Sexualidade, gênero e novas configurações familiares

412 visualizações

Publicada em

Breve explanação acerca da importância de se discutir gênero e sexualidade na escola desde a educação infantil.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
412
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
16
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sexualidade, gênero e novas configurações familiares

  1. 1. SEXUALIDADE, GÊNERO E NOVAS CONFIGURAÇÕES FAMILIARES Implicações para a Educação Infantil Izabel Reinaldo de Sousa Graduanda Pedagogia-INTA Monitora da disciplina de Ed. Infantil
  2. 2. Recorte Histórico • Biológico Vs. Cultural • Relações de poder Espaços da escola e micro espaços de poder Émile Durkheim e as instituições sociais. “Conjunto de regras e procedimentos padronizados socialmente, reconhecidos, aceitos e sancionados pela sociedade. Conservadoras por essência, agem fazendo força contra as mudanças, pela manutenção da ordem.”
  3. 3. Mídia e as relações de gênero • Acesso à informação • Apresentação de figuras masculinas e femininas de forma estereotipada Homem: Agressivo, forte, racional, empreendedor. Mulher: Passiva, frágil, sentimental, submissa. Papéis atribuídos socialmente ao homem e à mulher
  4. 4. Papel da Família e da Escola frente à sexualidade • Conflito dever da escola X dever da família • Negação da discussão sobre sexo e a sexualidade. • Atitudes da professora e do professor Tudo na escola pode ser transformado em tema de discussão. • A escola segue fingindo que esses assuntos não lhe dizem respeito.
  5. 5. É possível trabalhar com o tema da sexualidade nas escolas infantis?
  6. 6. Novos arranjos familiares • Modelo familiar socialmente aceito Cultura essencialmente heteronormativa e patriarcal ESTATUTO DA FAMÍLIA Negação das novas configurações familiares “Art. 2º Para os fins desta Lei, define-se entidade familiar como o núcleo social formado a partir da união entre um homem e uma mulher, por meio de casamento ou união estável, ou ainda por comunidade formada por qualquer dos pais e seus descendentes.” (PL 6583/2003)
  7. 7. Educação • PNE • PME • Diretrizes Curriculares Nacionais
  8. 8. Sugestão de leitura • BEAUVOIR, Simone de. O segundo sexo: fatos e mitos. V. 1. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1980. • ________. O segundo sexo: a experiência vivida. V. 2. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1980.  CARVALHO, Marília. No coração da sala de aula: gênero e trabalho docente nas séries iniciais. São Paulo: Xamã, 1999.
  9. 9. Referências FELIPE, Jane. Sexualidade, gênero e novas configurações familiares: algumas implicações para a educação infantil in CRAIDY, Carmem; KAERCHER, Gládis. Educação infantil: pra quê te quero. Porto Alegre, Artmed Editora, 2001.

×