• Salvar
A ascensão do fascismo na Europa
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

A ascensão do fascismo na Europa

em

  • 2,429 visualizações

O surgimento do regime fascista na Europa, como uma das consequências da Primeira Guerra Mundial, com seu fortalecimento após a Crise de 29. Características do fascismo italiano e do nazismo ...

O surgimento do regime fascista na Europa, como uma das consequências da Primeira Guerra Mundial, com seu fortalecimento após a Crise de 29. Características do fascismo italiano e do nazismo alemão.

Estatísticas

Visualizações

Visualizações totais
2,429
Visualizações no SlideShare
2,001
Visualizações incorporadas
428

Actions

Curtidas
1
Downloads
0
Comentários
0

7 Incorporações 428

http://mixdaelaine.blogspot.com.br 346
http://mixdaelaine.blogspot.com 39
http://www.mixdaelaine.blogspot.com.br 32
http://mixdaelaine.blogspot.pt 6
http://mixdaelaine.blogspot.co.uk 3
http://www.blogger.com 1
http://translate.googleusercontent.com 1
Mais...

Categorias

Carregar detalhes

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Direitos de uso

© Todos os direitos reservados

Report content

Sinalizado como impróprio Sinalizar como impróprio
Sinalizar como impróprio

Selecione a razão para sinalizar essa apresentação como imprópria.

Cancelar
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Tem certeza que quer?
    Sua mensagem vai aqui
    Processing...
Publicar comentário
Editar seu comentário

A ascensão do fascismo na Europa Presentation Transcript

  • 1. Tempos sombrios: aTempos sombrios: a ascensão do fascismo naascensão do fascismo na EuropaEuropa Capítulo 6 Elaine Cristina Serrano Pirolo
  • 2. • A doutrina fascista • Os princípios do fascismo • A ascensão do fascismo na Itália • Mussolini no poder • A ascensão do nazi-fascismo na Alemanha • A Crise de 29 e o nazismo • O poder da propaganda nazista • Vigilância e repressão • A perseguição aos judeus
  • 3. A Doutrina FascistaA Doutrina Fascista  Fascismo – fascio (feixe); a união faz aFascismo – fascio (feixe); a união faz a forçaforça  Governo forte - saída para a superaçãoGoverno forte - saída para a superação dos problemas econômicosdos problemas econômicos  Doutrina surgida na Itália, que influenciouDoutrina surgida na Itália, que influenciou movimentos na Alemanha, Espanha,movimentos na Alemanha, Espanha, Portugal, Brasil, Turquia, Paraguai,Portugal, Brasil, Turquia, Paraguai, chegando ao poder em alguns desseschegando ao poder em alguns desses países.países.
  • 4. Princípios do FascismoPrincípios do Fascismo  Totalitarismo (governo autoritário xTotalitarismo (governo autoritário x governo totalitário)governo totalitário)  MilitarismoMilitarismo  NacionalismoNacionalismo  Culto à força físicaCulto à força física  Culto ao líder – propagandasCulto ao líder – propagandas
  • 5. Com suas mentes e com suas mãos, trabalhadores escolhem o soldado para o front de batalha: HITLER!" Nacional-Socialismo: o Espírito de Organização da Nação
  • 6. Revista Nazione Militare, de 1935, Itália Trabalhar e combater Pela pátria, pela vitória
  • 7. A ascensão do fascismo naA ascensão do fascismo na ItáliaItália  Crise após a Primeira GuerraCrise após a Primeira Guerra  Líder – Benito MussoliniLíder – Benito Mussolini  Algumas pessoas temiam o avanço doAlgumas pessoas temiam o avanço do comunismo, enquanto outras queriamcomunismo, enquanto outras queriam uma saída rápida para a criseuma saída rápida para a crise  1922 -1922 - Marcha sobre RomaMarcha sobre Roma – Mussolini– Mussolini nomeado como primeiro-ministro, pelo reinomeado como primeiro-ministro, pelo rei Vitor Emanuel IIIVitor Emanuel III
  • 8. Mussolini no poderMussolini no poder  1922/1924 – respeitam a Constituição1922/1924 – respeitam a Constituição  1924 – maioria no Parlamento1924 – maioria no Parlamento  Mussolini governa por meio de decretos eMussolini governa por meio de decretos e passa a ser opassa a ser o DuceDuce, o guia, o condutor, o guia, o condutor supremo da Itáliasupremo da Itália  Perseguição aos opositores, censura àPerseguição aos opositores, censura à imprensa e controle dos sindicatosimprensa e controle dos sindicatos  Intervenção do Estado na economia –Intervenção do Estado na economia – obras públicas e geração de empregosobras públicas e geração de empregos (indústria bélica)(indústria bélica)
  • 9. Ascensão do nazi-fascismo naAscensão do nazi-fascismo na AlemanhaAlemanha  Alemanha humilhada pelo Tratado deAlemanha humilhada pelo Tratado de Versalhes - economia do país arruinadaVersalhes - economia do país arruinada  Dois grupos políticos – Liga SpartacusDois grupos políticos – Liga Spartacus (Partido Comunista) e Partido Nazista(Partido Comunista) e Partido Nazista (Partido Nacional-Socialista Alemão)(Partido Nacional-Socialista Alemão)  1923 - Putsch (golpe) de Munique – os1923 - Putsch (golpe) de Munique – os nazistas tentam tomar o poder. Hitler énazistas tentam tomar o poder. Hitler é presopreso
  • 10. O Nacional SocialismoO Nacional Socialismo  O nome do Partido Nazista eraO nome do Partido Nazista era NationalNational Sozialistische Deutsche ArbeiterparteiSozialistische Deutsche Arbeiterpartei (NSDAP) - Partido Nacional Socialista dos(NSDAP) - Partido Nacional Socialista dos Trabalhadores Alemães.Trabalhadores Alemães.  O termo "O termo "NaNational Sotional Sozizialistische", que emalistische", que em alemão dá origem a "Nazismo" eraalemão dá origem a "Nazismo" era utilizado como forma de se contrapor aoutilizado como forma de se contrapor ao termo comunismo.termo comunismo.
  • 11.  Hitler dizia que o termo "socialista" eraHitler dizia que o termo "socialista" era uma palavra de origem alemã, queuma palavra de origem alemã, que correspondia a um modelo de terrascorrespondia a um modelo de terras semicoletivas, que existia entre os povossemicoletivas, que existia entre os povos germânicos do Primeiro Reich.germânicos do Primeiro Reich.  Afirmava que Karl Marx, um judeu, haviaAfirmava que Karl Marx, um judeu, havia "roubado" esta palavra para sua teoria."roubado" esta palavra para sua teoria. Foi justamente para diferenciar a suaFoi justamente para diferenciar a sua proposta de novo modelo de sociedadeproposta de novo modelo de sociedade do socialismo primitivo, que Marx criou odo socialismo primitivo, que Marx criou o termo comunismo (estágio pós-socialista).termo comunismo (estágio pós-socialista).
  • 12. A crise de 1929 e o nazismoA crise de 1929 e o nazismo  Burguesia alemã – apoio aos nazistasBurguesia alemã – apoio aos nazistas  1932 – nazistas elegem 44% do Parlamento1932 – nazistas elegem 44% do Parlamento  1933 - o presidente Hindenburg nomeia1933 - o presidente Hindenburg nomeia Hitler como chanceler da AlemanhaHitler como chanceler da Alemanha  Fev/1933 - incêndio doFev/1933 - incêndio do ReichstagReichstag (Parlamento) – comunistas como culpados;(Parlamento) – comunistas como culpados; Hitler implanta um governo totalitárioHitler implanta um governo totalitário  1934 – morte de Hindenburg – início do1934 – morte de Hindenburg – início do Terceiro ReichTerceiro Reich
  • 13. O poder da propaganda nazistaO poder da propaganda nazista  Jornais, propagandas de rádio, músicas,Jornais, propagandas de rádio, músicas, filmes e outdoors – culto à personalidadefilmes e outdoors – culto à personalidade de Hitler, como o “pai” carinhoso ede Hitler, como o “pai” carinhoso e enérgico dos alemãesenérgico dos alemães  Joseph Goebbels – ministro daJoseph Goebbels – ministro da PropagandaPropaganda Este cartaz da época diz que "Todos os Alemães escutam o Fuhrer com o Receptor de Radio do Povo!"
  • 14. Imagem de um discurso de Hitler para os alemães
  • 15. Os jovens eram incentivados a participar da Juventude Hitlerista
  • 16. A propaganda nazista foi um forte aspecto durante o período, a cruz suástica estava em todo lugar.
  • 17. A suásticaA suástica  Símbolo encontrado em muitas culturas,Símbolo encontrado em muitas culturas, desde o Período Neolítico, passando pordesde o Período Neolítico, passando por gregos, celtas, hindus, astecas, dentregregos, celtas, hindus, astecas, dentre outros.outros.  A palavra suástica deriva do sânscritoA palavra suástica deriva do sânscrito svastika, que significa felicidade, prazer esvastika, que significa felicidade, prazer e boa sorte. Aparece pela primeira vez naboa sorte. Aparece pela primeira vez na literatura hindu.literatura hindu.
  • 18.  Era um símbolo sacro do hinduísmo,Era um símbolo sacro do hinduísmo, budismo e jainismo. Ela ocorre em outrasbudismo e jainismo. Ela ocorre em outras culturas asiáticas, europeias, africanas eculturas asiáticas, europeias, africanas e indígenas americanas (como elementoindígenas americanas (como elemento decorativo, eventualmente como símbolodecorativo, eventualmente como símbolo religioso).religioso).  A suástica comum (A suástica comum ( 卍卍 )) é um desenho deé um desenho de motivo muito recorrente na arquitetura emotivo muito recorrente na arquitetura e arte hindus e indianas, como ainda naarte hindus e indianas, como ainda na arquitetura Ocidental antiga, aparecendoarquitetura Ocidental antiga, aparecendo com frequência em mosaicos, frisos ecom frequência em mosaicos, frisos e outros elementos da antiguidade.outros elementos da antiguidade.
  • 19.  Suástica é o nome de uma pequenaSuástica é o nome de uma pequena comunidade do norte de Ontário, nocomunidade do norte de Ontário, no Canadá, fundada em 1906. Ouro foiCanadá, fundada em 1906. Ouro foi descoberto perto dali e a Swastika Miningdescoberto perto dali e a Swastika Mining Company foi formada em 1908.Company foi formada em 1908.  A 45ª Divisão de Infantaria do ExércitoA 45ª Divisão de Infantaria do Exército norte-americano usava uma suásticanorte-americano usava uma suástica amarela sobre fundo vermelho comoamarela sobre fundo vermelho como símbolo da unidade até os anos 30, comosímbolo da unidade até os anos 30, como referência ao Pássaro-trovão da mitologiareferência ao Pássaro-trovão da mitologia (Thunderbird).(Thunderbird).
  • 20. Até a arquitetura nazista era planejada para mostrar o poder do Führer
  • 21. Vigilância e repressãoVigilância e repressão  ExércitoExército  SA (tropas de choque)SA (tropas de choque)  SS (tropas de elite)SS (tropas de elite)  Gestapo (polícia secreta)Gestapo (polícia secreta)  Polícia comumPolícia comum  Perseguição aos judeus – “responsáveis”Perseguição aos judeus – “responsáveis” pelos males da Alemanhapelos males da Alemanha  Campos de concentraçãoCampos de concentração
  • 22. SA (tropas de choque)SA (tropas de choque)  SSturmturmaabteilung (Destacamentobteilung (Destacamento Tempestade ou Seção de Assalto),Tempestade ou Seção de Assalto), traduzida como "Tropas de Assalto", foi atraduzida como "Tropas de Assalto", foi a milícia paramilitar nazista.milícia paramilitar nazista.  Não funcionavam como um exército. ONão funcionavam como um exército. O próprio Hitler via as SA como tropas depróprio Hitler via as SA como tropas de pressão política. No momento em quepressão política. No momento em que deixaram de ser interessantes, foramdeixaram de ser interessantes, foram eliminadas.eliminadas.
  • 23. SS (tropas de elite)SS (tropas de elite)  SSchutzchutzsstaffel (Tropa de Proteção). Erataffel (Tropa de Proteção). Era uma pequena unidade paramilitar, queuma pequena unidade paramilitar, que agregou quase um milhão de homens.agregou quase um milhão de homens.  Sob o comando de Heinrich Himmler, foiSob o comando de Heinrich Himmler, foi responsável por muitos dos crimes contraresponsável por muitos dos crimes contra a humanidade cometidos pelos nazistasa humanidade cometidos pelos nazistas durante a Segunda Guerra Mundial.durante a Segunda Guerra Mundial.
  • 24. A GestapoA Gestapo  Gestapo -Gestapo - GeGeheimeheime StaStaatsatspopolizei -lizei - polícia secreta do Estado.polícia secreta do Estado.  Responsável por prender aqueles queResponsável por prender aqueles que conspirassem contra o regime nazista.conspirassem contra o regime nazista.  Todo preso podia esperar as formas maisTodo preso podia esperar as formas mais selvagens de torturas (afogamentos,selvagens de torturas (afogamentos, choques elétricos, espancamentos echoques elétricos, espancamentos e queimaduras).queimaduras).
  • 25. Judeus expulsos de suas casas, amontoados nas calçadas