Aula 01 - Individualismo e coletividade

1.613 visualizações

Publicada em

Individualidade e Individualismo

Recorrendo à linguagem figurada, John Donne defende que todos os homens são “parte” de um mesmo “todo”.

Os seres humanos se organizam em grupos, o que pressupõe, simultaneamente, a celebração de valores comuns e a necessidade de conviver com as diferenças.

Isso não significa que os homens não tenham sua individualidade. Todo ser humano tem suas crenças pessoais, seus sonhos, seus medos e suas habilidades e suas limitações.

A individualidade pode ser definida assim: como o conjunto de características que distingue as pessoas, garantindo-lhes a originalidade, a unicidade, a particularidade.

Acontece que, embora o homem possa ser tomado como um indivíduo , isto é, como alguém que é considerado isoladamente no grupo a que pertence, esses valores individuais não podem chegar ao extremo de desprezar a ideia de que somos seres sociais. Individualidade não pode ser confundida com individualismo.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.613
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
50
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula 01 - Individualismo e coletividade

  1. 1. Apostila 01 - Aula 01 Professor Claudio Henrique Ramos Sales SOCIOLOGIA
  2. 2. Individualidade e Individualismo  Recorrendo à linguagem figurada, John Donne defende que todos os homens são “parte” de um mesmo “todo”.  Os seres humanos se organizam em grupos, o que pressupõe, simultaneamente, a celebração de valores comuns e a necessidade de conviver com as diferenças.  Isso não significa que os homens não tenham sua individualidade. Todo ser humano tem suas crenças pessoais, seus sonhos, seus medos e suas habilidades e suas limitações.
  3. 3.  A individualidade pode ser definida assim: como o conjunto de características que distingue as pessoas, garantindo-lhes a originalidade, a unicidade, a particularidade.  Acontece que, embora o homem possa ser tomado como um indivíduo , isto é, como alguém que é considerado isoladamente no grupo a que pertence, esses valores individuais não podem chegar ao extremo de desprezar a ideia de que somos seres sociais. Individualidade não pode ser confundida com individualismo.
  4. 4.  Entendemos por individualismo a atitude de quem procura satisfação pessoal a qualquer custo, vivendo exclusivamente para si; trata-se de um comportamento “egoísta” que nega todas as formas de solidariedade.  Dessa forma, o individualismo é incompatível com a ideia de que o homem é um ser social.
  5. 5.  Já a individualidade não se confunde com o egoísmo, uma vez que podemos viver em grupo e, ao mesmo tempo, ter características que nos diferenciam das demais pessoas.
  6. 6.  O homem, apesar de ter sua individualidade, vive em sociedade.  A sociedade é um agrupamento de pessoas que formam uma coletividade, uma comunidade, ou seja, é um conjunto de indivíduos que vivem num determinado lugar, que seguem as mesmas normas e têm valores semelhantes. Marx, Weber e Durkheim  Três pensadores podem ser considerados os pais da Sociologia: Karl Marx (1818-1883), Max Weber (1864- 1920) e Émile Durkheim (1858-1917).
  7. 7.  Eles deram dimensão científica à disciplina e, de modo mais sistemático, começaram a estudar as formas de organização e as regras de funcionamento das sociedades humanas, procurando determinar as normas que regem as relações sociais o que implicou a análise das instituições e dos comportamentos sociais, bem como da ideologia, da cultura e das relações de trabalho que se construíram no mundo capitalista.
  8. 8. Colégio Morumbi Sul Professor Claudio Henrique (Henry) blogdoprofessorhenry.blogspot.com

×