Impactos ambientais

1.773 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.773
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
40
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Impactos ambientais

  1. 1. IMPACTOS AMBIENTAIS“Nada me surpreendemais que o homem. Eleacaba com a sua saúdepara conseguir dinheiro.Depois, gasta todo seudinheiro para recuperara saúde. Vive como senunca fosse morrer. Emorre sem ter vivido”.Dalai Lama
  2. 2. A sociedade de consumo
  3. 3. DESMATAMENTOS
  4. 4. Amazônia: desmatamentos
  5. 5. Queimadas
  6. 6. Emissões de carbono: Brasil
  7. 7. Biodiversidade ameaçada
  8. 8. Hotspots da biodiversidade mundial
  9. 9. Países com maiores áreas florestais
  10. 10. Desertificação
  11. 11. Desertificação na região do Sahel (África)
  12. 12. Degradação dos solos
  13. 13. POLUIÇÃOPoluição Ambiental > É uma mudança indesejável noambiente, geralmente a introdução de concentraçõesexageradas de substâncias prejudiciais ou perigosas,calor ou ruído, geralmente provocada pelas atividadeshumanas.Tipos de poluição ambiental:Poluição Atmosférica ( do ar);Poluição Hídrica (das águas dos rios e do mar);Poluição do Solo;Poluição Sonora;Poluição Visual.
  14. 14. POLUIÇÃO ATMOSFÉRICA: InversãoTérmica
  15. 15. Ilhas de calor
  16. 16. Chuva Ácida
  17. 17. Conseqüências da chuva ácida
  18. 18. Áreas afetadas pela chuva ácida
  19. 19. Efeito Estufa Natural
  20. 20. Efeito estufa artificial
  21. 21. Áreas afetadas pelo efeito estufa
  22. 22. Atividades geradoras de gases do efeitoestufa
  23. 23. A CAMADA DE OZÔNIO
  24. 24. Destruição da Camada de Ozônio
  25. 25. O QUE PODE PROVOCAR A DESTRUIÇÃODA CAMADA DE OZÔNIO?
  26. 26. Aquecimento Global
  27. 27. Países + poluidores ( o caso da China)
  28. 28. Conseqüências do aquecimento global• Derretimento das geleiras
  29. 29. Derretimento das “neves eternas”
  30. 30. Enchentes e tempestades
  31. 31. Secas e queimadas
  32. 32. Aumento do nível do mar e ressacas
  33. 33. Poluição das águas
  34. 34. Como estão as águas dos nossos rios?
  35. 35. O nosso “belo” rio Real
  36. 36. Solução p/ o saneamento básico
  37. 37. ETA (Estação de tratamento de esgoto)
  38. 38. Poluição das águas marinhas
  39. 39. Fontes da poluição marinha
  40. 40. Poluição dos solos: o caso do “lixo”
  41. 41. Principais tipos de resíduos sólidos• Lixo seco> aqueles que podem serreaproveitados (plástico, papel, metal,alumínio etc.);• Lixo úmido ou orgânico > lixo derivadode restos de alimentos, plantas, animais.• Lixo com alta periculosidade > lixonuclear, hospitalar, radioativos (bateriasou pilhas).
  42. 42. Dados do lixo no Brasil
  43. 43. Lixão a céu aberto
  44. 44. Soluções para o lixo1º R – Recusar: Recusar materiais e atitudes poluentes, tóxicas ou quedegradem o ambiente na sua extração ou no seu descarte.• 2º R – Reduzir: Reduzir a quantidade de seu lixo consumindo apenaso necessário e evitando o desperdício.• 3º R – Reutilizar: Reaproveitar os materiais como: embalagens epapéis. Reforme móveis e tecidos dando-lhes novas utilidades.• 4º R – Reciclar: Transformar os materiais recolhidos na coletaseletiva, utilizando-os como matéria-prima para a fabricação denovos produtos.• 5º R – Restaurar o ambiente natural sempre que possível (naverdade, o ideal é evitar que o ambiente, natural ou construído,seja degradado em primeiro lugar - o que nos leva ao "recusar").• Coleta Seletiva/ Reciclagem;• Aterros Sanitários e Controlados;• Compostagem (adubo orgânico) ;• Educação Ambiental;• Incineração e Pirólise.
  45. 45. Soluções para o lixo
  46. 46. Coleta seletiva e reciclagem
  47. 47. Tipos de lixo que podem ser reciclados
  48. 48. Poluição visual: publicidade
  49. 49. PROPAGANDAS “ A alma do consumismo”
  50. 50. As conferências ambientais• CONFERÊNCIA DEESTOCOLMO/ SUÉCIA (1972) • > Primeiros alertas ediscussão dos paísesa respeito dosproblemasambientais.• Conceito do“crescimento zero”.
  51. 51. O conceito de desenvolvimentosustentável• Em 1987 a ex-1ª ministrada Noruega Gro HarlenBrundtland produziu umrelatório, no qualapresentava o conceitode “Desenvolvimentosustentável”, o qualdeveria ser seguido portodos os países. Nomesmo ano foi assinadoo Protocolo deMontreal(Canadá).
  52. 52. A Constituição brasileira de 1988• A Constituição brasileira de 1988, seguiu osprincípios do “desenvolvimento sustentável”. Emseu artigo 225, diz o seguinte:• “- Todos têm direito ao meio ambienteecologicamente equilibrado, bem de usocomum do povo e essencial à qualidade devida,impondo-se ao poder público e àcoletividade o dever de defendê-lo epreservá-lo p/ as presentes e futurasgerações.”
  53. 53. A RIO-92• Nessa conferênciarealizada no Rio deJaneiro com a presençade 182 países foramcriados vários acordoscomo: a Convenção doClima e a ConvençãodaBiodiversidade, alémdo documento Agenda21.
  54. 54. O Protocolo de Kyoto (1997)• Documento assinadopor alguns países nacidade de Kyoto(Japão)em 1997 p/ reduzir asemissões de gasescausadores do efeitoestufa em 5,2% relaçãoaos níveis de 1990. Sófoi colocado em práticaem 2008, sem aparticipação dos E.U.A,China e Rússia.
  55. 55. RIO + 20 – Johanesburgo (África do Sul)• Realizada na África do Sulem 2002 com aparticipação de 191países, na reunião daCúpula Mundial sobre oDesenvolvimentoSustentável (CMDS), foifeita uma avaliação dosresultados das ações emetas projetadas pelaAgenda 21 durante a Rio92. Poucos objetivosforam atingidos.
  56. 56. Conferência de Copenhague (Dinamarca)2009• A Conferência sobreMudanças Climáticasorganizada pela ONUpropôs a criação de umnovo texto p/ substituir oProtocolo de Kyoto, cujavigência terminou em2012. Mais uma vez nãohouve muitos avanços.
  57. 57. A RIO + 20• Com o objetivo de renovar ocompromisso político com odesenvolvimento sustentável,verificando o que foi feito nosúltimos 20 anos (desde a Eco-92),e quais são as lacunas que aindaexistem na implementação dosresultados, a Rio+20 reuniudiversos chefes de Estado e deGoverno dos países-membros dasNações Unidas, pessoas do setorprivado e ONGs.• A Rio+20 teve como temasprincipais: a economia verde nocontexto do desenvolvimentosustentável e da erradicação dapobreza, e a estruturainstitucional para odesenvolvimento sustentável.• Não houve muito avanços.
  58. 58. Se cuidarmos do nosso ambiente oPlaneta sempre será + bonito e saudável

×