Geografia das populações
Conceitos Básicos
• População absoluta: Total de população de um
país.
• População relativa ou densidade demográfica:
habi...
Teorias populacionais
• Teoria Malthusiana: A teoria de Malthus, dizia que a
população tinha um potencial de crescimento i...
Teoria Neomalthusiana
• Essa teoria se baseia no crescimento populacional nos
países subdesenvolvidos, pois, esse crescime...
Teoria Reformista
• Segundo a teoria reformista, uma população jovem e numerosa, em
virtude de elevadas taxas de natalidad...
Pela projeção da ONU, o Brasil apareceu em 8º em 1950, 5º em 2010, e seria
o 7º em 2050 e 10º em 2100. China e Índia lider...
Geografia das populações
Geografia das populações
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Geografia das populações

306 visualizações

Publicada em

Geografia das populações

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
306
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
75
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Geografia das populações

  1. 1. Geografia das populações
  2. 2. Conceitos Básicos • População absoluta: Total de população de um país. • População relativa ou densidade demográfica: habitantes por km². (população absoluta/área); • Taxa de natalidade: Nº de nascidos vivos; • Taxa de mortalidade: Nº de óbitos; • Crescimento vegetativo: diferença entre a taxa de natalidade e mortalidade. (crescimento real da população)
  3. 3. Teorias populacionais • Teoria Malthusiana: A teoria de Malthus, dizia que a população tinha um potencial de crescimento ilimitado enquanto a natureza tem recursos limitados para alimentar a população que crescia. A partir disso, acreditava-se que a população iria conviver com a fome, doenças e epidemias, e, consequentemente com a desestruturação da vida social. Nessa teoria, Malthus defendia o controle moral, com normas de conduta, que incluíam a abstinência sexual e o adiamento do casamento, que eram permitidos com a comprovação de renda para sustentar o filho. Essas normas atingiram a população pobre, que para Malthus eram os responsáveis pela pobreza, pois se casavam cedo e tinham muitos filhos.
  4. 4. Teoria Neomalthusiana • Essa teoria se baseia no crescimento populacional nos países subdesenvolvidos, pois, esse crescimento provocaria a escassez de recursos naturais, o crescimento da pobreza e o desemprego. Para tentar evitar todo esse transtorno para a população, os neomalthusianos elaboraram políticas de controle da natalidade, o conhecido "planejamento familiar". Na política implantada com o planejamento familiar, foram distribuídas, anticoncepcionais e feitas esterilizações em massa. Essas ideias reduziram a natalidade, mais geraram muitas críticas.
  5. 5. Teoria Reformista • Segundo a teoria reformista, uma população jovem e numerosa, em virtude de elevadas taxas de natalidade, não é causa, mas consequência do subdesenvolvimento. Nos países desenvolvidos, onde o padrão de vida da população é alto, o controle da natalidade ocorre paralelamente a melhoria da qualidade de vida da população e espontaneamente, de uma geração para outra. Em países subdesenvolvidos uma população numerosa só é empecilho para o desenvolvimento de suas atividades econômicas, quando não são realizados investimentos sociais, em especial na educação e saúde. Os investimentos na educação são essenciais para melhorar os indicadores sociais, pois quando a família está em condições miseráveis elas não irão ficar preocupadas em gerar menos filhos. Portanto, quanto maior a escolaridade menor é o número de filhos e a taxa de mortalidade.
  6. 6. Pela projeção da ONU, o Brasil apareceu em 8º em 1950, 5º em 2010, e seria o 7º em 2050 e 10º em 2100. China e Índia lideram os primeiros lugares.

×