Filo echinodermata

3.812 visualizações

Publicada em

1 comentário
6 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.812
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
1
Gostaram
6
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Filo echinodermata

  1. 1. Filo Echinodermata Profa. Tatiana
  2. 2. Características gerais • Echino – Espinho; Derma – Pele. • Marinhos • Simetria radial na fase adulta e bilateral na fase larval • Celomados • Deuterostômios (blastóporo origina o ânus)
  3. 3. Características gerais• Não-segmentados;• Eumetazoários (possuem tecidos verdadeiros);• Neuromiários (com sistema nervoso e muscular), mas acéfalos;
  4. 4. Cinco ClassesAsteroidea Ophiuroidea CrinoideaHolothuroidea Echinoidea
  5. 5. Sustentação e revestimento • Espinhos – defesa; • Pedicelárias – limpeza e captura de alimento; • Pés ambulacrários – locomoção.
  6. 6. Pedicelárias
  7. 7. Endoesqueleto • Esqueleto interno de origem mesodérmica, formadas por placas calcáreas fortemente unidas entre si.
  8. 8. Sistema Digestório Completo Ânus dorsalRegião aboral Exceção: ofiuróides Digestão extracelular Região oral Boca ventral
  9. 9. Lanterna de Aristóteles • Cinco dentes • Função: captura e trituração de alimentos
  10. 10. • Sistema respiratório: brânquias e árvore respiratória (holoturóides);• Sistema ambulacrário também auxilia nas trocas gasosas.• Circulação: sistema periemal, acompanha o sistema ambulacrário, e produz amebócitos (células de defesa).
  11. 11. • Não apresentam sistema excretor (possível envolvimento do sistema ambulacrário);• Amebócitos retiram substâncias tóxicas;• Sistema nervoso simples: anel nervoso que circunda a boca e emite prolongamentos.
  12. 12. Reprodução• Reprodução sexuada;• Geralmente dióicos (sem dimorfismo sexual – sem diferença morfológica entre machos e fêmeas);• Fecundação externa;• Desenvolvimento indireto (larva diplêurula)
  13. 13. Sistema Ambulacrário • Exclusivo dos equinodermos;. madreporita Canal madrepórito Canal circular Composição: • Madreporita – entrada de água; • Canal madrepórito Vesícula • Canal circular – onde há as de Poli vesículas de Poli (pressão doampola Pé sistema); ambulacrário • Canais radiais; • Ampolas das quais saem os pés ambulacrários.
  14. 14. Sistema Ambulacrário
  15. 15. Sistema ambulacrário Madreporita ouPlaca Madrepórica Pés ambulacrários
  16. 16. Regeneração

×