Sugestões PNL

2.642 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.642
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
216
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
67
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sugestões PNL

  1. 1. Sugestões de leitura Fomos em busca dos títulos sugeridos pelo PNL. Eis o resultado. Turmas 9ºA e 9ºB
  2. 2. O Senhor Arne fora um dos homens mais ricos e mais respeitados da região. Contudo foi tragicamente morto juntamente com todos os seus criados e uma sobrinha com menos de catorze anos. A velha mansão de família foi incendiada e o tesouro foi levado. A única sobrevivente foi a jovem órfã Elsalill que vivia com a sobrinha do Senhor Arne mas que não se lembra do que sucedeu. Na pequena cidade costeira, os habitantes perguntam-se o que se passa com a natureza, estamos quase no Verão e o mar continua gelado. Três nobres viajantes esperam que o seu barco desencalhe para partir com o seu misterioso baú. Um deles, um homem elegante e bem vestido, reconhece a jovem Elsalill que tinha começado a trabalhar na estalagem. Elsalill não se lembra deste homem e entre eles nascem emoções fortes e inesperadas..." O Tesouro , Selma Lageröf
  3. 3. África Acima recolhe crónicas semanais que Gonçalo Cadilhe foi escrevendo e publicando no jornal Expresso ao longo de vários meses. Como é seu hábito, Gonçalo Cadilhe recusou o transporte aéreo. Em autocarros e comboios, em balsas e bicicletas de ocasião, à boleia em camiões ou a pé com a mochila às costas, o viajante atravessou África desde o cabo da Boa Esperança, no extremo Sul, até ao Estreito de Gibraltar, no extremo Norte. África acima , Gonçalo Cadilhe
  4. 4. “ Escrito num tom e prosa de extrema simplicidade, este livro dá-nos a conhecer a vida de «a mãe», uma camponesa chinesa abandonada pelo marido, que fica com a responsabilidade de prover ao sustento dos filhos, um dos quais se descobre ser cego. Esta mulher estóica, sem nome mas nem por isso anónima, assume uma grandeza aos olhos dos leitores pela forma como encara e ultrapassa os obstáculos que a vida põe no seu caminho.” Mãe , Pearl S. Buck
  5. 5. Paixão em Florença , Somerset Maugham     Florença. Uma magnífica casa nas colinas serve de cenário para um sonho que, subitamente, se transformará em pesadelo... Nesse refúgio de tranquilidade, as violentas emoções do passado são momentaneamente eclipsadas e Mary Panton pode encarar calmamente as perspectivas do seu segundo casamento com Sir Edgar Swift — que ela admira e respeita, mas não ama. Um simples acto de compaixão, o desejo de proporcionar alguma beleza à vida atribulada e infeliz de um jovem refugiado, vai no entanto dar início a um pesadelo de violência que destruirá a ténue serenidade de Mary. Intuitivamente, ela vai confiar na ajuda e compreensão de Rowley Flint, um estranho de reputação mais que duvidosa. E compreenderá com ele que rejeitar o amor, mesmo com todos os seus múltiplos riscos, é rejeitar a própria vida.
  6. 6. A noção de amor e de juventude tenaz está mais que viva na espantosa história que encerra este manuscrito esquecido. Passado em Nova Iorque, logo a seguir à Segunda Guerra Mundial, Travessia de Verão é a história de uma jovem abastada e descontraída, Grady McNeil, que os pais deixam por sua conta no apartamento com terraço de família na Fifth Avenue durante todo o Verão. Largada à sua sorte, Grady deixa subir a temperatura no caso secreto que anda a ter com um judeu nativo de Brooklyn, veterano de guerra, que trabalha como vigilante de um parque de estacionamento. À medida que a estação passa, o romance torna-se mais sério e moralmente ambíguo, e Grady acaba por ter de tomar uma série de decisões que irão afectar para sempre a sua vida e as vidas de toda a gente em seu redor. Travessia de Verão Truman Capote
  7. 7. Se eu fosse muito pequenino, tal como os outros títulos desta colecção, também convida o leitor a entrar num mundo de fantasia, onde as situações continuam a ser hilariantes, potenciando a imaginação. Os textos e as ilustrações criam um universo idealizado, hiperbólico e cheio de humor onde prevalecem as situações mais improváveis, misturadas com elementos do dia-a-dia como a família, a sociedade e a natureza. Se eu fosse muito pequenino..." Nos dias de muito frio, podia meter-me no bolso do sobretudo do meu pai e ir a dormir até à escola." Se eu fosse muito pequenino , António Mota
  8. 8. O triunfo dos porcos , George Orwell Num pequeno romance , George Orwell apresenta-nos de uma forma genialmente simples e perfeitamente compreensível todos os perigos dos regime s totalitários através de uma alegoria bastante original: um grupo de animais revolta-se numa quinta governada pelos humanos e funda o Animalismo , uma corrente ideológica que, como tantas outras, começa como uma grande ideia cheia de nobres valores e intenções a acaba por servir como meio de favorecer os mais fortes, violando todos os princípios a que se tinha proposto. Vemos assim o medo e a opressão triunfarem sobre a inteligência e o bom senso, ….
  9. 9. Reedição de um pequeno-grande livro de memórias da infância de Manuel Alegre, onde o escritor ""regressa"" à casa da família, em Águeda, às brincadeiras de criança, o berlinde, o botão, o futebol, as tardes no rio, as criadas atrevidas, a escola, os primeiros namoros, as conversas conspirativas dos adultos. ""Um grande livro de memórias. (...) Revisita tudo aquilo que faz da infância um mundo fantástico e inesquecível. Dificilmente encontraremos na literatura portuguesa dos últimos anos um livro com o talento, a simplicidade e a boa-disposição deste ""Alma"". Nele sentimos a melancolia do poeta e a mestria narrativa dos melhores prosadores (...). E depois há o humor natural, sem ser forçado..."" Alma , Manuel Alegre
  10. 10. Faz-te à Vida , Nadine Gordimer Paul Bannerman, activista ambiental, luta apaixonadamente contra a construção de uma central nuclear na sua nativa África do Sul. Ao mesmo tempo, debate-se com uma estranha ironia do destino: a radioterapia à base de iodo a que foi sujeito para tratar o cancro de que sofria deixa-o radioactivo, forçando-o a isolar-se da sua família, para evitar o contágio. Passado na África do pós-Apartheid, este romance é uma extraordinária narrativa de traições e recomeços. No coração do romance está o símbolo da milagrosa auto-renovação do ecossistema do Delta Okavanga: uma metáfora maravilhosa para os vários triunfos do amor e vida vividas pelas personagens.
  11. 11. O Deus das Moscas , William Golding Um avião despenha-se numa ilha deserta e os únicos sobreviventes, um grupo escolar de jovens rapazes, reúnem-se na praia e aguardam que os resgatem. Ao longo do dia habitam uma terra de fantásticos pássaros e mares de um azul profundo, mas pela noite os seus sonhos são assombrados pela imagem de uma fera aterradora. À medida que o delicado sentido de ordem dos rapazes vai aluindo, os seus temores infantis transmutam-se em algo mais primitivo e os seus comportamentos começam a assumir uma expressão criminosa e selvagem, mostrando o lado mais negativo da natureza humana.
  12. 12. O rapaz do pijama às riscas , John Boyne A o regressar da escola um dia, Bruno constata que as suas coisas estão a ser empacotadas. O seu pai tinha sido promovido no trabalho e toda a família tem de deixar a luxuosa casa onde vivia e mudar-se para outra cidade, onde Bruno não encontra ninguém com quem brincar nem nada para fazer. Pior do que isso, a nova casa é delimitada por uma vedação de arame que se estende a perder de vista e que o isola das pessoas que ele consegue ver, através da janela, as quais, curiosamente, usam todas um pijama às riscas…
  13. 13. Este livro fala sobre um homem, António José Bolívar Proaño, que vivia numa aldeia isolada, no interior da floresta, San Luís, com a sua mulher Dolores Encarnación Del Santíssimo Sacramento Estupiñan Otavalo. Na sua aldeia toda a gente comentava o facto do casal não poder ter filhos o que os levou a partir para outra aldeia, El Idílio, e la viveram dois anos. No segundo ano Dolores morreu vítima da malária. Após este acontecimento, António Proaño começou a conviver com os Xuar, uma tribo indígena da selva Amazónica. Aprendeu a sua língua e costumes, a caçar, pescar e muitas outras coisas mais. … O velho que lia romances de amor, Luís Sepúlveda
  14. 14. Se perguntarem por mim digam que voei, Alice Vieira “ Se Perguntarem Por Mim Digam que Voei” é talvez o livro em que a autora mais se distancia dos modelos narrativos a que o romance juvenil nos habituou. Das vidas das várias mulheres que constituem o núcleo das personagens principais, retém-se sobretudo o fim da adolescência e a idade adulta. Ao longo de sucessivas gerações e de cerca de quatro décadas, acompanha-se as ligações entre duas casas de província que servem de cenário à quase totalidade da acção. Trata-se de uma narrativa de alguma complexidade, tendo por base uma sucessão de nomes femininos cuja perfeita articulação só se torna perceptível já em fase avançada do relato.
  15. 15. «Na família Diogo cada vez mais se desenhava diferença de atitude em relação a Carnaval da Vitória . Os dois miúdos tratavam o porco como membro da família. Limpavam o cocó dele, davam-lhe banho e, todos os dias, passavam nas traseiras do hotel a recolher dos contentores pitéus variados com que o bicho se jiboiava. O suíno estava culto, quase protocolar. Maneirava vénias de obséquio com o focinho e aprendera a acenar com a pata direita, além de se pôr de papo para o ar à mínima cócega que um dos miúdos lhe oferecesse na barriga. Pai Diogo aferia o porco de maneira diferente. Para ele era tudo carne, peso, contabilidade no orçamento familiar...» Quem me dera ser onda, Manuel Rui
  16. 16. A ilha do chifre de ouro, Álvaro de Magalhães     A Ilha do Chifre de Ouro , de Álvaro Magalhães, publicada originalmente em 1998, alia a qualidade e notoriedade do autor à novidade de esta ser a sua primeira novela juvenil fora da série Triângulo Jota .     A acção desenrola-se em torno de um pacato distribuidor de pizzas (Rui) e de uma misteriosa rapariga ruiva (Ana) que se conhecem num atribulado encontro num elevador e de repente se vêem no outro lado da cidade [do Porto] o qual se poderá apelidar de uma outra dimensão da cidade, habitada pela “gente boa” o que para quem não leu, ainda, o livro se podem chamar de criaturas mágicas (duendes, elfos, fadas etc.) e que acabam por chegar a uma ilha em forma de chifre que não vem em mapa nenhum ….
  17. 17. O Ténis, Ricardo Cayola et al. A estrutura desta obra assenta numa visão das condicionantes para uma boa aprendizagem e prática do ténis. Aborda a evolução histórica da modalidade, a nível mundial e nacional. Exemplifica técnicas e tácticas mais correctas a aplicar em cada circunstância. É por isso um livro completo indispensável a todos os que gostam da modalidade do ténis. As "lendas do Court" também não foram esquecidas.
  18. 18. Capitães da areia Jorge Amado “ Capitães da Areia” é um grupo de meninos de rua. O livro é dividido em três partes. Antes delas, no entanto, via uma sequência de reportagens e depoimentos, explicando que os Capitães da Areia é um grupo de menores abandonados e marginalizados, que aterrorizam Salvador. Os únicos que se relacionam com eles são Padre José Pedro e uma mãe-de-santo, Don'Aninha. O Reformatório é um antro de crueldades, e a polícia os caçam como adultos antes de se tornarem um. A primeira parte em si, "Sob a lua, num velho trapiche abandonado" conta algumas histórias quase independentes sobre alguns dos principais Capitães da Areia (o grupo chegava a quase cem, morando num trapiche abandonado, mas tinha líderes). …
  19. 19. Dois casamentos História de uma porta Camilo Castelo Branco Camilo Castelo Branco conta-nos duas histórias de amor e sofrimento, de riqueza, traição, crime e mistério, passadas no século XIX, no tempo em que os emigrantes pobres sonhavam com um Brasil que lhes traria a fortuna e a felicidade! O que nem sempre acontecia...
  20. 20. O Projecto Gemini, Alex Rider Se o primeiro volume desta série, intitulado Stormbreaker, deixou os seus leitores com as pulsações aceleradas pelos elevadíssimos níveis de acção e suspanse, este segundo livro, que marca o regresso do super espião adolescente, promete deixá-los completamente sem fôlego. O M16 tem uma nova e perigosíssima missão para Alex, que o levará, munido apenas de uma identidade falsa e de um sofisticado equipamento electrónico, a infiltrar-se num misterioso colégio para filhos rebeldes de famílias bilionárias
  21. 21. Um Mundo de Estranhos , Nadine Gordimer Toby Hood, um jovem inglês, rejeita a actividade política e as causas que os pais, liberais convictos, defendem apaixonadamente. Residindo em Joanesburgo como representante da editora da família, Toby move-se facilmente, descuidadamente, entre os aprazíveis subúrbios brancos e as fervilhantes, vibrantemente vivas cidades negras. Os seus amigos incluem uma grande variedade de pessoas, de directores de minas a jornalistas e músicos negros e os fins-de-semana ao estilo colonial de Toby são muitas vezes intercalados com noites passadas nos bairros de lata negros. …
  22. 22. Varjak Paw, SF Said Varjak é um gato azul da Mesopotâmia. Sempre viveu, com a sua família, no interior de uma casa isolada no cimo de uma colina. No entanto, a partir do momento em que o seu lar é tomado por um cavalheiro e dois ameaçadores gatos, Varjak é forçado a procurar ajuda na cidade. Graças ao seu antepassado Jalal, Varjak vence desafios e descobre terríveis segredos sobre os Desaparecidos. Mas será que ele consegue salvar a família?
  23. 23. O Planeta branco, Miguel Sousa Tavares Lydia, Lucas e Baltazar constituem a tripulação da nave Ítaca-3000. Numa fase em que o ciclo de vida natural está alterado, é preciso pôr em marcha uma missão de salvamento do planeta Terra. Por isso a Ítaca-3000 parte do deserto do Sahara com um único objectivo: descobrir água no planeta Orizon S-3. Durante dois meses de viagem, tudo decorre com normalidade. Os astronautas dedicam-se apenas a missões de rotina e consolidam a amizade que os une. Mas quando entram no Terceiro Sistema Solar, descobrem um planeta habitado por uns seres muito especiais e que julgavam não existir. O Planeta Branco é uma história que aborda não apenas as grandes questões da actualidade, como a poluição atmosférica, a destruição das florestas ou as alterações do clima, mas que constitui, também, um hino à vida e à bondade. E que nos diz que, afinal, um mundo melhor é possível.
  24. 24. Stardust, Neil Gaiman Tristran achava Victoria Forester a rapariga mais bonita do mundo, e a sua paixão por ela não conhecia limites. Por isso, quando descobriu que afinal havia um caminho para o coração da sua amada sentiu-se radiante! Tudo o que tinha de fazer era apanhar aquela estrela… Mas a estrela de Tristran caiu no País Mágico, onde habitam dragões, grifos, basiliscos, hidras, unicórnios, gnomos, enfim, montes de criaturas extraordinárias e inimagináveis… Uma enorme parede de pedra separa a aldeia de Wall desse mundo fantástico, mas nada poderá deter Tristran, e é justamente quando dá o primeiro passo no País Mágico que tem início a sua fabulosa aventura!
  25. 25. Pouco depois das doze batidas da meia-noite, um nevão obriga o Expresso do Oriente a parar. Para aquela época do ano, o luxuoso comboio estava surpreendentemente cheio de passageiros. Só que pela manhã havia, vivo, um passageiro a menos. Um homem de negócios americano jazia no seu compartimento, apunhalado até à morte.  Poirot aceita o caso, aparentemente fácil, que acaba por se revelar um dos mais surpreendentes de toda a sua carreira. É que existem pistas (muitas!), existem suspeitos (muitos!), sendo que todos eles estão circunscritos ao universo dos passageiros da carruagem. Para ajudar às investigações, o morto é reconhecido como sendo o autor de um dos crimes mais hediondos do século. Com a tensão a aumentar perigosamente, Poirot acaba por esclarecer o caso…de uma maneira a todos os títulos surpreendente! Um crime no Expresso do Oriente, Agatha Christie
  26. 26. Obra publicada em 1981. Outra grande obra de Gabo publicada em 1981, conta o assassinato de Santiago Nasar pelos gémeos Vicario, para limpar a honra da irmã que apôs ser devolvida depois do casamento pelo marido por não ser Virgem e esta ter acusado a Santiago Nasar de ter sido ele o causador da tal desonra. A obra gira em volta do assassínio onde toda a população de Macondo sabe que Santiago Nasar vai ser morto e ninguém tem a coragem de lhe dizer, outros acham que se ele é mesmo o culpado deve morrer, mas ao certo até o final da obra não se sabe ao certo quem foi realmente o causador da desonra de Ângela Vicario, esta pela sua vez afirma até o fim que foi Santiago Nasar. Esta obra é contada por Gabriel Garcia Marquez como narrador… Crónica de uma morte anunciada, Gabriel Garcia Marquez
  27. 27. em construção … Visita-nos na próxima semana e descobre outros títulos escolhidos.

×