Principais doenças do sul

1.432 visualizações

Publicada em

1 comentário
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Ótima pesquisa amei, encontrei tuda que preciva para o meu trabalho sobre doenças regionais. Parabéns pelo auxílio!
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.432
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
27
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
1
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Principais doenças do sul

  1. 1. PRINCIPAIS DOENÇAS DO SUL
  2. 2. TUBERCULOSE • A tuberculose é uma doença infectocontagiosa causada por uma bactéria que afeta principalmente os pulmões, mas também pode ocorrer em outros órgãos do corpo, como ossos, rins e meninges . • A transmissão da tuberculose é direta, de pessoa a pessoa, portanto, a aglomeração de pessoas é o principal fator de transmissão. A pessoa com tuberculose expele, ao falar, espirrar ou tossir, pequenas gotas de saliva que contêm o agente infeccioso e podem ser aspiradas por outro indivíduo contaminando-o. • Alguns pacientes não exibem nenhum indício da tuberculose. Seus sintomas são: tosse seca contínua no início, depois com presença de secreção por mais de quatro semanas, transformando-se, na maioria das vezes, em uma tosse com pus ou sangue, cansaço excessivo, febre baixa geralmente à tarde, sudorese noturna, falta de apetite, palidez, emagrecimento acentuado, rouquidão, fraqueza, prostração. • Seu tratamento e a base de anti bióticos que e 100% eficaz. • Para prevenir a tuberculose é necessário imunizar as crianças com a vacina BCG e também inclui evitar aglomerações, especialmente em ambientes fechados, e não utilizar objetos de pessoas contaminadas. • Ela e caracterizada como uma epidemia.
  3. 3. TUBERCULOSE
  4. 4. HANSENIASE • A hanseníase é uma doença infecciosa e contagiosa causada por um bacilo denominado Mycobacterium leprae. • Os sintomas da hanseníase incluem: Sensação de formigamento, fisgadas ou dormência nas extremidades; manchas brancas ou avermelhadas, geralmente com perda da sensibilidade ao calor, frio, dor e tato; áreas da pele aparentemente normais que têm alteração da sensibilidade e da secreção de suor; caroços e placas em qualquer local do corpo; diminuição da força muscular. • O tratamento é feito nas unidades de saúde e é gratuito. A cura é mais fácil e rápida quanto mais precoce for o diagnóstico. O tratamento da hanseníase é via oral, constituído pela associação de dois ou três medicamentos e é denominado poliquimioterapia. • A prevenção da hanseníase baseia-se no exame dermato-neurológico e aplicação da vacina BCG em todas as pessoas que compartilham o mesmo domicílio com o portador da doença. • A hanseníase não é hereditária e sua evolução depende de características do sistema imunológico da pessoa que foi infectada. • Ela e caracterizada como uma endemia.
  5. 5. HANSENIASE

×