O período entre-guerras (1918-1939): crise de 29 e nazifascismo

26.056 visualizações

Publicada em

0 comentários
10 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
26.056
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
55
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
780
Comentários
0
Gostaram
10
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O período entre-guerras (1918-1939): crise de 29 e nazifascismo

  1. 1. O ENTRE-GUERRASO ENTRE-GUERRAS (1918-1939)(1918-1939)
  2. 2. A Crise de 1929A Crise de 1929  Revolução Industrial: crescimento dasRevolução Industrial: crescimento das forças produtivasforças produtivas  superprodução e especulaçãosuperprodução e especulação financeirafinanceira  O “crack” da bolsa de Nova York:O “crack” da bolsa de Nova York: “quinta-feira negra” (24/10/1929)“quinta-feira negra” (24/10/1929)
  3. 3. A crise na Alemanha
  4. 4. O New DealO New Deal  RooseveltRoosevelt  New Deal (“novo acordo”)New Deal (“novo acordo”)  intervenção estatal na economia para superar aintervenção estatal na economia para superar a recessãorecessão  John KeynesJohn Keynes  Medidas adotadas:Medidas adotadas:  Construção de obras púbicas para gerar empregoConstrução de obras púbicas para gerar emprego  Proíbe a exportação de ouroProíbe a exportação de ouro  Limitação da produção agrícola para elevar osLimitação da produção agrícola para elevar os preçospreços  Limitação da produção industrial e salário mínimoLimitação da produção industrial e salário mínimo para estimular o consumopara estimular o consumo  Direitos trabalhistasDireitos trabalhistas
  5. 5. Roosevelt John Maynard Keynes
  6. 6. Os impactos da crise de 29Os impactos da crise de 29  A crise das democracias liberaisA crise das democracias liberais  Surgimento dos regimes totalitáriosSurgimento dos regimes totalitários (nazismo, fascismo e stalinismo)(nazismo, fascismo e stalinismo)  O Totalitarismo de direita:O Totalitarismo de direita: autoritarismoautoritarismo  nacionalismonacionalismo idealismoidealismo militarismomilitarismo  romantismoromantismo  anticomunismoanticomunismo
  7. 7. O FascismoO Fascismo  A Itália após a Primeira Guerra: criseA Itália após a Primeira Guerra: crise  Os camisas negrasOs camisas negras  1922: Marcha dobre Roma : ascensão de1922: Marcha dobre Roma : ascensão de Mussolini na Itália (Duce)Mussolini na Itália (Duce)  A Ideologia Fascista:A Ideologia Fascista: ““Nada deve haver acima do Estado, nadaNada deve haver acima do Estado, nada fora do Estado, nada contra o Estado”fora do Estado, nada contra o Estado” (Benito Mussolini)(Benito Mussolini)
  8. 8. Benito Mussolini
  9. 9. A marcha sobre Roma
  10. 10. O NazismoO Nazismo  A República de WeimarA República de Weimar  Partido Nacional Socialista dosPartido Nacional Socialista dos Trabalhadores Alemães (NSDAP)Trabalhadores Alemães (NSDAP)  Ascensão do nazismo e o Putsch deAscensão do nazismo e o Putsch de Munique (1923) (putsch da cervejaria)Munique (1923) (putsch da cervejaria)  Ascensão de Adolf Hitler (1933): o IIIAscensão de Adolf Hitler (1933): o III Reich e o FührerReich e o Führer  A ideologia nazista (Mein Kampf)A ideologia nazista (Mein Kampf)  A supremacia da raça ariana,A supremacia da raça ariana, antisemitismo, espaço vitalantisemitismo, espaço vital
  11. 11. Selo comemorativo do putsch de Munique
  12. 12. ““É árdua a tarefa de definir o nazismo emÉ árdua a tarefa de definir o nazismo em termos políticos, pois sua dinâmica estátermos políticos, pois sua dinâmica está repleta de um conteúdo diverso daquilo querepleta de um conteúdo diverso daquilo que comumente chamamos de política. Emcomumente chamamos de política. Em grande parte, esta força motora era estética.grande parte, esta força motora era estética. Sua maior ambição era o embelezamento doSua maior ambição era o embelezamento do mundo. Das mortes de doentes mentais aomundo. Das mortes de doentes mentais ao extermínio de judeus não houve umextermínio de judeus não houve um verdadeiro motivo político. Não eliminaramverdadeiro motivo político. Não eliminaram os inimigos ou oponentes do regime, masos inimigos ou oponentes do regime, mas sim, pessoas inocentes, cuja existência nãosim, pessoas inocentes, cuja existência não estava de acordo com as idéias nazistas”.estava de acordo com as idéias nazistas”. (Peter Cohen – Arquitetura da Destruição).(Peter Cohen – Arquitetura da Destruição).
  13. 13. Adolf Hitler
  14. 14. Hitler, Goering, Goebbels, Hess
  15. 15. Idealização do Führer
  16. 16. Hitler no Reichstag
  17. 17. O HolocaustoO Holocausto  O anti-semitismo nazistaO anti-semitismo nazista  A morte de 6 milhões de judeus por HitlerA morte de 6 milhões de judeus por Hitler  Guetos e campos de concentraçãoGuetos e campos de concentração  A “ciência do nazismo”A “ciência do nazismo”  O papa de Hitler ; IBM e o holocausto (JohnO papa de Hitler ; IBM e o holocausto (John Cornwell)Cornwell)  O Risco do Revisionismo (“Uma mentira ditaO Risco do Revisionismo (“Uma mentira dita cem vezes torna-se verdade” Goebbles)cem vezes torna-se verdade” Goebbles)
  18. 18. Auschwitz
  19. 19. Câmara de gás em Auschwitz
  20. 20. Forno crematório
  21. 21. Joseph Menguele

×