Aula 7

122 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
122
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula 7

  1. 1. Tecnologia na Educação
  2. 2. <ul><li>Antes de muitas de nós irmos para a escola, educadores e especialistas já discutiam se deveriam ou não usar tecnologia na educação, o grande receio era o de produzir a massificação do ensino, descartando assim a presença do professor ou a aceleração perigosa de estágios de aprendizagem com consequências graves, achava-se um absurdo usar microcomputadores em escolas que eram carentes de tantos outros recursos, estas indagações e pensamentos se deram nos anos 80. </li></ul>
  3. 3. <ul><li>Hoje em dia, porém não há como fugir de palavras como globalização, play station, redes sociais, entre outras e estas palavras estão em nosso dia-a-dia, inclusive nas escolas mais carentes, as crianças se adaptam facilmente a estas novas tecnologias e muitas vezes sabem até mais do que nós. </li></ul><ul><li>Acredito que seria impossível acompanhar as novidades das tecnologias disponíveis no mercado, uma vez que, praticamente todo dia é lançado um modelo diferente de computador, processador, etc., mas a escola deve tentar acompanhar a evolução da sociedade, para que possamos formar cidadãos, não apenas para a questão da empregabilidade, mas também pessoas críticas, questionadoras e solidárias, sendo capazes de buscar o conhecimento utilizando-se de todo e qualquer recurso disponível </li></ul>
  4. 4. <ul><li>O capitalismo vive de crises, com essas crises surgem incertezas como falta de emprego, inflação, mas também faz com que as pessoas não se acomodem e procurem adaptar-se a nova situação, surgem assim novos inventos, máquinas e até mesmo novas profissões e postos de trabalhos. </li></ul>
  5. 5. Internet no Brasil Fonte: Comitê Gestor da Internet
  6. 6. <ul><li>É importante também considerar que a escola é um lugar especialmente adequado para a promoção do conhecimento formal. Além disso, o uso coletivo que ali se pode dar aos alunos em relação aos computadores e softwares torna a inclusão digital possível e o seu investimento é socialmente relevante, uma vez que a promoção da inclusão digital adquirida pela grande maioria dos jovens que a frenquentam e estão num tempo de abertura ao aprendizado, o educador deve disponibilizar que o jovem desenvolva sua capacidade de escolha para poder ler o que lhe é interessante, ter opinião sobre diferentes assuntos/pautas, fazer escolhas com embasamento sobre o que verdadeiramente interessa, discernir que impactos nossas ideias e ações têm sobre as outras pessoas, e sobre o planeta, além refletir e opinar e não apenas escrever seu próprio nome ou ler uma página impressa. </li></ul>
  7. 7. <ul><li>O educador tem hoje um papel não apenas de ensinar conteúdos fechados, pois a educação vai mais além e exige de todos o papel de pesquisador aberto a novos conhecimentos sem temer a perda de sua autoridade e aceitando o desafio de manter-se atualizado, buscando o que há de novo para acompanhar o avanço tecnológico e assim manter vivo o interesse dos alunos. </li></ul>

×