Comunicação organizacional
e gestão de conteúdo
21 de setembro de 2013
Pressupostos da crise
Renato Cruz – Senac – 21/9/20132
 A crise é democrática e não distingue
empresas por seu porte. Qua...
Tipos de crise
Renato Cruz – Senac – 21/9/20133
Fonte: Anual ICM Report 2012
Origem da crise
Renato Cruz – Senac – 21/9/20134
Fonte: Anual ICM Report 2012
Velocidade da crise
Renato Cruz – Senac – 21/9/20135
Fonte: Anual ICM Report 2012
Crise e mídia social
Renato Cruz – Senac – 21/9/20136
 90% dos executivos dizem entender o
impacto da mídia social em sua...
Crise e mídia social (2)
Renato Cruz – Senac – 21/9/20137
 Somente 24% dos gerentes seniores e 8% dos
diretores recebem r...
Crise e mídia social (3)
Renato Cruz – Senac – 21/9/20138
 Somente 59% das empresas usam mídia
social para interagir com ...
Estrutura do trabalho
Renato Cruz – Senac – 21/9/20139
 Qual foi o problema?
 Como foi a repercussão do problema?
 Quai...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Comunicação Organizacional e Gestão de Conteúdo - 21/9/2013

262 visualizações

Publicada em

Aula da disciplina Comunicação Organizacional e Gestão de Conteúdo, do curso de Gestão da Comunicação em Mídias Digitais do Senac Lapa Scipião, em 21 de setembro de 2013

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
262
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Comunicação Organizacional e Gestão de Conteúdo - 21/9/2013

  1. 1. Comunicação organizacional e gestão de conteúdo 21 de setembro de 2013
  2. 2. Pressupostos da crise Renato Cruz – Senac – 21/9/20132  A crise é democrática e não distingue empresas por seu porte. Quanto maior a empresa, maior tende a ser a sua crise.  A crise em geral não explode de uma vez, mas se desenvolve gradativamente.  Um bom gerenciamento da crise atenua os efeitos que ela pode causar na reputação das empresas ou organizações. Fonte: BUENO, Wilson da Costa. “Quando a imagem vira suco”. Portal Imprensa, 23 mar. 2013.
  3. 3. Tipos de crise Renato Cruz – Senac – 21/9/20133 Fonte: Anual ICM Report 2012
  4. 4. Origem da crise Renato Cruz – Senac – 21/9/20134 Fonte: Anual ICM Report 2012
  5. 5. Velocidade da crise Renato Cruz – Senac – 21/9/20135 Fonte: Anual ICM Report 2012
  6. 6. Crise e mídia social Renato Cruz – Senac – 21/9/20136  90% dos executivos dizem entender o impacto da mídia social em suas empresas.  Somente 32% das companhias monitoram a mídia social para identificar riscos potenciais para seus negócios.  14% usam métricas da mídia social para avaliar sua performance. Fonte: 2012 Social Media Survey. Rock Center for Corporate Governance. Universidade de Stanford.
  7. 7. Crise e mídia social (2) Renato Cruz – Senac – 21/9/20137  Somente 24% dos gerentes seniores e 8% dos diretores recebem relatórios sobre mídia social. Metade das companhias nem coleta esse tipo de informação.  65% deles usam a mídia social para fins pessoais e 63% para fins profissionais.  Dos que usam, 80% têm contas no LinkedIn e 68% no Facebook. Fonte: 2012 Social Media Survey. Rock Center for Corporate Governance. Universidade de Stanford.
  8. 8. Crise e mídia social (3) Renato Cruz – Senac – 21/9/20138  Somente 59% das empresas usam mídia social para interagir com clientes, 49% para anunciar e 35% para pesquisar clientes.  Cerca de 30% usam mídia social para pesquisar sobre competidores, pesquisar novos produtos e serviços ou se comunicar com empregados e outros stakeholders. Fonte: 2012 Social Media Survey. Rock Center for Corporate Governance. Universidade de Stanford.
  9. 9. Estrutura do trabalho Renato Cruz – Senac – 21/9/20139  Qual foi o problema?  Como foi a repercussão do problema?  Quais foram os stakeholders afetados?  Qual foi a resposta ao problema?  A resposta estava de acordo com a missão e os valores da empresa?  Ela foi suficiente?  Haveria um modo melhor de responder?

×