Memória de aula_aula04_eng_software

263 visualizações

Publicada em

Engenharia de Software Aula 4

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
263
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Memória de aula_aula04_eng_software

  1. 1. Ciências da Computação Engenharia de Software Professora Andréia Freitas andreia_f2002@ig.com.br 2012 – 6° semestre Aula 04PRESSMAN, Roger S. Engenharia de Software. 6ª Edição. São Paulo: Mcgraw Hill, 2006.SOMMERVILLE, Ian. Engenharia de Software. 8º Edição. São Paulo: Pearson Education, 2007.
  2. 2. UP PROCESSO UNIFICADOé um processo de Software: conjunto de atividades executadas para transformar um conjunto de requisitos do cliente em um sistema de software.
  3. 3. Princípios Básicos do PU• Desenvolvimento iterativo• Baseado em casos de uso • Centrado na arquitetura
  4. 4. Desenvolvimento Iterativo • O desenvolvimento de um software édividido em vários ciclos de iteração, cada qual produzindo um sistema testado, integrado e executável.• Em cada ciclo ocorrem as atividades de análise de requisitos, projeto, implementação e teste, bem como aintegração dos artefatos produzidos com os artefatos já existentes.
  5. 5. Baseado em Casos de Uso • Um caso de uso é uma seqüência de ações, executadas por um ou mais atores e pelo próprio sistema, que produz um ou mais resultados de valor para um ou mais atores.• O PU é dirigido por casos de uso, pois utiliza-ospara dirigir todo o trabalho de desenvolvimento, desde a captação inicial e negociação dos requisitos até a aceitação do código (testes).
  6. 6. Centrado na arquitetura• Arquitetura é a organização fundamental do sistema como um todo. Inclui elementosestáticos, dinâmicos, o modo como trabalhamjuntos e o estilo arquitetônico total que guia a organização do sistema.• A arquitetura também se refere a questões como desempenho, escalabilidade, reuso e restrições econômicas e tecnológicas.
  7. 7. FASES DO UP
  8. 8. Ciclo de vida ou disciplina - RUP
  9. 9. Fluxos de Trabalho de Processo do PU
  10. 10. Os Artefatos do PU • Cada uma das disciplinas do PU pode gerar um ou mais artefatos, que devem ser controlados e administrados corretamente durante o desenvolvimento do sistema.• Artefatos são quaisquer dos documentos produzidos durante o desenvolvimento, tais como modelos, diagramas, documentos deespecificação de requisitos, código fonte ou executável, planos de teste, etc. • Muitos dos artefatos são opcionais, produzidos de acordo com as necessidades específicas de cada projeto.
  11. 11. Os Artefatos do PU
  12. 12. Atividade:Com base na identificação do projeto, descrição da situação-problema eparecer técnico da Atividade de criação de um sistema para Biblioteca, vamos darcontinuidade a preparação da elaboração da especificação do projeto: d) Proposição de objetivosA descrição do objetivo propõe um resultado alcançável num tempo limitado, de modo a estabelecer um compromisso de trabalho. e) Definição de metasUma meta corresponde a uma declaração quantitativa dos resultados do projeto,declaração esta proposta de forma mensurável, de maneira a determinar o foco específico da avaliação. f) Delineamento de método, estratégias e procedimentosConstitui-se numa lógica que propõe e estabelece o processo a ser desenvolvido no projeto.
  13. 13. Exercícios: g) Especificação de cronograma A proposição do cronograma permite, portanto ajustar no tempo a proposição deresultados, tanto intermediários como finais, estabelecendo importantes parâmetros de monitoramento e avaliação do projeto.
  14. 14. Exercícios: h) Identificação de recursos e custosUm projeto não deve produzir resultados que valham menos do que custa para promovê- lo. Sempre se deve esperar com a sua implementação um retorno positivo na relação custo-benefício. Exemplos de Custos de Profissionais envolvidos. Para montar este modelo, você precisa saber o custo-hora de cada profissional e estimar o tempo que cada um gastará no projeto.
  15. 15. Exercícios: i) Monitoramento e avaliação Todo projeto deve ter incorporado um conjunto de técnicas e procedimentos de monitoramento da sua execução e avaliação dos resultados. Sem o monitoramento do projeto não se pratica a sua gestão ou gerenciamento.

×