TECNOLOGIA                              >   DA INFORMAÇÃOE DA COMUNICAÇÃO   Para a preservação de documentos digitais
Universidade Federal da BahiaInstituto de Ciência da InformaçãoDepartamento de Documentação e Informação - DDI  Tecnologia...
Tecnologia e a informação digital
A crescente ampliação das tecnologias dainformação, sobre tudo, a Internet, amplia adiscussão em torno das novas possibili...
Com a efervescência das Tecnologias da Informação e daComunicação novas preocupações e demandas surgiram para osprofissiona...
Preservação digital
“   Capacidade de manter a integridade e a acessibilidade da    informação digital por longo prazo.    Esta preservação da...
A natureza dos documentos digitais estápermitindo ampla produção e disseminaçãode informação no mundo atual.É fato que na ...
O volume de informação em formato digitaltem aumentado muito nas últimas décadas.Segundo a University of California, cinco...
Esta informação, no entanto, é                       transportada e armazenada em                       meios instáveis e ...
“    ... apesar de a sua reprodutibilidade    tornar a informação digital    teoricamente invulnerável ao    tempo, os sup...
A dificuldade fundamental da preservação digital advém danatureza dos próprios objetos que busca preservar.Diferentemente d...
Até bem pouco tempo atrás, a atençãode profissionais da informaçãoconcentrava-se, apenas, nalongevidade do suporte físico o...
Comunidades arquivistícas ebiblioteconômicas têm a preocupaçãopara o desenvolvimento de padrões emecanismo legais para lid...
Foco no suporte documental  Foco na acesso à informação
1) as mídias são suportes transitórios que prestam sua função somente porum período limitado de tempo e que a transferênci...
?                       ?                        ?O que fazer para preservar os documentos                 digitais?
Requisitos e estratégias de   preservação digital
* Preservar presença física: a presença física representa o(s) arquivo(s) físico(s), portanto, ao(s)arquivo(s) de computad...
* Preservar a autenticidade: é necessário confiar que o objeto acessado é exatamenteaquele que se procura e que as possívei...
• armazenar em ambiente estável e controlável;• implementar ciclos de atualização (refreshment) para cópia em novamídia;• ...
Cloud computing
“   O armazenamento de dados é feito em serviços que poderão    ser acessados de qualquer lugar do mundo, a qualquer hora,...
O acompanhamento da evolução tecnológica comofator crítico de sucesso para a preservação digital.Uma vez que a tecnologia ...
Keynote seleção docente
Keynote seleção docente
Keynote seleção docente
Keynote seleção docente
Keynote seleção docente
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Keynote seleção docente

2.485 visualizações

Publicada em

Keynote apresentada na fase II da seleção para docente do Instituto de Ciência da Informação da Universidade Federal da Bahia

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.485
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.936
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
13
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • Keynote seleção docente

    1. 1. TECNOLOGIA > DA INFORMAÇÃOE DA COMUNICAÇÃO Para a preservação de documentos digitais
    2. 2. Universidade Federal da BahiaInstituto de Ciência da InformaçãoDepartamento de Documentação e Informação - DDI Tecnologia da Informação e da Comunicação para a preservação de documentos digitais Rafael Marinho
    3. 3. Tecnologia e a informação digital
    4. 4. A crescente ampliação das tecnologias dainformação, sobre tudo, a Internet, amplia adiscussão em torno das novas possibilidadesde usos da informação.As unidades de informação ao longo dostempos vêm sofrendo transformações, numatentativa de se adequar aos processos emudanças demandados pela sociedade. >
    5. 5. Com a efervescência das Tecnologias da Informação e daComunicação novas preocupações e demandas surgiram para osprofissionais da arquivologia e da biblioteconomia. >
    6. 6. Preservação digital
    7. 7. “ Capacidade de manter a integridade e a acessibilidade da informação digital por longo prazo. Esta preservação da integridade e acessibilidade não se limita, apenas, a proteger a informação digital contra o acesso não autorizado mas, também, contra o uso inadequado resultante da má interpretação ou má representação da informação por parte dos sistemas computacionais. ”
    8. 8. A natureza dos documentos digitais estápermitindo ampla produção e disseminaçãode informação no mundo atual.É fato que na era da informação digital seestá dando muita ênfase à geração e/ouaquisição de material digital, em vez demanter a preservação e o acesso a longoprazo aos acervos eletrônicos existentes.
    9. 9. O volume de informação em formato digitaltem aumentado muito nas últimas décadas.Segundo a University of California, cincoexabytes (5.000.000.000.000 MB) deinformação nova foram produzidos nomundo apenas no ano de 2002,equivalente a 800 MB para cada habitanteda terra.Em Julho de 2008, o Google anuncia queos seus Googlebots encontraram1.000.000.000.000 (um trilhão) de páginasna web
    10. 10. Esta informação, no entanto, é transportada e armazenada em meios instáveis e as tecnologias necessárias para acessá-la tornam-se rapidamente obsoletas devido as sucessivas gerações.Uma vez interrompido o suporte à tecnologia, o acesso à informação também é perdido.
    11. 11. “ ... apesar de a sua reprodutibilidade tornar a informação digital teoricamente invulnerável ao tempo, os suportes dos quais se serve estão longe de ser eternos. ” (LOPES, CARDOSO & MOREIRA, 2002)
    12. 12. A dificuldade fundamental da preservação digital advém danatureza dos próprios objetos que busca preservar.Diferentemente dos formatos tradicionais, os objetos digitaissão acessíveis somente através de combinações específicasde componentes de hardware, software, mídia e pessoaltécnico.
    13. 13. Até bem pouco tempo atrás, a atençãode profissionais da informaçãoconcentrava-se, apenas, nalongevidade do suporte físico onde ainformação era armazenada.Esse posicionamento não é suficienteno mundo digital. Mesmo nas melhorescondições de armazenamento, asmídias digitais podem ter sua vidainterrompida pela falta ou inadequaçãode qualquer um dos demaiscomponentes.
    14. 14. Comunidades arquivistícas ebiblioteconômicas têm a preocupaçãopara o desenvolvimento de padrões emecanismo legais para lidar comarquivos eletrônicos, além deestratégias metodológicas bemdefinidas.
    15. 15. Foco no suporte documental Foco na acesso à informação
    16. 16. 1) as mídias são suportes transitórios que prestam sua função somente porum período limitado de tempo e que a transferência para novas mídias éabsolutamente necessária;2) o software e o hardware tornam-se obsoletos em questão de anos, aoinvés de décadas, e que embora as versões sucessivas de programaspossam ser compatíveis, os fabricantes de software normalmente nãogarantem a compatibilidade por um longo período;3) o software proprietário é fechado não somente porque é protegido e ocódigo fonte não está disponível mas, também, porque normalmente estádocumentado de forma inadequada tornando a conversão de dados muitomais complexa.
    17. 17. ? ? ?O que fazer para preservar os documentos digitais?
    18. 18. Requisitos e estratégias de preservação digital
    19. 19. * Preservar presença física: a presença física representa o(s) arquivo(s) físico(s), portanto, ao(s)arquivo(s) de computador, às séries de 0s e 1s que são a base para o significado de um objetodigital.* Preservar o conteúdo: manter a capacidade de acessar o conteúdo em seu nível mais baixo,como um arquivo texto em ASCII, independente do estabelecimento de variações de fontes ecaracterísticas de leiaute.* Preservar a apresentação: o conteúdo é apresentado visualmente através da aplicação de fontesde diferentes formatos e tamanhos, uso de espaço em branco, colunas, margens, cabeçalhos,rodapés, paginação e assim por diante. Em alguns tipos de documentos digitais (p.ex., formatospadrão SGML e alguns formatos PDF) as especificações de apresentação ficam separadas doconteúdo.* Preservar a funcionalidade: objetos digitais podem conter componentes multimídia, existir emformato hipertexto, conter  conteúdo dinâmico (i.e., gerado automaticamente a partir de bancos dedados) ou ter funções de navegação (i.e., barras de ferramentas, pesquisa a palavra-chave outabelas interativas de conteúdos).
    20. 20. * Preservar a autenticidade: é necessário confiar que o objeto acessado é exatamenteaquele que se procura e que as possíveis transformações pelas quais passou, para mantersua acessibilidade, preservaram sua forma original.* Localizar e rastrear o objeto digital ao longo do tempo: imediatamente após a suacriação, os objetos digitais tornam-se passíveis de serem  alterados, copiados oumovimentados. Em qualquer referência ao objeto digital, é necessário localizá-lo na edição ouversão correta.* Preservar a proveniência: identificar a origem de um objeto e detalhar seu históricoajudam a confirmar sua autenticidade e integridade.* Preservar o contexto: os objetos digitais são definidos por suas dependências de hardwaree software, seus modos de distribuição e relacionamentos com outros objetos digitais.
    21. 21. • armazenar em ambiente estável e controlável;• implementar ciclos de atualização (refreshment) para cópia em novamídia;• fazer cópias de preservação (assumindo licenças e permissões decopyrights);• implementar procedimentos apropriados de manuseio;• transferir para uma mídia de armazenamento padrão.
    22. 22. Cloud computing
    23. 23. “ O armazenamento de dados é feito em serviços que poderão ser acessados de qualquer lugar do mundo, a qualquer hora, não havendo necessidade de instalação de softwares ou de armazenar dados. O acesso a programas, serviços e arquivos é remoto, através da Internet. ”
    24. 24. O acompanhamento da evolução tecnológica comofator crítico de sucesso para a preservação digital.Uma vez que a tecnologia evolui, a intervalos cadavez menores, e juntamente com ela, toda a infra-estrutura de suporte da informação a preservar, épreciso perceber e agir imediatamente a cadaalteração de um componente do sistema dearquivamento digital.Não se trata de escolher essa ou aquela corrente oulinha tecnológica. O que realmente importa é  aadoção de uma filosofia de monitoramentotecnológico continuado, tornando a mudança aliadada preservação.

    ×