Ossignos

2.145 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Tecnologia, Negócios
0 comentários
6 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.145
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
57
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
6
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ossignos

  1. 1. OS SIGNOS<br />SÍMBOLO, ÍCONE E ÍNDICE<br />
  2. 2. SIGNO<br />um signo é &quot;algo que, sob certo aspecto ou de algum modo, representa alguma coisa para alguém&quot; <br />Qualquer unidade<br />significativa, de qualquer linguagem, resultante de uma união solidária entre significante<br />e significado.<br />
  3. 3. SIGNIFICADO<br />conceito<br />S.m. Acepção, sentido, significação. / Lingüística: Valor, sentido ou conteúdo semântico<br />de um signo lingüístico.<br />
  4. 4. SIGNIFICANTE<br />forma gráfica + som<br />Adj. Que significa; significativo. / s.m. Lingüística: Imagem acústica ou manifestação<br />fônica do signo lingüístico.<br />
  5. 5.
  6. 6. ARBITRARIEDADE<br />uma das características do signo lingüístico é o seu caráter arbitrário.<br />Não existe uma razão para que um significante (som) esteja associado a um significado<br />(conceito). Isso explica o fato de que cada língua usa significantes (som) diferentes para<br />um mesmo significado (conceito).<br />
  7. 7. LINEARIDADE<br />Os componentes que integram um determinado signo se apresentam um<br />após o outro, tanto na fala como na escrita.<br />
  8. 8. VARIAÇÃO<br />enquanto os significados são praticamente universais, os significantes variam de língua para língua.<br />
  9. 9. SEMIÓTICA<br />A semiótica é a ciência que estuda os signos e todas as linguagens e acontecimentos culturais como se fossem fenômenos produtores de significado, ao contrário da lingüística, a semiótica não reduz suas pesquisas ao campo verbal, expandindo-o para qualquer sistema de signos – Artes visuais, Música, Fotografia, Cinema, Moda, Gestos, Religião, entre outros.<br />Sua principal utilidade é possibilitar a descrição e análise da dimensão representativa (estruturação sígnica) de objetos, processos ou fenômenos em categorias ou classes organizadas.<br />
  10. 10. CATEGORIAS<br />primeiridade – categoria do &quot;desprevenido&quot;, da primeira impressão ou sentimento (feeling) que recebemos das coisas;<br />secundidade – categoria do relacionamento direto, do embate (struggle) de um fenômeno de primeiridade com outro, englobando a experiência analogística e<br />terceiridade – categoria de inter-relação de triplo termo; interconexão de dois fenômenos em direção a uma síntese, lei, regularidade, convenção, continuidade etc.<br />
  11. 11. ÍCONE<br />signo que apresenta uma relação de semelhança ou analogia com o objeto que representa <br />
  12. 12. ÍNDICE<br />signo que apresenta uma relação direta entre significante e significado, algo como um signo indicador. O índice tem como principal traço a contigüidade, isto é, é um significante remetendo-se a um significado tomando como base a experiência vivenciada pelo interpretador. Guarda relação com a metonímia.<br />
  13. 13. SÍMBOLO<br />signo que apresenta relação arbitrária, baseada apenas em convenção, com o objeto ou a idéia que representa contigüidade instituída<br />

×