Tutorial Diigo (Fev.2011)

17.943 visualizações

Publicada em

Um tutorial sobre o diigo

Publicada em: Educação
0 comentários
11 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
17.943
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
14.007
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
57
Comentários
0
Gostaram
11
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tutorial Diigo (Fev.2011)

  1. 1. © Teresa Pombo, 2011 (actualizando uma apresentação de Carlos Pinheiro em 2008)
  2. 2. Aceda a www.diigo.com
  3. 3. Clique em Join Diigo
  4. 4. Pode optar por usar uma das suas contas Gmail, Facebook, Twitter ou Yahoo para aceder Clique em Join Diigo
  5. 5. Escolha um nome deutilizador.(certifique-se de que o nome estádisponível).
  6. 6. Escreva o primeiro eúltimo nome.
  7. 7. Escreva o seu e-mail:será usado para confirmação daconta no Diigo.
  8. 8. Escolha uma password, comum mínimo de 6 caracteres.
  9. 9. Escreva a chave de controloapresentada.
  10. 10. Clique em Continue.
  11. 11. Depois de activar a sua conta, clicando na hiperligação quereceberá na sua caixa de correio electrónico, poderá começar atrabalhar com o Diigo.Adicione um marcador, uma imagem ou uma anotação (1) ouEdite o seu perfil (2) ou escolha uma das ferramentas (3) >>> 3 2 1
  12. 12. Recomendamos que comece por explorar as Ferramentas doDiigo, pois tornam a sua utilização muito mais acessível.Neste exemplo, usaremos o Internet Explorer como navegador. O Diigo reconhecerá o navegador que está a usar e recomendará a ferramenta apropriada. À esquerda encontrará a referência a outras ferramentas.
  13. 13. Siga a instruções e instale a Barra de ferramentasDiigo (o aspecto varia conforme os navegadores).
  14. 14. Quando tiver concluído a instalação, bastará reiniciar onavegador para ela aparecer. O logo Diigo nessa barra, dá acesso à sua biblioteca de marcadores, à rede, aos grupos, ou seja às diversas possibilidades de colaboração via Diigo.
  15. 15. O primeiro botão da barra permitefechá-la e o segundo dá acesso à barralateral podendo ver a lista dosmarcadores já adicionados.
  16. 16. A partir deste momento, para adicionar marcadores ao Diigo, serásuficiente recorrer à barra. Mantenha o login sempre aberto e, aonavegar por uma página que lhe interessa guardar, clique emBookmark.
  17. 17. Pode usar o marcador ou a o botão de captura para destacarinformação na página que está a guardar.
  18. 18. Pode ainda enviar a página marcada para diversosserviços
  19. 19. Se desejar, guarde a página para ler depois.
  20. 20. Observemos agora como concluir o preenchimento dos dadosdo seu Perfil. Dado que o Diigo é uma ferramenta web 2.0, osaspectos sociais da partilha e colaboração são muitopotenciados por ela.
  21. 21. Clique em Edit my profile.
  22. 22. Preencha a informaçãobásica e, quandoterminar, clique emSave Changes.
  23. 23. O seu perfil pode ser editado através de 5 separadores. Numdeles definirá o grau de privacidade dos seus marcadores.Defina, se quiser, uma imagem que o identifique,
  24. 24. O Diigo permite-lhe descobrir se algum dos seus contactos estáinscrito no serviço. Para isso, terá de escrever a password doseu correio electrónico, para o Diigo pesquisar no seu livro deendereços. Poderá ignorar esta etapa.Poderá também pesquisar pessoas que tenham os mesmosinteresses. Façamos a experiência.
  25. 25. Façamos uma pesquisa por Tags. As Tags (etiquetas) são a“alma” do Diigo pois são elas que nos permitem indexar(organizar) toda a informação recolhida através dosmarcadores).
  26. 26. Podemos também, pesquisar quais dos nossos contactos jáusam o Diigo ou convidar alguns colegas e amigos:
  27. 27. O Diigo é, de facto, uma excelente ferramenta de colaboraçãocom os seus amigos e, sobretudo, colegas de trabalho e estudo.Para saber mais, veja esta apresentação.
  28. 28. Abra uma página que deseje indexar.Na Barra de ferramentas Diigo, clique em Bookmark.
  29. 29. Abre-se uma caixa de texto, comalguns campos já preenchidos: oendereço da página (Url) e o título(Title); este último pode ser alteradose o desejarmos.
  30. 30. De seguida deve escrever-se um breve resumo dos conteúdosda página (até 2000 caracteres).Se seleccionarmos informação na página e só depois clicarmosem Bookmark essa informação surgirá no espaço Descriptionentre aspas.
  31. 31. A fase seguinte é a indexação, atribuindo etiquetas (tags) aorecurso. Estas são palavras-chave que descrevem o conteúdoda página. Para algumas páginas, o Diigo recomenda etiquetascom base nas escolhas de outros utilizadores. Podemosseleccioná-las clicando sobre elas.
  32. 32. Podemos acrescentar novas etiquetas escrevendono campo Tags palavras-chave separadas porespaços. Para criar uma etiqueta com duas oumais palavras, devemos colocá-las entre aspas.
  33. 33. Finalmente clique em Save,para acrescentar esserecurso aos seus favoritos(Bookmarks).
  34. 34. Por defeito, os favoritos (bookmarks) são ordenados por ordemcronológica (os mais recentes no topo). São mostrados 20 porpágina. Possibilidade de pesquisa Rss da biblioteca (para subscrever) Data de registo Possibilidade de criar filtros e formas de visualização Etiquetas já usadas Possibilidade de criar listas
  35. 35. As etiquetas podem ser apresentadas de diversas formas.Por frequência (freq): quanto maiores, maior número depáginas estão indexadas com essa etiqueta.Podem, também ser editadas; basta clicar em Edit.
  36. 36. Clicando numa etiqueta, são listadas todas as páginas indexadascom essa etiqueta.
  37. 37. Permite marcar o texto da páginavisitada, guardá-lo como favorito epartilhá-lo com outros utilizadores.
  38. 38. Permite inserir comentários nas páginas.
  39. 39. Tanto os comentários como as anotações permanecem na página da próxima vez que a visitarmos.
  40. 40. Podemos enviar esse textodirectamente para um blogue.
  41. 41. Permite criar grupos e partilhar favoritos.
  42. 42. Uma verdadeira rede de conhecimento.
  43. 43. Os grupos, criados, em torno de interesses, são excelentes formas de partilha.
  44. 44. Os grupos, criados, em torno de interesses, são excelentes formas de partilha.
  45. 45. Uma ferramenta e uma comunidade que vale a pena conhecer!

×