Ok _________florinda ebook

255 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
255
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ok _________florinda ebook

  1. 1. PORTUGUÊSTema: Paródia da vida deOswald de AndradeAlunos: Florinda, Ana kátiaOliveira e Lucas.Turma: Terceiro único/2012/N. Califórnia/ROProfessora: Silwâny FainoMúsica usada para aparódia: Negro dramaGrupo musical: RacionaisMC’s
  2. 2. Paródia: Mas foi emOswald drama jornalismoNegro drama Que ele ingressouEntre o sucessoe lama Revista semanal o pirralhoDinheiro,problema,Inveja, luxo, Pirralho defama. Andrade, Sem querer fazer malOswald deAndrade Das criticas de lobato defendeuDebochado,critico irônico. Anita Malfatti numa coluna dePaulista de jornalfamília ricaDireito ele cursou
  3. 3. Muitas viagens a segunda mulher,Europa Mané.Amizade comartista construiu Pirralho deAmizades que o Andradepermitiu Debochado,Entender da critico e irônico.vanguarda Conseguiu serE um cargo de diferenteliderança CriativoCasou-se com irreverenteTarsila Modernismo deTeve um abalo verdadefinanceiro O novo queCom a crise do nasceu écafé A maturidadeDepois se casou O Senhor e Sra.com pagu, sua Amadeu
  4. 4. O feliz Sente o drama,nascimento O preço, a cobrança, No amor, no ódio,De sua filha, A insana vingança,Gilberta. Negro drama,Autores: Florinda, Ana Cátia eLucas. Eu sei quem trama,Editor: Florinda E quem tá comigo, O trauma que eu carrego, Pra não ser mais um preto fundido,Música Original:Negro drama O drama da cadeia e favela, Túmulo, sangue,Negro Drama Sirenes, choros e velas,Entre o sucesso, e a lama,Dinheiro, problemas, Passageiro do Brasil,Inveja, luxo, fama, São Paulo, Agonia que sobrevive,Negro drama, Em meio zorra e covardias,Cabelo crespo, Periferias, vielas e cortiços,E a pele escura,A ferida a chaga, Você deve tá pensando,A procura da cura, O que você tem a ver com isso? Desde o início,Negro drama, Por ouro e prata,Tenta vê,E não vê nada, Olha quem morre,A não ser uma estrela, Então veja você quem mata,Longe meio ofuscada,
  5. 5. Recebe o mérito, a farda, O dinheiro tira um homem da miséria,Que pratica o mal, Mas não pode arrancar, De dentro dele,Vê-me, pobre, preso ou morto, A favela,Já é cultural, São poucos,Histórias, registros, Que entram em campo pra vencer,Escritos, O corpo guarda,Não é conto, O que a mente tenta esquecer,Nem fábula,Lenda ou mito, Olho pra traz, Vejo a estrada que eu trilhei,Não foi sempre dito, Mococa,Que preto não tem vez, Quem teve lado a lado,Então olha o castelo irmão, E quem só fico na bota,Foi você quem fez cuzão, Entre as frases, Fases e varias etapas,Eu sou irmão,Dos meus truta de batalha, Do quem é quem,Eu era a carne, Dos mano e das mina fraca,Agora sou a própria navalha, Hum..Tim..Tim.. Negro drama de estilo,Um brinde pra mim, Pra ser,Sou exemplo, de vitórias, E se for,Trajetos e glórias, Tem que ser, Se tremer é milho,
  6. 6. Pesadelo,Entre o gatilho e a tempestade, Hum,Sempre a provar,Que sou homem e não um covarde, é um elogio,Que deus me guarde, Pra quem vive na guerra, A pazPois eu sei, Nunca existiu,Que ele não é neutro, No clima quente,Vigia os rico, A minha gente soa frio,Mais ama os que vem do gueto, Tinha um pretinho,Eu visto preto, Seu caderno era um fuzil,Por dentro e por fora, Um fuzil,Guerreiro, Negro drama,Poeta entre o tempo e a memória,Hora, Crime,futebol, música, caralho,Nessa história, Eu também, vou consegui fugi disso ai,Vejo o dólar, Eu sou mais um,E vários quilates, Forest Gump é mago, Eu prefiro contar uma história real,Falo pro mano,Que não morra, e tambem nãomate, Vou contar a minha....O tic tac,Não espera veja o ponteiro, Daria um filme,Essa estrada é venenosa, Uma negra,E cheia de morteiro, E uma criança nos braços, Solitária na floresta,
  7. 7. De concreto e aço, Hey,Veja, Senhor de engenho,Olha outra vez, Eu sei,O rosto na multidão, Bem quem você é,A multidão é um monstro, Sozinho, se num guenta,Sem rosto e coração, Sozinho, Se num guenta a pé,Hey,São Paulo, Se disse que era bom,Terra de arranha-céu, E as favela ouviu, laA garoa rasga a carne, Também temé a torre de babel, Whiski, e red bull, Tênis nike,Família brasileira, Fuzil,2 contra o mundo,Mãe solteira, Admito,De um promissor,Vagabundo, Seus carro é bonito, Hé,Luz, E eu não sei fazer,Câmera e ação, Internet, vídeo-cassete, Os carro loko,Gravando a cena vai,O bastardo, Atrasado,Mais um filho pardo, Eu to um pouco se,Sem pai, To, Eu acho sim,
  8. 8. O que,Só que tem que, Se não dizia, Seu filho quer ser preto,Seu jogo é sujo, Rhá,E eu não me encaixo, Que irônia,Eu sou problema de montão,De carnaval a carnaval, Cola o pôster do 2pac ai,Eu vim da selva, Que tal,Sou leão, Que se diz,Sou demais pro seu quintal, Sente o negro drama, Vai,Problema com escola, Tenta ser feliz,Eu tenho mil,Mil fita, Hey bacana,Inacreditável, mas seu filho me Quem te fez tão bom assim,imita, O que se deu,No meio de vocês, O que se faz,Ele é o mais esperto, O que se fez por mim,Ginga e fala gíria,Gíria não dialeto, Eu recebi seu tic, Quer dizer kit,Esse nao é mais seu, De esgoto a céu aberto,Hó, E parede madeirite,Subiu,Entrei pelo seu rádio, De vergonha eu não morri,Tomei, To firmão,Se nem viu, Eis-me aqui,Mais é isso, aquilo, Você não,
  9. 9. Se não passa, O que vocês deram por mim ?Quando o mar vermelho abrir, O que vocês fizeram por mim ? Agora tá de olho no dinheiro que eu ganhoEu sou o mano Agora tá de olho no carro que euHomem duro, dirijoDo gueto, browm, Demorou, eu quero é mais Eu quero é ter sua almaObá, Aí, o rap fez eu ser o que sou Ice blue, edy rock e klj, e toda a famíliaAquele loco, E toda geração que faz o rapQue não pode errar, A geração que revolucionouAquele que você odeia, A geração que vai revolucionarAma nesse instante, Anos 90, século 21Pele parda, é desse jeitoOuço funk, Aí, voce saí do gueto, Mas o gueto nunca saí de voce,E de onde vem, morou irmão?Os diamante, Você tá dirigindo um carroDa lama, O mundo todo tá de olho ni você, morouValeu mãe, Sabe por quê? Pela sua origem, morou irmão?Negro drama, é desse jeito que você viveDrama, drama. é o negro drama Eu não li, eu não assisti.Ae, Eu vivo o negro drama, eu sou o negro drama.Na época dos barraco de pau lá napedreira Eu sou o fruto do negro dramaOnde vocês tavam? Aí dona Ana, sem palavra, a senhora é uma rainha, rainha.
  10. 10. Mas ae se tiver que voltar prafavelaEu vou voltar de cabeça erguidaPorque assim é que éRenascendo das cinzasFirme e forte, guerreiro de féVagabundo nato!Link:http://www.vagalume.com.br/racionais-mcs/negro-drama.html#ixzz2ETOe5Rtb

×