Aula 2 /Proordem

326 visualizações

Publicada em

Aula 02

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
326
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
86
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula 2 /Proordem

  1. 1. NOTAS DE RODAPÉ Profº.Ronilson de Souza Luiz Doutor em Educação PUC/SP Blog: capronilson.wordpress.com profronilson@gmail.com
  2. 2. Inserem nos trabalhos considerações complementares; Indica a fonte de onde é tirada uma citação; Trazem a versão original de alguma citação traduzida no texto; Recomenda-se a utilização do espaço simples, devendo a letra da fonte ser menor que a utilizada no texto; Notas de Rodapé
  3. 3. •Notas de rodapé devem ser digitadas dentro das margens, ficando separadas do texto por um espaço simples de entrelinhas e por um filete de 3 cm, a partir da margem esquerda;
  4. 4. •Deve-se utilizar o sistema autor-data para as citações no texto e o numérico para as notas explicativas;
  5. 5. •Devem ser alinhadas, a partir da segunda linha da mesma nota, abaixo da primeira letra da primeira palavra , de forma a destacar o expoente e sem espaço entre eles, com fonte menor.
  6. 6. •É muito comum o uso de termos, expressões e abreviaturas latinas, essas expressões só poder ser usadas quando fizerem referência às notas de uma mesma página ou em páginas confrontantes e devem ser grafadas em itálico:
  7. 7. Apud = Citado por, conforme, segundo Ibidem ou Ibid = na mesma obra Idem ou Id = do mesmo autor Opus citatum ou Op. cit. = na obra citada
  8. 8. Loco citato ou Loc. cit = no lugar citado Sequentia ou Et seq. = seguinte ou que se segue Passim = aqui e ali; em vários trechos ou passagens Sic = assim mesmo, desta maneira Confira ou Cf. = confira, confronte
  9. 9. A expressão “Apud” é usada para indicar uma citação de citação, podendo ser usada no texto, em rodapé ou na referência . _____________ ¹ JAKOBSON; HALLE, 1956 apud KATAMBA, 1989, p. 49.
  10. 10. O termo “Ibidem” (na mesma obra) só é usado quando se fizerem várias citações de um mesmo documento, variando apenas a paginação. ______________ ¹ LEACH, 1957, p. 163. ² Ibidem, p. 165. ³ Ibidem, p. 171-172.
  11. 11. Sempre que possível é preferível repetir os dados. ______________ ¹ LEACH, 1957, p. 163. ² LEACH, p. 165. ³ LEACH, p. 171-172.
  12. 12. O item “Idem” ou “Id.” (do mesmo autor) substitui o nome, quando se tratar de citação de diferentes obras do mesmo autor. ______________ ¹ FURTADO, 1972. ² Idem, 1996, p. 45. ³ Idem, 1976, p. 79-80. * O uso de Idem e Ibidem na mesma nota é redundante
  13. 13. A expressão “Op.cit.” (na obra citada) é usada em seguida ao nome do autor, referindo-se à obra citada anteriormente, na mesma página, quando houver intercalação de uma ou mais notas. _______________ ¹ LAHR, 1972, p. 134. ² FONTES, 1983, p. 42. ³ LAHR, op. cit. , p. 39.
  14. 14. A expressão “Loc. cit.” (no lugar citado) é empregada para mencionara mesma página de uma obra já citada. _______________ ¹ GATES, 1972, p. 222. ² GATES, loc. cit.
  15. 15. A expressão “Et. seq.” (seguinte ou que se segue) é usada quando não se que mencionar todas as páginas da obra referenciada. Indica-se a primeira página, seguida da expressão “et seq”. _______________ ¹ FIGUEIREDO; CUNHA, 1967, p. 102 et seq
  16. 16. O termo “Passim” (aqui e ali) é usado quando se quer fazer referência a diversas páginas. Indica- se a página inicial e final do trecho que contém as opiniões e os conceitos utilizados. ______________ ¹ PRADO, 1971, p. 34-72 passim
  17. 17. A abreviatura “Cf.” (confira ou confronte) é normalmente usada para fazer referência a trabalhos de outros autores ou a notas do mesmo autor. ______________ ¹ Cf. SALVADOR, 1980, p. 30-31 ² Cf. nota 3 deste capítulo ³ O homem é considerado como animal, como homem e como cidadão.
  18. 18. A expressão “Sic ” é usada para destacar erros gráficos ou de outra natureza informando ao leitor que estava assim mesmo, no texto original. [...] todo aquele devedor que for reniente em pagar sua dívida e que buscar algum surterfúgio (sic) para [...] (FERREIRA, 1986, p. 245)
  19. 19. A nota bibliográfica de rodapé estará completa com a indicação do nome do autor, do título da obra e o número da página utilizada, tudo separado por vírgulas. Exemplo: 22.Nelson Nery Júnior, Atualidades sobre o processo civil, p. 65.
  20. 20. Caso a referência seja genérica ao texto como um todo, isto é, indica-se um texto que aborda o tema em várias passagens e/ou capítulos, pode-se utilizar, em vez das páginas, a expressão “passim”. Por exemplo: 22.Nelson Nery Júnior, Atualidades sobre o processo civil, passim.
  21. 21. As exceções são as seguintes: Quando se tratar de citação indireta deve-se fazer a citação dos dados bibliográficos completos (antes do apud), pelo motivo natural de que, por se tratar de citação indireta, a obra não constará na bibliografia.
  22. 22. Diferenças em relação à bibliografia: Há também diferenças em relação à apresentação da bibliografia. Lá o nome vem primeiro e o prenome depois. Aqui é ao contrário. Lá há regras de pontuação, que aqui não se cumprem. Na bibliografia o nome entra necessariamente em maiúsculas. No rodapé, fica a critério do estudante.
  23. 23. Notas de Rodapé: Bibliografia: André Franco Montoro, Estudos de filosofia do direito, p. 8. Miguel Reale, Filosofia do direito, p. 285. MONTORO, André Franco. Estudos de filosofia do direito. 2ª ed., São Paulo: Saraiva, 1995. REALE, Miguel. Filosofia do direito. 12ª ed., São Paulo: Saraiva, 1987.

×