Filo artrópodes 06 aracnideos - escorpião

1.139 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.139
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
27
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Filo artrópodes 06 aracnideos - escorpião

  1. 1.  INCLUI DENTRE OUTROS:INCLUI DENTRE OUTROS: ARANHASARANHAS CARRAPATOSCARRAPATOS OPILIÕESOPILIÕES ESCORPIÕESESCORPIÕES  COMPREENDE MAIS DE 60.000 ESPÉCIESCOMPREENDE MAIS DE 60.000 ESPÉCIES  QUASE TODAS AS ESPÉCIES SÃO ANIMAISQUASE TODAS AS ESPÉCIES SÃO ANIMAIS TERRESTRESTERRESTRES ARACNÍDEOSARACNÍDEOS
  2. 2. ORDEM SCORPIONESORDEM SCORPIONES  O ESCORPIÃO, TAMbÉM CONHECIDO POR LACRAU  POSSUI PATAS fORMADAS POR váRIOS SEgMENTOS)  ExISTEM REgISTROS CIENTÍfICOS DA ExISTêNCIA DOS ESCORPIÕES Há MAIS DE 400 MILHÕES DE ANOS.  SEgUNDO PESQUISAS, fORAM ELES OS PRIMEIROS ARTRóPODES A CONQUISTAR O AMbIENTE TERRESTRE. NESTA ADAPTAçÃO, LHES fOI MUITO úTIL A CARAPAçA DE QUITINA QUE COMPÕE O SEU ExOESQUELETO E QUE EvITA A EvAPORAçÃO ExCESSIvA.
  3. 3. ESPÉCIES DE ESCORPIÕESESPÉCIES DE ESCORPIÕES  ExISTEM CERCA DE 1600 ESPÉCIES E SUbESPÉCIES DISTRIbUÍDAS EM 116 gêNEROS DIfERENTES EM TODO O MUNDO.  NO bRASIL ExISTE CERCA DE 140 ESPÉCIES. PORÉM, PESQUISAS RECENTES COMPROvAM A ExISTENCIA DE UMA ExPÉCIE MUITO RARA.  A gAMA DO TEMPO DE vIDA PARECE SITUAR- SE ENTRE OS 4 A 25 ANOS, TENDO SIDO 25 ANOS O TEMPO DE vIDA MáxIMO REgISTADO PARA A ESPÉCIE H. ARIzONENSIS.
  4. 4. CARACTERÍSTICAS DOS ESCORPIÕESCARACTERÍSTICAS DOS ESCORPIÕES  O CORPO DOS ESCORPIÕES É DIvIDIDO EM:  PROSOMO (CEfALOTóRAx): REgIÃO ANTERIOR, ONDE SE ENCONTRAM OS OLHOS, QUELÍCERAS, PEDIPALPOS TERMINADOS EM QUELAS (PINçAS) E PERNAS E OS PENTES  MESOSSOMO: REgIÃO LARgA DO CORPO, ONDE SE ENCONTRAM AS AbERTURAS DOS PULMÕES E OPÉRCULO gENITAL.  METASSOMO: vULgARMENTE CONHECIDO COMO CAUDA, ALI SE ENCONTRAM UMA ESTRUTURA CILÍNDRICA COM UM ESPINHO NA PONTA, CHAMADA TELSON (O fERRÃO), DUAS gLâNDULAS DE vENENO E O âNUS.  ORDEM DOS 30 CM E CHEgAM A CAPTURAR ATÉ PEQUENOS vERTEbRADOS(LAgARTOS, RÃS E ROEDORES)
  5. 5. HAbITAT DOS ESCORPIÕESHAbITAT DOS ESCORPIÕES  vIvEM NAS PEDRAS, MADEIRAS E TRONCOS PODRES  ALgUNS ENTERRAM-SE NO SOLO úMIDO DA MATA, OUTROS NA AREIA DO DESERTO, OUTROS AINDA vIvEM EM bROMÉLIAS, QUE CRESCEM NO CHÃO OU MESMO A gRANDES ALTURAS NAS áRvORES.  OUTROS DÃO PREfERêNCIA àS PROxIMIDADES DAS RESIDêNCIAS HUMANAS ONDE SE ESCONDEM NO ENTULHO, EM MADEIRAS EMPILHADAS;  É fREQüENTE APARECEREM jUNTO àS LINHAS DE TREM, ESCONDENDO-SE SOb LAjES DOS TúMULOS.
  6. 6. Escorpião-negro (Androctonus crassicauda)
  7. 7. alimentação dos escorpiõesalimentação dos escorpiões  são predadores de insetos, como baratas, grilos, cupins, etc.  alimentam-se também de aranhas e de outros escorpiões.  o escorpião segura a presa com a pinça dos palpos, curva para frente o metassoma e injeta o veneno com o ferrão, paralisando a presa quase imediatamente.
  8. 8.  a reprodução da grande maioria das espécies é sexuada, exigindo a intervenção de machos e fÊmeas, porém, algumas espécies possuem reprodução monÓica (também chamada partenogÊnese), ou seja, não exige a presença de machos.  neste processo, Óvulos não fertilizados dão origem a embriões vivos.  na reprodução sexuada, tal como em outras espécies, há uma dança nupcial que antecede o acasalamento. reprodução de escorpiõesreprodução de escorpiões
  9. 9.  o macho limpa o chão com os pentes e deposita aí uma cápsula contendo espermatozÓides (espermatÓforo). de seguida, arrasta a fÊmea para cima dos espermatozÓides a fim de que ela os receba.  os escorpiões são vivíparos, ou seja, não põem ovos. podem gerar de 6 a 90 filhotes reprodução de escorpiõesreprodução de escorpiões
  10. 10.  o ferrão do escorpião (chamado de telson), além de servir para agarrar a presa, se defender, e no acasalamento, inocula na presa um veveno.  ao dar a ferroada, o escorpião regula a quantidade de veneno injetado através da contração dos músculos da vesícula.  alguns escorpiões não injetam veneno algum quando cravam o ferrão.  este veneno contém uma série de substâncias cuja composição química não está bem definida, porém contém neurotoxinas, histaminas, seratonina, enzimas, inibidores de enzimas, e outras. veneno dos escorpiõesveneno dos escorpiões
  11. 11.  os escorpiões sÓ atacam o homem quando se sentem acuados e em circunstância de defesa. antes que um acidente com escorpiões ocorra, devem-se tomar algumas medidas básicas para evitar o mesmo:  sacudir e examinar calçados e roupas antes de usar;  manter limpos os locais prÓximos a residÊncias evitando acúmulo de lixo, entulhos e materiais de construção;  manter o habitat familiar livre de baratas, que são reconhecidas como um dos principais alimentos dos escorpiões nos centros urbanos.  não colocar mãos e pés dentro de buracos, montes de pedras ou lenhas, etc. prevenção de acidentesprevenção de acidentes
  12. 12. Escorpionismo por espécie e macro-região.Escorpionismo por espécie e macro-região. SVS- M. Saúde, Brasil, dados de 2002SVS- M. Saúde, Brasil, dados de 2002 Macro-região /Macro-região / spsp NorteNorte NordesteNordeste Centro-Centro- OesteOeste SudesteSudeste SulSul %% NRNR 567567 67436743 969969 56775677 969969 66,466,4 Outra spOutra sp 1212 2424 2424 3030 2424 0,50,5 BotriurusBotriurus 1616 9191 99 6666 99 1,01,0 T stigmurusT stigmurus 1414 10481048 99 7878 99 5,45,4 T bahiensisT bahiensis 152152 236236 3535 575575 3535 4,94,9 T serrulatusT serrulatus 9696 14671467 104104 29742974 104104 21,921,9
  13. 13. Escorpionismo no Brasil.Escorpionismo no Brasil. Série histórica, 1989-2006. SVS- M. SaúdeSérie histórica, 1989-2006. SVS- M. Saúde 0 10000 20000 30000 40000 50000 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 0 1 2 3 4 5 6
  14. 14.  O maiOr de tOdOs Os escOrpiões, em cOmprimentO, é prOvavelmente O sul - africanO HadOgenes trOglOdytes, cujOs macHOs pOdem atingir até 21 cm.  entre as espécies de pequenO cOmprimentO, O menOr dOs escOrpiões talvez seja O micrOtityus waeringi, que mal cHega a 12 mm, quandO adultO curiOsidades dOs escOrpiõescuriOsidades dOs escOrpiões
  15. 15. Tityus bahiensis
  16. 16. Tityus serrulatus
  17. 17. Tityus serrulatus
  18. 18. Tityus bahiensis
  19. 19. ESCORPIÃO AMARELO ESCORPIÃO MARROM

×