Universidade Estadual do Norte do Paraná - UENP  CENTRO DE LETRAS, COMUNICAÇÃO E ARTES Curso de Letras Inglês-Português ES...
JUSTIFICATIVA <ul><li>O presente trabalho partiu de uma necessidade de descobrir e aprimorar o Ensino de Língua Inglesa, b...
OBJETIVO GERAL : <ul><li>Refletir sobre o ensino de Língua Inglesa propiciado pelo uso de  comic books , como instrumento ...
OBJETIVOS ESPECÍFICOS: <ul><li>Apresentar um panorama histórico relativo ao  gênero textual  comic books ; </li></ul><ul><...
APRESENTAÇÃO DO PANORAMA HISTÓRICO <ul><li>impressão, desenvolvimento e crescimento da imprensa; </li></ul><ul><li>Pulitze...
<ul><li>distribuição das HQs por todo o mundo;   </li></ul><ul><li>King Features  -  William Hearst; </li></ul><ul><li>Geo...
<ul><li>O Gato Felix  -  Pat Sullivan  </li></ul><ul><li>Mickey Mouse - Walt Disney; </li></ul><ul><li>Quebra da bolsa de ...
<ul><li>fim da Segunda Guerra Mundial (1944); </li></ul><ul><li>Macarthismo (1950);  </li></ul><ul><li>atribuição de delin...
<ul><li>Mafalda - Joaquim Salvador Lavado (1962 ); </li></ul><ul><li>Marvel Comics Group; </li></ul><ul><li>Garfield e Hag...
<ul><li>Anos 80: linguagem mais adulta , edições mais luxuosas e mais violentas como o Cavaleiro das Trevas em 1985 e Calv...
<ul><li>Nos anos que se seguem, não houve a criação de personagens novos e sim a reformulação de herois antigo, contudo va...
<ul><li>produção de histórias em quadrinhos limitada a tradução;  </li></ul><ul><li>revista Tico-Tico (1905); </li></ul><u...
Roberto Marinho lançou o suplemento Globo Juvenil, que passou a trazer com exclusividade a King Features para fazer concor...
<ul><li>1950: Editora Abril – Pato Donald e outros personagens da Disney; </li></ul><ul><li>1959: Editora Continental que ...
<ul><li>1960: Turma da Mônica </li></ul>
<ul><li>Plano Collor(1990 – 1992): órgãos que incentivavam a cultura desapareceram, gerando dificuldades para os autores l...
<ul><li>Atualmente podemos encontrar vários lançamentos de histórias em quadrinhos, um exemplo disso, são as histórias em ...
PROCEDIMENTOS  METODOLÓGICOS <ul><li>Pesquisa Bibliográfica; </li></ul><ul><li>Elaboração de sequência didática; </li></ul...
REFERÊNCIAS SALES ,  Mário Benedito . Histórias em quadrinhos e Escola: Uma luta ou parceria?  Tese de doutorado. Universi...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação enelin

453 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
453
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação enelin

  1. 1. Universidade Estadual do Norte do Paraná - UENP CENTRO DE LETRAS, COMUNICAÇÃO E ARTES Curso de Letras Inglês-Português ESPECIALIZAÇÃO EM ENSINO DE LÍNGUA INGLESA Roseli Aparecida Prestes (PG-UENP-CP) Raquel Gamero (UEL/UENP-CP) ENSINANDO LÍNGUA INGLESA PARA O ENSINO FUNDAMENTAL POR MEIO DO GÊNERO COMIC BOOKS
  2. 2. JUSTIFICATIVA <ul><li>O presente trabalho partiu de uma necessidade de descobrir e aprimorar o Ensino de Língua Inglesa, buscando novas estratégias para que a língua estrangeira possa ser ensinada de forma lúdica, contextualizada e significativa, devido à falta de motivação instaurada na escola regular. </li></ul><ul><li>Use tópicos frasais... </li></ul><ul><li>Necessidade de aprimorar o ensino de LI; </li></ul><ul><li>Estratégia lúdica, contextualizada e significativa; </li></ul><ul><li>Falta de motivação </li></ul>
  3. 3. OBJETIVO GERAL : <ul><li>Refletir sobre o ensino de Língua Inglesa propiciado pelo uso de comic books , como instrumento para motivação e para o ensino de línguas contextualizado e significativo para os alunos; </li></ul>
  4. 4. OBJETIVOS ESPECÍFICOS: <ul><li>Apresentar um panorama histórico relativo ao gênero textual comic books ; </li></ul><ul><li>Elaborar uma sequência didática em Língua Inglesa a partir desse gênero; </li></ul><ul><li>Aplicar a sequência didática em uma sala de 6ª série do Ensino Fundamental, como forma de intervenção. </li></ul>
  5. 5. APRESENTAÇÃO DO PANORAMA HISTÓRICO <ul><li>impressão, desenvolvimento e crescimento da imprensa; </li></ul><ul><li>Pulitzer e Randolph Herst, </li></ul><ul><li>suplementos dominicais e surgimento dos quadrinhos; </li></ul><ul><li>Yellow Kid </li></ul>
  6. 6. <ul><li>distribuição das HQs por todo o mundo; </li></ul><ul><li>King Features - William Hearst; </li></ul><ul><li>George Harriman - gato e rato (1913); </li></ul><ul><li>Bringing up Father (Pafúncio e Marocas) - George McManaus; </li></ul><ul><li>influência do cinema (década de 20); </li></ul>
  7. 7. <ul><li>O Gato Felix - Pat Sullivan </li></ul><ul><li>Mickey Mouse - Walt Disney; </li></ul><ul><li>Quebra da bolsa de valores de Nova York (1929) </li></ul><ul><li>Tarzan e Buck Rogers; </li></ul><ul><li>Henry - Carl Anderson: Pinduca no Brasil (1930); </li></ul>
  8. 8. <ul><li>fim da Segunda Guerra Mundial (1944); </li></ul><ul><li>Macarthismo (1950); </li></ul><ul><li>atribuição de delinquência juvenil aos quadrinhos; </li></ul><ul><li>Peanuts - </li></ul><ul><li>Charles Schulz: Charlie </li></ul><ul><li>Brown; </li></ul>
  9. 9. <ul><li>Mafalda - Joaquim Salvador Lavado (1962 ); </li></ul><ul><li>Marvel Comics Group; </li></ul><ul><li>Garfield e Hagar (anos 70); </li></ul>
  10. 10. <ul><li>Anos 80: linguagem mais adulta , edições mais luxuosas e mais violentas como o Cavaleiro das Trevas em 1985 e Calvin em 1984, que conversa com um tigre de pelúcia chamado de Haroldo, que apenas o menino ouve; </li></ul>
  11. 11. <ul><li>Nos anos que se seguem, não houve a criação de personagens novos e sim a reformulação de herois antigo, contudo vale lembrar que o Japão criou as revistas de mangás e ao lado dos Estados Unidos são as maiores produtoras e consumidores de HQs. </li></ul>
  12. 12. <ul><li>produção de histórias em quadrinhos limitada a tradução; </li></ul><ul><li>revista Tico-Tico (1905); </li></ul><ul><li>Jujuba, Carrapicho, Goiabada e Lamparina: as melindrosas. </li></ul>NO BRASIL...
  13. 13. Roberto Marinho lançou o suplemento Globo Juvenil, que passou a trazer com exclusividade a King Features para fazer concorrência com a Revista Tico-Tico.
  14. 14. <ul><li>1950: Editora Abril – Pato Donald e outros personagens da Disney; </li></ul><ul><li>1959: Editora Continental que era formada por um grupo de artistas e assim surgiu a turma do Pererê </li></ul>
  15. 15. <ul><li>1960: Turma da Mônica </li></ul>
  16. 16. <ul><li>Plano Collor(1990 – 1992): órgãos que incentivavam a cultura desapareceram, gerando dificuldades para os autores locais conseguirem financiamento para a distribuição de suas criações. </li></ul>
  17. 17. <ul><li>Atualmente podemos encontrar vários lançamentos de histórias em quadrinhos, um exemplo disso, são as histórias em quadrinhos criadas por artistas de TV, os quais são personagens, como a Xuxa, Os Trapalhões e Aninha (Ana Maria Braga) </li></ul>
  18. 18. PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS <ul><li>Pesquisa Bibliográfica; </li></ul><ul><li>Elaboração de sequência didática; </li></ul><ul><li>Aplicação da sequência didática em uma 5ª série do Ensino Fundamental na cidade de Telêmaco Borba; </li></ul><ul><li>Durante as aulas serão feitos diários de classe; </li></ul><ul><li>Análise dos resultados obtidos através das sequências didáticas. </li></ul>
  19. 19. REFERÊNCIAS SALES , Mário Benedito . Histórias em quadrinhos e Escola: Uma luta ou parceria? Tese de doutorado. Universidade Estadual de Londrina, 2002. PENTEADO, Maria Aparecida. DESVELANDO O UNIVERSO DAS HISTÓRIAS EM QUADRINHOS: UMA PROPOSTA DE AÇÃO. Professora da Rede Estadual de Ensino do estado do Paraná, integrante da turma 2007 do PDE Plano de Desenvolvimento Educacional .

×