Indicações de livros de História da Paraíba

386 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
386
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Indicações de livros de História da Paraíba

  1. 1. Pelo professor Ellington Alexandre INDICAÇÕES DE LIVROS HISTÓRIA DA PARAÍBA
  2. 2. • Conquista, Patrimônio e Povo Autor: José Octávio de A. Melo e Gonzaga Rodrigues (org.) PARAÍBA – CONQUISTA, PATRIMÔNIO E POVO
  3. 3. • Neste bem documentado livro de José Flávio Silva, que contou com a colaboração do exímio desenhista Nivalson Miranda, o leitor encontra aspectos históricos importantes sobre inúmeras igrejas da antiga Parahyba, que foram destruídas sob o argumento de alargar ruas, modernizar a cidade. Fatos foram revelados por um pesquisador que não se contentou apenas com a leitura dos livros, a pesquisa se estendeu aos jornais e revistas do início do século XX. • O poeta José Caó, de modo saudosista, assim se referiu ao bairro Tambiá: • [...] se o quero encontrar, • Tenho de procurá-lo dentro de mim. • Para encontrar as antigas igrejas da Parahyba: das Mercês, Nossa Senhora da Conceição, Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Homens de Cor é preciso mergulhar no passado, ler o livro de José Flávio Silva e observar, atentamente, os desenhos de bico de pena de Nivalson Miranda. PROGRESSO E DESTRUIÇÃO NA CIDADE DA PARAHYBA: CIDADE DOS JARDINS JOSÉ FLÁVIO SILVA
  4. 4. • A história passou por uma grande renovação no século XIX, no que diz respeito ao emprego de nossas fontes, métodos objetos e técnicas. A concepção de história não é a mesma porque, nada é igual após a segunda guerra mundial, como afirmou Lucien Febwre “ Os annales, modificam-se porque à sua volta tudo se modifica os homens e as coisas, em uma palavra o mundo” Os avanços da história em direção às Ciências Sociais, às Ciências Exatas em particular a Matemática, e às ciências Biológicas – a Biologia. Essa convivência entre ciências tornou-se um bem comum, patrimônios de todos – a interdisciplinaridade. OLIVEIRA, ELZA REGIS DE. TEORIA, HISTÓRIA E MEMÓRIA. JOÃO PESSOA: EDITORA UNIVERSITÁRIA UFPB, 2011
  5. 5. • Este livro aborda o processo de anexação da Capitania da Paraíba a de Pernambuco, no século XVIII, no bojo da crise mais em geral do sistema capitalista europeu e da economia portuguesa, considerando, ainda, os condicionantes internos da politica administrativa empreendida pelo Marques de Pombal. OLIVEIRA, ELZA REGIS DE. A PARAÍBA NA CRISE DO SÉCULO XVIII: SUBORDINAÇÃO E AUTONOMIA (1755-1799). 2ª ED. JOÃO PESSOA: EDITORA UNIVERSITÁRIA UFPB, 2007
  6. 6. • Autores e análises sobre o século XIX • Os textos que compõem esse livro analisam as diferentes versões de história elaboradas por estes escritores e tratam de forma clara as varias temáticas sobre a história da Paraíba no século XIX. ARIANE NORMA DE MENESES E SERGIO MARIANO HISTÓRIA DA PARAÍBA
  7. 7. • Estudando a História da Paraíba: - A abordagem dos conteúdos foi direcionada aos alunos do ensino médico, em cujo CURRÍCULO a História da Paraíba está incluída, constituindo, também, o atendimento a uma solicitação de muitos professores, no sentido de suprir a necessidade de livros didáticos dessa disciplina • Editora: EDUEP • Eliete de Queiroz Gurjão. UMA COLETÂNEA DE TEXTOS DIDÁTICOS
  8. 8. • A escrividão na Paraíba historiografia e história : preconceitos e racismo numa produção cultural / José Octávio; prefácio Leda Boechat Rodrigues • Editora : João Pessoa : União, 1988. A ESCRAVIDÃO NA PARAÍBA HISTORIOGRAFIA E HISTÓRIA
  9. 9. • Um livro de amor à Paraíba Estado da Paraíba, desde os primórdios da colonização, marca presença na formação da história nacional. É capítulo importante na História de Frei Vicente do Salvador, a primeira escrita por um brasileiro. Importância estratégica na guerra de conquista, na resistência à ocupação, como partícipe na fundação da nacionalidade e, já no século 19, nas revoluções republicanas de Pernambuco e, no século 20, na sua própria revolução, a de 30. Economicamente, chegou a se destacar logo no primeiro século pela qualidade do pau- brasil e do açúcar de seus engenhos, pelo algodão internacionalmente ambicionado, entrando na crônica como a terceira em importância, depois das capitanias da Bahia e de Pernambuco. PARAÍBA MEMÓRIA CULTURAL
  10. 10. • Administradores da Paraíba 1582 a 1982 Piragibe o braço de peixe Tarcísio de Miranda Burity. • Editora: Ecos • Fernando Silveira : • Membro fundador do conselho Estadual de Educação da Paraíba, VIDAS PARAIBANAS AUTOR FERNANDO SILVEIRA
  11. 11. • Obras e publicações de sua autoria, destacam-se: A Autonomia do Município Brasileiro – 1874-1946, 1977; Nordeste Açucareiro – 1535- 1910, Recife, 1980; Paraíba 1817, 1981; A China do Século XIX, 1981; Nordeste, Açúcar e Poder – Um estudo da oligarquia açucareira na Paraíba – 1921-1962 (prêmio nacional do CNPq, em comemoração ao Centenário da República), 1985; O Direito Romano e a História, 1995; Poder e Intervenção Estatal – Paraíba -1920-1940, 2000. NORDESTE AÇÚCAR E PODER MARTHA M. FALCÃO DE CARVALHO E M, SANTANA

×