Branding e Comportamento: As relações entre as marcas e as pessoas

606 visualizações

Publicada em

Palestra "Branding e Comportamento: As relações entre as marcas e as pessoas" feita para o evento "VII Semana Acadêmica do Centro de Ciências Sociais e Aplicadas" da Universidade Católica de Petrópolis.

Publicada em: Educação
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
606
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
29
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Branding e Comportamento: As relações entre as marcas e as pessoas

  1. 1. Branding e Comportamento: As relações entre as marcas e as pessoas.
  2. 2. What is Branding: https://www.youtube.com/watch?v=JKIAOZZritk
  3. 3. http://pt.wikipedia.org/wiki/Posicionamento_(marketing) http://www.omelhordomarketing.com.br/posicionamento-de-marca/
  4. 4. A Natureza Emocional da Marca "Hoje as marcas não vendem produtos, e sim emoção e sentimento. Ninguém compra um Mac porque o computador é fácil de usar e muito melhor que um PC, mas porque a empresa traz status aos seus consumidores. O livro mostra como você pode definir a imagem que uma determinada marca passa ao seu público. As marcas evocam sentimentos e emoções, que muitas vezes os consumidores nem percebem porque optaram pela marca x ou y. O autor fala em muitos momentos sobre a influência da emoção na decisão de uma compra. “A prática de mercado nos mostra que quando o consumidor vai às compras, ele busca emoção. Em vez de abrir a carteira para comprar produtos mais baratos, as pessoas vão aos shoppings à procura de um estilo e identificação com as marcas”... http://www.rogeriopa.com/blog/livros/a-natureza-emocional-da-marca
  5. 5. Emotionomics 'Emotionomics' objetiva ajudar o leitor a entender as emoções em termos de oportunidades de negócios. No mercado altamente competitivo de hoje, em que os produtos são muito semelhantes, é o benefício emocional de um produto que pode fazer a diferença. Empresas com trabalhadores engajados e produtivos certamente terão vantagem competitiva. Esta obra inspira-se em descobertas proporcionadas pela interpretação de expressões faciais, a forma boa e viável de mensurar e controlar as reações emocionais de clientes e funcionários. O autor ensina como alavancar as emoções para obter sucesso nos negócios em termos de marca, design de produto, publicidade, vendas, satisfação do cliente, liderança e gestão de funcionários. http://www.rogeriopa.com/blog/livros/a-natureza-emocional-da-marca Dramatic Shift in Marketing Reality (Scholz & Friends): https://www.youtube.com/watch?v=ciSrNc1v17M
  6. 6. ZMOT: https://www.youtube.com/watch?v=g40rrWBx2ok
  7. 7. http://www.renatosiqueira.com.br/2014/04/cliente-o-homem-mais-poderoso-do-mercado.html
  8. 8. Referências Bibliográficas: - "Posicionamento" (Al Ries) - "A Economia da Atenção" (Thomas Davenport)
  9. 9. - Mercados são conversações. - Mercados consistem em seres humanos - A Internet está permitindo conversações entre seres humanos que simplesmente não eram possíveis na era da mídia de massa - Estas conversações em rede estão permitindo formas novas e poderosas de organização social e de troca de conhecimento - Não existem segredos. O mercado em rede sabe mais que as empresas sobre seus próprios produtos. E tanto sendo a notícia boa ou ruim, eles dizem para todo mundo - Você está convidado, mas é o nosso mundo. Jogue seus sapatos pela janela. Se você quiser negociar conosco, desça do pedestal! The Cluetrain Manifesto http://www.cluetrain.com/portuguese/

×