Figado e Vias BiliaresMonitoria de Diagnóstico por ImagemAcad. Pedro Rafael Del Santo Magno              2012/1
Fígado•   Segundo maior órgão do corpo humano.•   1500g.•   Metabólica. Reserva. Secretor.•   Recebe todos as substancias ...
Superfícies e Recessos• Superfície diafragmática e visceral.• Recesso subfrênico   – Dividido pelo ligamento falciforme.  ...
Lobos Anatômicos• Lobo Direito e Esquerdo  – Dividido pelo ligamento falciforme.• Lobo Quadrado e Lobo Caudado  – Fissuras...
Subdivisão Funcional
Subdivisão Funcional• Alem de anatômico, os lobos direito e  esquerdos são divididos funcionalmente.  – Cada um recebe sua...
Subdivisão Funcional• Os oito segmentos são divididos:  – A primeira divisão é realizada dividindo através da    Porta Hep...
Subdivisão Funcional• Fundamental importância para Ressecção.• Maioria das lesões são do fígado direito.
Vasos Hepáticos• Veia porta  – Formada pela união da Veia Esplênica e Mesentérica    Superior• Artéria Hepática  – Segment...
Técnicas de Imagem• US: Primeiro exame pedido ao: 1) dor no  hipocondrio direito; 2) testes de função  hepáticas anormais;...
Vias Biliares• Função de carrear a bile do fígado para o  duodeno.• Intra-hepáticas: 3mm• Bile é produzido continuamente p...
Ducto Colédoco• 5 – 15 cm• Finaliza seu percurso no duodeno (lado medial  da porção descendente), passando  posteriormente...
Vesicula Biliar• Localizado na superficie visceral, entre o  fígado direito e esquerdo.• 50 ml de bile.• Dividido em Fundo...
Técnicas de Imagem• Rx:  – 10 – 15% das colelitiases, estão calcificadas e    identificáveis no RX  – Pode ser visto també...
Técnicas de Imagem• US  – Método de escolha• Colecintigrafia  – Estudo dinâmico. Ver obstruções.• Colangiografia  – CPRE: ...
Figado
Figado
Figado
Figado
Figado
Figado
Figado
Figado
Figado
Figado
Figado
Figado
Figado
Figado
Figado
Figado
Figado
Figado
Figado
Figado
Figado
Figado
Figado
Figado
Figado
Figado
Figado
Figado
Figado
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Figado

1.503 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.503
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
20
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Figado

  1. 1. Figado e Vias BiliaresMonitoria de Diagnóstico por ImagemAcad. Pedro Rafael Del Santo Magno 2012/1
  2. 2. Fígado• Segundo maior órgão do corpo humano.• 1500g.• Metabólica. Reserva. Secretor.• Recebe todos as substancias vindo do trato gastrointestinal.
  3. 3. Superfícies e Recessos• Superfície diafragmática e visceral.• Recesso subfrênico – Dividido pelo ligamento falciforme. – Abcessos.• Espaço sub-hepático – Recesso Hepatorrenal• Ligamento coronário, redondo e venoso.• Fossa para vesícula biliar e sulco da veia cava inf.• Porta Hepática
  4. 4. Lobos Anatômicos• Lobo Direito e Esquerdo – Dividido pelo ligamento falciforme.• Lobo Quadrado e Lobo Caudado – Fissuras sagitais esquerdas e direitas e divididos pela porta hepática. – Lobo Caudado é superior ao lobo quadrado.
  5. 5. Subdivisão Funcional
  6. 6. Subdivisão Funcional• Alem de anatômico, os lobos direito e esquerdos são divididos funcionalmente. – Cada um recebe sua tronco primário da artéria hepática, tem sua própria veia portal e drena para o seu próprio ducto hepático.• Caudado também funciona separadamente. – “Terceiro fígado”• Depois pode ser divido em 4 partes e 8 segmentos ressecáveis cirurgicamente.
  7. 7. Subdivisão Funcional• Os oito segmentos são divididos: – A primeira divisão é realizada dividindo através da Porta Hepática, em esquerdo (I a IV) e direito (V a VIII) – A divisão é feita baseada em um relógio – Caudado é o segmento I – No ‘lobo’ esquerdo, o IV separa-se do II e do III pela veia hepática esquerda, representado anatomicamente pelo ligamento falciforme. – II e III se dividem através de uma linha imaginária transversal na altura da porta hepática. – No ‘lobo’ direito, se divide os segmentos através de uma linha transversal e pela veia hepática direita.
  8. 8. Subdivisão Funcional• Fundamental importância para Ressecção.• Maioria das lesões são do fígado direito.
  9. 9. Vasos Hepáticos• Veia porta – Formada pela união da Veia Esplênica e Mesentérica Superior• Artéria Hepática – Segmento da Tronco Celíaco – Dividida em Comum e Própria pelo surgimento da artéria gastroduodenal.• Na maioria das pessoas, a artéria é anterior a veia (91%). Na maioria das pessoas, a artéria hepática direita passa atrás do ducto hepático comum. (64%)
  10. 10. Técnicas de Imagem• US: Primeiro exame pedido ao: 1) dor no hipocondrio direito; 2) testes de função hepáticas anormais; 3) suspeita de malignidade.• TC: Tres fases – Arterial (10 a 20 segundos) – Fase venosa portal ( 30 segundos ) – Fase venosa hepática (60 segundos)• TC Portografia: Metastases.
  11. 11. Vias Biliares• Função de carrear a bile do fígado para o duodeno.• Intra-hepáticas: 3mm• Bile é produzido continuamente pelo fígado e armazenada na vesícula.• Ductos hepáticos D e E > Ducto hepático comum. (3 – 6 mm)• Ducto Hepático Comum + Ducto Cístico > Ducto Colédoco. ( 8mm)
  12. 12. Ducto Colédoco• 5 – 15 cm• Finaliza seu percurso no duodeno (lado medial da porção descendente), passando posteriormente à cabeça do pâncreas.• Se liga ao ducto pancreático no meio do caminho formando a ampola hepatopancreatica (Vater), terminando na papila duodenal maior. (Esfincter de Oddi)
  13. 13. Vesicula Biliar• Localizado na superficie visceral, entre o fígado direito e esquerdo.• 50 ml de bile.• Dividido em Fundo, Corpo, Colo e Infundíbulo.• Peritônio recobre o fundo, e aproxima o corpo e o colo ao fígado• CT: 4-5mm – Parede: 1 – 3,5 mm.
  14. 14. Técnicas de Imagem• Rx: – 10 – 15% das colelitiases, estão calcificadas e identificáveis no RX – Pode ser visto também a vesícula em “porcelana.” – Gás pode ser visto dentro das pedra: Sinal de Mercedes-Benz – Colecistografia oral: Ingesta de composto iodado. Atualmente susbstituído pelo US
  15. 15. Técnicas de Imagem• US – Método de escolha• Colecintigrafia – Estudo dinâmico. Ver obstruções.• Colangiografia – CPRE: Diagnóstica e Terapêutica.• TC – Menos sensível que US para detectar dilatação.

×