Avaliação Heurística

9.792 visualizações

Publicada em

Apresentação sobre avaliação heurística das aulas de IHC (Interação homem computador) da USP

Publicada em: Tecnologia, Negócios
0 comentários
7 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
9.792
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
253
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
454
Comentários
0
Gostaram
7
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Avaliação Heurística

  1. 1. Objetivos Avaliação heurística Nielsen Descrever a importância do processo de ! http://www.useit.com/papers/heuristic/ avaliação Definir o que são as técnicas de desconto ! Carlos Hitoshi Morimoto Avaliação heurística ! Departamento de Ciência da Computação – IME/USP Descrição do processo ! 2o Semestre de 2007 Aplicação do método ! Introdução Quando e como avaliar? Para que serve avaliação? Nos primeiros estágios para: ! ! Entender o ambiente Prever a usabilidade ! ! O sistema é apropriado ao ambiente de trabalho? ! Garantir que os projetistas entendem os ! Comparar projetos ! requisitos de usabilidade Com competidores e entre alternativas ! Testar idéias rapidamente e informalmente ! Implementação dos requisitos ! No final para: ! X% dos usuários são capazes de colorir na primeira ! tentativa Identificar as dificuldades do usuário ! Conformação com o projeto (refinamento) ! Onde está o botão cancel? ! Melhorar o produto (upgrade) !
  2. 2. Métodos de desconto Exemplos de técnicas São baratos Caminhada cognitiva usando cenários ! ! Não é necessário equipamentos ou laboratórios Imagine-se no lugar do usuário ! ! especiais Semelhante a depuração de código ! Quanto mais cuidadoso você é, melhor fica Protótipos de baixa fidelidade (sketches) ! ! Rápidos Pensando em voz alta ! ! Leva menos de 1 dia, enquanto outros métodos Simplificação, sem o uso de psicólogos e ! ! podem levar semanas. câmeras de vídeo do método tradicional Fáceis de usar Avaliação heurística ! ! Pode ser aprendido em algumas horas. ! Avaliação heurística (AH) Porque vários avaliadores? Um único avaliador não é capaz de encontrar Autor: Jakob Nielsen ! ! todos as falhas Ajuda a identificar problemas de usabilidade em um ! Estudos indicam que um avaliador pode encontrar ! sistema interativo 35% dos problemas Método: Avaliadores encontram problemas diferentes ! ! Usa um pequeno grupo de avaliadores (3-5) 5 avaliadores encontram 75% dos problemas de ! ! usabilidade Cada um avalia o sistema independentemente segundo ! Por que não 10 ou + avaliadores? regras heurísticas ! Avaliadores encontrarão problemas distintos Custo ! ! Mais avaliadores não encontram Suas opiniões são juntadas mais tarde ! ! muitos problemas novos Pode ser utilizado em sketches !
  3. 3. Retornos decrescentes Descrição do Processo de AH Os avaliadores testam a interface várias ! vezes Inspecionando os vários elementos da interface ! Comparando com uma lista de heurísticas ! Considerando outros princípios/resultados de ! ações que o avaliador possa imaginar 1: visibilidade do estado do sistema Heurísticas 1: Visibilidade do 7: flexibilidade e Mantenho o usuário informado sobre o que está ! ! ! estado do sistema eficiência de uso acontecendo Exemplo sobre tempo de resposta: 2: relação entre mundo 8: design estético e ! ! ! ! 0.1s: não precisa fazer nada real e sistema minimalista ! 1.0s: o usuário sente descontinuidade na interação 3: controle e liberdade 9: ajuda a reconhecer, ! ! ! 10s: máxima duração para manter o usuário focado na diagnosticar e 4: Consistência ! atividade. Use barras de progresso. recuperar de erros 5: prevenção de erros ! 10: Ajuda e ! O feedback está 6: reconhecimento e ! ! documentação Apropriado? não recordação
  4. 4. 2: Relação entre sistema e mundo real 3: usuário tem liberdade e controle Coerência entre mundo real e o sistema O sistema oferece formas fáceis de escapar de ! ! situações indesejadas? Use a linguagem do usuário ! Correção fácil para escolhas (ações incorretas), undo, redo ! Siga convenções do mundo real ! Exemplo: Desktop do MacIntosh ! Wizards ! Arrastar o disquete para a cesta de lixo ! O usuário deve responder a uma pergunta antes de ! ruim quot; prosseguir Apropriado para atividades infreqüentes ! Não para atividades freqüentes ! Bom para aprendizes ou usuários infreqüentes ! 4: consistência e padronização 4. Consistência e padronização Os usuário não podem ficar pensando se ! palavras, situações ou ações tem outro significado em situações diferentes Exemplos: ! botão +/- em controle remoto ! file not found ! Search for files or folders !
  5. 5. 5: Prevenção de erros 5. Prevenção de erros Faça sua interface difícil de cometer erros. ! MS Access 95 após Melhor que uma mensagem de erro é um ! uma query sem design que impede que o erro aconteça! efeito nos dados ! Exemplo: enter date DD/MM/YY MS Wordpad, ! 01/11 2004 sempre querendo ‘please enter date in correct format’ salvar no formato word, um arquivo alternativa: txt por exemplo __/__/__ 6: prefira reconhecimento à recordação 7: Flexibilidade e eficiência Faça os objetos, ações e opções visíveis e Aceleradores para experts ! ! acessíveis Permita que usuários criem comandos para ! ações frequentes (macros)
  6. 6. 8: Estética e minimalista 9: Recuperação de erros Evite informação irrelevante em diálogos. Organize ! Ajude o usuário a a informação de forma clara e elegante. ! reconhecer, diagnosticar e recuperar de erros Mensagens ! simples na linguagem do usuário Indicar o problema ! claramente Sugerir uma ! solução, ou como evitar o erro 9: Recuperação de erros 10: Documentação e help Fácil acesso e procura ! Focalizado na tarefa do usuário ! Clareza nos passos a serem seguidos ! Sucinto !
  7. 7. Fases da AH Processo de avaliação Ao menos duas vezes para cada avaliador: 1) treinamento antes da avaliação ! ! Primeiro, para quot;sentirquot; o sistema Forneça aos avaliadores conhecimento sobre o domínio do ! ! sistema e cenários Segundo para focar em elementos específicos ! 2) Avaliação ! Usar cenários, se necessário ! Cada avaliador avalia e os resultados são agrupados ! Cada avaliador deve fazer uma lista dos ! 3) Análise de severidade ! problemas Determina quão severo é cada problema (prioridades) ! Descrever por que é um problema, segundo uma ! ! Pode ser feito individualmente e depois em grupo heurística ou outra informação 4) Discussão em grupo com os projetistas ! Ser específico e descrever cada problema ! separadamente Descrição dos problemas Onde encontrar problemas Cada problema deve ser descrito Problemas graves são mais fáceis de encontrar ! ! separadamente Alguns problemas simples são mais fáceis de encontrar ! usando AH Se há 3 problemas com um comando, descrever ! Problemas podem acontecer: ! todos eles Em um único lugar na interface ! Assim se evita repetir problemas, na ! Em + de um lugar, mas deve-se comparar os locais para ! reimplementação se encontrar o problema Pode não ser possível consertar todos os Na estrutura de toda a interface ! ! problemas Algo faltando !
  8. 8. Análise de severidades Níveis de severidade 0 – não concordo que seja um problema A análise de severidades serve para: ! ! alocar recursos para uma nova solução ! Estimar a necessidade de maiores esforços na busca de 1 – problema cosmético ! ! usabilidade Severidade é uma combinação de: ! 2 – problema pequeno de usabilidade ! Freqüência: comum ou raro? ! Impacto: é fácil ou difícil de ser ignorado pelo usuário ! 3 – problema grande, importante concertar Persistência: uma vez, ou continuamente? ! ! Deve ser calculada ao juntar as avaliações ! Deve ser feita independentemente por cada avaliador. ! 4 – problema catastrófico, imperativo ! concertar Fase de discussão O Que você de saber: Conduzida entre os avaliadores e projetistas Definir o método de avaliação heurística. ! ! Discute-se as características gerais da Quando utilizar o método de AH. ! ! interface Como utilizar o método de AH. ! Sugere-se melhoramentos potenciais para ! Descrever cada uma das heurísticas, e ! solucionar os problemas principais identificar casos bons e ruins. Os projetistas avaliam o esforço para ! concertar os problemas Brainstorming de sugestões, soluções, ! alternativas, etc.
  9. 9. Exemplo: avaliação heurística Alternativa Ferramenta para Impressão de diplomas

×