Luanda-gp02-pmo-grupodomus

641 visualizações

Publicada em

Lourenço Quixari; Rodrigo Mutunda

Publicada em: Educação
1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Introdução: ok;
    Identificação: ok; foi observado na identificação uma 'subdivisão' entre os projetos. Sugere-se que nesse momento os projetos sejam apenas identificados.
    Categorização: ok;
    Avaliação: ok;
    Seleção: ok;
    Priorização: ok;
    Balanceamento: foi observado um número de bolhas (projetos) menor do que o número de projetos selecionados/priorizados; da forma como o gráfico ficou estruturado não é possível verificar se o portfólio está balanceado.
    Etapas anteriores: ok;
    Estrutura organizacional: item não contemplado no trabalho;
    Mapeamento de processos: ok;
    Modelo S.E.C.I: ok;
    Capital intelectual: ok;
    Groupware: ok;
    Benefícios do PMO: ok;
    Foco de implementação: ok;
    Função do PMO: ok;
    Modelo de PMO: ok;
    Nível hierárquico: ok;
    Profissionais: item não contemplado no trabalho;
    Etapas de implementação: item não contemplado no trabalho;
    Indicadores e métricas: item não contemplado no trabalho;
    Modelo de maturidade: item não contemplado no trabalho;
    Plano de ação: item não contemplado no trabalho;
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
641
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
139
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Luanda-gp02-pmo-grupodomus

  1. 1. GESTÃO DO CONHECIMENTO & PROJECT OFFICETURMA II DO MBA EM GERENCIAMENTO DE PROJECTOS LUANDA
  2. 2.  LOURENÇO JOÃO QUIXARI  RODRIGO MUTUNDAEQUIPE DE TRABALHO
  3. 3. OBJECTIVOS DO TRABALHO PRESTAR CONSULTORIA A PRESIDENCIA DO PAIS ALOGNA PARA IMPLEMENTAÇÃO DE UM PMO COM BASE NOS PROCESSOS DE GERENCIAMENTO DE PORTFOLIO DE PROJECTOS E TENDO EM CONTA A LINHA ESTRATEGICA DO PAIS ALOGNA TERÁ COMO OBJECTIVOS FINAL APRESENTAR UMA PROPOSTA DE PORTFOLIO DE PROJECTOS BALANCEADOS
  4. 4. OBJECTIVOS ESTRATEGICO DO PAIS ALOGNA ALIANÇA POR UMA ALOGNA MAIS JUSTA POLITICA CIDADÃ BASEADA EM PRINCIPIOS E VALORES EDUCAÇÃO PARA A SOCIEDADE DO CONHECIMENTO ECONOMIA PARA UMA SOCIEDADE SUSTENTAVEL PROTECÇÃO SOCIAL QUALIDADE DE VIDA E SEGURANÇA PARA TODOS OS ALOGNANOS CULTURA E FORTALECIMENTO DA DIVERSIDADE POLITICA EXTERNA PARA O SECULO 21 COMBATE A CORRUPÇÃO
  5. 5. PROCESSOS DE GERENCIAMENTODE PORTFOLIO DE PROJECTOSPARA UM ADEQUADO GERENCIAMENTO DE PORTFOLIO DE PROJECTOS SERÁ NECESSARIOS PASSAR PELOS SEGUINTES PROCESSOS: IDENTIFICAÇÃO CATEGORIZAÇÃO AVALIAÇÃO SELECÇÃO PRIORIZAÇÃO BALANCEAMENTO
  6. 6. IDENTIFICAÇÃO AMBIENTE: ESTUDO DE IMPACTES AMBIENTAIS, TRATAMENTO DE RESIDUOS HOSPITALARES, TRATAMENTO DE RESIDUO URBANO SAUDE: LABORATORIO DE QUALIDADE ALIMENTAR, HOSPITAIS MUNICIPIAIS, CENTROS DE DIAGNOSTICOS MUNICIPAIS, COMBATE A GRANDES ENDEMIAS, HOSPITAL DO CANCER, INSTITUTO DE MICROBIOLOGIA, CENTRO DE VACINAÇÃO, INSTITUTO DE CARDIOLOGIA, CENTRO DE DENSINTOXICAÇÃO DE DROGAS SOCIAL: LINHA ABERTA PARLAMENTAR, LAR DA 3ª IDADE, FOMENTO DE INFANTARIO, BIBLIOTECA, EXPANSÃO DA REDE COMERCIAL, INTEGRAÇÃO DE DEFICIENTES FISICOS, EXPANSÃO REDE ELECTRICA, AGUA POTAVEL PARA TODOS TRANSPORTE: TRANSPORTE FLUVIAL, TRANSPORTE MARITIMO, EXPANSÃO DA REDE RODOVIARIA, INCENTIVO DE TRANSPORTES NÃO MOTORIZADOS COMUNICAÇÃO:TRANSMISSÃO DE DADOS, INCENTIVO DE REDE MOVEL, EXPANSÃO DA REDE FIXA
  7. 7. IDENTIFICAÇÃO JUSTIÇA: TRIBUNAL DE PEQUENAS CAUSAS, JUSTIÇA DE PROXIMIDADE, JUSTIÇA TRIBUTARIAS, CENTROS CORRECIONAIS, JUSTIÇA PENAL, PROTECÇÃO A CRIANÇA, CENTROS DE ARBRITAGEM, PROIBIDADE ADMINISTRATIVA FINANÇAS: CREDITO A AGROINDUSTRIAS, BANCOS REGIONAIS, INCENTIVOS DE PME, FOMENTO A HABITAÇÃO, CORRECTORES DE BOLSAS DE VALORES, CORRECTORES DE SEGUROS, BANCOS DE AGROINDUSTRIAS EDUCAÇÃO:FOMENTO DE CURSOS PÓS GRADUAÇÃO, FOMENTOS DE CURSOS DE GRADUAÇÃO, KIT E MERENDA ESCOLAR, EXPANSÃO DE ESCOLAS PRIMARIAS TURISMO: INCENTIVOS AS AGENCIAS DE TURISMO, EXPANSÃO DA REDE HOTELEIRA, REVITALIZAÇÃO DE AREAS TURISTICAS RELAÇÕES EXTERIORES: PROFESSORES ESTRANGEIROS, TREINAMENTO IN JOB, INCENTIVOS PARA TURISTAS, PARCERIAS AGROINDUSTRIA POLICIA: EXTENSÃO DE ESQUADRAS POLICIAIS, EXTENSÃO DA LINHA 113 E 115, EXTENSAÕ DA PROTECÇÃO CIVIL COMUNICAÇÃO SOCIAL: RADIOS COMUNITARIOS, TELEVISOES REGIONAL, APOIO A IMPRENSA PRIVADA CULTURA: FOMENTO DE ESCRITORES, INCENTIVOS A MUSICOS, INCENTIVO AO TEATRO
  8. 8. CATEGORIZAÇÃOA CATEGORIZAÇÃO FOI ALINHADA AOS OBJECTIVOS ESTRATEGICOS. FOI CRIADA 9 CATEGORIAS COM BASE AS ESTRATEGIAS:A- ALIANÇA POR UMA ALOGNA MAIS JUSTATRIBUNAL DE PEQUENAS CAUSAS, JUSTIÇA DE PROXIMIDADE, JUSTIÇA TRIBUTARIAS, CENTROS CORRECIONAIS, JUSTIÇA PENAL, PROTECÇÃO A CRIANÇA, CENTROS DE ARBRITAGEM,B- POLITICA CIDADÃ BASEADA EM PRINCIPIOS E VALORESRADIOS COMUNITARIOS, TELEVISOES REGIONAL, APOIO A IMPRENSA PRIVADAC- EDUCAÇÃO PARA A SOCIEDADE DO CONHECIMENTOFOMENTO DE CURSOS PÓS GRADUAÇÃO, FOMENTOS DE CURSOS DE GRADUAÇÃO, KIT E MERENDA ESCOLAR, EXPANSÃO DE ESCOLAS PRIMARIASD- ECONOMIA PARA UMA SOCIEDADE SUSTENTAVELCREDITO A AGROINDUSTRIAS, BANCOS REGIONAIS, INCENTIVOS DE PME, FOMENTO A HABITAÇÃO, CORRECTORES DE BOLSAS DE VALORES, CORRECTORES DE SEGUROS, BANCOS DE AGROINDUSTRIAS,TRANSMISSÃO DE DADOS, INCENTIVO DE REDE MOVEL, EXPANSÃO DA REDE FIXA, EXPANSÃO DA REDE HOTELEIRA,
  9. 9. CATEGORIZAÇÃOE- PROTECÇÃO SOCIALESTUDO DE IMPACTES AMBIENTAIS, TRATAMENTO DE RESIDUOS HOSPITALARES, TRATAMENTO DE RESIDUO URBANO, LABORATORIO DE QUALIDADE ALIMENTAR, HOSPITAIS MUNICIPIAIS, CENTROS DE DIAGNOSTICOS MUNICIPAIS, COMBATE A GRANDES ENDEMIAS, HOSPITAL DO CANCER, INSTITUTO DE MICROBIOLOGIA, CENTRO DE VACINAÇÃO, INSTITUTO DE CARDIOLOGIA, CENTRO DE DENSINTOXICAÇÃO DE DROGAS, LINHA ABERTA PARLAMENTAR, LAR DA 3ª IDADE, FOMENTO DE INFANTARIO, EXPANSÃO DA REDE COMERCIAL, INTEGRAÇÃO DE DEFICIENTES FISICOSF- QUALIDADE DE VIDA E SEGURANÇA PARA TODOS OS ALOGNANOSEXPANSÃO REDE ELECTRICA, AGUA POTAVEL PARA TODOS, TRANSPORTE FLUVIAL, TRANSPORTE MARITIMO, EXPANSÃO DA REDE RODOVIARIA, INCENTIVO DE TRANSPORTES NÃO MOTORIZADOS, EXTENSÃO DE ESQUADRAS POLICIAIS, EXTENSÃO DA LINHA 113 E 115, EXTENSAÕ DA PROTECÇÃO CIVILG- CULTURA E FORTALECIMENTO DA DIVERSIDADEINCENTIVOS AS AGENCIAS DE TURISMO, REVITALIZAÇÃO DE AREAS TURISTICAS, FOMENTO DE ESCRITORES, INCENTIVOS A MUSICOS, INCENTIVO AO TEATRO, BIBLIOTECA
  10. 10. CATEGORIZAÇÃOH- POLITICA EXTERNA PARA O SECULO 21PROFESSORES ESTRANGEIROS, TREINAMENTO IN JOB, INCENTIVOS PARA TURISTAS, PARCERIAS AGROINDUSTRIAI- COMBATE A CORRUPÇÃOPROIBIDADE ADMINISTRATIVA
  11. 11. AVALIAÇÃOCRITERIOS: CFOC(CAIXA DE FLUXO OPERACIONAL ACUMULADO),VPL (VALOR PRESENTE LIQUIDO), TIR(TAXA INTERNA DE RETORNO), PAYBACK, CUSTO, DURAÇÃO, QS(QUESTIONARIO DE SATISFAÇÃO)
  12. 12. AVALIAÇÃO CONT.
  13. 13. AVALIAÇÃO CONT.
  14. 14. AVALIAÇÃO CONT.
  15. 15. AVALIAÇÃOCRITERIO DE ACEITAÇÃO: NOTA TOTAL => 4,5
  16. 16. SELEÇÃO DOS 55 PROJECTOS AVALIADOS, FORAM SELECIONADOS 50 PROJECTOS SEGUNDOS OS CRITERIOS DE AVALIAÇÃO APRESENTADOS NOS SLIDES ANTERIORES. DE REFERIR QUE FORAM EXCLUIDOS APENAS 5 PROJECTOS, QUE SÃO AQUELES QUE TIVERAM UMA NOTA TOTAL INFERIOR A 4,5. A MARCA AMARELA NAS TABELAS ANTERIORES REFERE-SE AOS PROJECTOS EXCLUIDOS.
  17. 17. SELEÇÃO: PROJECTOS SELECIONADOS
  18. 18. PROJECTOS SELECIONADOS
  19. 19. PROJECTOS SELECIONADOS
  20. 20. PROJECTOS SELECIONADOS
  21. 21. PROJECTOS SELECIONADOS
  22. 22. PRIORIZAÇÃO OS PROJECTOS SELECIONADOS, SÃO PRIORIZADOS COM BASE O VALOR DA NOTA TOTAL
  23. 23. PRIORIZAÇÃO: LISTA DE PROJECTOS PORPRIORIDADE
  24. 24. PRIORIZAÇÃO: LISTA DE PROJECTOS PORPRIORIDADE CONT.
  25. 25. BALANCEAMENTO
  26. 26. BALANCEAMENTO NO GRAFICO DE BOLHA ACIMA, O EIXO Y CORRESPONDEM AS 9 ESTRATEGIAS, INCLUSA NO INTERVALO DE 1 A 12 E O EIXO X CORRESPONDEM OS 50 PROJECTOS SELECIONADOS QUE ESTÃO INCLUSA NO INTERVALO DE 0 A 70. DE NOTAR QUE TODOS OS PROJECTOS ESTÃO BALANCEADAS NAS ESTRATEGIAS. O TAMANHO DAS BOLHAS DEFINEM O VALOR DA NOTA QUE CONSEQUENTEMENTE DEFINEM PRIORIDADE
  27. 27. MAPEAMENTO DOS PROCESSOS DEADMINISTRAÇÃO DE ALOGNA Será proposto o uso da ferramenta 5W2H. Porque esta ferramenta permite saber o porque do processo e somente conhecendo a resposta, saber-se-á se o processo agrega valor. Pois os processos devem agregar valor para serem implementados.
  28. 28. O MODELO SECI DE NONAKA E TAKEUCHI DAADMINISTRAÇÃO DE ALOGNA Sendo este modelo como criação de conhecimento, como processo contínuo de interação dinâmica entre o conhecimento tácito e explícito. As quatros modalidades da conversão do conhecimento interagem na aspiral da criação do conhecimento. A socialização, externalização, combinação e internalização. Assim, a aspiral será como se segue:
  29. 29. MODELO SECIIN:http://facilitadordeworkshopdeinovacao.blogspot.com.br/2012/04/comprometimento-socializacao-e-workshop.html
  30. 30. ORGANIZAÇÃO DO CAPITAL INTELECTUALDA ADMINISTRAÇÃO DE ALOGNA Sendo o capital intelectual, a base da estrutura interna e externa de uma organização que permite competir e enfrentar os desafios de um mercado cada vez mais exigente segundo Sveiby(2000), aliado ao facto de que os sistemas tradicionais de mensuração não foram concebidos para lidar com a complexidade destes activos intángiveis, proporíamos a organização implementando o modelo do grupo Skandia, que sustenta nos valores de sucesso que devem ser maximizados e incorporados a estratégia organizacional, focados em cinco áreas da organização, nomeadamente: financeiro, cliente, humano, processo e ambiente operacional.
  31. 31. GROUPWARE Como organizaria o Groupware? justifique. R) Sendo um conjunto de ferramentas colaborativas/cooperativas, que possibilitam a interacção entre múltiplos participantes, provendo flexibilidade suficiente para ser adaptado as necessidades de cada grupo e a evolução dos processos de trabalho; Provendo a montagem contextual de trabalho, seleccionando e configurando um conjunto de ferramentas colaborativas especificas para as necessidades. Aplicaríamos a intranet, o portal na internet e aplicações gerais, com o máximo de integração possivel.
  32. 32. BENEFICIOS DE UM PMO PARA ALOGNA Maior comprometimento com os objectivos estratégicos do País. Maior disponibilidade de informação (IH, LA) para tomada de decisão. Melhoria na qualidade nos resultados dos projectos. Minimização dos riscos em projectos. Maior integração entre as áreas. Redução nos prazos de entrega. Melhoria no retorno sobre o investimento (ROI). Melhor Transferencia de conhecimento e melhor gerenciamento das expectativas das partes interessadas.
  33. 33. FOCO E FUNÇÕES DO PMO DE ALOGNA FOCO: O foco de implementação ser: Comunications, porque permite o alinhamento do plano estratégico em atenção ao controlo no PDCA. FUNÇÃO: A função escolhida será: Funções de integração com Negócio, tendo como vatagem:4. Gerência de comflitos5. Facilita tomada de decisão6. Visão comum dos projectos7. Influencia a probabilidade de atingir objectivos corporativos8. Facilita o acesso a informações relativas a projectos..
  34. 34. MODELOS DO PMAO DE ALOGNA MODELO: Modelo de torre de controle.2. Trata o gerenciamento de projectos como um processo de negocio a ser nutrido e protegido3. Deve ter suas funções combinadas como modelo estação meteorológica4. Desempenha 4 funções básicas: estabelecimento de padrões para gerência de projectos, suporte de como seguir estes padrões, reforçar os padrões definidos e promover melhoria continua nos mesmos5. Para reforçar os padrões é necessário que a torre desempenhe um papel de auditoria6. O escritório é responsável por passar instruções de vôo, pouso e decolagem para minimizar acidentes com projectos
  35. 35. HIERARQUIA PROPOSTA DO PMO DE ALOGNA

×