Rua das Azelias, 139 - Cidade Verde - Fone: 8807-1298 - Email: jornalfg@yahoo.com.br - Almenara/MG - Ano XIIII Nº 203 - 02...
02 de Dezembro / 2015PÁGINA 2
13
ANOS FaroldasGeraesFaroldasGeraes
Sucesso espacial vizinho
EXPEDIENTE
JORNAL FAROL DAS GE...
02 de Dezembro / 2015PÁGINA 3
13
ANOS FaroldasGeraesFaroldasGeraes
CONNECT- Provedor de InternetUMA EMPRESA DE CREDIBILIDA...
02 de Dezembro / 2015PÁGINA 4
13
ANOS FaroldasGeraesFaroldasGeraes
E
m primeiro de ou-
tubro de 2015, em
clima de regozijo...
02 de Dezembro / 2015PÁGINA 5
13
ANOS FaroldasGeraesFaroldasGeraes
por diversos setores da sociedade civil de Jordânia, ho...
02 de Dezembro / 2015PÁGINA 6
13
ANOS FaroldasGeraesFaroldasGeraes 12 de novembro
O
impacto ambiental causado pelo rompime...
02 de Dezembro / 2015PÁGINA 7
13
ANOS FaroldasGeraesFaroldasGeraes 12 de novembro
44º BPM - Operação Natalina: mais polici...
02 de Dezembro / 2015PÁGINA 8
13
ANOS FaroldasGeraesFaroldasGeraes
O deputado federal Zé Silva,
presidente do Partido Soli...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Jornal Farol das Gerais= Edição. 203 / 02 de Dezembro de 2015.

454 visualizações

Publicada em

Jornal Farol das Gerais= Edição. 203 / 02 de Dezembro de 2015.

Publicada em: Marketing
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
454
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
128
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jornal Farol das Gerais= Edição. 203 / 02 de Dezembro de 2015.

  1. 1. Rua das Azelias, 139 - Cidade Verde - Fone: 8807-1298 - Email: jornalfg@yahoo.com.br - Almenara/MG - Ano XIIII Nº 203 - 02 de Dezembro / 2015 - R$ 2,00 FaroldasGeraesFaroldasGeraes14 ANOS Câmara Municipal de Jordânia homenageia ex-vereadores do município Dr. Aníbal Siqueira é reeleito presidente da 38ª Subseção da OAB/Almenara Lama de barragem contamina rios e mata aves, peixes e plantas Churrascaria Boi na Brasa- aonde você encontra o melhor rodizio de Almenara e região. O empresário Lourivaldo, agradece a cada um de seus clientes neste ano de 2015, Pois você, é a razão de sermos o que somos. Votos de um Feliz Natal e Prospero Ano Novo. boas Festas! Rua: Deraldo Guimarães - Nº 53, Fone: 3721-2593 Churrascaria Boi na BrasaFernando Pimentel apontado como “chefe da organização”lavagem de dinheiro E, segundo a PF, a mulher do governador de Minas recebia dinheiro de empresas ligadas ao BNDES PÁG. 4 e 5 PÁG. 8 PÁG. 6 PÁG. 6 Dr. Aníbal ao lado da nova diretoria da OAB, eleita com maioria “esmagadora “
  2. 2. 02 de Dezembro / 2015PÁGINA 2 13 ANOS FaroldasGeraesFaroldasGeraes Sucesso espacial vizinho EXPEDIENTE JORNAL FAROL DAS GERAES Antônio Sebastião Pereira Damasceno - ME CNPJ: 08.883.137/0001-43 - Insc. Municipal: 5342415 E-mail: jornalfg@yahoo.com.br Fundadores: Antônio Sebastião Damasceno e João Avelar Avenida Olindo de Miranda, 37, Sala 5 - Fones: (33) 3721-4898 e cel.: (33) 8807-1298 Diretor: Antônio Sebastião P. Damasceno Jornalista Responsável: Antônio Sebastião P. Damasceno (STF) Diretora Administrativa: Célia Augusta de Souza Assessor Jurídico: Dr. Aníbal Siqueira Filho (Direito Administrativo, Civil e Criminal) Endereço: Rua Aleixo Paraguassú, 487, Centro Fones: (33) 3721-3352 e 9114-2891 Redação: Antônio Sebastião P. Damasceno Reportagem: Lindaura Diagramação: Alex Vieira-(33)9903-2066 / 987631-18485 Circulação: Vale do Jequitinhonha, Vale do Mucuri, Norte de Minas e Belo Horizonte Afiliado à Associação Comercial de Almenara Impressão: GRÁFICA FROTA-TEÓFILO OTONI/FONE: 3521-1583 EXPEDIENTE O Córrego da Vigia, flu- ente corpo de água vindo das elevações do Morro do Cruzeiro de almenara, afluente a margem direita do Rio Jequitinhonha, se encontra em estado de pu- defração ambiental. Isso devidoaencanamentoclan- destino de esgotos caindo diretamente no Córrego. Devida a demanda de casas construídas bem próximas ao córrego, á ne- cessidade de refazer todo o sistema de coleta numa das margens abitadas por mo- radores, onde o esgoto esta poluindo todo o córrego e destruindo o curso d’água. A referida, o levanta- mento denunciante da re- portagem sera encaminha- da aos órgãos responsáveis por atender o afastamento e tratamento de esgoto no DENÚNCIA AMBIENTAL local. Deve-se levado em conhecimento de todos os moradores que contem es- goto clandestino que são lançados diretamente no Córrego da Vigia. O Córrego da Vigia localiza-se entre as ime- diações da avenida Tiago Souza Carvalho e Rua Cór- rego Vigia, Bairro: Cidade Nova. Reporte/ALV ARTIGO A pesar da Ar- gentina estar em dificuldades econômica e política nos últimos 30 anos, situação muito pior que o Brasil, na área espacial, nosso vizinho consolida-se como líder da América Latina. Em 30 de setembro último, o Ariane 5 lançou o ARSAT-2, o segundo satélite geoestacionário projetado e fabricado na Argentina, o único país da América Latina a con- seguir tal feito. É o coroamento de um programa que começou nos anos 90 com a sepa- ração do programa es- pacial das forças mili- tares argentinas. Isso em um momento de crise econômica do país e da desorganização do pro- grama espacial, o que levou o governo a leiloar o espaço destinado à Ar- gentina, a posição Oeste 71,8, para que seus direi- tos não caducassem. Em 1998, a DirecTV queria entrar no mercado local, que tinha o maior índice per capita de tele- visores a cabo do mundo. Com o primeiro satélite de telecomunicações, a Argentina ganhou os di- reitos para outra posição orbital mais privilegiada: o Oeste 81, que permite operar do Alasca à Pa- tagônia, favorecendo o já maior exportador de conteúdo de mídia es- panhola no continente. Porém a empresa re- sponsável pelo lançamen- to do satélite, a Nahuelsat, fracassou no lançamento do Nahuel 2, para o Oeste 81, e também falhou para substituir o primeiro ao tentar lançar o Nahuel 1ª, no Oeste 71,8. Depois de algumas negociações com os acionistas da Na- huelsat, todos os ativos e obrigações foram pas- sados para a ARSAT, Empresa Argentina de Soluciones Satelitales So- ciedad Anonima, empre- sa estatal. O sucesso dos satélites argentinos SAC-B e SAC- D levou o governo a de- cidir pela opção de desen- volvimento nacional na INVAP, a empresa estatal de tecnologia de ponta, localizada em Bariloche, e que tive a oportunidade de acompanhar o desen- volvimento do sistema de guiagem contratado para o satélite brasileiro Amazônia-1. O projeto do ARSAT-1 foi contratado em 2008. A INVAP comprou de fornecedores estrangei- ros os motores de pro- pulsão, painéis solares e o computador de bordo, os demais equipamentos foram projetados, quali- ficados e testados na Ar- gentina. Cabe ressaltar, testemunhado por mim, o computador foi com- prado porque a equipe estava trabalhando no computador brasileiro e não daria tempo para fazerem o deles próprios. Além disso, o software de bordo e o de solo foi feito lá. O ARSAT-1 foi equ- ipado com 24 transpond- ers em banda Ku com objetivo de fornecer serviços de dados, tel- efone e de transmissão de televisão para a Argenti- na, Chile, Uruguai, Para- guai e Bolívia. Com es- paço a bordo, incluíram três experimentos cientí- ficos, o Monitor Argen- tino de Radiação Espa- cial - MARE, o Medidor de Fluorescência Atmos- férica - FOG e um estudo de degradação células so- lares no ambiente da ór- bita do satélite. O ARSAT-1 foi satélite foi lançado com suc- esso em 16 de outubro de 2014. Em seguido, o ARSAT-2 foi concluído e lançado no último 30 de setembro com sucesso total para os argentinos que viram premiados seu esforço e investimento. Exemplo que poderia in- spirar os polítcos brasilei- ros a apoiarem de ver- dade as ações brasileiras que sofrem com a falta de recursos e com as empre- sas nacionais mal inten- cionadas. Mario Eugenio Sat- urno (cienciacuriosa. blog.com) é Tecnologista Sênior do Instituto Na- cional de Pesquisas Es- paciais (INPE) e congre- gado mariano. Provedor de Internet LTDA. está instalada na Rua Aleixo Paraguassu, n°: 109, Centro - Telefones: (33) 3721-2750- (33) 8829-7743 e (33) 9909-7138,
  3. 3. 02 de Dezembro / 2015PÁGINA 3 13 ANOS FaroldasGeraesFaroldasGeraes CONNECT- Provedor de InternetUMA EMPRESA DE CREDIBILIDADE A SERVIÇO DE ALMENARA E REGIÃO A CONNECT- Provedor de Internet LTDA, uma em- presa com alto padrão de qualidade e credibilidade ,com uma equipe altamente eficiente, surgiu com o objetivo de oferecer qualidade nos serviços de internet à Almenara e região, iniciando suas atividades em outubro de 2014, fazendo da profissão um verdadeiro sacerdócio. À em- presa CONNECT funciona à CONTENDO, com uma as- sistência técnica altamente eficiente e rápida, tendo como prioridade principal seus clientes , patrimônio maior e a razão de seu crescimento, ressalta Adailson Gomes Silva Júnior, natural de Almenara, que atua no setor de Prove- dor de Internet, vendas de equipamentos de informática e assistência técnica, cujo ascensão constante é atribuído ao alto nível tecnológico dos serviços prestados, afirma o diretor presidente Júnior. No mercado altamente competitivo de hoje, é relevante e oportuno salientar que a CONNECT vem inovando constantemente os seus sistemas de rede para alcançar as taxas de transmissão necessárias e a operação de dados de internet a baixo custo de forma flexível, para melhor aces- sibilidade e satisfação de seus clientes. De acordo com o jovem empresário Adailson Gomes da Silva Júnior, “podemos assegurar aos nossos clientes um alto padrão de qualidade contínuo e eficiente, com atendimento e suporte dedicado, equipe muito bem pre- parada para a solução de problemas com agilidade e segu- rança”. Adailson conclui que “é exatamente pela seriedade e competência com que atuamos que graças a Deus temos conquistado muitos clientes e amigos, tanto em Almenara como na região, que estão sempre nos procurando”. Atualmente a CONNECT- Provedor de Inter- net LTDA está instalada na Rua Aleixo Paraguas- su, n°: 109, telefones: (33) 3721-2750- (33) 8829- 7743 e (33) 9909-7138, Almenara- Centro, onde está sempre à disposição dos amigos e clientes. À conceituada empresa, Distribui- dora de Bebidas Paulino, repre- sentada pelo sócio admistrador José G. Paulino, localizada na Rod.BR.367, 123- Bairro Cidade Nova-Almenara-MG, deseja aos seus inúmeros clientes e amigos de Almenara e região, um Feliz Natal e o prospero Ano Novo, cheio de realizações positivas, paz , amor e saúde, bem como, com a proteção do Criador do Universo(Deus). MENSAGEM DE NATAL E ANO NOVO DA DISTRIBUIDORA DE BEBIDAS PAULINO A Moto Total vem desejar os mais cincerros agradecimentos a todos os seus clientes, Fe- liz Natal e um Próspero Ano Novo, cheio de saúde, paz e alegria, com às mais belas reali- zações dos seus sonhos. Que nossos caminhos continuem a se encontrar por muitos anos. Votos da equipe Moto Total. Paulino, ladeado pelos abnegados funcionários da conceituada empresa DISTRIBUIDORA PAULINO Márcio, ladeado por Paulo, Diana, Cristiane e Yves, abnegados e eficientes funcionários da conceituada empresa Moto Total. Caio, Jhonatan, Graciele, Adailson Junior, Jessica, Mizael e Erick Empresário Adailson Junior
  4. 4. 02 de Dezembro / 2015PÁGINA 4 13 ANOS FaroldasGeraesFaroldasGeraes E m primeiro de ou- tubro de 2015, em clima de regozijo e emoção, foi realizada na Câmara Municipal de Jordânia – MG, a primeira Sessão Solene objetivando homenagear e entregar di- plomas de Reconhecimento Legislativo aos Ex-Vereadores da Colenda Casa Legisla- tiva, cujo evento e à diplo- mação realizados, ocorre- ram em conformidade com a Resolução nº: 020/2015, que estabelece que o Di- ploma de Reconheci- mento Legislativo será concedido anualmente no dia 01 de outubro – dia do vereador, aos cidadãos que exerceram no município a função de legislador (vere- ador), parágrafo único do art.3º: serão homenageados em cada sessão o máximo de dezoito e mínimo de 09 ex-vereadores. À solenidade foi pres- tigiada por diversos setores da sociedade jordanense e da política, dentre eles o prefeito Watson Luz, o presidente da Câmara Municipal Maxuel Bofim Torres, vice-presidente: Secundilha Lima Olivei- ra Gomes, 1ª Secretária: Robéria de Almeida Go- bira, 2º Secretário: Joselito Dias de Almeida e demais vereadores, numa justa homenagem para àque- les ex-vereadores que contribuíram relevante- mente para o progresso de Jordânia, cuja cerimonia foi conduzida pela Mestra de Cerimonia, pastora Ulda Pinheiro, a qual conduziu os trabalhos com muita elo- quência. Confira abaixo à lista dos ex-vereadores homenage- ados em sua primeira etapa. Jerônimo Adolfo de Araújo, Eldir de Souza Figueiredo, Jerônimo Gomes da Cruz, Etevaldo Lopes da Cruz, Adevaldo Silveira Barros, Antônio Pereira dos Santos, Vital de Oliveira Alves, Cely Ag- nelo da Silva, José Francis- co Ruas, Sipião Gomes da Cruz, Jovenato Ferreira da Conceição, Hamilton Perei- ra Martins, Agnaldo Ba- hia da Silva, Anita Gomes de Oliveira, e os saudosos: Luiz Alves Lacerda – (In memoriam), Silas Gusmão de Oliveira (in memoriam), Geovane Antunes Figueire- do (in memoriam). Após o término da solenidade, foi oferecido aos convidados um coque- tel e um lauto jantar, cujas comemorações ocorre- ram no salão de festa da Maçonaria. A Câmara Municipal de Jordânia, numa iniciativa carregada de bom senso, em sessão solene, ocorrido em 1 de outubro de 2015, prestigiada p Gomes da Cruz, Edevaldo Lopes da Cruz, Edevaldo Silveira Barros, Antônio Pereira dos Santos, Vital de Oliveira Alves, Cely Agnelo da Silva, Jo Oliveira, e os saudosos: Luiz Alves Lacerda – (In memoriam), Silas Gusmão de Oliveira (in memoriam), Geovane Antunes Figueired Câmara Municipal de Jordânia home CâmaraMunicipaldeJordânia
  5. 5. 02 de Dezembro / 2015PÁGINA 5 13 ANOS FaroldasGeraesFaroldasGeraes por diversos setores da sociedade civil de Jordânia, homenageou os vereadores, Jerônimo Adolfo de Araújo, Eldir de Souza Figueiredo, Jerônimo osé Francisco Ruas, Sipião Gomes da Cruz, Jovenato Ferreira da Conceição, Hamilton Pereira Martins, Agnaldo Bahia da Silva, Anita Gomes de do (in memoriam), numa justa homenagem prestada àqueles que prestaram relevante serviços ao município de Jordânia enageia ex-vereadores do municípioFOTOS: FAMMA STÚDIO
  6. 6. 02 de Dezembro / 2015PÁGINA 6 13 ANOS FaroldasGeraesFaroldasGeraes 12 de novembro O impacto ambiental causado pelo rompimento das barragens de rejeitos da mineradora Samarco, em Mariana (MG), ainda é incalculável. Mas, de acordo com especialistas, com os milhões de toneladas de lama despejados nos cursos d’água, haverá assoreamento e contaminação de rios, morte em grande escala de plantas, peixes, aves e mamíferos, sem descartar a possibilidade de dispersão de produtos químicos tóxicos. Segundo Eduardo Duarte Marques, pesquisador do Serviço Geológico do Brasil, em Belo Horizonte, o rejeito das barragens é predominantemente formado por sub- stâncias inertes, só que o minério de ferro eventualmente pode conter porções de metais como arsênio, antimônio, zinco e cobre. “Em certos pontos de extração do minério Lama de barragem contamina rios e mata aves, peixes e plantas pode haver concentrações maiores desses metais – o que tornaria a lama realmente prejudicial. No entanto, para saber a concentração, será preciso fazer análises quími- cas”,. De acordo com Francisco Fernandes, pesquisador do Centro de Tecnologia Mineral (Cetem) do Ministério da Ciência e Tecnologia, há diversos reagentes químicos – incluindo soda cáustica – que são usados no processo de beneficiamento do minério de ferro. “Embora digam que o rejeito é feito só de sílica, há restos de reagentes ali. O rio virou uma vala de esgoto ao ar livre. Essa lama vai juntar-se ainda a dejetos humanos das casas, a restos de animais mortos e detritos em geral. Ao reagir com a maté- ria orgânica, o rejeito cria um produto de potencialidade tóxica muito grande, embora desconhecida. Dificilmente alguém vai conseguir tirar aquilo de lá. O volume é muito grande e vai ficar mais duro que cimento”, afirmou Fer- nandes. Segundo ele, o fornecimento de água deverá ser afetado na região. “Para normalizar isso será preciso mui- to dinheiro, tecnologia e tempo.” “Medidas acima de 50 NTUs requerem filtração e co- agulação química para a remoção dos sólidos suspensos e melhor eficiência no processo de desinfecção da água para o tratamento para abastecimento”, diz o parecer. Seg- undo moradores de Rio Doce, já é possível ver um grande número de peixes mortos nos cursos d’água da região. Fernando Pimentel é apontado como “chefe da organização” de lavagem de dinheiro E, segundo a PF, a mulher do governador de Minas recebia dinheiro de empresas ligadas ao BNDES O Brasil fervia. Mas uma estrela do PT estava serena. O então ministro Fernando Pimentel, amigo próximo da presidente Dilma Rousseff e hoje governador de Minas Gerais, tirava uns dias de folga do Ministério do Desenvolvi- mento, Indústria e Comércio. Às 9h55, Pimentel e sua namo- rada, Carolina Oliveira, decolavam do hangar de Brasília com destino à Bahia. O jatinho era do empresário Benedito Oliveira Neto, o Bené, amigo de Pimentel e suspeito de lavagem de din- heiro. Enquanto petistas históricos iam presos, Pimentel ia com a namorada para o Kiaroa Resort, na Península de Maraú, ao sul de Salvador. O bangalô master do resort era um luxo. Duas piscinas priv- ativas, enxoval de algodão egípcio e travesseiros de pluma de ganso. No feriadão, o casal comprou boné, tomou cinco caip- iroskas com vodca Absolut, comeu dois pratos de camarão à provençal, duas tapiocas, moqueca e mandioca frita. O week- end custou R$ 12.127,50. Bené pagou. A nota fiscal é apenas uma das fartas provas obtidas pela Polícia Federal, no âmbito da Operação Acrônimo, que coloca Pimentel no topo da cadeia de comando de um esquema que envolve contratos públicos, consultorias de fachada – e o Banco Nacional de De- senvolvimento Econômico e Social, o BNDES. >> Bené pagou despesas de resort de luxo para Pimentel e mulher na Ba- hia >> Petrobras bancou gastos de Bené no hotel em que Bené bancou gastos de Pimentel Antes de destrinchar o material da Acrônimo, vale pairar sobre os 12 anos do PT no poder. É possível identificar um modus operandi em todos os escândalos protagonizados pelo partido no governo. Ele começa pelo aparelhamento do Estado para alavancar negócios com empresas privadas. A Acrônimo mostra isso. A Lava Jato também. Ambas apontam claramente que o BNDES e a Petrobras respectivamente, pela enormidade de seus recursos, se transformaram nas fontes preferidas de quem busca lucro fácil a partir do desvio de dinheiro público – seja para campanhas eleitorais, seja para melhorar sua condição econômica a partir da atividade política. O surgimento do BNDES no âmbito da Acrônimo tornou a operação um clone da Lava Jato – ainda que, por enquanto, em menor escala. Na semana passada, um bilhete de Marcelo Ode- brecht, presidente da empreiteira que leva seu sobrenome, foi interceptado por policiais federais que o vigiam na carceragem de Curitiba. Mesmo com sua letra difícil, os agentes entender- am que ele escrevera “destruir e-mail sondas”. Parecia uma in- strução a seus advogados para apagar uma troca de mensa- gens, na qual se tratava de “so- brepreço” nas negociações de um contrato para operar son- das a serem construídas pela Sete Brasil – uma jabuticaba empresarial criada pela união da Petrobras com fundos de pensão, bancos privados e o próprio BNDES com a missão de fornecer equipamentos para a Petrobras explorar o pré-sal. Os advogados de Odebrecht ne- gam que ele tivesse dado instruções para destruir evidências. A simbiose que gerou a Sete Brasil, forjada com políticos crentes na intervenção econômica do Estado e com empresas “parceiras”, só fica completa com o aparelhamento partidário do governo. É ele que garante a liberação de farto dinheiro público. Marcelo Odebrecht está na cadeia pela suspeita de que sua empresa faz parte de um cartel que operou na Petrobras. Para ganhar contratos, suspeita a PF, ele pagaria propina a dire- tores indicados por políticos do PT, PMDB e PP. A Odebrecht foi a principal contratante dos serviços do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como lobista, para atuar em busca de obras – financiadas pelo BNDES – em países da África e da América Central. A empresa de Marcelo é a maior beneficiária de finan- ciamentos do BNDES para realização dessas obras no exterior. MARQUINHOS FRETE: FRETE,MUDANÇAS E VIAGENS A SEU SERVIÇO. BOM ATENDIMENTO, CAPRICHO E DIDICAÇÃO. TEMOS A FELI- CIDADE EM MELHOR ATENDE-LO. Confie a Deus o que você faz, e seus projetos se realizarão. Provérbios 16:3 Celular: Vivo (33)99919-9901 Oi (33) 98839-9523
  7. 7. 02 de Dezembro / 2015PÁGINA 7 13 ANOS FaroldasGeraesFaroldasGeraes 12 de novembro 44º BPM - Operação Natalina: mais policiais nas ruas e no comércio O 44º Batalhão de Polícia Militar iniciou na manhã desta terça-feira, 1, a “Operação Natalina” que consiste na intensificação do policiamento nos comércios. Será desen- cadeada a operação em todas as 16 cidades que compõem a área do Batalhão no Baixo Jequitinhonha. Em Almenara/MG, a operação contará ainda com o reforço dos policiais militares do Policiamento do Comando em Serviço que terá ênfase no policiamento a pé. BANDEIRA - Palestra alerta jovens sobre as consequências das drogas Alunos da Escola Estadual João dos Santos Amaral participaram de uma palestra ministrada pela Polícia Militar na manhã desta quinta-feira, 3, em Bandeira/MG. O tema da palestra foi relacionado às consequências das drogas e os impactos neg- ativos que as drogas causam na sociedade. O objetivo foi conscientizar os jovens sobre os perigos do consumo de drogas. A palestra ocorreu durante um evento de valorização da vida desenvolvido pelo educandário 44ºBPM
  8. 8. 02 de Dezembro / 2015PÁGINA 8 13 ANOS FaroldasGeraesFaroldasGeraes O deputado federal Zé Silva, presidente do Partido Soli- dariedade em Minas Gerais, tem um perfil de determi- nação e capacidade de articu- lação reconhecido em toda as regiões de Minas, e agora também em todo o País, des- de que se elegeu deputado federal com mais de 110 mil votos, e pelas conquistas e re- percussões de suas lutas pela agricultura familiar, extensão rural, desenvolvimento mu- nicipal sustentável e quali- dade de vida para populações e regiões mais desafiadoras do nosso Estado. Vem desse compro- misso com Minas e com o País sua participação na vida política, econômica e social do Jequitinhonha, uma das maiores bases de seu trabalho parlamentar, reconhecido ainda em seu segundo man- dato pelo ranking da Revista Veja entre os melhores e mais combativos parlamentares do Congresso Nacional: 4o. lugar entre os 53 deputados federais de Minas, e 23o. lugar entre os 513 deputados federais do Brasil. Suas características e perfil inovador de gestor público e capacidade de ação parlamentar vêm desde sua gestão na presidência da Emater-MG, em 2003, quan- do inovou as políticas públi- A conclusão das obras da BR 367 é pauta permanente das diretrizes de ação parlamentar do deputado Zé Silva cas e a assistência técnica nas comunidades rurais e para toda a população do Vale do Jequtinhonha. Com o Pro- grama Minas Sem Fome, que Zé Silva criou e gerenciou sua implantação em todo o Estado, O Vale teve oportuni- dades com novas alternativas para mudar seu perfil social e econômico, com as políti- cas de inclusão social através do trabalho produtivo e em parcerias. Essa mudança foi comprovada por estudos e pesquisas sobre o Programa feitos pela Fundação João Pin- heiro, que mostrou a elevação da autoestima nas comuni- dades rurais, e os resultados com políticas de fomento para suas atividades de produção agrícola, como tanques de leite, lavouras comunitárias, pomares, capacitação profis- sional, implantação de agroin- dústrias comunitárias, proje- tos para a juventude rural, e outras ações que foram muito além do assistencialismo so- cial. Uma luta histórica Nas questões sociais do Vale, onde se sobressai a luta pela conclusão das obras da BR 367, a participação de Zé Silva elevou a qualidade dessa mobilização social, agregando ações e articu- lações políticas que reorienta- ram a dinâmica de atuação do Poder público para a histórica reivindicação do Jequitinhonha, uma luta que vem desde os anos 70. Assim, uma inédita mobilização política para es- sas obras, liderada por Zé Silva, foi a proposição e re- alização em Almenara de uma audiência pública para conclusão da 367, através de Requerimento 136/12, de sua autoria, reunindo lideranças regionais, estaduais e nacio- nais que, juntamente com lideranças comunitárias, em- presários, políticos e popu- lação em geral, debateu, ouviu e cobrou de autoridades do setor um engajamento maior para a conclusão da estrada. E recentemente, no mês de novembro último, Zé Silva organizou e realizou nova audiência pública, desta vez em Brasília, cobrando das autoridades competentes a urgência para conclusão da 367. Da Audiência de Alme- nara, em 2012, saiu uma Carta do Vale (veja nesta matéria), que fez chegar às autoridades do País e do Estado a voz do Vale pra suas demandas e reivindicações de mais segu- rança e qualidade de vida. E coroando essa luta pelo Vale, que se iniciou quando assumiu a presidência da Emater, Zé Silva informa, confiante e determinado, que segue com bom ritmo na Câ- mara Federal, onde já foi apro- vado em comissões impor- tantes como a de Constituição e Justiça, o seu Projeto de Lei 2.351, propondo alteração da Lei 6.088/74, para incluir os Vales do Jequitinhonha e do Mucuri como área de atuação da Codevasf. Com isso, virão mais recursos, tecnologias, projetos e políticas públicas para o Vale e sua população. Publicamos nesta edição, em reconhecimento à solidariedade e luta do depu- tado federal Zé Silva, esse parlamentar reconhecido por sua capacidade de trabalho e parcerias com a nossa região, um artigo de sua autoria, pub- licado também em veículos da grande imprensa mineira, e a Carta do Vale, elaborada pelos participantes da audiên- cia pública em Almenara, re- alizada em 2012, e que se tor- nou um marco político dessa grande mobilização social do Jequitinhonha para a con- clusão das obras da BR 367. Dr. Aníbal Siqueira é reeleito presidente da 38ª Subseção da OAB/Almenara O advogado Dr.Aníbal de Oliveira Siqueira Filho foi reeleito presi- dente da 38ª Subseção da OAB/MG -Alme- nara, com à chapa única “Compromisso e Atitude”, constituída pelo próprio Dr. Aníbal ,Vice –Presi- dente :Benícia Neder P. Damasceno, Secretário Geral:Renato Bittencourt Prinz ,Secretário Geral Adjunto :Sormani Gomes Campos e Tesoureira Ju- liana Alves Miranda. A eleição ocorreu no dia 21 de novembro de 2015, das 8:00 horas às 17 ho- ras, com o novo mandato para o triênio 2016/2018, o candidato foi reeleito por unanimidade, com 53 votos válidos, cujos advogados votantes con- cederam à mesma vo- tação à chapa única a nível estadual. O presidente reeleito, Dr. Aníbal Soqueira ficou bastante emocionado e agradeceu o apoio de to- dos. “Agradeço a todos os advogados que confiaram a nós a oportunidade de por mais três anos dirigir essa importante institu- ição. À expressiva vo- tação significa o dever de continuidade do nosso trabalho e a aprovação maciça da nossa gestão. Tenho certeza que fare- mos um mandato ainda melhor, voltado para os interesses da classe.”, afir- ma dr.Aníbal. METAS DO PRESI- DENTE REELEITO, DR. ANÍBAL SIQUEIRA -Priorizar o diálo- go e o entendimen- to entre à classe, pro- movendo reuniões periódicas(bimestrais) , no sentido de atender aos seus anseios. -Defender de forma intransigente às prer- rogativas (o direito exclu- sivo, que se defere ou se atribui a certas funções ou dignidades) dos nos- sos colegas. -Envidar todos os es- forços no sentido de in- stalação de uma Subseção Judiciária Federal aqui na nossa Comarca. Já esta- mos mantendo contatos através do nosso Deputa- do Federal e da Diretoria da Seccional da OAB. -Trabalhar pela insta- lação da Vara Criminal, de Execuções Criminais e Precatórios Criminais. -Realização de outros eventos que forem necessários. -A posse da diretoria eleita será no mês de Ja- neiro de 2016, em data ainda por ser confirma- da. -Estamos Apoian- do para às eleições da Seccional(pela primeira vez chapa única),à chapa liderada por Antônio Fabrício de Matos Gon- çalves. Vale ressaltar, por oportuno, que ele já veio em Almenara e conhece o nosso terreno. A nova diretoria da OAB, eleita com maioria “esmagadora “ de votos (53), com à chapa única “Compromisso e Atitude”, ficou constituída pelo próprio Dr. Aníbal ,Vice – Presidente: Benícia Neder P. Damasceno, Secretário Geral:Renato Bittencourt Prinz ,Secretário Geral Adjunto :Sormani Gomes Campos e Tesoureira Juliana Alves Miranda,

×