Hqs na guerra fria

4.057 visualizações

Publicada em

Trabalho apresentado pelos alunos Iasodara, Mathaus, Mateus, Letícia, Iuri, da turma 1901, da E.M. Oswaldo Teixeira. O trabalho consistia em analisar personagens de histórias em quadrinhos criados durante o período da Guerra Fria como forma de Propaganda política.

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.057
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.847
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
67
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Hqs na guerra fria

  1. 1. Os HQs Durante a Guerra Fria Trabalho de História Profª: Renata Nomes: Luan Luciano, Mathaus, Iasodara, Letícia Maria. Turma:1901
  2. 2. A Guerra Fria foi uma disputa travada durante quase cinco décadas pelas duas superpotências vencedoras da Segunda Guerra Mundial: os Estados Unidos e a União Soviética. Foi um período marcado por muita espionagem e propaganda política, tanto do lado norte-americano quanto do soviético. HQ de ficção científica fazendo Referência a possível guerra nuclear.
  3. 3. Não bastasse tudo isso,armas atômicas seriam usadas caso as duas superpotências partissem para o conflito militar direto. Foi durante a Guerra Fria que uma nova onda de super-heróis surgiu nos gibis norteamericanos e também soviéticos. HQ canadense lançado durante a guerra fria
  4. 4. O Homem de Ferro Um dos super-heróis que ficou mais popular durante o período da Guerra Fria foi o Homem de Ferro, um bilionário Tony Stark que usava uma armadura de ferro para combater o mal. O Homem de Ferro diz muito sobre a sociedade que o criou. Ele consegue representar mais nitidamente os valores norteamericanos do que o próprio Capitão América, e nem precisa da bandeira dos Estados Unidos pintada no peito para conseguir isso. Uma das primeiras edições do ‘’Iron Man’’ ou ‘’Homem de ferro’’.
  5. 5. Stan Lee, o criador do homem de ferro, já flertava há algum tempo com a ideia de criar um super-herói que fosse um homem de negócios. Ele aproveitou o contexto da época para explorar o tema da Guerra Fria e resolveu criar um herói que fosse, literalmente, a quintessência capitalista. Seu posicionamento ideológico já ficou marcado desde suas primeiras histórias, quando enfrentava vilões da espécie do Mandarim, do Dínamo Escarlate e do Homem de Titânio. O Homem de Ferro nasceu como um herói que lutava contra comunistas. O bilionário Tony Stark
  6. 6. À medida que a guerra foi acabando, o Homem de Ferro foi mudando de foco, envolvendo-se em histórias diferentes e tornando-se um pacifista, recusando-se a continuar alimentando a indústria bélica. Não por acaso: havia uma pressão muito forte por parte da população norte-americana para os Estados Unidos saírem do Vietnã.
  7. 7. O capitalismo foi apresentado como algo lustroso e brilhante, tal qual a armadura do Homem de Ferro. A concentração absurda de renda na mão de uma só pessoa não parece algo tão terrível quando serve para que essa pessoa possa construir uma armadura super-poderosa que combata os caras maus e salve os inocentes. Homem de ferro atualmente
  8. 8. A Viúva Negra A ruiva Natasha Romanoff (ou Romanova) surgiu nos quadrinhos em 1964 e salva o mundo desde então. Nasceu em Stalingrado e foi onde quase morreu, ainda bebê: nazistas atearam fogo à sua casa, e sua mãe, para salvá-la, arremessou-a pela janela. Capa brasileira de A Viúva Negra.
  9. 9. Emblema da KBG, uma organização secreta soviética Assim parou nas mãos do soldado russo Ivan Petrovitch, que passou a protegê-la e treiná-la. Ela cresceu, desenvolveu suas habilidades e logo foi convocada para a KGB (o sistema de espionagem da União Soviética). Treinada para ser letal, teve sua performance física aperfeiçoada quimicamente pelos russos e foi condicionada psicologicamente para ser essa espiã durona que conhecemos.
  10. 10. Viúva Negra atualmente Perita em artes marciais, atiradora de elite, hacker, estrategista, e xpert em espionagem, disfarce, infiltr ação, não há nada em que Romanoff não seja boa. Praticamente uma lenda na academia de espionagem Red Room. Isso até descobrir que era só uma das 27 agentes Viúvas Negras infiltradas durante a Guerra Fria – e a única que sobreviveu.
  11. 11. •http://blogdoprofessormendeseetb2011.blogspot.com.br/ •http://goodcomics.comicbookresources.com/ •http://aspasnoir.blogspot.com.br/ •http://pt.wikipedia.org/wiki/KGB •http://pt.wikipedia.org/wiki/Vi%C3%BAva_Negra_(Marvel_Comics) •http://pt.wikipedia.org/wiki/Homem_de_Ferro

×