Nanquim Andressa Pettenon. 10 anos
Era uma vez... Um   cachorro , que sou   eu ,  o único cão   preto   da minha ninhada, meu sonho é ser adotado por alguém ...
<ul><li>Até que fui adotado, mas não era o que eu  </li></ul><ul><li>Esperava, era cheio de crianças sem cabelos, eu tenta...
A porta estava trancada, não tinha como entrar. Estava com sede, e aquela casa só tinha torneira do lado de fora; Estava c...
<ul><li>Achei um potinho de água, que estranho, </li></ul><ul><li>Pra quem será que seria esse potinho de água especialmen...
É uma história muito longa e sabe, eu to com sede, e a casa branca ta trancada e não tem nenhuma torneira lá fora e... [Ge...
O seu dever, Nanquim, é cuidar delas, te adotaram para isso. Eu não sabia, mas muito obrigado Gengibre, obrigado mesmo!!!!!
<ul><li>Então eu voltei pra lá, pra aquela casa, </li></ul><ul><li>aquela menina foi curada, e eu e a Gengibre fomos morar...
F I M
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Nanquim

347 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
347
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
73
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Nanquim

  1. 1. Nanquim Andressa Pettenon. 10 anos
  2. 2. Era uma vez... Um cachorro , que sou eu , o único cão preto da minha ninhada, meu sonho é ser adotado por alguém que me Ame...
  3. 3. <ul><li>Até que fui adotado, mas não era o que eu </li></ul><ul><li>Esperava, era cheio de crianças sem cabelos, eu tentava alegrar, mas não adiantava, pois tudo lá era esquisito e </li></ul><ul><li>estranho. </li></ul><ul><li>Eu estava com fome e fui comer um osso. </li></ul>
  4. 4. A porta estava trancada, não tinha como entrar. Estava com sede, e aquela casa só tinha torneira do lado de fora; Estava cansado daquela casa, Tudo branco. Então eu fugi, quase me dei de cara com um caminhão. Nunca fui a cidade, então, qualquer água servia...
  5. 5. <ul><li>Achei um potinho de água, que estranho, </li></ul><ul><li>Pra quem será que seria esse potinho de água especialmente pra QUEM? </li></ul><ul><li>Saia daí, essa água é minha! </li></ul><ul><li>-falou a estrangeira. </li></ul><ul><li>-Não sou estrangeira, sou uma cachorra e </li></ul><ul><li>Meu nome é gengibre, se você quer saber. </li></ul><ul><li>-É, agora já sei... </li></ul><ul><li>-E... O que faz aqui? Qual é o seu nome? </li></ul><ul><li>-Calma, uma coisa de cada vez, meu nome é </li></ul><ul><li>Nanquim e... </li></ul>
  6. 6. É uma história muito longa e sabe, eu to com sede, e a casa branca ta trancada e não tem nenhuma torneira lá fora e... [Gengibre interrompe] Casa branca? Falta de torneira do lado de fora? Casa trancada? aquilo lá é uma CLÍNICA. Clínica? O que é uma clínica? É onde se tem crianças com câncer e são internadas gravemente... Elas nunca se alegram? Isso eu não sei, mas pode ser possível.
  7. 7. O seu dever, Nanquim, é cuidar delas, te adotaram para isso. Eu não sabia, mas muito obrigado Gengibre, obrigado mesmo!!!!!
  8. 8. <ul><li>Então eu voltei pra lá, pra aquela casa, </li></ul><ul><li>aquela menina foi curada, e eu e a Gengibre fomos morar com ela,eu visitava a clínica todos os dias, alegrando </li></ul><ul><li>Uma porção de crianças com câncer e... </li></ul>
  9. 9. F I M

×