Propósito em ser fiel nos dízimos e nas ofertas.

10.243 visualizações

Publicada em

Vídeo aula elaborad

Publicada em: Espiritual
1 comentário
6 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
10.243
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
473
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
197
Comentários
1
Gostaram
6
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Propósito em ser fiel nos dízimos e nas ofertas.

  1. 1. Propósito em ser fiel nosdízimos e nas ofertas.
  2. 2. Adolescer +LIÇÃO 6
  3. 3. Textos Bíblicos “E bendito seja o Deus Altíssimo, que entregou seus inimigos em suas mãos". E Abrão lhe deu o dízimo de tudo. Gênesis 14:20
  4. 4. Tragam o dízimo todo ao depósito dotemplo, para que haja alimento em minhacasa. Ponham-me à prova", diz o Senhordos Exércitos, "e vejam se não vou abrir ascomportas dos céus e derramar sobre vocêstantas bênçãos que nem terão onde guardá-las. Impedirei que pragas devorem suascolheitas, e as videiras nos campos nãoperderão o seu fruto", diz o Senhor dosExércitos. Malaquias 3:10-11
  5. 5. Mensagem Valiosa“Tragam o dízimo todo ao depósito dotemplo, para que haja alimento emminha casa. Ponham-me à prova", dizo Senhor dos Exércitos, "e vejam senão vou abrir as comportas doscéus...” Ml 3.10
  6. 6. Verdade AplicadaDevemos ser fiéis a Deus entregandocom alegria nossos dízimos e ofertas.
  7. 7. IntroduçãoO princípio bíblico para o dízimo estácontido na Palavra de Deus.
  8. 8. 1. O dízimo no AntigoTestamentoFomos criados por Deus. Tudo o quetemos vem das mãos de Jeová-Jiré, oDeus Provedor.
  9. 9. No período do Antigo Testamento, opovo de Israel entregava a décimaparte das crias dos animaisdomésticos, gado, frutos da terra equalquer outra renda quetivessem, como forma de gratidão aDeus pelas bênçãos recebidas.
  10. 10. Levítico 27. 30"Todos os dízimos da terra, seja doscereais, seja das frutas dasárvores, pertencem ao Senhor; sãoconsagrados ao Senhor. ”
  11. 11. Qual era o destino do dízimo? Sustento dos levitas e sacerdotes – Nm18.21, 28; Refeições sagradas – Dt 14, 22,27; Socorrer pobres, órfãos e viúvas da época – Dt 14. 28, 29; Obs.: Os levitas também entregavam o dízimo do dízimo que recebiam – Nm 18.26
  12. 12. Num período da história de Israelapós o exílio babilônico, o povorecebeu uma dura exortação da partede Deus:
  13. 13. Vocês têm plantado muito, e colhido pouco.Vocês comem, mas não se fartam.Bebem, mas não se satisfazem. Vestem-se, mas não se aquecem. Aquele que recebesalário, recebe-o para colocá-lo numa bolsafurada". Ageu 1:6“E por que fiz isso?", pergunta o Senhor dosExércitos. "Por causa do meu templo, queainda está destruído, enquanto cada um devocês se ocupa com a sua própria casa. ”
  14. 14. Lei da semeaduraEssa lei é simples: você dá e recebede volta.Não se deixem enganar: de Deus nãose zomba. Pois o que o homemsemear, isso também colherá. Gálatas 6.7
  15. 15. Reflita!“É um erro fatal presumir que a meta deDeus para sua vida é a prosperidade materialou o sucesso popular, como determina omundo. A vida em abundância não temrelação com abundância material, e afidelidade a Deus não garante sucesso nacarreira ou mesmo no ministério. Jamaisconcentre seus esforços em coroastemporárias.” Rick Warren
  16. 16. 2. O dízimo no Novo Testamento"Ai de vocês, mestres da lei efariseus, hipócritas! Vocês dão o dízimo dahortelã, do endro e do cominho, mas têmnegligenciado os preceitos maisimportantes da lei: a justiça, a misericórdia ea fidelidade. Vocês devem praticar estascoisas, sem omitir aquelas.” Mateus23:23
  17. 17. Jesus condenou a maneira hipócritacom que os religiosos faziam aentrega dos dízimos e dasofertas, pois achavam que estavamcumprindo a lei mas não seimportavam com o próximo.
  18. 18. Reflexões de Mateus 23.23 Precisamos devolver o dízimo a Deus como um sinal de obediência e fidelidade; É necessário comprometimento com a Casa do Senhor, com os necessitados, com os órfãos e as viúvas; Precisamos estar atentos à condição interior dos que se dizem cristãos ou religiosos; Precisamos tornar visível o estado em que nos encontramos diante de Deus.
  19. 19. 3. Contribuições valiosas“Fala aos filhos de Israel que metragam uma oferta alçada; de todohomem cujo coração se movervoluntariamente, dele tomareis aminha oferta alçada. ”Êxodo 25:2
  20. 20. Mas o que é oferta alçada?Eram ofertasgrandes, abundantes, generosas eextraordinárias trazidas ao Senhor.Mas as mesmas não podiam serimpostas, mas sim, voluntárias, ouseja, de coração.
  21. 21. Igreja PrimitivaNela havia o mesmo espírito de amor eunidade que levava o povo aofertar, voluntariamente.“E era um o coração e a alma da multidãodos que criam, e ninguém dizia que coisaalguma do que possuía era sua própria, mastodas as coisas lhes eram comuns.” Atos4:32
  22. 22. Quantidade ou Qualidade? Deus não está interessado no valor de nossa oferta, mas sim na qualidade da mesma. Lembre-se do exemplo da oferta da viúva!Leia Marcos 12
  23. 23. Concluindo.Jamais devemos entregar o dízimo ouofertas visando especificamente asrecompensas: isso é umaconsequência natural.
  24. 24. Prosperidade é diferente de bençãofinanceira.Prosperidade está relacionada a um“estado próspero, situaçãofavorável, felicidade, não sentir falta denada. Envolve bênçãos espirituais etemporais. Jó 42. 10.17
  25. 25. Reflita!“A caridade - dar para os pobres - é umelemento essencial da moralidade cristã:na assustadora parábola das ovelhas e doscabritos, ela parece ser a questão da qualdepende tudo o mais. Hoje em dia, certaspessoas dizem que a caridade não é maisnecessária e que, em vez de darmos paraos pobres, deveríamos criar umasociedade em que não existissem pobres.
  26. 26. ...Elas não deixam de ter certa razão no que serefere à construção de uma sociedadeassim, mas quem tira disso a conclusão deque, nesse meio tempo, pode parar de doar, seafastou de toda a moralidade cristã. Não acreditoque alguém possa estabelecer o quanto cadaum deve dar. Creio que a única regra segura édar mais do que nos sobra.” C.S.Lewis
  27. 27. Qual é a parte que estamosdevolvendo a Deus?Assista ao vídeo: A torta de Deus: http://www.youtube.com/watch?v=I84zk28w6-k

×