Biografias

3.433 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.433
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
40
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
46
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Biografias

  1. 1. Sigmund Freud
  2. 2. Biografia de Sigmund Freud Neurologista austríaco, nasceu em Freiberg, Morávia (actual República Checa), em 1856 e morreu em Londres em 1939. Freud fundou a Psicanálise e esta teoria teve um grande efeito na psicologia e na psiquiatria. Desenvolveu teorias que dizem respeito a uma camada profunda da nossa mente: o inconsciente e a forma como este influencia as acções dos homens. As principais obras de Freud são: A Interpretação dos Sonhos (1899), Três Ensaios sobre a Teoria da Sexualidade (1905), O Inconsciente (1915), Introdução à Psicanálise (1916-1917), Psicologia das Massas e Análise do Ego (1923), Psicanálise e Teoria da Libido (1923) , Neurose e Psicose (1924 ).
  3. 3. Biografia de Sigmund Freud No livro A interpretação dos Sonhos, Freud analisa a grande complexidade simbólica subjacente à formação dos sonhos. Em 1905 aparece o seu estudo mais controverso, no qual Freud apresenta a teoria que afirma que a repressão da sexualidade infantil está na origem de neuroses em adulto (de que o complexo de Édipo é um exemplo). Formulou os conceitos de «id», «ego» e «superego». As suas teorias levaram a uma maior aproximação ao tema da sexualidade. A partir dele, os comportamentos anti-sociais são compreendidos como um resultado, em muitos casos, de forças inconscientes.
  4. 4. Albert Einstein
  5. 5. Albert Einstein <ul><li>Físico alemão de origem judaica, Albert Einstein nasceu em Ulm a 14 de Março de 1879 e morreu em Princeton, nos Estados Unidos da América, a 18 de Abril de 1955. </li></ul><ul><li>Nos primeiros anos do século XX, Einstein desenvolveu um conjunto de teorias que estabeleceram a equivalência entre massa e energia, instaurando uma nova perspectiva na consideração do espaço, do tempo e da gravidade. Em 1905, publicou nos Anais de Física cinco artigos que revolucionaram a física newtoniana. Através da teoria da relatividade especial neles elaborada, Einstein alargou o princípio da relatividade clássica de Isaac Newton aos fenómenos electromagnéticos. Nesta perspectiva, o espaço e o tempo não são considerados independentes entre si, mas relativos, formando uma conexão espaço-tempo. Também a massa é uma grandeza relativa, variando com o movimento e sendo equivalente à energia. </li></ul>
  6. 6. Albert Einstein <ul><li>Neste sentido, este físico foi levado a considerar que a massa de um corpo em movimento não se mantém constante em qualquer condição, como era defendido pela mecânica newtoniana, mas depende do próprio valor da velocidade a que esse corpo se desloca. No entanto, para corpos em movimento a velocidades pequenas (caso dos objectos que nos são familiares), os valores da massa em repouso e movimento são praticamente iguais. Contudo, é necessário ter em conta o aumento de massa para partículas de pequena massa em repouso, caso das partículas sub-atómicas, quando se movem a grandes velocidades. </li></ul><ul><li>Tal equivalência entre massa e energia foi confirmada experimentalmente através da observação das grandes quantidades de energia libertadas nas reacções de fissão e fusão nucleares. Em 1915, através da teoria da relatividade geral, Einstein estende o princípio da relatividade a todos os movimentos da Física. Recebeu o Prémio Nobel da Física em 1921. </li></ul>
  7. 7. Pablo Picasso
  8. 8. Biografia de Pablo Picasso <ul><li>Nascido em Málaga em 1881, Pablo Ruiz y Picasso demonstrou uma prodigiosa precocidade. Aos dezassete anos possuía uma técnica apurada e em Paris, no início do século, embora se mantivesse afastado dos grupos de vanguarda, tinha já uma reputação. O &quot;período rosa&quot; será mais vigoroso. As cores ainda estão sob a influência do período rosa, mas tornaram-se mais duras, e as personagens constam de formas semi-geométricas expressas como volumes num espaço abstracto. </li></ul><ul><li>A atenção foi dirigida para as qualidades puramente formais. Numa primeira fase o Cubismo tem como referência o real, embora adoptando em relação ao objecto vários pontos de vista e os problemas de profundidade e perspectiva deixam de se impor. Picasso e Braque colam nas telas pedaços de jornais, papeis, tecidos, embalagens de cigarros. </li></ul>
  9. 9. Biografia de Pablo Picasso <ul><li>Nos anos vinte inicia o seu período &quot;greco-romano&quot;, com temas clássicos como em Mãe e Filho (1921) e nas figuras de centauros e faunos. Este período teve a sua origem na descoberta da arte italiana e numa colaboração estreita com Diaghilev, projectando os cenários e o guarda-roupa dos bailados Parada (1917), Pulcineia , (1920) e Mercúrio (1924). Minotauromaquia é um dos principais trabalhos dos anos trinta e fundamental para a compreensão de Guernica, obra que representa a destruição da cidade de Guernica pelos bombardeiros alemães, um episódio da Guerra Civil de Espanha. Os elementos principais são o touro, simbolizando &quot;a brutalidade e a escuridão&quot;, o cavalo, como símbolo do &quot;povo sofredor&quot;, e a rapariga com uma luz. Este painel foi proibido pelo governo franquista e tornou-se emblemático de um período de comprometimento político. Nesta época as deformações das imagens são acentuadas, a expressão é trágica. Na Provença, multiplica as experiências e as matérias, cria esculturas, trabalha com cerâmica. </li></ul>
  10. 10. Biografia de Pablo Picasso <ul><li>No último ciclo da sua pintura, o artista questiona as obras de Delacroix, de Velásquez e o contemporâneo Matisse, sob pretexto de concretizar o tema da criação, do pintor e do modelo. Picasso foi sempre um criador muito pessoal, nunca se prendeu a fórmulas, criava estéticas, combinava-as, renovava esquemas mais tradicionais. Embora marcada pelo Cubismo, a sua arte evocará sempre múltiplas metamorfoses. Segundo o próprio Picasso, os estilos que usou &quot;não devem ser considerados como evolução, mas como variação&quot;. </li></ul>
  11. 11. Amadeo De Souza Cardoso
  12. 12. Biografia de Amadeo De Souza Cardoso <ul><li>O pintor mais representativo do modernismo português do princípio do século XX, Amadeo de Souza-Cardoso nasceu em Amarante, em 1887, e veio a falecer em Espinho, em 1918. Em 1905 matriculou-se em Arquitectura, em Lisboa, mas, ao partir para Paris, no ano seguinte, prevaleceu a vocação da pintura. </li></ul><ul><li>A primeira exposição, realizou-a no seu atelier parisiense, juntamente com o pintor italiano Modigliani. Expõe depois em Berlim e em 1913 é seleccionado para participar na exposição que levaria a conhecer o modernismo europeu aos Estados Unidos - a Armory Show. Amadeo incorpora na sua pintura elementos das novas tendências da arte - o expressionismo, o cubismo, o futurismo, o abstraccionismo -, assim como elementos da arte africana, da tapeçaria oriental, da iluminura, da ilustração. Da abstracção do cubismo passa para o expressionismo alemão em Máscara de Olho Verde (1914). </li></ul>
  13. 13. Biografia de Amadeo De Souza Cardoso <ul><li>Durante a I Grande Guerra refugia-se em Amarante. A presença de Sonia e Robert Delaunay, em Vila do Conde, a contemporaneidade do movimento do Orpheu e do Futurismo, de artistas como Eduardo Viana, José de Almada-Negreiros e Santa Rita Pintor, criaram um momento especial na pintura portuguesa desses anos conturbados. Em o Cristo Vermelho (1918) e nos últimos quadros, sintetiza as várias estéticas que abordara, integrando elementos picturais da imagística popular. </li></ul>
  14. 14. Walt Disney
  15. 15. Biografia de Walt Disney <ul><li>Cineasta norte-americano (1901-1966) que revolucionou o cinema de animação. </li></ul><ul><li>Utilizou novas técnicas e inventou novas personagens. </li></ul><ul><li>Os primeiros desenhos animados do rato Mickey apareceram em 1928. Mais tarde surgiram as longas metragens A Branca de Neve e os Sete Anões (1938), Fantasia (1940), Pinóquio (1940), Dumbo (1941) e Peter Pan (1953). </li></ul><ul><li>A Disneylândia foi fundada por Walt Disney em 1955 </li></ul>
  16. 16. Hermenegildo Capelo
  17. 17. Biografia Hermenegildo Capelo <ul><li>Hermenegildo Carlos de Brito Capelo, oficial da marinha que se notabilizou pelas suas explorações em África, nasceu em 1841, no castelo de Palmela, e morreu a 4 de Maio de 1917. </li></ul><ul><li>Juntamente com Serpa Pinto e Roberto Ivens, Hermenegildo Capelo foi designado para a expedição científica em 1877, para explorar os territórios entre Angola e Moçambique e as bacias hidrográficas do Zaire e do Zambeze. Depois do êxito obtido foram encarregados de uma segunda viagem, cujo objectivo era encontrar uma via de comunicação entre Angola e Moçambique. </li></ul>
  18. 18. Biografia Hermenegildo Capelo <ul><li>Destas iniciativas ficaram dois célebres relatos, da autoria de Capelo e Ivens, intitulados De Angola à Contracosta e De Benguela às Terras de Iaca . </li></ul><ul><li>Hermenegildo Capelo ficou célebre pela sua acção exploradora. Foi nomeado vice-presidente do Instituto Ultramarino, presidente da Comissão Cartográfica e organizador de uma carta geográfica de Angola. </li></ul>
  19. 19. Al Capone
  20. 20. Biografia de Al Capone <ul><li>Gangster norte-americano (Nápoles, Itália, 1897 - Miami, U.S.A., 1947) . Alfonso Capone, também conhecido como Scarface («Cara Cortada»), passa à história como representante característico de uma época histórica dos Estados Unidos, caracterizada pelo tráfico de bebidas alcoólicas durante o proibicionismo e a assunção por organizações delituosas de diversas funções (comerciais, policiais, etc.) próprias das instituições públicas. </li></ul><ul><li>Imigrado de Itália em 1919, instala-se em Chicago, e associa-se com Johnny Torrio. Durante um decénio, ele e o seu bando organizam actividades delituosas (jogo, prostituição, tráfico de álcool e outras drogas...) em grande escala, com que obtêm enormes benefícios. </li></ul>
  21. 21. Biografia de Al Capone <ul><li>O assassinato, a extorsão e a violência são os seus métodos de trabalho habituais. Compra polícias, vereadores, fiscais, etc. O desastre económico de 1929 contribui para debilitar o seu império. Mas a organização por ele criada funciona tão bem que as autoridades judiciais só podem acusá-lo (em 1931) de fraude fiscal. </li></ul><ul><li>É condenado a onze anos de prisão. Em 1939 recupera a liberdade e vive retirado em Miami Beach até à sua morte. </li></ul>

×