Modelo de fichamento atividade 1.5

3.132 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.132
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Modelo de fichamento atividade 1.5

  1. 1. INSTRUÇÕES PARA REALIZAÇÃO DA ATIVIDADE1.5 Procure conhecer uma experiência didática com o uso de recursos tecnológicosenvolvendo conteúdos curriculares.Orientações para a realização da atividade:1. Acesse o Portal do Professor: http://portaldoprofessor.mec.gov.br/resourceIndex.action2. Selecione no item “Sugestões de aulas” um exemplo relacionado à sua área de atuação.3. Analise o exemplo destacando pontos das estratégias de aula, da avaliação e do uso derecursos que considera relevante do ponto de vista da aprendizagem do aluno e que possatornar-se referência para sua prática pedagógica;4. Elabore no editor de textos um fichamento contendo: nome do programa, áreas doconhecimento envolvidas, breve descrição com uma síntese expressando sua opinião e asidéias suscitadas para colocar em ação posteriormente;5. Salve o documento na pasta “Meus documentos” atribuindo um nome que facilite a suaidentificação, da seguinte forma: ativ-X_seunome.Por exemplo: para esta atividade realizada pelo Renata Bastos, o nome do arquivo será:ativ-5_renatobRecomendamos não utilizar acentos, cedilha, sinais de pontuação e outros caracteresespeciais. O traço que sugerimos utilizar (sinal de underline, underscore ou sublinhado) éaceito pelo computador como uma letra comum.6. Poste o arquivo desta atividade na Biblioteca em Material do Aluno, tema “Atividade1.5” e subtema “Fichamento”.Acesse as atividades elaboradas pelos colegas, que estão disponíveis no acervo daBiblioteca do Material do Aluno, para conhecer suas reflexões e relatos._________________________________________________MODELO DE FICHAMENTO – ATIVIDADE 1.5Estraído do site: http://pedagogia.loveblog.com.br/157073/Experiencia-didatica-com-uso-de-recursos-tecnologicos/
  2. 2. Experiência didática com uso de recursos tecnológicos escrito em domingo 30 maio2010 22:00 Dalva Dias – Pedagóga Especialista em Gestão Escolar e PsicopedagogiaFICHAMENTO – de uma experiência didática com o uso de recursos tecnológicosenvolvendo conteúdos curriculares. DISCIPLINA – MATEMÁTICATECNOLOGIAS CONTEÚDOS OPORTUNIDADES DE* Programas educativos * Espaço e forma ENSINO* Planilhas eletrônicas * Tratamento da informação * Explorar propriedades de* Calculadora * Números e operações figuras sólidas e planas * Construir gráficos no computador * Exploração e validação de cálculos Analisando o exemplo no qual destacou-se pontos das estratégias utilizadas, daavaliação e o uso dos recursos, observa-se sua relevância como referência para minhaprática pedagógica. O que se observa e que, da soma entre tecnologias e conteúdos, nascemoportunidades de ensino. Mas é preciso avaliar se as oportunidades são significativas. Issoacontece, por exemplo, quando as TICs cooperam para enfrentar desafios atuais, comoencontrar informações na internet e se localizar em um mapa virtual. As duvidas sobre o melhor jeito de usar as tecnologias são muitas, mas ressalta-seque os resultados são melhores quando é considerada a didática específica de cada área.Dessa experiência observou-se que: nenhuma das inovações tecnológicas substitui otrabalho clássico na disciplina, centrado na resolução de problemas. Estratégias comocálculo mental, contas com algoritmos e criação de gráficos e figuras geométricas comlápis, borracha, papel, régua, esquadro e compasso seguem sendo essenciais para odesenvolvimento do raciocínio matemático. Entretanto, saber usar calculadora e conhecer os princípios básicos de planilhaseletrônicas do tipo Excel são hoje demandas sociais. Você deve introduzir esses recursosnas aulas – mas com o cuidado de pontuar que eles não fazem mágica alguma. Aocontrário, sua utilidade se aplica apenas em situações específicas. “o professor deve mostrarque eles são importantes para poupar tempo de operações demoradas, como cálculos econstruções de gráficos, quando o que importa é levantar as idéias mais relevantes sobrecomo resolver a questão”. Enquanto as propostas com calculadora parecem estar mais disseminadas (é comumem várias escolas, por exemplo, utilizá-las para conhecer propriedades do sistema denumeração ou validar contas), o trabalho com planilhas eletrônicas ainda ensaia osprimeiros passos. Vale a pena considerar o uso desses aplicativos, já que eles permitemaliar vários conteúdos: coleta de dados, inserção de fórmulas algébricas para cálculos,elaboração de tabelas e tratamento da informação.
  3. 3. É importante que as atividades incluam desafios que questionem e ampliem oconhecimento da turma; o que acontece com os resultados da tabela se modificarmos umdos dados da fórmula? E com o gráfico, caso troquemos os valores da tabela? Para mostrardados cuja a soma chega a 100%, qual o tipo mais adequado de gráfico: o de colunas, o delinhas ou o de pizza??”Nessas explorações, o aluno aprende a controlar melhor asalternativas de resolução que a ferramenta oferece”. Por fim, na área de Espaço e Forma, a mesma economia de tempo – dessa vez, naconstrução de figuras – é possibilitada por programas como o GeoGebra (disponívelgratuitamente em WWW.geogebra.org) e o Cabri Géométre (pago), que deixam a garotadaanalisar as propriedades de sólidos e planos, movimentando-os, marcando pontos outraçando linhas sem a necessidade de redesenhar.

×