Assessoria em
comunicação integrada
24 de março de 2015
Relações públicas
Renato Cruz – Senac2
“Jornalismo é publicar aquilo que alguém não
quer que se publique. Todo o resto é r...
Assessoria de imprensa
Renato Cruz – Senac3
Fonte: MAFEI, Maristela. Assessoria de imprensa: como se relacionar com a mídi...
A imprecisão da notícia
Renato Cruz – Senac4
Fonte: MAFEI, Maristela. Assessoria de imprensa: como se relacionar com a míd...
Escola Base
Renato Cruz – Senac5
 Em 1994, seis pessoas foram acusadas de abuso
sexual de crianças, alunas da Escola Base...
A má vontade dos jornalistas
Renato Cruz – Senac6
Fonte: MAFEI, Maristela. Assessoria de imprensa: como se relacionar com ...
A ética da profissão
Renato Cruz – Senac7
Fonte: MAFEI, Maristela. Assessoria de imprensa: como se relacionar com a mídia....
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Assessoria em Comunicação Integrada - 24/3/2015

57 visualizações

Publicada em

Aula da disciplina Assessoria em Comunicação Integrada, do curso de Publicidade e Propaganda do Centro Universitário Senac, em 10 de março de 2015.

Publicada em: Marketing
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
57
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Assessoria em Comunicação Integrada - 24/3/2015

  1. 1. Assessoria em comunicação integrada 24 de março de 2015
  2. 2. Relações públicas Renato Cruz – Senac2 “Jornalismo é publicar aquilo que alguém não quer que se publique. Todo o resto é relações públicas.” – George Orwell
  3. 3. Assessoria de imprensa Renato Cruz – Senac3 Fonte: MAFEI, Maristela. Assessoria de imprensa: como se relacionar com a mídia. São Paulo: Contexto, 2004.  Qual é o seu papel? Ajustar a percepção pública à realidade de seus assessorados.  Repórteres e assessores estão em lados opostos, defendendo interesses diferentes.  O trabalho do assessor é com o espaço editorial, e não com o publicitário, e as ferramentas principais são a notícia de qualidade e a argumentação.  Esse trabalho envolve riscos, e não há garantias.
  4. 4. A imprecisão da notícia Renato Cruz – Senac4 Fonte: MAFEI, Maristela. Assessoria de imprensa: como se relacionar com a mídia. São Paulo: Contexto, 2004.  Mesmo uma notícia correta pode trazer danos aos envolvidos, se for negativa.  Mesmo positiva, uma notícia incorreta é danosa, pois faz com que quem a recebeu forme um juízo equivocado sobre o assunto.  Uma notícia incorreta e negativa expõe pessoas, empresas e instituições de forma indevida, e pode destruir reputações, algumas de maneira irreversível.
  5. 5. Escola Base Renato Cruz – Senac5  Em 1994, seis pessoas foram acusadas de abuso sexual de crianças, alunas da Escola Base. As fontes das notícias eram a polícia, laudos médicos e depoimentos de pais de alunos. Quando o erro foi descoberto, a escola havia sido depredada e os donos estavam falidos.
  6. 6. A má vontade dos jornalistas Renato Cruz – Senac6 Fonte: MAFEI, Maristela. Assessoria de imprensa: como se relacionar com a mídia. São Paulo: Contexto, 2004.  A ditadura militar empregava parte dos próprios jornalistas como assessores, facilitando a publicação automática dos press releases.  A partir da década de 1980, alguns jornalistas da grande imprensa passaram a ligar a assessoria de imprensa à atividade de lobby.  O assessor era visto como um profissional pago para defender o interesse da corporação independentemente de sua ética e convicção.
  7. 7. A ética da profissão Renato Cruz – Senac7 Fonte: MAFEI, Maristela. Assessoria de imprensa: como se relacionar com a mídia. São Paulo: Contexto, 2004.  É justo defender um cliente que esteja em descrédito diante da opinião pública, mas que nada possua de desabonador.  Um trabalho de diagnóstico pode comprovar que o maior problema é de comunicação, pois o cliente não consegue mostrar a própria versão dos fatos.  Há clientes que têm uma imagem ótima na imprensa e dos quais algumas assessorias abrem mão ao perceber que essa imagem é falsa.

×