Corpo e Movimento
Curso de Pedagogia – 5º período
AVM
Ender Fontoura
Raquel Lopes
Tatiana Carla
Corpo e Movimento

Será que a aparência dos corpos, a noção
que temos do que é ser masculino ou
feminino, a orientação se...
Corpo e Movimento

A discriminação ocorre quando determinada
característica é identificada e enquadrada como algo fora
da...
Corpo e Movimento

Como brasileiro, não admito que exista a
exclusão social no país por meras
características físicas. En...
Corpo e Movimento

É nítido que em um grupo de meninos
brincando (entre 6 e 12 anos) meninas não
sejam bem vindas. Elas p...
Corpo e Movimento

O diferente já foi retratado em diversos
filmes. Um deles, é “O enigma de Kaspar
Houser”, que mostra o...
Discriminar significa fazer distinção
Existem vários tipos de
discriminação, o mais comum,
relaciona-se com a discriminaçã...
• É uma prática que pode ocorrer em vários ambientes:
escola, trabalho, vizinhança, etc e pode aparecer de
diversas formas...
• Vivemos numa
época de extrema
rapidez de
informações,
globalização,
exigências de
produção e
perfeição. Há uma
pressão m...
• Sendo assim, embora existam cada vez mais quebras e
rearranjos de modelos de vida, parece não haver
espaço para as pesso...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Corpo e Movimento - Atividade de aprofundamento acadêmico - AVM

420 visualizações

Publicada em

Corpo e Movimento - Atividade de aprofundamento acadêmico - AVM

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
420
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Corpo e Movimento - Atividade de aprofundamento acadêmico - AVM

  1. 1. Corpo e Movimento Curso de Pedagogia – 5º período AVM Ender Fontoura Raquel Lopes Tatiana Carla
  2. 2. Corpo e Movimento  Será que a aparência dos corpos, a noção que temos do que é ser masculino ou feminino, a orientação sexual das pessoas ou a cor de sua pele, tem alguma relação com discriminação e exclusão?
  3. 3. Corpo e Movimento  A discriminação ocorre quando determinada característica é identificada e enquadrada como algo fora da normalidade. Todos possuímos características diferentes. Quanto mais diferente, tanto mais notável.  A exclusão ocorre quando a característica fora da normalidade é entendida como imprópria para o convívio mútuo. O assassino, por exemplo, possui características (matar) que naturalmente excluímos por entendermos que existe o direito de viver e assim exigimos sua exclusão (punição, prisão ou morte).
  4. 4. Corpo e Movimento  Como brasileiro, não admito que exista a exclusão social no país por meras características físicas. Entendo que certos ambientes tratem com estranheza o diferente, mas por absoluta falta de convívio do que por outro motivo.  Há muitos anos, não queria me aproximar de qualquer pessoa rica. Entendia que eram esnobes e que exploravam as outras pessoas. Em poucas oportunidades, observei, convivi e constatei que são
  5. 5. Corpo e Movimento  É nítido que em um grupo de meninos brincando (entre 6 e 12 anos) meninas não sejam bem vindas. Elas possuem características diferentes deles e poderiam modificar as brincadeiras. É normal pensar assim nessa idade.  A cor da pele é um outro fator de diferenciação. Quem é o diferente é visto com espanto. Na Paris de 1895, foi organizado um zoológico humano para expor outros povos “selvagens”.
  6. 6. Corpo e Movimento  O diferente já foi retratado em diversos filmes. Um deles, é “O enigma de Kaspar Houser”, que mostra o convívio de um indivíduo que não sabe a linguagem humana. O isolamento social influencia a construção do corpo, da linguagem, do movimento e do pensamento. Veja o filme completo em: https://www.youtube.com/watch?v=LbR2SFsF
  7. 7. Discriminar significa fazer distinção Existem vários tipos de discriminação, o mais comum, relaciona-se com a discriminação sociológica: a discriminação social, racial, religiosa, sexual, por idade ou nacionalidade, orientação sexual, condição social, religião, deficiência que podem levar à exclusão social.
  8. 8. • É uma prática que pode ocorrer em vários ambientes: escola, trabalho, vizinhança, etc e pode aparecer de diversas formas: isolamento da vítima, difamação, preconceito por alguma característica física ou psicológica, zombaria, ridicularização, depreciação, obrigar a vítima a fazer algo que não quer, atacar o corpo ou propriedade do agredido, chantagear, causar vergonha à vítima. São sempre atos autoritários de discriminação e depreciação da pessoa ou bem alheio por alguma característica.
  9. 9. • Vivemos numa época de extrema rapidez de informações, globalização, exigências de produção e perfeição. Há uma pressão maior de estereótipos e há intolerância à perda de tempo, à imperfeição e ao diferente.
  10. 10. • Sendo assim, embora existam cada vez mais quebras e rearranjos de modelos de vida, parece não haver espaço para as pessoas se constituírem nas suas peculiaridades e reais diferenças; tudo é massificado e o que foge ao padrão sofre, vira alvo de críticas, culpa, vergonha, isolamento e exclusão - muitas vezes silenciosa e violenta.

×