O momento doempreendedorismo                X                     Eduardo Pugnali,        gerente da Unidade Inteligência ...
Serviço de Apoio às Micro e Pequenas       Empresas de São Paulo   Entidade civil sem fins lucrativos
Missão          “Promover   a competitividadee o desenvolvimento      sustentável dos   empreendimentos           de micro...
Sebrae-SPPresença emtodo o Estado:33 escritórios regionais e17 pontos de atendimentoao empreendedor
Parcerias com os setores público e privado                     Programas de capacitaçãoNa prática                  Acesso ...
Mais de 450 mil MPEs atendidas                  3 mil cursos aplicados Sebrae-SPem números(dados de 2011)                 ...
Mais de 12 mil             Mais de 18 mil                   fans no Facebook             seguidores             no Twitter...
Sebrae-SP Empreendedor preparado   Negócios de sucesso      Mais empregosFortalecimento da economia
Definição de MPEs                  Microempresas são as empresas                  com faturamento de até R$ 360 mil Segund...
Critério Sistema SebraePorte                      EmpregadosMicroempresa               Comércio e serviços: até 9 empregad...
Crescimento faturamento MPEs                                       versus economia do Brasil                              ...
Taxa brasileira                          de empreendedorismoEm 2008, 12%Em 2009, 13%Em 2009, o Brasil ficouà frente de paí...
Brasil: Empreendedores                                                 iniciais por motivaçãoEm 2009, o Brasil atingiu, pe...
Escolaridade                                             Estado de São Paulo                                              ...
99% das empresas do País              67% das pessoas ocupadasImpacto das   56% dos empregados com carteira assinada (CLT)...
Mortalidade das empresas                                      em São PauloA taxa de mortalidade de empresas, no 1º ano no ...
Bons Exemplos
Bons exemplosRevista PequenasEmpresas & Grandes NegóciosDesde DEZ/1998 Tiragem: 160.000  1.334.000 leitores
Bons exemplosRevista Meu Próprio NegócioDesde MAIO/2002Tiragem: 40.000200.000 leitores
Bons exemplosJornal Folha de São Paulo Caderno Negócios Desde MAIO/2002 Tiragem: 330.023  2.204.000 leitores
Bons exemplosJornal Valor EconômicoCaderno PMEDesde JAN/2007Tiragem: 62.000305.000 leitores
Bons exemplosRevista Época Negócios Desde ABRIL/2007 Tiragem: 105.000  322.000 leitores
Bons exemplosRevista Exame PMEDesde 2008Tiragem: 38.542
Bons exemplosJornal O Estado de São Paulo               Caderno PME        Desde JUNHO/2011           Tiragem: 221.000    ...
Bons exemplosUOL   Terra
Case
O Case                             Você é o donoVocê é o dono, conduzidopor Max Gehringer, foio primeiro reality showde em...
O Case                                        Você é o dono Durante cinco episódios consecutivos, três clientesdo Sebrae-S...
Custo zeroAção de RP   Alto impacto de resultados (metas atingidas)             Posicionamento de imagem             (Sebr...
Ilustrar o tipo de atendimento que a entidade            dá ao empresário, mostrando como é fácil,            rápido e efi...
Potencializar metas de atendimento               Cases selecionados para garantir identificação               com o públic...
Twitter: Aumento de 73% dos retweets, 66% de             mentions e 63% de usuários ativos             Facebook: 1.326 nov...
Os desafios  de se comunicarcom o empreendedor
Tempo de uso das mídias                                                                   (minutos por dia)Fonte: Ibope Mí...
A informação está pulverizada    São inúmeros sites, blogs, redes      sociais, canais de TV (abertos         ou por assin...
As fontes de informação                        utilizada pelos empreendedoresPesquisa do Sebrae-SP
Os empreendedores querem e             precisam de informações de qualidade45% dos empreendedores buscamconhecimentos esse...
Onde o empreendedor encontra          essas informações?
Esse é o grande desafio!É preciso responsabilidadee embasamento para oferecerconteúdo de qualidade.
Uma oportunidadeA mídia é um canal muito importante, pois oferece mais opções e outras abordagens  e fontes de pesquisas a...
Obrigadoeduardopm@sebraesp.com.br     twitter.com/pugnali   facebook.com/pugnali
O Momento Empreendedor no Brasil e o Desafio de Comunicar com o Micro e Pequeno Empreendedor
O Momento Empreendedor no Brasil e o Desafio de Comunicar com o Micro e Pequeno Empreendedor
O Momento Empreendedor no Brasil e o Desafio de Comunicar com o Micro e Pequeno Empreendedor
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O Momento Empreendedor no Brasil e o Desafio de Comunicar com o Micro e Pequeno Empreendedor

829 visualizações

Publicada em

Apresentação feita no Congresso Mega Brasil de Comunicação Corporativa 2012, que abordou o momento do empreendedorismo no Brasil e o desafio de fazer comunicação para o micro e pequeno empreendedor no Brasil

Publicada em: Negócios
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
829
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Abertura para perguntas.
  • O Momento Empreendedor no Brasil e o Desafio de Comunicar com o Micro e Pequeno Empreendedor

    1. 1. O momento doempreendedorismo X Eduardo Pugnali, gerente da Unidade Inteligência de Mercado do Sebrae-SP
    2. 2. Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de São Paulo Entidade civil sem fins lucrativos
    3. 3. Missão “Promover a competitividadee o desenvolvimento sustentável dos empreendimentos de micro e pequeno portes”
    4. 4. Sebrae-SPPresença emtodo o Estado:33 escritórios regionais e17 pontos de atendimentoao empreendedor
    5. 5. Parcerias com os setores público e privado Programas de capacitaçãoNa prática Acesso ao crédito e à inovação Estímulo ao associativismo Feiras e rodadas de negócios
    6. 6. Mais de 450 mil MPEs atendidas 3 mil cursos aplicados Sebrae-SPem números(dados de 2011) Mais de 55 mil consultorias 11 mil palestras, oficinas e seminários realizados
    7. 7. Mais de 12 mil Mais de 18 mil fans no Facebook seguidores no TwitterSebrae-SP nas redes sociais Está presente no Facebook, Twitter, Orkut, Google Plus, Linkedin, Pinterest, Slideshare, Flickr, Sound Cloud e You Tube
    8. 8. Sebrae-SP Empreendedor preparado Negócios de sucesso Mais empregosFortalecimento da economia
    9. 9. Definição de MPEs Microempresas são as empresas com faturamento de até R$ 360 mil Segundo a LeiGeral das Micro e Pequenas As empresas de pequeno porte Empresas têm faturamento anual bruto de R$ 360 mil a R$ 3,6 milhões
    10. 10. Critério Sistema SebraePorte EmpregadosMicroempresa Comércio e serviços: até 9 empregados Indústria: até 19 empregadosEmpresa de pequeno porte Comércio e serviços: de 10 a 49 empregados Indústria: de 20 a 99 empregadosEmpresa de médio porte Comércio e serviços: de 50 a 99 empregados Indústria: de 100 a 499 empregadosEmpresa de grande porte Comércio e serviços: mais de 99 empregados Indústria: mais de 499 empregados
    11. 11. Crescimento faturamento MPEs versus economia do Brasil Ano PIB(%) Faturamento(%)Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil 2005 3,2% 1,9%Faturamento das Micro e Pequenas Empresas 2006 4,0% -3,5%do Estado de São PauloTaxas de variação (%) 2007 6,1% 4,0% 2008 5,2% -4,4% 2009 -0,3% -5,5%Fonte: IBGE e Sebrae-SP/ Seade. 2010 7,5% 9,6% 2011 2,7% 3,8%
    12. 12. Taxa brasileira de empreendedorismoEm 2008, 12%Em 2009, 13%Em 2009, o Brasil ficouà frente de países comoArgentina e Uruguai
    13. 13. Brasil: Empreendedores iniciais por motivaçãoEm 2009, o Brasil atingiu, pela primeira vez, Ano Oportunidade Necessidadeuma taxa de empreendedorismo poroportunidade maior que a taxa de 2001 59,9% 40,1%empreendedorismo por necessidade: 2002 43,6% 56,4%9,4% contra 5,9% 2003 55,3% 44,7% 2004 53,0% 47,0%Fonte: Global Entrepreneurship Monitor (GEM). 2005 53,1% 46,9% 2006 51,7% 48,3%Empreendedores iniciais: 2007 57,7% 42,3%Até 3,5 no mercado, formalizados ou não 2008 67,0% 33,0% 2009 61,0% 39,0% 2010 68,5% 31,5%
    14. 14. Escolaridade Estado de São Paulo Ano PIB(%)Empresários com Ensino Médio ou mais 1995 a 1997 62%por ano de constituição da empresa 1995 a 1999 64% 1997 a 2001 71%Fonte: Sebrae-SP. 12 anos de monitoramento 1999 a 2003 70%da sobrevivência e mortalidade de empresas 2001 a 2005 76% 2003 a 2007 78%
    15. 15. 99% das empresas do País 67% das pessoas ocupadasImpacto das 56% dos empregados com carteira assinada (CLT) MPEs na economia 65% das empresas exportadoras 2,7% do valor das exportações 20% do PIB
    16. 16. Mortalidade das empresas em São PauloA taxa de mortalidade de empresas, no 1º ano no mercado, é de 27%; até o 5º ano a taxa é de 58%. Há 12 anos, 35% dos empreendedores que abriam seus negócios quebravam no primeiro ano de atividade.A taxa de mortalidade de empresas clientes do Sebrae-SP é de 18% (1º ano) e 37% (até o 5º ano).
    17. 17. Bons Exemplos
    18. 18. Bons exemplosRevista PequenasEmpresas & Grandes NegóciosDesde DEZ/1998 Tiragem: 160.000 1.334.000 leitores
    19. 19. Bons exemplosRevista Meu Próprio NegócioDesde MAIO/2002Tiragem: 40.000200.000 leitores
    20. 20. Bons exemplosJornal Folha de São Paulo Caderno Negócios Desde MAIO/2002 Tiragem: 330.023 2.204.000 leitores
    21. 21. Bons exemplosJornal Valor EconômicoCaderno PMEDesde JAN/2007Tiragem: 62.000305.000 leitores
    22. 22. Bons exemplosRevista Época Negócios Desde ABRIL/2007 Tiragem: 105.000 322.000 leitores
    23. 23. Bons exemplosRevista Exame PMEDesde 2008Tiragem: 38.542
    24. 24. Bons exemplosJornal O Estado de São Paulo Caderno PME Desde JUNHO/2011 Tiragem: 221.000 570.000 leitores
    25. 25. Bons exemplosUOL Terra
    26. 26. Case
    27. 27. O Case Você é o donoVocê é o dono, conduzidopor Max Gehringer, foio primeiro reality showde empreendedorismo,veiculado como umquadro dentrodo Fantástico, da TV Globo
    28. 28. O Case Você é o dono Durante cinco episódios consecutivos, três clientesdo Sebrae-SP foram acompanhados por consultores das áreas de produção, organização, finanças,legislação e marketing, tudo gravado em formato de reality show pela equipe do Fantástico.
    29. 29. Custo zeroAção de RP Alto impacto de resultados (metas atingidas) Posicionamento de imagem (Sebrae retratado em sua essência)
    30. 30. Ilustrar o tipo de atendimento que a entidade dá ao empresário, mostrando como é fácil, rápido e eficaz procurar o Sebrae para melhorarO Desafio a gestão do seu negócio Imagem distorcida
    31. 31. Potencializar metas de atendimento Cases selecionados para garantir identificação com o públicoA Estratégia Hotsite para “reter” o telespectador, fisgando-o com conteúdo e transformando-o em cliente Preparação de corpo técnico para atender à demanda (0800, balcão de atendimento)
    32. 32. Twitter: Aumento de 73% dos retweets, 66% de mentions e 63% de usuários ativos Facebook: 1.326 novos fans, 458.180 visualização de postsResultados Aumento em 10% no número de ligações à Central de Atendimento do Estado Mais de 41,5 mil visitas no hotsite Ibope: 22% de audiência e 37 de share nos 5 programas Referente ao mês de outubro de 2011, durante os cinco domingos de transmissão do quadro
    33. 33. Os desafios de se comunicarcom o empreendedor
    34. 34. Tempo de uso das mídias (minutos por dia)Fonte: Ibope Mídia (Brazil) Ano Jornais Revistas Rádio Televisão InternetTarget Group Index - Ano 10(agosto08-agosto09) 2009 35 41 134 126 161 2008 35 41 131 129 156Dados relativos a 10 áreasmetropolitanas, interior do 2007 38 41 139 129 160estado de São Paulo e interiordas regiões Sul e Sudeste. 2006 39 40 136 129 150Idade da população: 12-64 2005 39 42 105 126 147 2004 41 45 107 132 149Amostra pesquisada:19.456 entrevistas 2003 41 54 107 131 139
    35. 35. A informação está pulverizada São inúmeros sites, blogs, redes sociais, canais de TV (abertos ou por assinatura), jornais, revistas, emissoras de rádio, além dos celulares, que viraram verdadeiros aliados na busca constante por informações.
    36. 36. As fontes de informação utilizada pelos empreendedoresPesquisa do Sebrae-SP
    37. 37. Os empreendedores querem e precisam de informações de qualidade45% dos empreendedores buscamconhecimentos essenciaispara o desenvolvimentode sua empresa, comoinformações diversasde gestão empresarial,tendências de mercadoe legislação.
    38. 38. Onde o empreendedor encontra essas informações?
    39. 39. Esse é o grande desafio!É preciso responsabilidadee embasamento para oferecerconteúdo de qualidade.
    40. 40. Uma oportunidadeA mídia é um canal muito importante, pois oferece mais opções e outras abordagens e fontes de pesquisas ao empreendedor. É útil ao empresário, que encontra o que precisa. E é útil para os veículos de comunicação, que encontram audiência em uma fatia de leitores que não para de crescer.
    41. 41. Obrigadoeduardopm@sebraesp.com.br twitter.com/pugnali facebook.com/pugnali

    ×