Aula 03 - Instituições Sociais Num Mundo de Mudanças

867 visualizações

Publicada em

Aula 03 - Instituições Sociais Num Mundo de Mudanças

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
867
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
50
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula 03 - Instituições Sociais Num Mundo de Mudanças

  1. 1. 1º ano: Apostila 01 / Modulo 03 Professor Claudio Henrique Ramos Sales SOCIOLOGIA
  2. 2. “Acho que na sociedade atual nos falta filosofia. Filosofia como espaço, lugar, método de reflexão, que pode não ter um objetivo determinado, como a ciência, que avança para satisfazer objetivos. Falta- nos reflexão, pensar, precisamos do trabalho de pensar, e parece-me que, sem ideias, não vamos a parte nenhuma”. (José Saramago) Nobel de literatura 1998, faleceu em 2010.
  3. 3.  Proporcionar as primeiras noções sobre: - O conceito de instituição social; - Transitoriedade histórica das instituições, trabalhando com a propriedade, a família e a linguagem.  Habilidades: - Identificar os conceitos sociológicos dentro do conteúdo de instituições sociais. - Desenvolver o espírito crítico em relação às instituições sociais. - Identificar os comportamentos construídos e ou submetidos à coerção social.
  4. 4. Análise da imagem de Sebastião Salgado, o referido artista, apesar de sua genialidade e reconhecimento internacional, tem sofrido críticas, pois na opinião de alguns ele faz uma “estetização da miséria”. Ele consegue transformar em belo o que deveria causar indignação. Sem-terra, foto que ilustra a capa do livro Terra, de Sebastião Salgado. Paraná, 1996
  5. 5. “...sendo a morte de todos, a vida também o deveria ser... não só não protestaram contra o abuso com que fora tornado particular o que até então havia sido de todos, como acreditaram que era essa incontestável ordem natural das coisas...” José Saramago.
  6. 6.  De acordo com Saramago, havia uma época em que o mundo era de todos e em que não havia propriedade privada. Mas, a partir de um determinado momento, começou-se “a traçar riscos do chão, a espetar umas estacas, a levantar uns muros de pedra” como se haver “servos” e “senhores” fosse “a irrefragável ordem natural das coisas”.
  7. 7.  Muitos artistas, criticaram e criticam a propriedade privada, atribuindo a ela a culpa por muitas de nossas mazelas sociais.  É possível imaginar a vida sem propriedade privada?  Não seria a propriedade privada necessária para o equilíbrio da vida social?
  8. 8.  Instituições sociais: corresponde a qualquer forma de organização que reúna pessoas com objetivos comuns, como uma escola, um hospital ou uma empresa. O termo também é utilizado para designar entidades como governo, família, sistema educacional ou Igreja.  Coerção social é uma característica fundamental da vida em sociedade, pois, os comportamentos humanos tem uma tendência contínua à padronização, à uniformização; quem promove essa padronização e uniformização dos comportamentos, são as instituições sociais.
  9. 9.  Coerção = padronização/controle - Determinados pela sociedade...  Quem exerce esse controle? - As instituições sociais.  Definição: Uma instituição social pode ser definida como um padrão de controle, ou seja, uma programação da conduta individual imposta pela sociedade.
  10. 10.  Assim como a visão de fato social, as instituições sociais possuem uma realidade externa aos indivíduos.  São anteriores ao nascimento dos indivíduos, o que da uma aparência de naturalidade às suas ações.  Exemplos de instituições sociais: - Família, educação, religião, o Estado, etc...
  11. 11.  O processo de controle ocorre gradualmente... Paralela à formação da personalidade dos indivíduos...  No estudo das instituições sociais, percebemos uma contradição...  Elas são uma criação das sociedades, consequentemente dos indivíduos...  Porém, elas tornam-se cada vez mais poderosas, fugindo ao controle dos indivíduos, em outras palavras, a vontade individual não é capaz de afrontar as instituições... (árvore).
  12. 12.  Toda instituição social deve possuir três características:  AUTORIDADE: deve possuir poder e respeito, ou seja, deve ser capaz de exercer uma dominação nos indivíduos.  LEGITIMIDADE: deve ser aceita e reconhecida pela maioria dos indivíduos de uma sociedade. - É importante não confundir legitimidade com legalidade. A legalidade seriam ações baseadas nas leis.  SANÇÃO: deve possuir capacidade de aplicar punições aos transgressores. - As punições devem variar de acordo com a gravidade da transgressão cometida. - As punições devem ser aceitas pela sociedade para que sejam válidas.
  13. 13.  Sociologicamente a instituição social é definida como um padrão de controle, ou seja, programação da conduta individual imposta pela sociedade.  É no sentido sociológico que podemos verificar que as instituições possuem uma realidade exterior aos indivíduos, pois existem independentemente de nossas vontades, e continuam a existir depois que morremos. “O indivíduo não seria capaz de eliminar uma árvore com um movimento da mão – e nem uma instituição.” (Peter e Brigitte Berger)
  14. 14.  A exterioridade e a coercitividade das instituições sociais fazem com que, com o passar do tempo, as instituições adquiram uma espécie de “autoridade”. O sujeito que desrespeita as regras estabelecidas por elas pode ser punido. Assim o Estado manda para cadeia o homicida, a Igreja excomunga o fiel, a loja de roupa de grife trata com desdém o cliente mal vestido... As punições podem variar de um simples olhar de reprovação até a prisão, passando ainda pela ridicularizarão pública e pela segregação social.  Em todas as situações, só pode haver sanções e ou punições, se a coletividade reconhecer a autoridade da instituição que as aplica. Assim, além da família, que garante a proteção das crianças, há inúmeras outras instituições, que com sua autoridade são fundamentais para a manutenção e estabilização das relações sociais.
  15. 15.  Existe uma instituição fundamental para a manutenção da sociedade capitalista, a propriedade privada. Ela é a base da estrutura de classes da sociedade atual, e sua autoridade é tão grande que nossas leis costumam garanti-la.  De acordo com Saramago, o fato de tornar particular o que até então havia sido de todos, foi a base das injustiças sociais, que dividem os homens em cordeiros e lobos, em servos e senhores em proprietários e não proprietários dos meios de produção. Não aceitar esse fato, é considerado subversão, os transgressores poderão receber um castigo e ou punição.
  16. 16.  As instituições sociais não são estáticas.  Elas sofrem transformações ao longo de sua existência, adaptando-se às novas realidades impostas pelas sociedades.  Uma instituição social é resultado de um processo histórico. Elas não se formam da noite para o dia...  Da mesma forma, as mudanças nas instituições também são resultado de processos históricos.  Toda mudança em uma instituição é resultado da ação coletiva, em outras palavras, da maioria da sociedade, e nunca da ação individual.
  17. 17.  Exemplos: - Igreja: idade média/hoje... - Exército: 1964-1984/hoje...  As transformações estão cada vez mais frequentes e ocorrem mais rapidamente...  Essa maior velocidade ocorre em função dos avanços tecnológicos, meios de comunicação, internet e fenômenos como a globalização.
  18. 18.  As instituições sociais são fenômenos históricos e, como tais, podem sofrer mudanças e até mesmo deixar de existir. Num mundo de globalização, de Internet, as instituições sociais também se modificam, muitas vezes se reestruturando e se redefinindo. O certo é que, mudanças ocorrem não por vontades individuais, mas sim por processos coletivos.
  19. 19.  Outra instituição importantíssima em nossa sociedade é a linguagem, esta é a primeira instituição inserida na biografia do indivíduo.  Constitui-se num poderoso instrumento de controle da sociedade sobre todos nós, uma vez que as coerções impostas pelo Estado, pela Igreja ou pelas estruturas econômicas se manifestam, antes de tudo, por meio do sistema linguístico.

×