O NATAL E A CASA ESPÍRITA.
LEMBRANDO A MANJEDOURA SIMPLES EM QUE A LUZ MAIOR DEITOU EM BERÇO, ENTREGANDO-SE   AO SACRIFÍCIO DA VIDA, PELA VIDA DAQUEL...
LEMBRANDO, POIS, O NATAL DO SENHOR, E O BERÇO HUMILDE QUE LHE SERVIU NOS PRIMEIROS   INSTANTES DA BATALHA POR NÓS, FAÇAMOS...
SAIBAMOS OFERECER SEM EXIGIR, DAR SEM PEDIR RESPOSTA, E COLHER SOMENTE O QUE NOS   CABE DE DIREITO. QUE A CASA ESPÍRITA SE...
TROCANDO SEMPRE O LUXO DE NOSSAS ILUSÕES PELA NECESSIDADE DE NOSSA REALIDADE, NA CERTEZA QUE A FELICIDADE PODE SER CONSTRU...
CAMINHEIROS DO SENHOR, EIS AQUI A CASA DE TODOS, O RETRATO DA MANJEDOURA QUE PODE PELA LUTA DIGNA DE CADA UM, NÃO ACENDER ...
CASA ESPÍRITA, BERÇO DE NOSSAS ALMAS, AMPARO DE NOSSAS AFLIÇÕES, CMINHOS NOVOS DE   NOSSOS PASSOS, QUE VOSSAS PORTAS ESTEJ...
CRÉDITO.  LIVRO. PALAVRAS DE IRMÃOS.AUTORES : BEZERRA DE MENEZES E   CELSO DE ALMEIDA AFONSO.       EDITORA. ELCEAA.      ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O natal e a casa espírita

550 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
550
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O natal e a casa espírita

  1. 1. O NATAL E A CASA ESPÍRITA.
  2. 2. LEMBRANDO A MANJEDOURA SIMPLES EM QUE A LUZ MAIOR DEITOU EM BERÇO, ENTREGANDO-SE AO SACRIFÍCIO DA VIDA, PELA VIDA DAQUELES QUE O MESTRE DIVINO VÊ ENTREGUES AODESESPERO DA ALMA, COMO SE AINDA NÃO LHES EXISTISSEM O DISCERNIMENTO DO RACIOCÍNIO;
  3. 3. LEMBRANDO, POIS, O NATAL DO SENHOR, E O BERÇO HUMILDE QUE LHE SERVIU NOS PRIMEIROS INSTANTES DA BATALHA POR NÓS, FAÇAMOS DA CASA ESPÍRITA, ATRAVÉS DE NOSSOS CORAÇÕES, O BERÇO DA LIBERDADE PARA O BEM.
  4. 4. SAIBAMOS OFERECER SEM EXIGIR, DAR SEM PEDIR RESPOSTA, E COLHER SOMENTE O QUE NOS CABE DE DIREITO. QUE A CASA ESPÍRITA SEJA POR NÓS UM SANTUÁRIO DE HUMILDADE, TRABALHO E EXEMPLO
  5. 5. TROCANDO SEMPRE O LUXO DE NOSSAS ILUSÕES PELA NECESSIDADE DE NOSSA REALIDADE, NA CERTEZA QUE A FELICIDADE PODE SER CONSTRUÍDA NA TERRA, MAS NÃO NAS CONSTRUÇÕESQUE PORVENTURA NOS SEJAM ENTREGUES COMO EMPRÉSTIMOS NOS TESTES DIFÍCEIS DA POSSE.
  6. 6. CAMINHEIROS DO SENHOR, EIS AQUI A CASA DE TODOS, O RETRATO DA MANJEDOURA QUE PODE PELA LUTA DIGNA DE CADA UM, NÃO ACENDER O GRANDE FACHO DE LUZ DO SENHOR, MAS AFAGULHA DE ESPERANÇA PARA QUE ALGUÉM POSSA SER MAIS FELIZ, FORMANDO MAIS TARDE A FELICIDADE DE TODOS.
  7. 7. CASA ESPÍRITA, BERÇO DE NOSSAS ALMAS, AMPARO DE NOSSAS AFLIÇÕES, CMINHOS NOVOS DE NOSSOS PASSOS, QUE VOSSAS PORTAS ESTEJAM ABERTAS A NÓS SEMPRE, EM NOME DA SIMPLICIDADE DE NOSSO CRISTO.
  8. 8. CRÉDITO. LIVRO. PALAVRAS DE IRMÃOS.AUTORES : BEZERRA DE MENEZES E CELSO DE ALMEIDA AFONSO. EDITORA. ELCEAA. MÚSICA. ARQUIVO. IMAGENS. INTERNET. FORMATAÇÃO. PMM.

×