Israel será Restaurado
Joel 3:1-21
1. Porque, eis que naqueles dias, e naquele tempo, em que removerei o
cativeiro de Judá...
8. E venderei vossos filhos e vossas filhas na mão dos filhos de Judá,
que os venderão aos sabeus, a um povo distante, por...
19. O Egito se fará uma desolação, e Edom se fará um deserto
assolado, por causa da violência que fizeram aos filhos de Ju...
procedam com amor e misericórdia (Cl 3.25 “Mas quem fizer agravo
receberá o agravo que fizer; pois não há acepção de pesso...
pecado chega ao ápice, o juízo é inevitável (Gn 15.16 “E a quarta
geração tornará para cá; porque a medida da injustiça do...
pecado chega ao ápice, o juízo é inevitável (Gn 15.16 “E a quarta
geração tornará para cá; porque a medida da injustiça do...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Joel 3 - Israel será restaurado

428 visualizações

Publicada em

Este capítulo trata da futura restauração de Israel.

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
428
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Joel 3 - Israel será restaurado

  1. 1. Israel será Restaurado Joel 3:1-21 1. Porque, eis que naqueles dias, e naquele tempo, em que removerei o cativeiro de Judá e de Jerusalém, 2. Congregarei todas as nações, e as farei descer ao vale de Jeosafá; e ali com elas entrarei em juízo, por causa do meu povo, e da minha herança, Israel, a quem elas espalharam entre as nações e repartiram a minha terra. 3. E lançaram sortes sobre o meu povo, e deram um menino por uma meretriz, e venderam uma menina por vinho, para beberem. 4. E também que tendes vós comigo, Tiro e Sidom, e todas as regiões da Filístia? É tal o pago que vós me dais? Pois se me pagais assim, bem depressa vos farei tornar a vossa paga sobre a vossa cabeça. 5. Visto como levastes a minha prata e o meu ouro, e as minhas coisas desejáveis e formosas pusestes nos vossos templos. 6. E vendestes os filhos de Judá e os filhos de Jerusalém aos filhos dos gregos, para os apartar para longe dos seus termos. 7. Eis que eu os suscitarei do lugar para onde os vendestes, e farei tornar a vossa paga sobre a vossa própria cabeça. PR. Rodrigo MendonçaPR. Rodrigo Mendonça Ministro da Palavra de DeusMinistro da Palavra de Deus
  2. 2. 8. E venderei vossos filhos e vossas filhas na mão dos filhos de Judá, que os venderão aos sabeus, a um povo distante, porque o Senhor o disse. 9. Proclamai isto entre os gentios; preparai a guerra, suscitai os fortes; cheguem-se, subam todos os homens de guerra. 10. Forjai espadas das vossas enxadas, e lanças das vossas foices; diga o fraco: Eu sou forte. 11. Ajuntai-vos, e vinde, todos os gentios em redor, e congregai-vos. Ó Senhor, faze descer ali os teus fortes; 12. Suscitem-se os gentios, e subam ao vale de Jeosafá; pois ali me assentarei para julgar todos os gentios em redor. 13. Lançai a foice, porque já está madura a seara; vinde, descei, porque o lagar está cheio, e os vasos dos lagares transbordam, porque a sua malícia é grande. 14. Multidões, multidões no vale da decisão; porque o dia do Senhor está perto, no vale da decisão. 15. O sol e a lua enegrecerão, e as estrelas retirarão o seu resplendor. 16. E o Senhor bramará de Sião, e de Jerusalém fará ouvir a sua voz; e os céus e a terra tremerão, mas o Senhor será o refúgio do seu povo, e a fortaleza dos filhos de Israel. 17. E vós sabereis que eu sou o Senhor vosso Deus, que habito em Sião, o meu santo monte; e Jerusalém será santa; estranhos não passarão mais por ela. 18. E há de ser que, naquele dia, os montes destilarão mosto, e os outeiros manarão leite, e todos os rios de Judá estarão cheios de águas; e sairá uma fonte, da casa do Senhor, e regará o vale de Sitim. PR. Rodrigo MendonçaPR. Rodrigo Mendonça Ministro da Palavra de DeusMinistro da Palavra de Deus
  3. 3. 19. O Egito se fará uma desolação, e Edom se fará um deserto assolado, por causa da violência que fizeram aos filhos de Judá, em cuja terra derramaram sangue inocente. 20. Mas Judá será habitada para sempre, e Jerusalém de geração em geração. 21. E purificarei o sangue dos que eu não tinha purificado; porque o Senhor habitará em Sião. Estudo da passagem: 3.1-21 Naqueles dias. Este capítulo trata da futura restauração de Israel e do juízo de Deus sobre todas as nações do mundo; Esse juízo incluirá a grande batalha do Armagedom que precederá o reinado de Cristo sobre toda a terra (Ap 16.16 “E os congregaram no lugar que em hebreu se chama Armagedom.”). 3.2 Vale de Josafá. O Vale de Josafá, que em hebraico significa “onde o Senhor julga”, é também chamado de “o vale da decisão” (v. 14). É muito provável que seja o mesmo vale de Megido, que fica na região central da Palestina. Mais importante que sua localização, é a mensagem de que, nele, Deus há de destruir, um dia, todo o mal, vindicar e resgatar o seu povo fiel. 3.3 Lançaram a sorte sobre o meu povo. Deus condenará as nações pela sua crueldade, e por tratarem os seres humanos como se fossem possessões a serem negociadas por dinheiro e mero prazer. Os crentes devem tomar cuidado com o tratamento que dispensam ao próximo, pois Deus os chamará a prestar contas no dia do juízo caso não PR. Rodrigo MendonçaPR. Rodrigo Mendonça Ministro da Palavra de DeusMinistro da Palavra de Deus
  4. 4. procedam com amor e misericórdia (Cl 3.25 “Mas quem fizer agravo receberá o agravo que fizer; pois não há acepção de pessoas”.). 3.4-8 Tiro e Sidom. O Senhor dirige-se às cidades e a uma região que havia sido particularmente cruel com Israel. Esta profecia de juízo foi cumprida, pelo menos em parte, no século IV, ao serem ambas as cidades subjugadas por Alexandre Magno e, posteriormente, por Antíoco III (Is 23; Ez 26 – 28; Am 1.9,10 “9 Assim diz o Senhor: Por três transgressões de Tiro, e por quatro, não retirarei o castigo, porque entregaram todos os cativos a Edom, e não se lembraram da aliança dos irmãos. 10 Por isso porei fogo ao muro de Tiro, e ele consumirá os seus palácios.”). 3.9-16 Santificai uma guerra. As nações são convocadas a preparar-se para a guerra, pois o Senhor virá contra elas com grande destruição. Os que se opõem a Deus e à sua Palavra terão de prestar contas de seus pecados (Ap 14.19 “E o anjo lançou a sua foice à terra e vindimou as uvas da vinha da terra, e atirou-as no grande lagar da ira de Deus.” Ap 16.16 “E os congregaram no lugar que em hebreu se chama Armagedom.” Ap 19.11-21). Os crentes devem lembrar-se que a impiedade, a iniqüidade e o mal prevalecerão apenas por um determinado tempo; ao final, o povo de Deus herdará a terra (Sl 37.11 “Mas os mansos herdarão a terra, e se deleitarão na abundância de paz.”; Mt 5.5 “Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra;”). 3.13 Já está madura a seara. A seara do juízo divino contra as nações está prestes a ocorrer, “porquanto a sua malícia é grande”. Quando o PR. Rodrigo MendonçaPR. Rodrigo Mendonça Ministro da Palavra de DeusMinistro da Palavra de Deus
  5. 5. pecado chega ao ápice, o juízo é inevitável (Gn 15.16 “E a quarta geração tornará para cá; porque a medida da injustiça dos amorreus não está ainda cheia.”). 3.17-21 O Senhor habitará em Sião. O livro de Joel termina com a promessa de que Jerusalém seria libertada de seus inimigos, e a bênção divina haveria de ser derramada sobre o povo de Israel. A bênção consiste, primeiramente, em que Deus habitará entre o seu povo e lhe demonstrará amor e cuidado. Com a destruição dos ímpios, em todas as nações, o reino de Deus prevalecerá. A conclusão do livro de Joel demonstra a seguinte verdade aos israelitas: os que permanecerem em seus maus caminho enfrentarão a ira divina; os eu se arrependerem e buscarem ao Senhor, por outro lado, experimentarão as suas bênçãos, e terão uma eternidade gloriosa. Fonte: Bíblia de Estudo Pentecostal “CPAD”. PR. Rodrigo MendonçaPR. Rodrigo Mendonça Ministro da Palavra de DeusMinistro da Palavra de Deus
  6. 6. pecado chega ao ápice, o juízo é inevitável (Gn 15.16 “E a quarta geração tornará para cá; porque a medida da injustiça dos amorreus não está ainda cheia.”). 3.17-21 O Senhor habitará em Sião. O livro de Joel termina com a promessa de que Jerusalém seria libertada de seus inimigos, e a bênção divina haveria de ser derramada sobre o povo de Israel. A bênção consiste, primeiramente, em que Deus habitará entre o seu povo e lhe demonstrará amor e cuidado. Com a destruição dos ímpios, em todas as nações, o reino de Deus prevalecerá. A conclusão do livro de Joel demonstra a seguinte verdade aos israelitas: os que permanecerem em seus maus caminho enfrentarão a ira divina; os eu se arrependerem e buscarem ao Senhor, por outro lado, experimentarão as suas bênçãos, e terão uma eternidade gloriosa. Fonte: Bíblia de Estudo Pentecostal “CPAD”. PR. Rodrigo MendonçaPR. Rodrigo Mendonça Ministro da Palavra de DeusMinistro da Palavra de Deus

×