O adolescente e a temperança - lição 4

3.723 visualizações

Publicada em

Slides para subsídio à lição 4 da revista de EBD Adolescer + da Editora Betel. I trimestre de 2012 - O adolescente e o crescimento cristão.

Publicada em: Espiritual
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.723
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
366
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
95
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Faded picture background with full-color overlay(Intermediate)Tip: For best results with the picture overlay on this slide, use a picture that is the same dimensions as the slide: 7.5” high and 10” wide. If the picture is not the same height and width, resize or crop to those dimensions before following the instructions below. To reproduce the background effects on this slide, do the following:On the Home tab, in the Slides group, click Layout, and then click Blank. Right-click the slide and then click FormatBackground.In the Format Background dialog box, click Fill in the left pane. In the Fill pane, select Picture or texture fill, and then under Insert from, click File. In the Insert Picture dialog box, select a picture, and then click Insert.Also in the Format Background dialog box, in the Fill pane, in the Transparency box, enter 50%.Also in the Format Background dialog box, click PictureColor in the left pane. In the Picture Color pane, under Recolor, click the button next to Presets, and then click Tan, Background color 2 Light (third row, first option from the left). On the Insert tab, in the Images group, click Picture.In the Insert Picture dialog box, select the same picture chosen for the background, and then click Insert. Select the picture. Under Picture Tools, on the Format tab, in the bottom right corner of the Size group, click the Size and Position dialog box launcher. In the Format Picture dialog box, resize or crop the image so that the height is set to 7.5” and the widthis set to 2.25”.To crop the picture, click Crop in the left pane, and in the Crop pane, under Crop position, enter values into the Height, Width, Left, and Top boxes. To resize the picture, click Size in the left pane, and in the Size pane, under Size and rotate, enter values into the Height and Width boxes.Also in the Format Picture dialog box, click Glow and Soft Edges in the left pane, and then in the Glow and Soft Edges pane, under Soft Edges, in the Size box enter 10 point.
  • O adolescente e a temperança - lição 4

    1. 1. O adolescente e a temperança Lição 4
    2. 2. Textos BíblicosInvejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas,acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os quecometem tais coisas não herdarão o reino de Deus.Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade,bondade, fé, mansidão, temperança.Contra estas coisas não há lei.E os que são de Cristo crucificaram a carne com as suas paixões econcupiscências.Se vivemos em Espírito, andemos também em Espírito. Gálatas 5:21-25
    3. 3. E todo aquele que luta de tudo se abstém; eles o fazempara alcançar uma coroa corruptível; nós, porém, umaincorruptível.Pois eu assim corro, não como a coisa incerta; assimcombato, não como batendo no ar.Antes subjugo o meu corpo, e o reduzo à servidão, paraque, pregando aos outros, eu mesmo não venha de algumamaneira a ficar reprovado. 1 Coríntios 9. 25-27
    4. 4. Mensagem Valiosa“... Acrescentai à vossa fé a virtude; com avirtude o conhecimento; com oconhecimento, o domínio próprio...”, 2 Pe 1.5-6
    5. 5. Verdade AplicadaA temperança ou domínio próprio é uma dasmanifestações do fruto do Espírito.
    6. 6. Reflita!“A analogia do fruto, do ramo e da árvore, frisa a nossaabsoluta incapacidade de produzir por conta própria otipo de resultado que o evangelho pretende.É por ser fruto, e não obras, que Jesus diztaxativamente: “Sem mim nada podeis fazer”. João15.5b” Paul Freston
    7. 7. Introdução“Irai-vos, e não pequeis; não se ponha osol sobre a vossa ira.” Efésios 4:26A Bíblia não diz que não devemos ficarirritados, mas sim, que não devemospecar.
    8. 8. A temperança, fruto do Espírito, é a prova danossa conversão, é conseguir se controlar nosmomentos mais difíceis.“Melhor é o que tarda em irar-se do que opoderoso, e o que controla o seu ânimo do queaquele que toma uma cidade.” Provérbios 16:32
    9. 9. 1. A importância da temperança.O adolescente cristão não deve ser guiado por seusimpulsos, mas pelo Espírito Santo.“A temperança se refere à moderação, ao não passardos limites. Para qualquer tipo de felicidade, mesmoneste mundo, é necessário comedimento” C. S. Lewis
    10. 10. É importante conhecer a si mesmo, nossapersonalidade, defeitos e qualidades, poistendo consciência daquilo que atrapalhanossa caminhada de fé podemos buscar ajudado Espírito Santo para a intervençãonecessária na nossa vida.
    11. 11. 2. É possível dominar-se...“Mas graças a Deus que nos dá a vitória pornosso Senhor Jesus Cristo.” 1 Coríntios 15:57O Senhor Jesus é a prova cabal de quepodemos vencer a natureza humana.
    12. 12. “Porque, se viverdes segundo a carne,morrereis; mas, se pelo Espírito mortificardesas obras do corpo, vivereis.” Romanos 8:13Só conseguiremos vencer a nós mesmos coma ajuda do Espírito Santo.
    13. 13. 3. O Espírito Santo deseja ajudar você O Espírito Santo habita no interior do crente, tirando hábitos antigos e errados, mudando seu modo de agir e produzindo virtudes admiráveis como a temperança.
    14. 14. “Não se preocupe. Depois de cada fracasso, levante-see tente de novo. Muitas vezes, a primeira ajuda deDeus não é a própria virtude, mas a força para tentarde novo... Aprendemos, por um lado, que nãopodemos confiar em nós mesmos nem em nossosmelhores momentos; e, por outro, que não devemosnos desesperar nem mesmo nos piores, pois nossosfracassos são perdoados. A única atitude fatal é sedar por satisfeito com qualquer coisa que não aperfeição.” C. S. Lewis
    15. 15. Conclusão“Domínio próprio não é algo que você podedesenvolver apenas para sentir melhorconsigo mesmo. Domínio próprio surge comosubproduto de amar os outros eespecialmente de amar a Deus.” http://moriahjovem.wordpress.com/2010/04/03/169/

    ×