exemplo, pode-se utilizar o metro como unidade, isto é, o objeto medido é representado como uma fração (ou múltiplo) do metro. Resumindo: Uma medida é um DADO
    17. 17. A definição do BPM CBOK, diz que: “Métrica é uma extrapolação de medidas, isto é, uma conclusão com base em dados finitos. A Métrica também pode representar um conjunto de medidas (dados) contextualizados, que conduzem a uma interpretação e possibilitam uma tomada de decisão” Segundo essa definição, uma métrica pode ser entendida como a relação entre duas medidas de grandezas iguais ou diferentes. Um exemplo seria o número de defeitos identificados em um lote de produtos finalizados (defeitos [número] / total do lote [número]). Outro exemplo poderia ser a razão entre o número total de atendimentos realizados por um Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC) e o número de horas trabalhadas pelos atendentes (atendimento [número]/ horas trabalhadas [tempo]). Resumindo: Métricas são INFORMAÇÕES
    18. 18. Métricas são EXATAS... 1+1 é SEMPRE igual a 2... Qualquer coisa diferente disso é GAMBIARRA!
    19. 19. Métricas NÃO SÃO MANIPULÁVEIS! Manipular os números para apresentar resultados que agradem o “Sr. Burns” pode causar grandes estragos!
    20. 20. As Métricas Evoluem... É muito comum, no início do trabalho de Métricas, que as empresas preocupem-se apenas com o básico: Quantidade de visitas no site, compartilhamentos e comentários nas redes sociais, etc. Mas, com o tempo, é necessário evoluir para a colheita de métricas que agreguem INTELIGÊNCIA ao NEGÓCIO, para que a empresa possa ser beneficiada, assim como seus clientes!
    21. 21. Cuidado com elas!!! - “Quero ter 1 milhão de fãs no Facebook” - “Quero ter mais seguidores que a empresa Tal” - “Quer ter tantos ‘likes’ por post” Qual história suas métricas estão contando? EXISTE UMA HISTÓRIA sendo contada?
    22. 22. De acordo com o BPM CBOK, “Indicador é uma representação de forma simples ou intuitiva de uma métrica ou medida para facilitar sua interpretação quando comparada a uma referência ou alvo.” Indicadores representam informações a partir das quais é possível avaliar uma situação e sua evolução histórica. Contudo, indicadores mal definidos podem levar a conclusões equivocadas. Por exemplo, tomar somente a quantidade de reclamações de clientes, mês a mês, ao longo do ano, e verificar que o número absoluto de reclamações cresceu no período não indica, necessariamente, uma piora nos negócios. Está claro que se a sua empresa efetuar 1.000 vendas em dezembro e ter 10 reclamações de clientes é uma situação melhor que ter efetuado 100 vendas em janeiro e ter recebido 5 reclamações. Proporcionalmente, o número de reclamações terá caído de 5% (5/100) para 1% (10/1.000), embora em números absolutos elas tenham dobrado. Resumindo: Indicadores são Mecanismos para Identificação do alcançamento de uma meta
    23. 23. http://facebook.renatosiqueira.com.br http://twitter.renatosiqueira.com.br http://linkedin.renatosiqueira.com.br http://plus.renatosiqueira.com.br http://www.renatosiqueira.com.br
    24. 24. E desde sempre quantificamos as coisas... ... E por isso, buscamos sempre soluções tecnológicas (do grego τεχνη — "técnica, arte, ofício" e λογια — "estudo”) para facilitar nossas tarefas, de forma a realizar mais em menos tempo, com menos esforço, menos risco, mais praticidade... http://pt.wikipedia.org/wiki/Tecnologia
    25. 25. http://facebook.renatosiqueira.com.br http://twitter.renatosiqueira.com.br http://linkedin.renatosiqueira.com.br http://plus.renatosiqueira.com.br http://www.renatosiqueira.com.br

    ×