Guia do ancião 1

2.168 visualizações

Publicada em

Apresentação 1 em PowerPoint para auxiliar o estudo do Livro - Guia para Anciãos.

Publicada em: Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.168
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
98
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Guia do ancião 1

  1. 1. Os Anciãos na Igreja. As Escrituras designam o serviço dos anciãos. Desde o início da igreja do Novo Testamento, a liderança na comunidade de crentes foi concedida aos “apóstolos e anciãos” (Atos 15:22), e eles nomearam e ordenaram anciãos em cada igreja (Atos 14:23). Com essa prática como modelo, tal estrutura tem continuado em várias formas, desde o início da era cristã.
  2. 2. DEFINIÇÕES
  3. 3. Anciãos - “líder” ou “embaixador”. Igreja - Muitas vezes, se refere ao local, como o edifício ou propriedade. Pode também significar um grupo de crentes ou membros ou pode ser usado quando se refere à hora do culto divino. Uma tradução literal da palavra grega ekklesia, da qual foi traduzida a palavra “igreja”, é “o chamado”. Não fabricamos a igreja devido à nossa vontade individual ou corporativa; tornamo-nos igreja ao aceitar o chamado de Deus. Propósito da Igreja - capacitar seus membros a cumprirem a missão evangélica e fazerem “discípulos de todas as nações” (Mt 28:19).
  4. 4. A NECESSIDADE DE ESTRUTURA
  5. 5. O chamado do evangelho é uma questão intensamente pessoal e individual, e não obstante requer responsabilidade corporativa e comunitária. Embora não sejamos salvos como grupo de crentes, encontramos força e segurança no companheirismo da comunidade cristã. Somos admoestados a considerarmos “também uns aos outros, para nos estimularmos ao amor e às boas obras. Não deixemos de congregar-nos, [...]” (Hb 10:24, 25).
  6. 6. Modelos bíblicos de organização A organização de Israel, orientada por Deus, foi precisa e detalhada.
  7. 7. Organização adventista do sétimo dia. A organização era indispensável para prover a manutenção dos pastores, para levar a obra a novos campos, para proteger dos membros indignos tanto as igrejas como os pastores, para a conservação das propriedades da igreja, para a publicação da verdade pela imprensa, e para muitos outros fins.” (Testemunhos para Ministros e Obreiros Evangélicos, p. 26).
  8. 8. Formas de governo da igreja 1- Papal, onde o Papa tem autoridade suprema 2- Episcopal. A autoridade pelo processo e interpretação teológica repousa nos bispos da igreja. 3- Congregacional. A autoridade para toda ação e interpretação das Escrituras reside na congregação local. 4- Representativa. A autoridade repousa nos membros da igreja, mas a responsabilidade pelo desenvolvimento doutrinário, pelo planejamento e coordenação da igreja mundial é delega à direção de grupos constituídos representando todos os membros pelos quais foram nomeados. O trabalho de cada grupo constituído é revisto nas “assembleias” periódicas.
  9. 9. Níveis de Organizações da Igreja Adventista do Sétimo Dia. Há quatro níveis organizacionais Adventista do Sétimo Dia: 1- A igreja local, 2- A Associação/Missão local 3- A União-Associação/União-Missão, 4- A Associação Geral Divisões •Instituições •A Autoridade da Associação Geral •Finanças. na Igreja
  10. 10. IMPORTÂNCIA DO ANCIÃO DA IGREJA
  11. 11. Anciãos no Antigo Testamento Moisés “Disse o SENHOR a Moisés: Ajunta-me setenta homens dos anciãos de Israel, que sabes serem anciãos e superintendentes do povo; e os trarás perante a tenda da congregação, para que assistam ali contigo. Então, descerei e ali falarei contigo; tirarei do Espírito que está sobre ti e o porei sobre eles; e contigo levarão a carga do povo, para que não a leves tu somente.” (Nm 11:16, 17).
  12. 12. Anciãos no Novo Testamento 1- Apóstolos, geralmente obreiros itinerantes, que cuidavam do ensino geral, do planejamento, administração e evangelismo da igreja. 2- Anciãos, que desempenhavam deveres designados de liderança nas congregações locais. Os anciãos exerciam seu dom espiritual na liderança e proviam um ministério que fortalecia e dava direção à igreja local. O Ancião no Novo Testamento formava discípulos II Tiomóteo 2:1-2
  13. 13. Anciãos adventistas do sétimo dia. “Os anciãos devem ser reconhecidos pela igreja com fortes líderes espirituais e devem ter boa reputação tanto na igreja quanto na comunidade. Na ausência do pastor, os anciãos são os líderes espirituais da igreja e por preceito e exemplo devem procurar concuí-la a uma experiência cristã mais profunda e completa. “Os anciãos devem ser capazes de conduzir os cultos da igreja e administrar na palavra e na doutrina quando o pastor não estiver disponível.” (Manual da Igreja, p. 74, 75).
  14. 14. Anciãos adventistas do sétimo dia. Deve promover em cada membro e departamento da igreja: 1. COMUNHÃO – buscando a Deus todos os dias. (cultos, lição, Bíblia) 2. RELACIONAMENTO – atender as necessidades das pessoas. 3. MISSÃO – cada membro com seu dom levando pessoas a Jesus. 4. DISCIPULADO – multiplicando os dons de cada membro em outro membro.

×