Redes Sociais

3.707 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.707
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
62
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Redes Sociais

  1. 1. Redes Sociais, Mídias Sociais e Colaboração em rede Profa Elizabeth Fantauzzi
  2. 2. Nos outros encontros... <ul><li>Tecnologia relacionada ao desenvolvimento humano </li></ul><ul><li>Todos nós consumimos tecnologia, independente da escolha profissional ou até da sua vontade </li></ul><ul><li>TICs alteram as formas de comunicação, aquisição da informação e o espaço formal de educação </li></ul><ul><li>Nativos digitais versus imigrantes digitais </li></ul><ul><li>Sociedade da Informação/Conhecimento </li></ul><ul><li>Apocalípticos versus Integrados: Lèvy, Lucien Sfez e Castells </li></ul>
  3. 3. Desafio para Educação <ul><li>O mundo virtual é tão real quanto o mundo físico: </li></ul><ul><li>Psicológica (consequências); </li></ul><ul><li>Econômica (efeito); </li></ul><ul><li>Política (custos e ganhos); </li></ul><ul><li>Social (conexões). </li></ul><ul><li>Tecnologia e conhecimento vão muito além do que </li></ul><ul><li>fazer algo com maior velocidade </li></ul>
  4. 4. Redes <ul><li>Redes passam a ser de pessoas e não apenas de máquinas </li></ul>telefone TV internet 3
  5. 5. Homem e Comunicação <ul><li>O homem é um ser social (Aristóteles, sec III aC) </li></ul><ul><li>A comunicação é uma necessidade humana, por isso constitui-se em um elemento estruturante e inerente ao homem </li></ul><ul><li>O homem está no mundo e com o mundo.(...) Essas relações não se dão apenas com os outros, mas se dão no mundo, com o mundo e pelo mundo.(...) O animal não é um ser de relações, mas de contatos. Está no mundo, mas não com o mundo. ( Paulo Freire, Educação e Mudança,1979) </li></ul>
  6. 6. Redes Sociais <ul><li>Uma rede social não existe se não for composta por pessoas, que se comunicam, se relacionam, em torno de algo comum à elas. Por isso, o conceito de rede social está diretamente ligado ao homem, suas (inter) relações e, consequentemente, suas formas de comunicação </li></ul><ul><li>As redes sociais não são uma novidade, visto que o homem sempre precisou de seus pares tanto para conviver em grupo, como para sentir-se pertencente à uma comunidade. </li></ul>
  7. 7. Redes Sociais <ul><li>Esse fenômeno ocorre desde a pré-história, onde os homens das cavernas viviam em comunidades pequenas, por conta da sobrevivência, o que os levava a se unirem em torno de um objetivo comum </li></ul><ul><li>Neste sentido, não existe rede social sem a presença do homem, na medida em que uma rede social implica em interação humana </li></ul>
  8. 8. Redes Sociais <ul><li>Várias são as redes sociais existentes em nossas vidas – família, amigos, colegas da faculdade, profissionais com os quais trabalhamos, vizinhos, entre outras </li></ul><ul><li>Porém, essas redes são as chamadas de redes offline, por não necessitarem de nenhuma tecnologia específica, muito menos das TICs para existirem </li></ul>
  9. 9. Do off para o on <ul><li>Grandes centros urbanos - o sentimento de pertencer a uma comunidade diluiu-se => resultando em uma busca constante de identidade com o objetivo de resgatar a sensação de pertencimento a um grupo </li></ul><ul><li>Espaço físico-geográfico => o espaço virtual, por meio da participação em comunidades de aprendizagem e redes sociais, impulsionando uma maior participação na mídia, principalmente em relação ao público jovem </li></ul><ul><li>Isso representa a conquista de um espaço que, de certa forma, concretiza a sensação de pertencimento a um grupo perante seus pares e a sociedade </li></ul>
  10. 10. Redes sociais virtuais <ul><li>É gente, é interação, é troca social. É um grupo de pessoas, compreendido através de uma metáfora de estrutura, a estrutura de rede </li></ul><ul><li>Os nós da rede representam cada indivíduo e suas conexões, os laços sociais que compoem os grupos </li></ul><ul><li>Esses laços são ampliados, complexificados e modificados a cada nova pessoa que conhecemos e interagimos </li></ul><ul><li>Raquel Recuero, Redes Sociais, 2009 </li></ul>
  11. 11. Topologia das Redes Sociais Virtuais <ul><li>Eficiência e Fluxo de comunicação </li></ul>
  12. 12. Topologia das Redes Sociais Virtuais <ul><li>Rede centralizada - chamada de estrela, é aquela onde um único nó centraliza as conexões. </li></ul><ul><li>Rede descentralizada - possui vários centros e é mantida por diversos nós, responsáveis pela conexão com outros grupos de nós. </li></ul><ul><li>Rede distribuída - existe a mesma quantidade de conexões, atribuídas a todos os nós, sem hierarquia entre eles. </li></ul><ul><li>Todas elas são redes, mas a rede distribuída é uma rede </li></ul><ul><li>efetiva, onde todos se relacionam de forma igualitária e </li></ul><ul><li>democrática . </li></ul>
  13. 14. Mídias Sociais <ul><li>Mídia Social, ou Social Media , são as ferramentas projetadas para permitir a interação social das redes sociais, a partir do compartilhamento e criação colaborativa de informação nos mais diversos formatos </li></ul><ul><li>Abrangem diversas atividades que integram tecnologia , interação social e a construção e compartilhamento de conteúdos : textos, imagens, vídeos e áudios, entre outros </li></ul>
  14. 15. Representação Gráfica
  15. 16. Tipos de Redes Virtuais <ul><li>Redes Sociais Virtuais permitem às pessoas construírem páginas com informações sobre si, se conectar com amigos, compartilhar informações e conteúdos em vários formatos: texto, video música, imagens (entre outros). </li></ul><ul><li>As redes Sociais podem ser divididas em 3 tipos: </li></ul><ul><li>Rede Social Informal </li></ul><ul><li>Rede Social de Negócios </li></ul><ul><li>Rede Social Intermediária </li></ul>
  16. 17. Tipos de rede <ul><li>Rede Social Informal: </li></ul><ul><li>São redes de relações entre indivíduos de conhecimento mais próximo e já formadas, que dão origem a esse grupos </li></ul>Fonte: www.blogcorp.com.br/redesociais.html
  17. 18. Tipos de rede <ul><li>Rede Social de Negócios: </li></ul><ul><li>É formada por profissionais e funcionários de instituições públicas ou privadas, por organizações não-governamentais, organizações sociais, ... </li></ul>
  18. 19. Tipos de rede <ul><li>Rede Social Intermediária: </li></ul><ul><li>É formada por pessoas que receberam capacitação especializada. Podem vir do setor da educação, saúde, igreja e até da própria comunidade </li></ul>Fonte: antisocial.munbolins.com.br/orkut/redes-socia...
  19. 20. Vídeo <ul><li>Mídia Social é um Modismo? </li></ul><ul><li>Vídeo que ilustra como a mídia social vem influenciando a forma de comunicação entre as pessoas. </li></ul><ul><li>Inspirado no livro: </li></ul><ul><li>Socialnomics: How social media transforms our lives and the </li></ul><ul><li>way we do business , do suiço Erik Qualman. </li></ul>
  20. 21. Referências <ul><li>AMSTEL, Frederick van, Folcsonomia . Disponível em: < http://www.usabilidoido.com.br/arquivos/folcsonomia_workshop.pdf > Acessado em: 28 ago 2008. </li></ul><ul><li>FREIRE, Paulo. Educação e Mudança . São Paulo:Paz e Terra, 1979. </li></ul><ul><li>MARTÍN-BARBERO, Jesus. Ofício de Cartógrafo: Travessias Latino-Americanas da Comunicação na Cultura . Edições Loyola, 2002. </li></ul><ul><li>RECUERO, Raquel. Redes sociais na internet . Porto Alegre: Sulina, 2009. </li></ul><ul><li>SILVA, Marco. Sala de aula interativa . Rio de Janeiro: Quartet, 2000. </li></ul>
  21. 22. Contato <ul><li>Obrigada! </li></ul><ul><li>Profa Elizabeth Fantauzzi* </li></ul><ul><li>[email_address] </li></ul><ul><li>http://e-professor.blogspot.com </li></ul><ul><li>www.eprofessor.com.br </li></ul><ul><li>*Elizabeth Fantauzzi é professora universitária e de Ensino Médio </li></ul><ul><li>graduada em Comunicação Visual, Artes Plásticas, Pedagogia e </li></ul><ul><li>pós graduada em Design de Multimídia e Gestão em EaD. </li></ul><ul><li>Idealizadora do projeto e-professor (www.eprofessor.com.br), atualmente é </li></ul><ul><li>mestranda, professora pesquisadora da FAAC - Faculdade de Arquitetura, </li></ul><ul><li>Comunicação e Artes da UNESP nas áreas de MídiaEducação e Educação e Tecnologia. </li></ul>

×