Como escolher um framework web

4.961 visualizações

Publicada em

Palestra ministrada no IV EJES em Vitória, no dia 17/10/09.

Publicada em: Tecnologia, Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.961
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2.615
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
39
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Como escolher um framework web

  1. 1. JavaEE? Para onde você está indo? Conheça, compare e saiba escolher o melhor Rafael Carneiro www.rafaelcarneiro.com framework web    
  2. 2. Rafael Carneiro ✔ Analista de sistemas na TBM Têxtil ✔ 5 anos com Java ✔ JUG Leader do CEJUG ✔ Moderador do GUJ e PortalJava ✔ Faz open source com GUJ3 e JForum   ✔ Estudando novas linguagens  
  3. 3. Experiência com frameworks ✔ Struts: 4++ anos ✔ JSF: 2++ anos ✔ VRaptor: 6++ meses    
  4. 4. Experiência com frameworks ✔ Wicket, Struts 2 e Mentawai: Hello world ✔ Frameworks caseiros: 2 anos    
  5. 5. Você sabe o que é um framework?    
  6. 6. Problemas  Não são design comuns patterns! Estrutura que fornece  Mecanismo reusabilidade interligado    
  7. 7. Quantos frameworks existem?    
  8. 8.    
  9. 9.    
  10. 10. E muitos outros que eu esqueci de mencionar ...    
  11. 11. São muitas opções...    
  12. 12. Como escolher?    
  13. 13. Tipos de Frameworks ...    
  14. 14. Action­based Component-based    
  15. 15. Action­based    
  16. 16. Component-based    
  17. 17. Considerações básicas...    
  18. 18. Curva de  Casos de sucesso aprendizado Testes Maturidade Suporte Convention over Comunidade configuration Injeção de   POJO centric   dependência
  19. 19. Considerações técnicas...    
  20. 20. Conversão Validação Resources Suporte a testes Extensibilidade Upload/Download Internacionalização Dispatching Suporte a AJAX    
  21. 21. Juntando tudo ...    
  22. 22. Considerações ... Escolha Básicas Técnicas    
  23. 23. E quem toma a decisão?    
  24. 24. O gerente ?    
  25. 25.    
  26. 26. Ou seria o desenvolvedor, arquiteto ou líder técnico?    
  27. 27. Sang Shin recomenda JSF   javapassion  
  28. 28. Rafael Carneiro recomenda ...    
  29. 29. o que melhor se adapta a sua situação!    
  30. 30. Más práticas...    
  31. 31. Frameworks   caseiros  
  32. 32. Frameworks caseiros não são arquiteturas de referência, não são padronizados, não possuem uma comunidade em volta para dar apoio e não são padrões da indústria de software.    
  33. 33. Não reinvente a roda...    
  34. 34. Tempo e dinheiro serão gastos...    
  35. 35. Utilize o que já existe de consolidado no mercado …    
  36. 36. Não consegui esconder …    
  37. 37. Experiência com frameworks ✔ Wicket, Struts 2 e Mentawai: Hello world ✔ Frameworks caseiros: 2 anos    
  38. 38. Frameworks Caseiros: 2 anos    
  39. 39. Vergonha!    
  40. 40. Bala de prata ...    
  41. 41. Não existe bala de prata, cada caso é um caso!    
  42. 42. Frameworks obsoletos ...    
  43. 43. “Toda vez que você usa Struts, Deus mata um bebê foca!”    
  44. 44. Frase do Carlos Villela em 2004 no GUJ...    
  45. 45. 2004?    
  46. 46. Isso mesmo! Em 2004! 2009 – 2004 = 5 anos!    
  47. 47. Hands on...    
  48. 48. Saia dessa palestra lembrando apenas de uma coisa...    
  49. 49. Não use frameworks   caseiros!  
  50. 50. Referências ✔ http://javapassion.com/  ✔ http://raibledesigns.com/ ✔ http://jacques.dsc.ufcg.edu.br/ ✔ http://www.flickr.com/photos/purplemattfish/3918004 ✔ Imagens: Flickr e Google Images    
  51. 51. Agradecimentos    
  52. 52. E a você!    
  53. 53. Obrigado!    
  54. 54. +    
  55. 55. Prêmio Universitário Java 2009    
  56. 56. Rafael Carneiro rafaelcarneiro.com @rcarneiro    

×