Sopa fraterna2

289 visualizações

Publicada em

1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
289
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sopa fraterna2

  1. 1. CONTINUAÇÃO 2 (SOPA FRATERNA ) DAÍ A POUCO FOMOS CONVIDADOS A ENTRAR ATÉ A COZINHA. ONDE UM APARELHO MUITO PARECIDO COM O VOSSO EXAUSTOR PUXAVA O VAPOR QUE IA SUBINDO, FORMANDO UM LÍQUIDO MAIS ESPESSO QUE O GÁZ LIQUEFEITO E PASSAVA POR DIVERSOS FILTROS DE APARELHO ATÉ GANHAR A TORNEIRA QUE, ABERTA, DEIXAVA CAIR SOBRE UM COPO LIMPO, O LÍQUIDO AMARELO QUE NOS ERA OFERECIDO
  2. 2. BEBEMOS, E, PODEM ACREDITAR, SENTIMOS O GOSTO DA SOPA E LOGO APÓS ESTAVÁMOS NOS SENTINDO COMO SE TIVESSÉMOS INGERIDO FORTIFICANTE DE AÇÃO IMEDIATA. APÓS DESFRUTARMOS DO LÍQUIDO PRECIOSO DA SOPA, ILDEU ADVERTIU: ADELINO, PRECISAMOS PROCURAR MARIANO E OFERTAR-LHE NOSSAS MÃOS PARA O TRABALHO. TENS RAZÃO. VAMOS ATÉ O GALPÃO E LÁ O ENCONTRAREMOS.
  3. 3. QUANDO SAÍMOS À PORTA DA PEQUENA COZINHA, A NOSSA ALEGRIA FOI AUMENTADA, ESTAVA A POUCOS METROS DE NÓS A FIGURA SEMPRE BENFAZEJA DE EURÍPIDES. MARIANO COM O SORISSO COSTUMEIRO, VEIO ATÉ NÓS E DISSE : COMO ESTÁ SE SENTINDO ? MARAVILHOSAMENTE, RESPONDEU ILDEU, TOMANDO A PALAVRA. DEPOIS DE TOMARMOS O LÍQUIDO RESTAURADOR FEITO POR MÃOS GENEROSAS, NÃO PODÍAMOS DE FORMA ALGUMA, ESTARMOS MELHORES.
  4. 4. ENQUANTO ILDEU CONTINUAVA A PALESTRA COM MARIANO, MEUS OLHOS VIGIAVAM ATENTOS A FIGURA DE EURÍPIDES. NAQUELE INSTANTE O PROFETA DE SACRAMENTO, ABRAÇAVA CARINHOSAMENTE UMA COMPANHEIRA QUE COMEÇAVA A SERVIR O PRIMEIRO PRATO DE SOPA. CHEGUEI BEM PERTO, COM CAUTELA, PARA NÃO SER NOTADO. O SORISSO DA IRMÃ AUMENTAVA CONFORME EURÍPIDES LHE ABRAÇAVA,
  5. 5. QUANDO O OUVI DIZER BAIXINHO: DEUS TE ABENÇÕE, E BEIJOU A DESTRA DA IRMÃ DE BOA VONTADE. UM JATO DE LUZ BRILHANTE ENVOLVIA A FIGURA ENCARNADA E DO DITO MENTOR.
  6. 6. CRÉDITOS. <ul><li>LIVRO. VALORES SEM PREÇO. </li></ul><ul><li>AUTOR. ADELINO DE CARVALHO. </li></ul><ul><li>CELSO DE ALMEIDA AFONSO. </li></ul><ul><li>EDITORA. ELCEAA. </li></ul><ul><li>MÚSICA. ARQUIVO. </li></ul><ul><li>IMAGENS. INTERNET. </li></ul><ul><li>FORMATAÇÃO. PMM. </li></ul>

×