lefttopINSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE GOIÁS - CAMPUS URUAÇU<br />COLÉGIO ESTADUAL ALFREDO NASSER<b...
Separação de misturas
Separação de misturas
Separação de misturas
Separação de misturas
Separação de misturas
Separação de misturas
Separação de misturas
Separação de misturas
Separação de misturas
Separação de misturas
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Separação de misturas

25.064 visualizações

Publicada em

Material sobre Separação de misturas.

Publicada em: Educação, Tecnologia, Turismo
2 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
25.064
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
21
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
323
Comentários
2
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Separação de misturas

  1. 1. lefttopINSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE GOIÁS - CAMPUS URUAÇU<br />COLÉGIO ESTADUAL ALFREDO NASSER<br />Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência<br />Subprojeto de Química<br />Professora coordenadora: Fabiana Gomes<br />Professor Coordenador: Wilcimar Patriarca<br /> Acadêmicas Bolsistas: Solange Batista A. Reis<br /> Leonice Paraguai dos S. Ramos<br />SEPARAÇÃO DE MISTURAS<br />SUBSTÂNCIAS QUÍMICAS<br />Para se tratar do termo referente à separação de misturas é necessário que se entenda exatamente o que é substância.<br />Substâncias são agrupamentos de moléculas com mesmas características físico-químicas e composição definida, ou seja, iguais entre si. <br />As substâncias podem ser:<br />Simples – formadas por um único elemento.<br />Compostas – formadas por mais de um tipo de elemento.<br />MISTURA<br />Ela é definida como uma substância impura feita de dois ou mais tipos de elementos (átomos) ou compostos ou ambos mecanicamente misturados em qualquer proporção, e que pode ser subdividida em substâncias mais simples através de meios físicos (mecânicos).<br />As misturas são classificadas em:<br />Homogêneas – quando a mistura apresenta uma única fase, não sendo assim possível, visualizar as substâncias presentes.<br />Heterogênea – quando a mistura apresenta duas ou mais fases, sendo essas fases as partes visíveis da amostra.<br />MÉTODOS DE SEPARAÇÃO DE MISTURAS<br />Então, para sabermos se um composto é uma substância ou uma mistura poderemos recorrer aos métodos de separação de misturas. E estes métodos são diferentes para misturas homogêneas e para misturas heterogêneas.<br />Misturas heterogêneas<br />Peneiração – Utilizado quando uma mistura de sólidos granulados, cujo tamanho das partículas é sensivelmente diferente, é colocada sobre uma peneira e submetida à agitação.<br />Catação – Método baseado na diferença de tamanho e de aspectos das partículas de uma mistura de sólidos granulados. Um dos sólidos é retirado com pinças ou com as mãos. <br />Ventilação – O sólido mais leve é separado através de uma corrente de ar.<br />Levigação – O sólido mais leve é separado através de água corrente.<br />Separação magnética – separa misturas do tipo sólido-sólido, onde um dos componentes tem propriedades magnéticas e é atraído por um ímã.<br /> Filtração comum – é a retenção de um sólido através de uma superfície porosa (filtro). Utilizada para separar misturas de um líquido com um sólido não dissolvido, quando o tamanho das partículas do sólido é relativamente grande em relação ao tamanho dos poros do papel de filtro.<br />Filtração à vácuo – quando o sólido e o líquido formam uma mistura de difícil filtração, como é o caso da água com farinha, pode-se acelerar o processo por meio da filtração a pressões reduzidas. Nesse processo utiliza-se o funil de Büchner e o Kitassato.<br />Flotação ou sedimentação fracionada – o sólido mais leve (menos denso) flutua em um líquido, enquanto o mais denso sedimenta. Esse método é usado na mineração para separar a areia do minério, onde o minério é pulverizado e tratado com óleo para flutuar na água.<br />Sublimação – é a passagem do sólido para o gasoso, que ocorre quando a pressão do ambiente não é suficiente para frear as partículas e permite que elas atinjam o estado gasoso sem passar pelo líquido.<br />Sedimentação ou decantação – é o processo no qual as fases se separam devido a uma diferença de densidade.<br />Sifonação – consiste em retirar o líquido proveniente da sedimentação com o auxílio de uma mangueira.<br />Centrifugação – é o uso de uma força centrífuga relativa gerada quando uma partícula ou conjunto de partículas são sujeitos a um movimento circular.<br />Dissolução fracionada e/ou Cristalização fracionada – Baseia-se na diferença de solubilidade dos sólidos em um determinado líquido. Primeiro, adiciona-se um líquido que dissolva apenas um dos sólidos. Depois, filtra-se a mistura e retira o material retido no filtro. Em seguida efetua-se a evaporação da solução e o sólido restante se cristaliza.<br /> <br />Misturas homogêneas<br />Evaporação – ocorre quando o líquido misturado a um sólido sofre naturalmente ou não, uma mudança de estado físico, do líquido para o gasoso.<br />Destilação simples – é o processo de aquecimento, que serve para separar líquidos com diferença de pontos de ebulição muito acentuadas.<br />Destilação fracionada – separa misturas de vários líquidos com pontos de ebulição diferentes, mas geralmente muito próximos.<br />Liquefação fracionada – é usada para separar misturas que se encontram na fase gasosa. Sendo que estas depois devem passar por um processo de destilação.<br />Fusão fracionada – serve para separar misturas na fase sólida, que sejam capazes de derreter, através do seu ponto de fusão.<br />

×