Instância de Governança da Grande Florianópolis

392 visualizações

Publicada em

Apresentação da Instância de Governança da Grande Florianópolis

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
392
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Instância de Governança da Grande Florianópolis

  1. 1. INSTÂNCIA DE GOVERNANÇA DA GRANDE FLORIANÓPOLIS (IGF)
  2. 2. Histórico • PNMT – 1994; • PRT – 2004.
  3. 3. Programa de Regionalização do Turismo (PRT) • PRT é um Modelo de Gestão Descentralizada e Participativa; • Pretende alinhar a política nacional de turismo com as políticas estaduais e municipais; • Estimular o incremento da competitividade nos destinos e promover a cooperação e integração entre os municípios. • É um programa estruturante do Mtur para promover o desenvolvimento turístico sustentável de forma regionalizada no Brasil. • Traduz um modelo de gestão coordenada, integrada e descentralizada de política pública para diversificar, ampliar e estruturar a oferta turística brasileira. • A Regionalização visa o planejamento, gestão, promoção e comercialização integrada e compartilhada dos municípios que compõem a região turística. • Na prática significa que municípios juntos, trabalhando de forma integrada e articulada, podem conseguir muito mais do que cada um em separado.
  4. 4. • Outra ação que se ressalta é o alinhamento da estratégia da segmentação do turismo com o Programa de Regionalização, tornando-se uma diretriz orientadora para o desenvolvimento de produtos, promoção e posicionamento de mercado. • O lançamento da coletânea Cadernos da Segmentação, composta por nove cadernos: cultural, rural, de aventura, ecoturismo, turismo náutico, de pesca, estudos e intercâmbio, negócios e eventos e sol e praia, teve como objetivo apresentar as linhas estratégicas de segmentação da oferta e demanda e a estruturação de roteiros turísticos no País
  5. 5. Plano Nacional do Turismo 2013 - 2016
  6. 6. Objetivos • Geral • Apoiar a gestão, estruturação e promoção do turismo no País, de forma regionalizada e descentralizada
  7. 7. OBJETIVOS ESPECÍFICOS • Mobilizar e articular os programas e ações no âmbito do Ministério do Turismo, dos ministérios setoriais, das agências de fomento nacionais e multilaterais, para a abordagem territorial e a gestão descentralizada do turismo. • Estabelecer critérios e parâmetros para a definição e categorização dos municípios e das regiões turísticas, de modo a gerar indicadores de processos, resultados e de desempenho como ferramentas de apoio à tomada de decisão técnica e política. • Promover a integração e o fortalecimento das instâncias colegiadas, nos Estados, regiões e municípios, fortalecendo a Rede Nacional de Regionalização. • Incentivar e apoiar a formulação e a gestão de planos turísticos estaduais, regionais e municipais, com o protagonismo da cadeia produtiva, adotando visão integradora de espaços, agentes, mercados e políticas públicas.
  8. 8. Objetivos Específicos (continuação) • Prover os meios para qualificar os profissionais e serviços, bem como incrementar a produção associada nas regiões e municípios turísticos. • Fomentar o empreendedorismo nos Estados, regiões e municípios turísticos, bem como criar oportunidades para a promoção de investimentos. • Identificar as necessidades de infraestrutura dos Estados, regiões e municípios e articular sua priorização com áreas setoriais. • Apoiar a promoção e comercialização dos produtos turísticos. • Transferir conhecimento técnico visando à eficiência e eficácia da gestão pública de turismo no País. • Definir critérios, parâmetros e métodos capazes de estimular e disseminar as melhores práticas e iniciativas em turismo no País. • Estabelecer critérios para a ampliação do uso de editais de seleção pública, na escolha de projetos para a destinação de recursos públicos do orçamento.
  9. 9. Passo a passo do PRT • Composta por treze cadernos, sendo um para cada Módulo Operacional do Programa e quatro relativos a assuntos que irão subsidiar a implementação desses Módulos: • I – Introdução à Regionalização do Turismo; • II – Módulo Operacional 1 – Sensibilização; • III – Módulo Operacional 2 – Mobilização; • IV – Módulo Operacional 3 – Institucionalização da Instância de Governança Regional; • V – Módulo Operacional 4 – Elaboração do Plano Estratégico de Desenvolvimento do Turismo Regional; • VI – Módulo Operacional 5 – Implementação do Plano Estratégico de Desenvolvimento do Turismo Regional; • VII – Módulo Operacional 6 – Sistema de Informações Turísticas do Programa; • VIII – Módulo Operacional 7 – Roteirização Turística; • IX – Módulo Operacional 8 – Promoção e Apoio à Comercialização; • X – Módulo Operacional 9 – Sistema de Monitoria e Avaliação do Programa; • XI – Ação Municipal para a Regionalização do Turismo; • XII – Formação de Redes; • XIII – Turismo e Sustentabilidade
  10. 10. Projeto “Gestão das Instâncias de Governança Regionais” • A implementação do Programa de Regionalização do Turismo – Roteiros do Brasil demandou a execução do Projeto “Planejamento e Gestão do Turismo Regional” com o objetivo de fortalecer a gestão do Programa (de Regionalização do Turismo) nas regiões turísticas brasileiras a partir da institucionalização e/ou fortalecimento das instâncias de governança regionais.
  11. 11. INSTÂNCIA DE GOVERNANÇA DA GRANDE FLORIANÓPOLIS IGF
  12. 12. MUNICÍPIOS ASSOCIADOS IGF = SDR ≠ Associação da Grande Florianópolis
  13. 13. Instância de Governança da Grande Florianópolis (IGF) • Surgiu em 2010
  14. 14. • Presidente: "Janete Ruviaro" - Marktur Vice Presidente: "Francisco Battistotti" Secretária Executiva "Simone Zonzini" Câmara de Gestão de Projetos "Harrysson Silva" - UFSC/ IGETECOM "Deonísio Vanderlinde" - Restaurante Verde Vale Sto Amaro da Imperatriz "Fernanda Vianna Alves" - SDR "Luiz Carlos Brasil Jr" - Mundicase "Maria Claudia Evangelista" - Florianópolis Convention Bureau • Câmara de Ordenamento e Infra Estrutura "Luiz Gonzaga dos Santos" - Secretaria de Turismo de Santo Amaro da Imperatriz "Fabio Egert" - Secretaria de Turismo de Antonio Carlos "Luiz Eugenio Caetano" - Sindicato dos Trabalhadores Rurais de SAI "Hamilton Peluso" - Floripa Amanhã "Carlos Wilson Catito" - Secretaria de Turismo de Governador Celso Ramos "Keko Eliazar Jabelotto" - TDA Rafting "Geni Hack Cardozo" - LIONS CLUBE/ IGF "Marta Correia" - EPAGRI "Eduardo Mussatto" - FATMA
  15. 15. • Câmara de Segmentação Turística e Roteiros "Elias Turnes" - ANAVI "Roque Lino Braun" - Associação de Guias "Arli Sagas" - Secretario de Turismo de Governador Celso Ramos "Heloisa Helena Cardoso" - UNIARTE "Luciane Quadro" - Quadro Consultoria "Osmar Souza" - Secretaria de Turismo de Antonio Carlos "Charles Colzani" - Secretaria de Turismo de São José "Kelen Bittencourt" - Secretaria de Turismo de São José Câmara de Qualificação de Equipamentos e Serviços "Fernando Correia" - Secretaria de Cultura de Antonio Carlos "Valter José Luz" - SHBRS "Daniel Silveira" - Secretaria de Turismo de São Pedro de Alcântara "Januario Serpa" - SEBRAE "Carlos Cappelini" - Girus Consultoria/ ASSESC "Ceane Boing" - Secretaria de Cultura de Anitápolis "Nazareno Floriano" - Secretaria de Cultura de Rancho Queimado "Marinês Walkowski" - Acolhida na Colônia "Homero Gomes" - Secretaria de Cultura de Florianópolis • Câmara de Promoção e Comercialização "Esis Barros Rocha" - Coro Lírico de Santo Amaro da Imperatriz "Christiane Lopes Vieira" - Florianópolis Convention Bureau Patricia Lehmkull" - Secretaria de Turismo de Águas "Ricardo Moreira Mesquita" - ScPress "Claudia Aguyirre Astorga" - Dom Juan - Antonio Carlos "Adalberto Luiz Fischer" - Firal "Celio Spagnoli" - ScContábil "Marcos Arzua" - Fecomércio "Vitor Sampaio Aguiar" - Secretaria de Turismo de Biguaçú "Gicele Truppel" - Secretaria de Turismo da Palhoça "Prefeito Gilberto" - Angelina
  16. 16. Presidentes da IGF • Janete Ruviaro; • Simone Zonzini; • Francisco Battistotti; • João Alfredo Freitas; • Fernanda Vianna; • Ana Paula Speck Neves.
  17. 17. IGF • Objetivo Geral: Coordenar o Programa de Regionalização do Turismo em âmbito regional, decidindo e conduzindo seu desenvolvimento. • Missão: • Fomentar o turismo sustentável na Grande Florianópolis, através da articulação entre os setores público, privado e terceiro setor.
  18. 18. Formatos mais comuns das Instâncias: • Fórum.; • Conselho; • Agência de desenvolvimento regional; • Associação.
  19. 19. NOSSA SEDE
  20. 20. O que a IGF tem feito?
  21. 21. REUNIÕES MENSAIS (itinerantes)
  22. 22. Reuniões da SOL
  23. 23. Palestra de Sensibilização
  24. 24. Participações em eventos municipais/regionais;
  25. 25. 1º. Ciclo de Palestras – Turismo além do sol e mar
  26. 26. SITE www.igf.tur.br • PRT; • IGF; • ASSOCIADOS; • MUNICÍPIOS; (histórico/atrativos naturais/atrativos culturais/eventos); • Link para cada associado/município (autonomia para inserir conteúdo); • Pretendemos vender espaços (banners).
  27. 27. DVD • Versos; • Locução; • Fotos das cidades (faltando).
  28. 28. CNPJ/ESTATUTO • Situação passada; • Situação atual (faltam pessoas comprometidas); • Sem CNPJ, fica difícil buscar recursos através de projetos.
  29. 29. Dificuldades que enfrentamos • Rotatividade de representantes da esfera pública; • Falta de interesse; • Desconhecimento / desinformação; • Inveja / (pessoas que não querem que a gente faça a nossa função); • Falsas promessas; • Falta de dinheiro; • Poucas pessoas verdadeiramente comprometidas; • Falta de um CNPJ.
  30. 30. HOMENAGEM VALTER JOSÉ DA LUZ (in memoriam) • Mesmo sendo pequenino, Era um grande ser humano, Alguém muito especial. A quem homenageamos, E tornamos imortal, Para não ser esquecido. Uma estrela no céu brilhou, Nós perdemos um amigo, Um anjo o céu ganhou. Por estar ao nosso lado, Ao seu Valter: Nosso “muito obrigado” • Foram anos de convivência, Em que fomos agraciados, Com a sua ilustre presença. Sendo nosso associado, E também o tesoureiro, Estava sempre presente, Como amigo e conselheiro, Estimulava a nossa gente, Esbanjando simpatia. Um aspecto que marcava, Era a sua alegria, Que à todos contagiava. Tinha um grande coração, A vontade de um menino, E a sabedoria de um ancião.
  31. 31. HOMENAGEM ROQUE LINO BRAUN
  32. 32. Ações Pretendidas • Realização de um FANTUR nas cidades de Rancho Queimado; São Bonifácio, Angelina e Anitápolis; • Legalização (CNPJ); • 2º. Ciclo de Palestras Turismo Além do Sol e Mar; • Maior visibilidade ao site; • Divulgação da Associação perante as demais entidades; • Participação em eventos municipais (com standes); • Finalização do DVD; • Trabalhar, trabalhar, trabalhar....
  33. 33. Necessidades • $; • Pessoas comprometidas; • Nova sede; • Apoio; • Patrocínio; • Visibilidade; • Fotos das cidades; • ....
  34. 34. OBRIGADO • Instituto Juazeiro - www.ijz.org.br • Instância de Governança da Grande Florianópolis – www.igf.tur.br • MUITO OBRIGADO! • Renato Müller

×