O Codigo da Vinci

4.652 visualizações

Publicada em

1 comentário
2 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.652
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
27
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
88
Comentários
1
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O Codigo da Vinci

  1. 1. O Código Da Vinci Versão 4.2 – 18/01/2005 Esta apresentação mostra os locais e quadros que são citados no livro. Aproveite! Elaborado por: Jobel Corrêa http://www.jobel.net [email_address]
  2. 2. Arcada abobadada da Grande Galeria do Museu do Louvre onde Saunière foi assassinado . Pág. 11.
  3. 3. "O renomado curador Jacques Sauniere percorreu cambaleante a arcada abobadada da Grande Galeria do museu. Lançou-se de encontro à pintura mais próxima que enxergou, um Caravaggio . Agarrando a moldura dourada, o homem de 66 anos puxou a obra prima para si até despencar ´para trás, arrancando o quadro da parede e caindo de qualquer jeito por baixo da tela (...)" The Fortune Teller Pintura de Caravaggio
  4. 4. Monograma do Hotel Ritz. Pág 15
  5. 5. Quarto do Hotel Ritz. Pág 15
  6. 6. Outras dependências do Hotel Ritz . Pág 15
  7. 7. Jardim das Tuileries . Pág. 24 “ A maior parte dos turistas costumava achar que o lugar se chama Tuileries por causa das milhares de tulipas que floresciam ai, mas, na verdade, era uma referência literal a algo bem menos romântico (...) um enorme buraco poluído resultante de uma escavação (...) da qual retiravam argila para fabricar as famosas telhas vermelhas da cidade – ou tuiles” .
  8. 8. Jardim das Tuileries . Pág. 24
  9. 9. Lay-out do Museu do Louvre . Pág. 25 “ Com um formato de uma imensa ferradura, o Louvre era o edifício mais comprido da Europa, estendendo-se além do comprimento de três torres Eiffel”
  10. 10. Arco do Carrossel . Pág. 25
  11. 11. Arco do Carrossel . Pág. 25
  12. 12. Obelisco de Ramsés . Pág. 25
  13. 13. O arquiteto sino-americano I.M. Pei, que projetou a pirâmide do Louvre . Pág. 26.
  14. 14. Entrada principal do museu do Louvre, circundada por sete piscinas triangulares, com sete chafarizes e a pirâmide . Pág. 26.
  15. 15. Vênus de Milo . Pág. 26 . Vitória Alada . Pág. 26 . (ou Vítoria de Samotrácia)
  16. 16. Presidente François Mitterrand . Pág. 27 .
  17. 17. A Pirâmide Invertida do Museu do Louvre . Pág. 30, 474 e 475.
  18. 18. A Pirâmide Invertida do Museu do Louvre . Pág. 30, 474 e 475 . Cortesia: Almir Lira
  19. 19. A Pirâmide Invertida do Museu do Louvre . Pág. 30, 474 e 475.
  20. 20. Exemplo de Caduceus Símbolo Ankhs Tjet Sistros (...) Langdon teve a sensação de que Fache não estava enxergando coisa alguma. Jacques Saunière era considerado o maior iconografista da deusa no mundo. (...) ajudara o Louvre a reunir a maior coleção de arte ligada a Deusa do mundo (...) machados de dois gumes oriundos do mais antigo santuário das sacerdotisas gregas de Delfos, caduceus de ouro , centenas de Ankhs Tjet semelhantes a pequenos anjos de pé, sistros usados no antigo Egito para afastar maus espíritos e uma espantosa quantidade de estatuetas de Hórus amamentado por Isis (...)
  21. 21. Estátuas representando a deusa Ísis amamentando seu filho Hórus . Pág. 32.
  22. 22. Isis amamentando Horus – Maria amamentando Jesus . Pág. 32.
  23. 23. Fotos da Sede do Opus Dei em Nova Iorque. Pág. 36 Entrada principal do prédio da Opus Dei (homens). Pág. 36
  24. 24. S. Josemaría Escrivá - Fundador do Opus Dei - Pág. 37. Capa da edição portuguesa do livro “O Caminho” - Pág. 37.
  25. 25. Robert Hanssen , espião do FBI e membro da alta cúpula do Opus Dei preso pelo FBI . Pág. 38
  26. 26. Pentagrama . Pág. 43 Yin e Yang . Pág. 44
  27. 27. O Homem Vitruviano . Pág. 79 .
  28. 28. Pistola Heckler & koch USP 40. Arma de Silas. Pág. 83 .
  29. 29. Igreja de Saint-Sulpice . Pág. 98 .
  30. 30. Marco astronômico da Igreja de Saint-Sulpice (gnômon). Pág. 98.
  31. 31. A Linha Rosa dentro da Igreja de Saint-Sulpice . Pág. 98
  32. 32. Obelisco egípcio dentro da Igreja de Saint-Sulpice . Pág. 98
  33. 33. Altar da Igreja de Saint-Sulpice . Pág. 98
  34. 34. Altar da Igreja de Saint-Sulpice . Pág. 98
  35. 35. Também chamada de A Papisa. Alguns arcanos maiores do Tarô: A Papisa, a Imperatriz e A Estrela . Pág. 102
  36. 36. A última ceia – Original – Leonardo da Vinci – Cortesia: Fábio Henrique – Orkut - Pág. 253 .
  37. 37. A última ceia – Original – Leonardo da Vinci – Cortesia: Fábio Henrique – Orkut - Pág. 253 . Jesus Maria Madalena
  38. 38. A última ceia – Original – Leonardo da Vinci – Cortesia: Fábio Henrique – Orkut - Pág. 253 .
  39. 39. Mão Ameaçadora Roupas Com Cores Complementares Mão Com Faca Que Não Pertence a Ninguém! Taça Taça Taça Taça Taça Cálice A última ceia – Original – Leonardo da Vinci – Cortesia: Fábio Henrique – Orkut - Pág. 253 .
  40. 40. A última ceia – Reprodução – Leonardo da Vinci
  41. 41. A última ceia – Detalhe melhorado – Leonardo da Vinci Jesus Maria Madalena
  42. 42. (...) Sophie olhou para a pintura, vendo, para seu espanto, que todos na mesa tinham uma taça diante de si, inclusive Cristo. Treze taças. Ainda por cima minúsculas, sem haste, e feitas de vidro .(...). Pág. 253.
  43. 43. Detalhes das taças. Pág. 253.
  44. 44. Detalhes das taças. Pág. 253.
  45. 45. Cálice Roupas com cores complementares (invertidas)
  46. 46. Detalhe da figura ao lado de Jesus.
  47. 47. A letra “M” – Pág. 262 .
  48. 48. A letra “M” – Pág. 262 .
  49. 49. Mão com faca misteriosa que não pertence a ninguém!. Pág. 265.
  50. 50. Mão com faca misteriosa que não pertence a ninguém!. Pág. 265.
  51. 51. (...) Na pintura, Pedro inclinava-se ameaçadoramente na direção de Maria Madalena e passava a mão, como se empunhasse uma faca, diante do pescoço dela (...). Pág. 265.
  52. 52. Detalhe da mão...
  53. 53. Para visualizar todos os detalhes do quadro “A Última Ceia” de Da Vinci, visite o site: http://milano.arounder.com/PROJECTS/SANTA_MARIA_DELLE_GRAZIE/ZOOMIFY/IT000005356.html Colaboração do link: Maurício Bahia (Orkut)
  54. 54. Retrato de Lisa Gherardini, esposa de Francesco del Giocondo, conhecida como Monna Lisa , A Gioconda ou A Joconde ( versão oficial ).
  55. 55. Técnica do “sfumato”. MONA LISA DEUS AMON DEUSA ISIS AMON L´ISA 77 cm 53 cm
  56. 56. Estatueta do deus Amon Museu de Arte Metropolitano Nova Iorque - EUA A deusa Ísis. Pintura mural tumular da época do Novo Império (-1580/-1160).
  57. 57. A Madona das Rochas (ou Virgem das Rochas) Autor: Da Vinci Quadro da Coleção Nacional do Louvre Madonna of the rocks Anagrama para: So dark the con of man
  58. 58. National Gallery, em Londres Museu do Louvre, em Paris (...) Existem dois quadros - um no Museu do Louvre e outro na National Gallery, em Londres - com o título de "A Virgem das Rochas" , de Leonardo Da Vinci. Os quadros são muito parecidos mas alguns detalhes divergem declaradamente, na posição das pessoas e mesmo a existência de objetos. Ambos foram pintados por Da Vinci, espera-se. Pelo menos alguns esperam, mas há uma tremenda guerra em torno disso e nesse caso, ou o Louvre ou a National Gallery ostentariam uma falsificação. É bom lembrar que estamos falando de duas das casas mais respeitadas no mundo das artes. Seria um escândalo. (...)
  59. 59. Anjo Uriel São João Batista Penhasco Virgem Maria Menino Jesus
  60. 60. Detalhes do quadro A Madona das Rochas – Cortesia: Fábio Henrique - Orkut
  61. 61. Visão melhorada do primeiro quadro. Cortesia: Fábio Henrique - Orkut
  62. 62. Visão melhorada do segundo quadro. Cortesia: Fábio Henrique - Orkut
  63. 63. Cilício Disciplina Ficou assustado? Visite os seguintes sites: www.odan.org http://opusdob.tripod.com
  64. 64. Cilício Disciplina Ficou assustado? Visite os seguintes sites: www.odan.org http://opusdob.tripod.com
  65. 65. PHI A Divina Proporção
  66. 66. Seqüência de Fibonacci Em 1202, Leonardo de Pisa (Fibonacci = filius Bonacci) matemático e comerciante da idade média, escreveu um livro denominado Liber Abacci , que chegou a nós, graças à sua segunda edição datada de 1228. Este livro contém uma grande quantidade de assuntos relacionados com a Aritmética e Álgebra da época e realizou um papel importante no desenvolvimento matemático na Europa nos séculos seguintes, pois por este livro que os europeus vieram a conhecer os algarismos hindus, também denominados arábicos. A teoria contida no livro Liber Abacci é ilustrada com muitos problemas que representam uma grande parte do livro. 1, 1, 2, 3, 5, 8, 13, 21, 34, ... Esta seqüência de números tem uma característica muito especial denominada recursividade: somando o 1 o . com o 2 o . obtemos o 3 º = 1+1 = 2 somando o 2 o . com o 3 o . obtemos o 4 º = 2+1 = 3 somando o 3 o . com o 4 o . obtemos o 5 º = 3+2 = 5...
  67. 67. Conexão da seqüência de Fibonacci com o número de ouro (PHI) De que forma ocorre esta conexão com a razão de ouro Phi? Na verdade a seqüência de Fibonacci é dada por: 1, 1, 2, 3, 5, 8, 13, 21, 34, 55, 89, ... Dividindo qualquer número da seqüência de Fibonacci pelo seu antecessor, temos: 1 ÷1 = 1 2 ÷1 = 2 3 ÷2 = 1,5 5 ÷3 = 1,5 8 ÷5 = 1,6 1 3 ÷8 = 1,625 21 ÷13 = 1,6153 34 ÷21 = 1,6190 55 ÷34 = 1,6176 89 ÷55 = 1,6181 Quando estas divisões tendem a infinito o limite é exatamente Phi, o número de ouro. Phi = 1.618033988749895
  68. 68. A razão entre o segmento da linha (A) e o segmento da linha (B) é igual ao segmento da linha (B) e o segmento da linha (C). Isto acontece somente no ponto onde: A é 1.618... vezes B e B é 1.618... vezes C. Alternativamente, C é 0.618... de B e B é 0.618... de A.
  69. 70. PHI e o corpo humano PHI e a beleza Humana
  70. 72. Outros Exemplos de PHI
  71. 73. SmartCar. O carro de Sophie. Pág. 147 .
  72. 74. Castel Gandolfo . Pág. 160
  73. 75. Beechcraft Baron 58 , o avião que transportou o bispo Aringarosa para Londres. Ao lado, foto do interior do avião. Cortesia: Cheops Malta .
  74. 76. Estação Gare Saint-Lazare . Pág. 163
  75. 77. Bosque Bois de Boulogne (Jardim das Delícias). Pág. 169
  76. 78. Godofredo de Bouillon, fundador do Priorado de Sião. Pág. 169.
  77. 79. Cavaleiros Templários . Pág. 170
  78. 80. Representação do Templo de Jerusalém . Pág. 170 . Maquete representando o Tempo de Jerusalém. Pág. 170 .
  79. 81. Papa Clemente V Rei Felipe IV da França (Felipe, o Belo)
  80. 82. Rue Haxo. Pág. 180 Roland Garros. Pág. 180
  81. 83. “ A Adoração dos Magos ”, de Leonardo Da Vinci . Pág. 181 .
  82. 84. Escrita “reversa” de Leonardo Da Vinci.
  83. 85. Estrutura arquitetônica conhecida como la clef de vôute . Pág. 218 .
  84. 86. http://www.randomhouse.com/cgi-bin/robertlangdon/dbz . cgi / Banco de Custódia de Zurique . Embora ele não exista na realidade, a Random House, editora americana do livro, criou um site fictício para o Banco.
  85. 87. Projeto de Ponte Leonardo Da Vinci Igreja e Barco Leonardo Da Vinci
  86. 88. Projeto de Armas – Leonardo Da Vinci
  87. 89. Projetos de Máquinas Voadoras e Bombas D´agua – Leonardo Da Vinci
  88. 90. Estudos de Anatomia – Leonardo Da Vinci
  89. 91. Texto manuscrito espelhado – Leonardo Da Vinci
  90. 92. Royal Holloway, onde Sophie estudou. Pág. 234 .
  91. 93. Royal Holloway, onde Sophie estudou. Pág. 234 .
  92. 94. Oxford University, onde Teabing estudou . Pág. 234 .
  93. 95. Harvard University, onde Langdon estudou e leciona . Pág. 234 .
  94. 96. O Château Villete. A casa de Sir Teabing . Pág. 236 .
  95. 97. Acima , a sala de estar do Château Villete, onde Teabing e Langdon explicaram o segredo do Sangreal à Sophie. Abaixo a sala de jantar. Pág. 242 .
  96. 98. Gárgulas na catedral de Notre Dame – Pág. 243 .
  97. 99. Imperador romano Constantino, O grande . Pág. 248 . Representação do Sol Invictus . Pág. 248 .
  98. 100. Quadros de Georgia O´Keeffe, onde a flor se abrindo evoca a genitália feminina. Pág. 272 .
  99. 101. Avião Hawker 731 de propriedade de Teabing . Pág. 311.
  100. 102. Exemplo do Códex Leicester. Pág. 318. Fogg Museum – Harvard . Pág. 318. Escrita de forma especular (espelhada). Pág. 319.
  101. 103. “ (...) O criptograma Atbash, código de substituição simples baseado no alfabeto judaico de 22 letras. Perceba que a segunda linha é o inverso da primeira linha (...). Pág. 322 .
  102. 104. Campo de aviação de Biggin Hill, perto de Londres . Pág. 324 . Campo de aviação de Le Bourget. Pág. 323 .
  103. 105. Representações de Baphomet. Pág. 335 .
  104. 106. Auto-retrato de Leonardo Da Vinci Cortesia: Fábio Henrique - Orkut
  105. 107. “ O Range Rover era Java Black Pearl, 4X4, transmissão normal, com faróis de alta potência de polipropileno, montes de luzes na traseira e volante à direita (...) ” Cortesia: Cheops Malta.
  106. 108. Interior do Land Rover Cortesia: Cheops Malta
  107. 109. Capela Rosslyn – Pág. 454
  108. 110. Detalhe da cúpula da Capela Rosslyn. Pág. 454
  109. 111. Detalhe do interior da capela
  110. 112. Entrada da capela Rosslyn . Pág. 456 .
  111. 113. Placa no exterior da capela
  112. 114. Vista do exterior da capela
  113. 115. Colunas Boaz e Jaquim . Pág. 458 .
  114. 116. (...) Entre os inúmeros mistérios de Rosslyn, havia uma arcada abobadada da qual saltavam centenas de blocos salientes (...) Pág. 459 .
  115. 117. Alguns dos últimos grãos-mestres do Priorado de Sião . Págs. 345 e 346 .
  116. 118. Exterior da Temple Church . Pág. 359 .
  117. 119. Exterior da Temple Church . Pág. 359 .
  118. 120. Interior da Temple Church . Pág. 359 .
  119. 121. Altar da Temple Church
  120. 122. Cavaleiros de pedra – Pág. 368 .
  121. 123. Desenho esquemático das tumbas – Pág. 368 .
  122. 124. Detalhes das tumbas – Pág. 368 .
  123. 125. Tumbas – Pág. 375 .
  124. 126. Detalhes das tumbas
  125. 127. Tumbas – Pág. 375 .
  126. 128. Detalhes das tumbas
  127. 129. Big Ben, Ponte de Londres e a roda-gigante London Millenium . Pág. 361 .
  128. 130. Abadia de Westminster . Pág. 417 .
  129. 131. Abadia de Westminster. Pág. 417 .
  130. 132. Interior da Abadia de Westminster
  131. 133. Tumba de Isaac Newton na Abadia de Westminster . Pág. 418 .
  132. 134. College Garden da Abadia de Westminster - Pág. 424 .
  133. 135. Cúpula da Chapter House . Pág. 441 .
  134. 136. Kensington Gardens - Pág. 449 .
  135. 137. Palais Royal – Paris . Pág. 472.
  136. 138. Cálice Estrela de David Cortesia: Cheops Malta Lâmina
  137. 139. “ (...) Quando chegou ao fundo, entrou no longo túnel que se estendia sob o pátio do Louvre, voltando até a pirâmide invertida . Ao fim do túnel, saiu em uma câmara maior. Diretamente diante dele, pendente cintilava a pirâmide invertida – um deslumbrante V moldado em vidro. O Cálice . Os olhos de Langdon acompanharam os lados do vê até o ápice da pirâmide, suspenso a apenas um metro e oitenta acima do assoalho. Ali, diretamente abaixo dela, encontrava-se a minúscula estrutura. Uma pirâmide em miniatura. Com apenas 90 centímetros de altura. A única estrutura naquele complexo colossal que havia sido construída em pequena escala. (...) Iluminada pelas suaves luzes do mezanino deserto, as duas pirâmides apontam uma para a outra, seus corpos perfeitamente alinhados, seus ápices quase se tocando. O Cálice acima. A Lâmina abaixo. Lâm´na e cálice guardam-lhe o portal. “ A busca pelo Santo Graal é a busca para se ajoelhar diante dos ossos de Maria Madalena. Uma jornada para orar aos pés da exilada. (...)” Págs. 474 e 475
  138. 140. Espero que você tenha gostado desta apresentação. Por favor, se você tem críticas, sugestões, fotos para incluir ou quer enviar algum comentário, escreva um e-mail para: [email_address] Eu gostaria muito de saber a sua opinião sobre esta apresentação! Se você é usuário do Orkut , escreva a sua resenha para esta apresentação na comunidade O Código Da Vinci , em: http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=67390 Ou use o tópico nomeado: Apresentação na Internet! Aproveite e visite o meu website http://www.jobel.net Obrigado, Jobel

×