Ana rasteiro reflexão 3281 ana rasteiro corrigida pela mediadora

2.163 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.163
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
18
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ana rasteiro reflexão 3281 ana rasteiro corrigida pela mediadora

  1. 1. Escola Secundária de Sesimbra Curso: EFA/ TAE 1º Ano Código 3281 – Módulo 13 - Actividades pedagógicas do quotidiano da criança Ana Maria RasteiroIniciámos o módulo 3281, de actividades pedagógicas do quotidiano da criança, no dia25 de Maio de 2011, com a duração de 25 horas.Os objectivos deste módulo eram: planificar, desenvolver e acompanhar asactividadespedagógicas relacionadas com o quotidiano das crianças, durante as quais aauxiliar e a educadora, devem observar de forma a conhecerem individualmente cadacriança, para assim verem se a criança evoluiu e quais as suas capacidades, ao fazeremos trabalhos que são propostos pela educadora, e pela auxiliar.Para podermos observar melhor a criança, deveremos fazê-lo quando a criança está atrabalhar com as outras crianças, e no recreio da escola, podendo tirar algumas notassobre a criança, e assim ficarmos a saber o interesse e a dificuldade que a criança tem.Quando estamos a observar pode ser directamente, quando estamos a brincar com acriança ou quando fazemos uma actividade e vamos vendo e anotando sobre o seudesenvolvimento. Ou de forma indirecta quando não estamos presentes na altura quea criança faz a sua actividade.Assim acontece quando eu trabalho com as minhas crianças que estão no 1º ano. Vouvendo o seu desenvolvimento, pois acontece muito quando faço trabalhos de recorteem que elas têm muita dificuldade em cortar. Passado algum tempovê-se o seu
  2. 2. desenvolvimento, pois eu estou presente a observar, assim posso dizer aos pais que acriança evoluiu.A seguir a formadora Sílvia passou um pequeno vídeo sobre o desenvolvimento deuma criança com sete meses, em que um senhor se põem a brincar com acriança comum carrinho, e de seguida esconde outro objecto debaixo de um cobertor para ver asua reacção. Esta, por sua vez, começa a chorar, numa forma de pedir ajuda paraencontrar o objecto. Assim, o senhor consegue ver o desenvolvimento da criança.Fizemos um pequeno texto sobre as imagensque vimos, e pusemos numa grelha qual ocomportamento da criança, que está a brincar com o adulto, pega num objecto eesconde de baixo do cobertor. Noutraparte da grelha colocámos a inferência.No seguimento, a formadora passou um pequeno filme que se chamava “Bebés”.Tratava de crianças de países diferentes, e culturas muito diferentes, nascem dedeterminadas maneirasdevidoà sua cultura, captando os mais engraçados e naturaismovimentos, dos primeiros meses das nossas vidas, e são tratadas conforme as suasculturas, com o amor e carinho como os pais foram criados.Através deste filme aprende-semuito sobrequatro culturas muito diferentes, a formacomo se desenvolvem os primeiros meses de vida dos bebés, episódiosde humor ezangados, e como são felizes.No dia 27 de Maio de 2011 fomos assistir aum serão de contos:“A menina domar”noqual a autora leu a história que tinha escrito para as crianças de uma maneiradiferente, em que entra dentro da história pondo os óculos de mergulhador e o tubopara respirar e vai contando assim a história. As crianças ficam maravilhadas ao verque a história é contada daquela maneira. A seguir a autora faz um jogo comascrianças relacionadocom a história que contou. Foi muito engraçado, foi uma noitebem passada.Eu, ao ouvir esta história, aprendi que se pode contar a história de maneiras diferentes,assim as crianças ouvem a história com mais atenção.Para terminar o módulo desenvolvemos uma actividade pedagógica em queelaborámos um trabalho em equipa,utilizámos o feltro, e vimos o desenvolvimento, aatitude e o comportamento que tivemos em trabalharmos e organizar-nos em grupopara a realização da actividade. A seguir trabalhámos o feltro, e cada uma escolheu oque queria fazer indo pesquisar na Net. Descobrimos muita coisa para fazer, assim
  3. 3. trabalhámos em equipa, dividindo o trabalho: umas trouxeram missangas, outrasmoldes e como éramos doze alunas decidimos que cada uma trazia duas cores defeltro para assim termos mais cores para trabalhar. Eu escolhi fazer um mobile comflores e uma borboleta, um sol, a partir do sol saiam os três fios, em que eu ia pôr umque tinha uma flor, a borboleta, outra flor, folhas para terminar, os outros dois fioscontinham flores e folhas. A seguir cada aluna fez um trabalho emfeltropara ofereceràs auxiliares da escola. Assim terminou o nosso módulo no dia 15 de Junho de 2011.Ao terminareste módulo aprendi muito como devo agir na observação das crianças, nodesenvolvimento do trabalho em equipa, e na importância das atitudesque devo ter narealização de actividades para crianças.PS: Olá Ana. Pode considerar a sua reflexão terminada.Continuação de bom trabalho.

×